O que é o Ciclo Argumental? Destaques Recursos

O ciclo de plotagem é um processo de argumentação lógica usado na defesa ou discussão de um assunto. O princípio deste ciclo está na suposição de uma premissa. Em sua última fase, a conclusão é estabelecida.

O objetivo do argumento é fornecer os fatos necessários para provar ou refutar uma premissa ou tese.

O que é o Ciclo Argumental? Destaques Recursos 1

A lógica do enredo é comumente usada pela lei legal, uma vez que está relacionada à argumentação e à retórica. O ciclo de plotagem faz parte dessa lógica de plotagem.

Um estilo de estrutura de história também é conhecido como ciclo de plotagem. Isso consiste em três partes. Em primeiro lugar, está a introdução, na qual os personagens e o conflito são introduzidos.

Em segundo lugar está o nó, no qual a maioria dos eventos ocorre. Finalmente, há o resultado, no qual todos os quadros são concluídos.

Características principais

É um ciclo de repetição indeterminada; isto é, o fim de um ciclo é o começo do próximo.

Isso ocorre porque as conclusões de um ciclo podem muito bem ser os argumentos que são questionados no início do próximo.

No ciclo da trama, é feita uma presunção de um ato ou circunstância, que é posteriormente comprovada ou refutada. Portanto, o ciclo de plotagem é uma ponte entre uma ideia e sua verificação.

Para chegar a uma conclusão, são usadas ferramentas como contraste, previsão e explicação.

Também é importante que as avaliações no processo sejam objetivas, para que a subjetividade não ofusque os resultados.

Interação argumentativa

Diferentemente do ciclo de plotagem, a interação argumentativa é outro tipo de estrutura de plotagem de natureza linear.

Enquanto o ciclo se baseia na repetição da mesma estrutura, a interação argumentativa se baseia no progresso progressivo dos argumentos.

Relacionado:  O que a economia estuda? (Campo de estudo)

Os três ases principais do ciclo de plotagem

1- Fase Crítica

A fase crítica é a fase inicial, na qual surgem os inconvenientes que serão os objetivos do processo. Aqui, o objeto de estudo é escolhido e diagnosticado.

O mais importante nesta fase é o questionamento. Como o ciclo é uma resposta a um desacordo ideológico, a capacidade de questionar se torna uma grande ferramenta nesse momento da linha lógica.

2- Fase de avaliação

O questionamento de uma crença ou idéia não pode ser caprichoso. Quando surge a necessidade de argumentar para apoiar o questionamento, é porque a fase de avaliação foi atingida. Neste contexto, antecedentes e fundamentos válidos são investigados.

Nesta fase, é importante obter fontes sólidas e confiáveis, pois serão o suporte para a idéia defendida.

3- Fase reconstrutiva

A partir das informações coletadas, é montada a terceira fase: a reconstrutiva. Nesse sentido, o conhecimento necessário é coletado e agrupado para criar uma idéia que possa enfrentar as perguntas subseqüentes.

Essa mesma idéia final é a que iniciará um ciclo de plotagem posterior, o que levará a ser questionado e possivelmente refutado.

Referências

  1. Interrompa o ciclo argumentativo de uma vez por todas. (2008) dumblittleman.com
  2. Ciclo de plotagem lógica. (2016) gvanessatafolla.wixsite.com
  3. Elementos, formas e situações de argumentação. (2006) educarchile.cl
  4. Ciclo da história logicac8.blogspot.com
  5. Carlos Pereda e a cultura da trama. (2010) scielo.org.mx

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies