O que e o que são os pisos ecológicos da Bolívia?

Os pisos ecológicos da Bolívia referem-se às diferentes zonas altitudinais do país, que variam desde as terras baixas tropicais até as áreas de alta montanha. Cada piso ecológico possui características únicas de clima, vegetação e fauna, que são determinadas pela altitude e pela localização geográfica. Essa diversidade de ecossistemas torna a Bolívia um país rico em biodiversidade e proporciona uma grande variedade de recursos naturais. A preservação e o manejo sustentável desses pisos ecológicos são fundamentais para a conservação da fauna e flora bolivianas, bem como para garantir a sustentabilidade ambiental e o bem-estar das comunidades locais.

Qual é a definição de pisos ecológicos e como eles funcionam?

Os pisos ecológicos são uma classificação utilizada para descrever as diferentes zonas de vegetação que se encontram em altitudes variadas em regiões montanhosas, como a Bolívia. Cada piso ecológico é caracterizado por um tipo específico de vegetação e fauna, que se adaptaram às condições climáticas e geográficas únicas de cada altitude.

Esses pisos ecológicos são fundamentais para a biodiversidade e o equilíbrio dos ecossistemas, pois cada um desempenha um papel crucial na manutenção da vida selvagem e na conservação da natureza. Além disso, os pisos ecológicos também são essenciais para a preservação dos recursos hídricos, uma vez que ajudam a regular o ciclo da água e a prevenir a erosão do solo.

Na Bolívia, os pisos ecológicos são divididos em quatro principais categorias: puna, montano, subandino e tropical. Cada um desses pisos possui características únicas de vegetação, fauna e clima, que se desenvolveram ao longo de milhares de anos em resposta às condições locais.

Os pisos ecológicos da Bolívia funcionam como um sistema interligado e interdependente, onde as plantas e animais de cada piso estão adaptados para sobreviver e prosperar nas condições específicas daquela altitude. Por exemplo, na puna, encontramos vegetação rasteira e plantas resistentes ao frio, enquanto no piso tropical, há uma grande diversidade de espécies de árvores e animais tropicais.

Relacionado:  Quais são as regiões culturais da Oceania?

É essencial proteger e conservar esses pisos ecológicos para garantir um futuro saudável e equilibrado para as gerações futuras.

Qual continente abriga a Bolívia?

A Bolívia está localizada na América do Sul. É um país que faz fronteira com o Brasil, Peru, Chile, Paraguai e Argentina. Sua localização geográfica privilegiada permite uma diversidade de ecossistemas e climas, o que resulta na presença de diferentes pisos ecológicos.

Os pisos ecológicos da Bolívia são regiões com características específicas de clima, vegetação, fauna e altitude. Eles variam desde as planícies quentes e úmidas da região amazônica até as altas montanhas dos Andes, passando por áreas de savanas, desertos e florestas tropicais.

Essa diversidade de pisos ecológicos torna a Bolívia um país rico em biodiversidade, com uma grande variedade de espécies de plantas e animais. Além disso, cada piso ecológico possui características únicas que influenciam a forma como as pessoas vivem e se adaptam ao ambiente em que estão inseridas.

Portanto, os pisos ecológicos da Bolívia desempenham um papel fundamental na preservação da natureza e na sustentabilidade do país, contribuindo para a conservação dos recursos naturais e para o equilíbrio ambiental da região.

O que e o que são os pisos ecológicos da Bolívia?

Os pisos ecológicos do Boliva são diferentes ecossistemas que podem ser encontrados neste país. Eles são caracterizados acima de tudo por estarem em diferentes altitudes acima do nível do mar, o que torna suas propriedades diferentes.

O relevo e, portanto, a altura acima do nível do mar, é um dos elementos que mais influencia o clima dos ecossistemas.

O que e o que são os pisos ecológicos da Bolívia? 1

Sendo a Bolívia um país com grandes diferenças de altitude, é também uma das mais biodiversas.

Em geral, pisos ecológicos são geralmente classificados em seis tipos diferentes, dependendo da altitude e das características que apresentam. Na Bolívia é possível encontrar os seis pisos ecológicos em diferentes áreas do país.

Relacionado:  Os 3 rios da região andina mais importante

Os 6 principais tipos de pisos ecológicos

A classificação mais comum em pisos ecológicos é a seguinte: piso macro-térmico ou zona quente, piso subtropical, piso mesotérmico ou zona temperada, piso frio ou microtérmico, piso paramétrico e piso congelado.

1- Piso macro-térmico ou zona quente

Este primeiro piso ecológico fica entre o nível do mar e 900 metros de altitude. É caracterizada por possuir características do clima tropical, ou seja: temperatura quente ao longo do ano e chuvas abundantes em geral.

Na Bolívia, esse clima pode ser observado na área da floresta amazônica. Algumas das plantas mais representativas desse piso ecológico são cacau e mandioca.

2- Piso subtropical

O piso subtropical, localizado entre os níveis de solo quente e temperado, tem normalmente entre 900 e 1800 metros de altura. É caracterizada acima de tudo por ter um clima subtropical muito estável ao longo do ano.

De fato, esse clima é um dos menos sofridos termicamente durante o ano. Na Venezuela, é conhecido como “piso de café”, pois esta planta cresce muito bem nesse tipo de piso ecológico. Na Bolívia, é encontrado principalmente na área de Chaco.

2- Piso mesotérmico ou zona temperada

Este terceiro andar é normalmente entre 1800 e 2500 metros acima do nível do mar. As temperaturas são geralmente muito amenas, aproximadamente 18 ° C em média anualmente.

O piso mesotérmico é uma das mais variadas espécies de animais e plantas. Representa uma das áreas mais férteis do mundo e também uma das mais exploradas pela agricultura intensiva.

Na Bolívia, esse piso ecológico pode ser encontrado nos vales dos Andes.

3- Piso frio ou microtérmico

Este andar tem entre 2500 e 3400 metros de altura. As temperaturas são muito mais baixas, perto de 10 ° C ao longo do ano.

Relacionado:  Em que paralelos estão os climas tropicais?

Na Bolívia, esse clima está presente nas zonas intermediárias dos Andes. Este tipo de clima também pode ser encontrado nas terras altas.

A colheita mais importante do piso microtérmico é a batata, que cresce muito bem nessa temperatura. Portanto, é um elemento importante da economia das cidades nesta área.

4- Amarração plana

O piso do charneca tem entre 3400 e 4800 metros de altura e temperaturas que variam de 0 ° C a 8 ° C.

Eles são caracterizados por ter vegetação muito adaptada ao frio. Eles estão localizados nas partes altas dos Andes, abaixo das áreas de neve perpétua.

Embora não haja muitas fazendas neste andar, em algumas áreas você pode encontrar plantações de trigo. Também é comum ver fazendas de gado, especialmente gado.

5- Chão gelado

Este piso é caracterizado como a área de neve perpétua: locais onde a temperatura nunca sobe acima de 0 ° C e, portanto, a neve nunca derrete.

É também nesta área onde a maioria das geleiras do país pode ser vista. Na Bolívia, o piso congelante está presente nos picos mais altos dos Andes.

Referências

  1. «Clima da Bolívia» em: Wikipedia. Retirado em: 15 de dezembro de 2017 da Wikipedia: en.wikipedia.org
  2. “O sistema climático na Bolívia” em: Agrobolivia. Recuperado em: 15 de dezembro de 2017 de Agrobolivia: agrobolivia.files.wordpress.com
  3. «Pisos térmicos» em: Wikipedia. Retirado em: 15 de dezembro de 2017 da Wikipedia: en.wikipedia.org
  4. “Pisos térmicos” em: O Guia. Recuperado em: 15 de dezembro de 2017 de The Guide: geografia.laguia2000.com
  5. “Clima da Bolívia” em: Turismo na Bolívia. Retirado em: 15 de dezembro de 2017 de Bolívia Turismo: boliviaturismo.com.bo

Deixe um comentário