O que são a população e a amostra de uma investigação?

A população e a amostra de uma investigação são os grupos de indivíduos que compartilham características comuns e são analisados ​​por estatísticas para obter dados de interesse.

A estatística sozinha não poderia fazer sentido como uma ciência exata. Por esse motivo, populações e amostras são fundamentais para sua existência.

O que são a população e a amostra de uma investigação? 1

Uma população pode ser entendida como o conjunto de indivíduos ou elementos sobre os quais as observações serão feitas.

Esse grupo é finito ou infinito e pode ser composto por pessoas, editores, programas de televisão, animais, espécies vegetais, entre outros (Punta, 2017).

Enquanto isso, a amostra é um subconjunto derivado da população em que a pesquisa se destina (David, 2017).

Isso é selecionado usando métodos diferentes que incluem randomização, estratificação ou sistematização. O processo de seleção de uma amostra é conhecido como amostragem.

A amostragem usa fórmulas matemáticas e lógicas para selecionar um segmento representativo da população. Também estabelece parâmetros, procedimentos e critérios para fazer essa seleção.

A amostragem é responsável por escolher um grupo de indivíduos que podem representar com precisão certos dados comuns a toda a população.

Definição do conceito de população

A população é o grupo geral ou total de elementos, indivíduos ou medidas que compartilham características comuns em um determinado contexto.

Esses recursos devem ser levados em consideração ao fazer a seleção dos indivíduos que farão parte da população estudada (BMJ Publishing Group, 2017).

Características da população

Todo estudo estatístico deve levar em consideração os seguintes recursos ou parâmetros ao escolher a população que você deseja estudar:

Tempo

O tempo é o momento cronológico em que a população a estudar está localizada. É importante determinar se a população a ser estudada está localizada cronologicamente há cinco anos ou, pelo contrário, está presente.

Relacionado:  Variáveis ​​dependentes e independentes: conceito e exemplos

Um estudo estatístico pode estudar populações por anos e gerações, com o objetivo de identificar informações relevantes ao longo do tempo.

Quantidade

Este item refere-se ao número de pessoas que compõem uma população, ou seja, seu tamanho.

O tamanho da população é um dos itens mais importantes de uma investigação, uma vez que determinará o tamanho dos segmentos de estudo (amostras).

Por outro lado, o tamanho da população do estudo dependerá da disponibilidade de tempo e recursos pelo órgão de pesquisa.

Espaço

O espaço é o local físico em que a população a ser estudada está localizada. Assim como o tamanho da população, a extensão da área de estudo dependerá do tempo e recursos que o pesquisador tem em mãos.

Homogeneidade

Este item aborda a semelhança entre as características dos membros selecionados em relação ao tópico da pesquisa

Definição do conceito de amostra

Uma amostra é um segmento ou subconjunto finito e importante retirado de uma população. Em qualquer processo de pesquisa de amplo espectro, é essencial selecionar uma amostra.

Isso ocorre porque o estudo de grandes grupos de indivíduos requer um alto investimento em dinheiro, tempo e esforço (Inc, 2017).

As amostras tendem a ser suficientes para ter uma idéia de todas as populações. Quando eles são escolhidos rigorosamente, seu estudo pode gerar dados representativos da população em geral.

Amostragem

Uma amostra pode ser coletada de diferentes maneiras, dependendo dos interesses do pesquisador. A qualidade do estudo e as características a serem analisadas determinarão o tipo de amostra que deve ser escolhida (López, 2004).

As amostras podem ser escolhidas com a ajuda dos seguintes métodos:

1 – Aleatório : Este método de amostragem é baseado na seleção imprevisível dos membros de uma população. Caracteriza-se porque todos os membros da população têm oportunidades iguais de fazer parte da amostra.

Relacionado:  8 Exemplos de Pesquisa Aplicada

2 – Estratificação : estratificação consiste na divisão por grupos ou estratos de uma população. Esses grupos são formados levando em consideração as características que você deseja investigar. Cada um desses estratos é selecionado para fornecer em relação à população.

3 – Sistemático: esse método de amostragem parte da identificação de um padrão para selecionar indivíduos de uma população. Os critérios de seleção estabelecidos por esse método são quase sempre numéricos. Por exemplo, um pesquisador pode entrevistar uma mulher para cada dez que entram no supermercado.

Tamanho da amostra

O tamanho de uma amostra refere-se ao número de indivíduos que serão incluídos nela. É assim que o número de indivíduos incluídos na amostra dependerá da precisão que você deseja obter com o estudo.

Idealmente, amostras maiores devem ser estudadas, pois elas produzirão dados com mais precisão na população em geral.

No entanto, o tamanho da amostra está sujeito à disponibilidade de tempo e recursos pelo pesquisador.

Pesquisadores mais experientes recomendam que uma amostra tenha no mínimo 30 indivíduos. No entanto, dependendo do tipo de pesquisa, podem estar disponíveis amostras compostas de 10 ou 20% da população em geral.

Vantagens de estudar uma amostra

Estudar uma amostra em vez de estudar uma população pode oferecer as seguintes vantagens:

Tempo : economiza tempo estudando um grupo menor de indivíduos.

Custos : ao exigir uma quantidade menor de recursos, ele também economiza custos no processo de investigação.

Viabilidade : estudar toda a população é quase sempre uma tarefa improvável. Ao estudar uma amostra, é garantido que todos os membros da amostra serão analisados.

Relacionado:  As 10 motivações mais comuns para os investigadores

Aumento gradual : o tamanho da amostra pode ser aumentado à medida que os recursos aumentam e o tempo que pode ser gasto em pesquisa. Isso permite regular a precisão de uma investigação, algo que não acontece quando uma população é estudada.

Seleção pontual : permite escolher um grupo de características homogêneas, aumentando as possibilidades de analisar os recursos ou características mais relevantes em tempo hábil.

Referências

  1. BMJ Publishing Group, L. (2017). Populações e amostras . Obtido da população: bmj.com
  2. (2017). Soluções estatísticas Obtido de Qual é a diferença entre população e amostra?: Statisticssolutions.com
  3. Inc, W. (2017). Dicionário de Negócios . Obtido da amostra estatística: businessdictionary.com
  4. López, PL (2004). AMOSTRA E POPULAÇÃO DE AMOSTRAGEM. Ponto Zero .
  5. Punta, U. d. (2017). Módulo Matemático III. Obtido em Population and Muesta: contentdigitales.ulp.edu.ar.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies