O que significa a cor verde? Sua simbologia e emoções associadas

O que significa a cor verde? Sua simbologia e emoções associadas 1

Vejamos um jardim, um parque cheio de verde ou uma floresta em plena luz do dia, na primavera. O verde das folhas das árvores, da grama, do musgo e do líquen … É algo que sempre nos inspirou e que nos vinculamos à vida. E é que a cor verde quase sempre esteve presente no mundo do ser humano, sendo uma das cores mais comuns no ambiente natural e que mais nos acompanhou em nossa evolução.

Esse fato fez com que, ao longo da história, adquirisse uma série de conotações e simbolismos, a tal ponto que essa cor adquiriu um simbolismo e provocou uma série de respostas. Isso se deve principalmente ao significado psicológico que demos a essa cor e a seu simbolismo. É sobre esse significado da cor verde que vamos falar neste artigo.

Verde como cor

Embora geralmente falemos do verde e de outras cores como algo palpável, que existe e faz parte da natureza dos objetos, a verdade é que a cor nada mais é do que a percepção de refração e absorção da luz pela luz. sendo, portanto, um produto de nossa percepção,

No caso do verde, vemos essa cor quando nossos olhos capturam comprimentos de onda entre 496 e 570 nm . Entre esses comprimentos de onda, percebemos diferentes tons dessa cor, existem diferentes tipos de verde. Juntamente com vermelho e azul, verde é uma cor para a qual nossos olhos têm um tipo específico de cone.

Embora biologicamente e também de acordo com o modelo da síntese aditiva da cor, o verde seja uma das cores primárias, sendo amarelo secundário e um produto da mistura de verde com vermelho, o modelo de síntese subtrativa tem sido tradicionalmente seguido em que considera que essa cor era secundária e um produto da mistura de azul e amarelo (e é por isso que a maioria das crianças é ensinada dessa maneira).

Relacionado:  Por que ficamos feios nas fotos? A ciência explica

O que significa a cor verde?

Assim como o restante das cores, o verde tem sua própria simbologia adquirida por sua associação com elementos da mesma cor e, com base nisso, também gerou um significado psicológico que é estudado pela psicologia da cor. Especificamente, ele se relaciona com a natureza e a vegetação, da qual vários simbolismos são extraídos.

Nesse sentido, o verde geralmente tem um conjunto tremendamente positivo de conotações na psique humana . Antes de tudo, está ligado ao nascimento, vida, força e energia. É uma cor profundamente associada à primavera e ligada à fertilidade e crescimento, algo que a torna relacionada à idéia de juventude. Nesse sentido, é também um símbolo de inocência. Outro elemento relacionado ao seu vínculo com o crescimento é econômico: é um símbolo de riqueza.

A cor associada à natureza também é a cura e a cura, o frescor. Além disso, como diz a tradição, o verde também é a cor da esperança, otimismo e boa sorte . Também com naturalidade, a busca de prazer e vigor. Por fim, é uma das cores mais ligadas à idéia de equilíbrio, serenidade e calma, além do espiritual.

A natureza, que geralmente simboliza o verde, é vista como bela e cheia de vida. Mas também tem seu lado sombrio: também é cheio de morte, sangue, perseguição e crueldade. E, nesse sentido, o simbolismo do verde também incorpora esses elementos negativos. Isso inclui a associação com veneno e toxicidade, provavelmente derivada da coloração de muitas plantas e animais (por exemplo, cobras e sapos) e o uso de corantes verdes feitos de cobre que se mostraram venenosos. Também está relacionado, e provavelmente a sua associação negativa mais conhecida, com a inveja .

Morte, horror e manipulação são conceitos ligados a essa cor, principalmente nos tons mais escuros e quando associados ao preto. O mesmo vale para a traição, incluindo conceitos como infidelidade. O verde claro também está associado à imaturidade e ingenuidade , como contrapartidas do vínculo mencionado com a juventude e ao excesso da busca pelo prazer. Também à vaidade e força / autoridade e fraqueza. Socialmente, também foi identificada como a cor da burguesia.

Relacionado:  ​Por qué superar la muerte de un perro es tan complicado

Psicologicamente falando, essa cor tem sido associada a características como calma e afeto, além de exigências morais, hedonismo e jovialidade. Uma associação com o sociável e equilibrado é geralmente observada.

Por outro lado, a adaptabilidade está ligada (em casos extremos indecisão e conformidade) e a paz interior. No entanto, também está associado à possessividade, à ruminação ressentida e à inveja acima mencionada. Também à astúcia, que no sentido negativo também pode estar ligada à manipulação. A cor verde também costuma gerar calma e alívio , permitindo acalmar-se, o que, por sua vez, melhora a estabilidade emocional e favorece o uso da razão e da lógica. Também está freqüentemente associado ao otimismo e à vitalidade, melhorando os níveis e a motivação de energia e ajudando a manter a esperança. Também está ligado a uma personalidade sensível e de mente aberta.

  • Você pode estar interessado: ” O que significa a cor vermelha em Psicologia? “

Como é usado na sociedade?

As propriedades e simbolismos do verde o tornam uma cor ideal para certos usos práticos. Seus vínculos com a natureza e a recuperação o tornam adequado para ambientes que exigem uma busca por equilíbrio e conforto, bem como para a cura e recuperação do humor.

Em relação à cura, entre os significados do verde está também o aumento das defesas e a preservação da motivação . Também é útil na meditação . Além disso, sua associação e efeito relaxante resultaram em roupas de médicos e cirurgiões esverdeadas.

Sua conexão com tolerância e flexibilidade significa que pode ser usado na pintura de salas onde se deseja que haja harmonia e que os níveis de ansiedade e estresse sejam reduzidos, tanto em residências quanto em escritórios. Em marketing e publicidade, observou-se que o verde favorece a ação e também está associado à reciclagem e ao respeito ao meio ambiente e à idéia de liberdade e estabilidade. É por isso que é usado no design de um grande número de produtos. No caso de produtos alimentícios, é utilizado devido à ligação entre natural e saudável.

Relacionado:  Lei de Weber-Fechner: o que é e o que explica

Variações culturais

Além das associações mencionadas, a cor verde recebeu considerações diferentes em diferentes culturas ou mesmo através de várias históricas.

Na maior parte da Europa, o verde é um símbolo de boa sorte, energia, renascimento e natureza . Está associado ao Natal e em países como a Irlanda, à religião católica. A cor da burguesia foi considerada, devido à dificuldade em alcançar o referido pigmento. Antes, porém, o mal costumava ser representado com essa cor. Também está freqüentemente associado à inveja e ciúme, além de fraqueza.

Para os muçulmanos, o verde é uma cor sagrada, associada ao Profeta Muhammad. É também um símbolo de força, sorte e prestígio. Na China e no resto do Oriente, isso implica esperança e fertilidade, bem como virtude e boas intenções. Tradicionalmente, o jade era usado para fazer presentes e ofertas). No entanto, às vezes também tem sido associado à vergonha e à infidelidade.

A dualidade vida-morte ligada à natureza e a cor verde tem sido observada por múltiplas culturas e sociedades. Por exemplo, no Egito antigo, o deus Osíris tinha a pele dessa cor , sendo uma divindade ligada ao julgamento das almas e ao renascimento. Para os povos pré-colombianos, simbolizava imortalidade, fertilidade e poder e usava jade na realização de máscaras funerárias. Em alguns países da América do Sul, onde a floresta é abundante, o verde está muito mais associado à morte.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies