Os 10 épicos curtos mais relevantes

Os épicos curtos são obras literárias que narram aventuras heróicas e grandiosas, mas em uma extensão menor do que os épicos tradicionais. Neste contexto, os 10 épicos curtos mais relevantes destacam-se por sua capacidade de contar histórias épicas de forma concisa e impactante. Cada uma dessas obras apresenta personagens cativantes, cenários fantásticos e enredos emocionantes que prendem a atenção do leitor do início ao fim. Neste artigo, exploraremos os 10 épicos curtos mais relevantes, destacando suas principais características e contribuições para a literatura mundial.

Conheça os principais poemas épicos da literatura mundial em 15 palavras.

Os 10 épicos curtos mais relevantes são Gilgamesh, Beowulf, A Ilíada, A Odisseia e Eneida.

Conheça as epopeias mais renomadas da literatura mundial em uma seleção imperdível.

As epopeias são um gênero literário que retrata feitos heroicos e grandiosos, muitas vezes em forma de narrativa poética. Conheça agora os 10 épicos curtos mais relevantes da literatura mundial, que mesmo em poucas páginas conseguem transmitir toda a grandiosidade e riqueza de suas histórias.

1. A Divina Comédia, de Dante Alighieri: Este poema épico narra a viagem de Dante pelo Inferno, Purgatório e Paraíso, em uma jornada espiritual que influenciou profundamente a literatura ocidental.

2. A Ilíada, de Homero: Considerada uma das maiores obras da literatura grega antiga, este épico narra os eventos finais da Guerra de Troia, com destaque para a figura do herói Aquiles.

3. Odisseia, de Homero: Continuação da Ilíada, este épico narra as aventuras de Ulisses em sua longa jornada de volta para casa após a Guerra de Troia.

4. Os Lusíadas, de Luís de Camões: Este poema épico narra os feitos dos navegadores portugueses e a descoberta do caminho marítimo para as Índias, em uma obra que se tornou símbolo da nacionalidade portuguesa.

5. Beowulf, autor anônimo: Este épico anglo-saxão narra as aventuras do herói Beowulf na luta contra monstros e criaturas malignas, em uma história repleta de coragem e bravura.

6. Os Argonautas, de Apolônio de Rodes: Este épico grego narra a jornada dos heróis que acompanharam Jasão na busca pelo Velocino de Ouro, em uma história de aventura e mitologia.

7. Éneida, de Virgílio: Este épico latino narra a jornada do herói Enéias em sua fuga de Troia e fundação de Roma, em uma obra que se tornou um dos pilares da literatura clássica.

8. Cantar de Mio Cid, autor anônimo: Este épico espanhol narra as aventuras do herói Rodrigo Diaz de Vivar, conhecido como El Cid, em uma história de lealdade, honra e bravura.

9. Le Chanson de Roland, autor anônimo: Este épico francês narra a batalha de Roncesvalles e a morte do herói Roland, em uma história de coragem e sacrifício que se tornou um dos grandes mitos da cavalaria medieval.

10. Os Cantos, de Ezra Pound: Este poema épico moderno combina elementos da mitologia clássica, da história e da cultura contemporânea, em uma obra que revolucionou a poesia do século XX.

Agora que você conhece os 10 épicos curtos mais relevantes da literatura mundial, não deixe de se aventurar por essas histórias grandiosas e emocionantes que marcaram a cultura e a literatura de diferentes épocas e lugares.

Relacionado:  Literatura persa: características, autores e obras

Quais são exemplos de obras do gênero épico?

Os épicos são obras literárias que narram feitos heroicos e grandiosos, geralmente envolvendo batalhas, aventuras e personagens lendários. Existem diversos épicos curtos que se destacam por sua relevância e impacto cultural. Abaixo estão os 10 épicos curtos mais relevantes:

1. A Ilíada

Um dos épicos mais conhecidos da literatura mundial, A Ilíada narra os eventos da Guerra de Troia, com destaque para a figura do herói Aquiles.

2. A Odisseia

A Odisseia é outra obra atribuída a Homero, que conta as aventuras do herói Odisseu em sua jornada de volta para casa após a Guerra de Troia.

3. A Eneida

Escrita por Virgílio, A Eneida narra a jornada do herói Eneias em busca de um novo lar após a queda de Troia.

4. Beowulf

Beowulf é um épico anglo-saxão que narra as aventuras do herói homônimo na luta contra monstros e dragões.

5. O Poema de Gilgamesh

Considerado uma das primeiras obras literárias da história, O Poema de Gilgamesh narra as aventuras do rei Gilgamesh em busca da imortalidade.

6. A Canção de Rolando

A Canção de Rolando é um épico medieval que narra as batalhas do cavaleiro Rolando e os Doze Pares de França.

7. Os Lusíadas

Escrito por Luís de Camões, Os Lusíadas é o épico nacional de Portugal, que narra as viagens dos navegadores portugueses em busca de novas terras.

8. A Divina Comédia

Embora seja mais conhecida como uma obra de poesia épica, A Divina Comédia de Dante Alighieri também apresenta características do gênero épico, narrando a jornada do poeta pelo Inferno, Purgatório e Paraíso.

9. Orlando Furioso

Escrito por Ludovico Ariosto, Orlando Furioso é um épico italiano que narra as aventuras do cavaleiro Orlando em meio a disputas amorosas e batalhas.

10. Os Nibelungos

Os Nibelungos é um épico germânico que narra as tragédias da família real dos Burgúndios, com destaque para a figura de Siegfried e o ouro do Reno.

Qual é a grande obra épica da literatura brasileira?

A grande obra épica da literatura brasileira é Os Lusíadas, escrita por Luís de Camões. Esta obra é considerada um dos maiores épicos da literatura mundial, contando a história da viagem de Vasco da Gama às Índias. No entanto, existem também épicos curtos que são igualmente relevantes e merecem destaque.

Entre os 10 épicos curtos mais relevantes, podemos citar obras como Ilíada, de Homero, Odisséia, também de Homero, Eneida, de Virgílio, entre outros. Estas obras apresentam narrativas grandiosas, repletas de aventuras, heróis e conflitos épicos.

Apesar de serem obras mais curtas se comparadas a Os Lusíadas, esses épicos ainda assim conseguem transmitir toda a grandiosidade e impacto das histórias que contam. São obras que influenciaram a literatura ao longo dos séculos e continuam a ser estudadas e apreciadas até os dias de hoje.

Portanto, mesmo que Os Lusíadas seja a grande obra épica da literatura brasileira, é importante reconhecer a importância e relevância dos épicos curtos que também contribuíram para a construção desse gênero literário tão marcante e significativo.

Relacionado:  5 Poemas de Classicismo Literário de Autores Conhecidos

Os 10 épicos curtos mais relevantes

Os épicos curtas são poemas mais narrativos. Eles geralmente lidam com tópicos ou detalhes relacionados ao trabalho heróico e a eventos importantes de uma cultura ou nação.

Os épicos fazem parte da literatura desde o início. Cobrindo quase quatro milênios, cada uma das obras clássicas desse gênero fala da condição humana.

Os 10 épicos curtos mais relevantes 1

Orlando Furious

Eles também falam sobre a natureza do heroísmo e a luta para superar as forças das trevas do mundo.

Nestas peças de literatura, elementos complexos da linguagem são geralmente combinados com temas como guerra, traição, romance, aventura e reflexão. Épicas podem ser histórias semi-verdadeiras ou sátiras de eventos históricos.

Na maioria das obras, uma musa é invocada; Além disso, os épicos geralmente começam no meio da história e não a contam desde o início.

Também é comum que eles narrem batalhas e tenham analogias ambíguas ou elementos de fantasia.

Os 10 épicos curtos mais destacados

1- épico de Gilgamesh – Anônimo

É freqüentemente considerado como o trabalho literário mais antigo que sobreviveu até a Idade Moderna; Ele tem mais de 4000 anos.

Foi composto na antiga Mesopotâmia e conta a história do rei Gilgamesh (baseado em um rei da Assíria), que embarca em uma busca pela vida eterna.

Gilgamesh enfrenta questões comuns a esse gênero, como divisão humano / divindade, mortalidade, sedução e legado.

Como um jovem deus rei, suas práticas arrogantes causam problemas à população até Endiku, um selvagem criado por um deus, enfrentar seu poder.

Este épico segue os pensamentos do rei após a morte de Endiku. É sobre como se tornar humano, com uma grande ênfase na imortalidade.

2- A Odisséia – Homero

Este épico da Grécia Antiga conta a história do guerreiro Odisseu, que tenta encontrar o caminho de casa de Tróia através do Mar do Peloponeso.

Não apenas ela deve lutar contra a malevolência dos deuses e a sedução de Calypso, mas também deve chegar em casa antes que os pretendentes de sua esposa a convencam a se casar com qualquer um deles.

Muitos elementos narrativos e poéticos deste épico influenciaram muitas obras modernas da literatura ocidental.

3- Beowulf – Anônimo

É um texto nacional na maioria dos países nórdicos e na Inglaterra. Conta a história de Beowulf, o herói da história e o homem mais forte que já viveu.

Ele é contratado por Hrothgar para proteger seu domínio de uma grotesca criatura do pântano chamada Grendel.

Ele não apenas o vence, mas também acaba confrontando sua mãe, outras criaturas horríveis e um dragão que respira fogo.

4- Canção de Rolando – Anonymous

Este épico foi escrito durante os séculos XI e XII. Conta a história das batalhas do século 18 entre os muçulmanos conquistadores e os francos que defenderam o território; Essa luta foi pela região da Península Ibérica e dos Pirinéus.

Esta peça narrativa reforça muitos dos valores dos cavaleiros, como galanteria e martírio.

5- Orlando Furioso – Ludovico Ariosto

Essa narrativa continua a tradição de interpretar as batalhas entre os francos e os sarracenos.

Furioso era um bravo guerreiro encarregado de salvar seu povo, mas estava distraído por um ataque de loucura causado pelas seduções de Angélica.

Relacionado:  O que e quais são as qualidades da expressão oral?

Essa história justapõe o dever de ser corajoso com amor apaixonado, mas também idealiza o amor comparando-o a um tipo de loucura que derruba a identidade.

Mas, no final da epopeia, reconhece-se que a paixão é uma fraqueza dos cavalheiros, e que o dever é o mais importante.

6- Paraíso Perdido – John Milton

Esse épico religioso, publicado em 1667, conta a história da queda de Satanás do céu (ele é o anti-herói e o anjo caído) e a queda do homem, quando Adão e Eva comem da maçã proibida.

É uma história com descrições bastante raras; Uma narração de anjos com flatulência está incluída.

É considerado uma reescrita da queda de Adão e Eva no livro de Gênesis, já que Milton descreve Satanás como um vilão sedutor e carismático em uma guerra brutal com Deus.

7- A Divina Comédia – Dante

É uma visão imaginativa e alegórica da vida após a morte, de acordo com a religião cristã.

Este épico é escrito na primeira pessoa e conta a jornada de Dante através dos três planos da morte.

O poeta Virgílio o guia pelo inferno e pelo purgatório, enquanto Beatriz (a mulher ideal de Dante) o guia no céu.

Embora parecesse um pouco sombria, a Divina Comédia é caracterizada por seus detalhes joculares. Também se destaca por sua descrição do inferno: um lago de excremento com demônios que passam gás.

8 – Eneida – Virgílio

É um épico escrito no primeiro século aC. C. em que a lenda de Enéias é narrada, um Trojan que viajou para a Itália e se tornou o ancestral dos romanos.

A primeira parte da história conta a história das andanças de Trojan pela Itália, incluindo um caso com a rainha Dido; e a segunda parte fala sobre a vitória dos troianos sobre os latinos.

No final, seu descendente, Romolus, fundou a cidade italiana que leva seu nome.

9- A Ilíada – Homero

Este épico conta a história da Guerra de Troia entre os gregos e os Trojans, após o seqüestro de Helena de Tróia por Paris, o príncipe de Tróia.

Surpreendentemente, muitos dos mitos populares sobre esse evento, como o cavalo de Tróia e o calcanhar de Aquiles, não aparecem na história.

A história conta apenas algumas semanas na parte final da guerra e se concentra nos personagens individuais que participaram: Aquiles, Ajax, Agamenon, Hector, Helena e Melenao.

10- A Canção dos Nibelungos

Este épico escrito no século XIII reviveu a mitologia teutônica na Alemanha. É sobre o lento declínio do povo da Borgonha no Atlântico Norte.

Especificamente, ele conta a história de Siegfried, uma figura semelhante a Aquiles que luta com dragões, conquista os Nibelungos e usa sua capa invisível para derrotar os inimigos.

Foi nessa história que o compositor Richard Wagner foi inspirado a produzir seu material O anel do Nibelungo .

Referências

  1. Os 20 maiores poemas épicos de todos os tempos (2013). Recuperado de qwiklit.com
  2. 10 dos melhores poemas épicos que todos deveriam ler. Recuperado de interestingliterature.com
  3. Os 10 maiores poemas épicos (2008). Recuperado de listverse.com
  4. Poesia épica Recuperado de wikipedia.org
  5. Poemas épicos Recuperado de ranker.com

Deixe um comentário