Os 11 vulcões mais altos do México

Os 11 vulcões mais altos do México

Os vulcões mais altos do México pertencem à Cordilheira Neovolcanica, que se estende do Oceano Pacífico, no auge do Arquipélago de Revillagigedo, até o estado de Veracruz, no Golfo do México.

Esta cordilheira possui os picos mais altos do México, servindo como uma barreira natural contra os rigores do Oceano Pacífico. Eles formam um elo entre a Sierra Madre Ocidental e Oriental, na fronteira com a Cidade do México ao sul e a zona de subducção que constitui a falha do rio Balsas, que delimita geograficamente as Américas do Norte e Central.

Fora da Cordilheira Neovolcanica, existem outros vulcões no México, como: El Chichón e Tacaná em Chiapas e Pochutla em Oaxaca.

Lista dos maiores vulcões do México

11- Ajusco

É um vulcão extinto que pertence à cordilheira Neovolcánica, com uma altura aproximada de 3.937 metros acima do nível do mar. Seu nome significa Floresta del agua.

Está localizado entre o Distrito Federal e o estado de Morelos. Faz parte da cadeia montanhosa chamada Serranía de Ajusco ou Sierra Chichinauhtzin.

10- Vulcão Colima

Tem uma altura aproximada de 3.960 metros acima do nível do mar e está localizado entre os estados de Colima e Jalisco, formando parte da cordilheira Neovolcánica.

É chamado de Vulcão do Fogo de Colima, para diferenciá-lo do Nevado de Colima. Mostra uma atividade vulcânica constante; sua última erupção ocorreu em janeiro de 2017.

9- Tacana

Sobe aproximadamente 4.092 metros acima do nível do mar e pertence à cordilheira de Chiapas, nas fronteiras do México e da Guatemala.

É um vulcão ativo e é conhecido como El Coloso de Sur; É o décimo pico mais alto do México e o segundo na Guatemala.

Relacionado:  6 Categorias de Análise do Espaço Geográfico

8- Peito Perote

Também conhecida como  Nauhcampatépetl (vem de Nahuatl), tem uma altura de 4200 metros acima do nível do mar. Faz parte da cordilheira Neovolcánica e está localizada especificamente no estado de Veracruz.

Possui as características de um vulcão-estratigráfico e se destaca pelas milhares de expedições de montanhismo que atrai todos os anos devido às suas condições favoráveis ​​para a escalada.

7- Nevado de Colima

Localizado no estado de Jalisco, atinge uma altura de 4.260 metros acima do nível do mar. Faz parte da cordilheira Neovolcánica e está extinto, ou seja, não possui atividade vulcânica.

Mesmo assim, ainda é possível encontrar alguns restos de lava, crateras e outros fluxos que indicam que ela entrou em erupção com consequências muito catastróficas para as áreas circundantes.

6- La Malinche

Tem uma altura aproximada de 4.420 metros acima do nível do mar. Está localizado entre os estados de Puebla e Tlaxcala. Seu nome deriva da divindade Tláloc, que é quem fornece a água e a chuva.

Faz parte da cordilheira Neovolcánica. Hoje é um vulcão ativo e ao redor é o Parque Nacional La Malinche, que serve de refúgio para o coelho e o lince.

Também é utilizado como estação científica para o estudo da região.

5- Serra Negra

Localizado no leste de Puebla, especificamente no Parque Nacional Pico de Orizaba, tem uma altura aproximada de 4.580 metros acima do nível do mar.

É um vulcão extinto, pertencente à cordilheira Neovolcánica, também chamado de Cerro Negro. No seu cume, um grande telescópio milimétrico foi construído, destinado à investigação de vulcões e suas manifestações.

4- Xinantécatl

O ‘homem nu’ ou Nevado de Toluca, como esse vulcão também é conhecido, está localizado entre os vales de Toluca e Tenango, no Estado do México. Tem uma altura de 4690 msmm.

Relacionado:  Mato: Características, Vegetação e Vida Selvagem

Sua última erupção foi em 1350 a. C., o que o torna um vulcão ativo. Pertence ao Eixo Neovolcânico e seu solo é composto de barris de cálcio, fósforo, ferro, sulfato ou pó das montanhas, entre outros elementos químicos.

3- Iztaccíhuatl

Está em terceiro lugar entre os maiores vulcões do México, com uma altura aproximada de 5.286 metros acima do nível do mar. Está localizado entre os limites geográficos dos estados de Puebla e México.

É considerada uma montanha sagrada, pois vestígios de rituais para a princesa indígena Iztaccihuatl foram encontrados em suas cavernas. É um vulcão ativo pertencente à cordilheira Neovolcánica e é conhecido pelo nome de Mulher Adormecida.

2- Popocatépetl

Este vulcão tem uma altura aproximada de 5.500 metros acima do nível do mar. Está localizado na divisão fronteiriça dos estados do México, Puebla e Morelos.

É um vulcão ativo que pertence à cadeia Neovolcánica. Apresenta muitas manifestações desde a primeira erupção em 1347, razão pela qual foi nomeado Cerro que Humea. Sua última erupção foi em 2019.

1- Pico de Orizaba ou Citlaltépetl

É um pico e um vulcão, é considerado o mais alto, tanto no México quanto na América do Norte. Tem uma altura aproximada de 5.747 metros acima do nível do mar.

É um vulcão ativo localizado entre os estados de Veracruz e Puebla. Faz parte do eixo vulcânico transversal e é chamado Monte de la Estrella. Sua última erupção data de 1846.

Referências

  1. Broda, J. (2017). Arqueologia mexicana. Obtido em arqueologiamexicana.mx
  2. GeoEncyclopedia. (sf). Obtido em geoenccyclopedia.com
  3. Enciclopédia da Montanha Montipedia. (sf). Obtido em montipedia.com
  4. Serviço geológico mexicano. (2017). Obtido em sgm.gob.mx
  5. Descoberta do vulcão. (sf). Obtido em volcanodiscovery.com.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies