Os 6 recursos naturais mais destacados de Querétaro

Os 6 recursos naturais mais destacados de Querétaro

Entre os  recursos naturais de Querétaro, os mais importantes são a riqueza da floresta, que ocupa mais de 700.000 hectares; e mineração, na qual se destacam os depósitos de prata e cobre.

Este estado mexicano faz fronteira com os estados de San Luis Potosí ao norte e nordeste, Hidalgo e México DF ao sudeste, Michoacán ao sudoeste e Guanajuato ao oeste.

É composto por 18 municípios e a capital é a cidade de Santiago de Querétaro. O nome da entidade vem da palavra nativa queréndaro , que significa “o lugar das rochas”.

Quanto ao clima, apresenta variações. A parte central do estado é seca ou semi-seca, com muito pouca chuva. A região norte também é caracterizada por seu clima quase deserto.

Por sua vez, o sul é geralmente fresco e úmido, com chuvas abundantes no verão, além de apresentar precipitação de granizo e geadas frequentes.

Os principais recursos naturais de Querétaro

1- Recursos florestais

A área florestal do estado é de 776.007,22 hectares. Este é um dos grandes recursos naturais de Querétaro.

Inclui florestas e zonas áridas. As formações que ocorrem nesses dois ecossistemas são: coníferas, folhas largas, mesófilos das montanhas, florestas baixas, chaparral e matagal.

Entre as espécies mais exploradas estão pinheiros, cedros, carvalhos, oyameles, zimbro, mesquite e eucalipto.

2- Recursos minerais

Desde os tempos pré-hispânicos, a riqueza mineira do estado de Querétaro tem sido explorada, particularmente na Serra Gorda.

A extração de cinábrio (sulfeto de mercúrio) e mercúrio (mercúrio) tem sido constante, embora irregular em termos da quantidade extraída.

Em diferentes estágios da história de Querétaro, o protagonismo mudou de mercúrio, prata, chumbo ou zinco.

O estado também é conhecido por suas opalas. Os principais distritos de mineração estão em Cadereyta e Toliman.

Prata, ferro, cobre e mercúrio são os principais metais que encontraremos na região. Sua presença é devido à atividade vulcânica.

Os fluidos magmáticos transportam metais que se depositam na superfície da Terra, levando à formação de depósitos.

Embora as reservas de ouro não sejam ilimitadas e a produção tenha diminuído nos últimos anos, ainda é importante. A presença de ouro e prata nas minas operadas por grandes empresas é uma fonte de riqueza para a região.

A exportação de materiais preciosos gera bilhões de dólares anualmente, dos quais uma parte é reinvestida em Querétaro.

3- Solos, agricultura e pecuária

Os solos nesta entidade são tão diversos quanto suas paisagens. Por esse motivo, eles podem abrigar grande biodiversidade.

30% do território é agrícola, sendo uma das principais atividades econômicas da região. Uma variedade de culturas é desenvolvida nas planícies do sul, incluindo frutas, milho, feijão, couve, alfafa, cebola, alface, sorgo e plantas medicinais.

O milho também é muito importante, pois a produção em Querétaro representa 6,8% do total nacional.

Todos os anos, a produção agrícola global excede 130.000 toneladas. Querétaro tem a desvantagem de seu clima seco, mas a falta de chuva é parcialmente resolvida com o uso de sistemas de irrigação.

Eventualmente, a falta de chuvas pode causar problemas graves. Por esse motivo, os sistemas de irrigação são cada vez mais sofisticados. Algumas empresas locais desenvolvem esses mecanismos para prolongar o máximo possível a exploração agrícola da terra.

Por outro lado, a criação de gado, especialmente vacas leiteiras, é significativa nas pastagens.

O estado de Querétaro é um dos principais produtores de leite do país. Outra atividade relevante é a criação de touros.

4- Recursos hídricos

Em Querétaro, os corpos d’água são agrupados em suas duas regiões hidrológicas: Lerma-Santiago e Pánuco.

Muitos de seus rios são de interesse turístico. Entre eles estão: Ayutla, Santa Maria, Querétaro, Jalpan, Blanco e Escanela.

5- Flora

Na parte central do estado, predominam as matas, enquanto nas montanhas do norte existem florestas de coníferas e carvalhos.

As florestas secas estão localizadas nas partes mais baixas do centro e norte. Além disso, perto das florestas e selvas existem pastagens.

6- Fauna

A fauna é diferenciada de acordo com as diferentes topografias. Nos arbustos existem ratos de campo, esquilos, gambás, lagartos, morcegos e outros.

Por sua vez, pica-pau, esquilos voadores, veados de cauda branca, cacomixtle, gambás, lince, entre outros, habitam as florestas de coníferas e carvalhos.

7- Produção de leite

Querétaro é um dos principais produtores de leite do México. O volume anual de produção atinge quase 400 milhões de litros de leite.

O setor de laticínios em Querétaro abrange cerca de 200 empresas relacionadas à produção e distribuição.

Cerca de 2.500 pessoas no estado trabalham para empresas de laticínios ou estão envolvidas no setor – pecuaristas, por exemplo.

Referências

  1. Querétaro. (21 de novembro de 2012). Na Enciclopédia Britânica. Recuperado em 21 de setembro de 2017, de britannica.com
  2. Querétaro. (s / f). Na Enciclopédia das Nações. Recuperado em 21 de setembro de 2017, de Nationsencyclopedia.com
  3. Querétaro. (s / f). Na Enciclopédia dos municípios e delegações do México. Recuperado em 21 de setembro de 2017, froms.inafed.gob.mx
  4. Angulo Carrera, A. (2010, 14 de abril). Entrevista com Ing. Manuel Valdés, Secretário de Desenvolvimento Agrícola do Governo do Estado de Querétaro. No Centro de Estudos Jurídicos e Ambientais. Recuperado em 21 de setembro de 2017, de ceja.org.mx
  5. Zavala, JF (2008). Mineração em La Sierra Gorda de Querétaro. No escritório da história. Recuperado em 21 de setembro de 2017, de eloficiodehistoriar.com.mx
  6. INEGI. (s / f). Querétaro. Flora e fauna. Recuperado em 21 de setembro de 2017, em cuentame.inegi.org.mx

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies