Os 7 exemplos das pessoas morais mais destacadas

As pessoas colectivas ou pessoas colectivas são diferentes de pessoas entidades naturais a que a lei lhes dá a capacidade de ter direitos e obrigações.

Essa capacidade é chamada de personalidade jurídica e os capacita a adquirir todos os tipos de ativos, compromissos e tomar medidas legais. As entidades legais nascem como resultado de um ato legal que as constitui.

Os 7 exemplos das pessoas morais mais destacadas 1

Através desse ato de constituição, uma ou mais pessoas naturais (ou também morais) são agrupadas para atingir um objetivo social que pode ou não ter lucro.

As pessoas morais agem através de seus órgãos de governo. Estes são chamados regularmente de conselho de acionistas, assembléia geral, conselho de administração, conselho de administração ou administradores.

Os 7 principais exemplos de pessoas morais

1- Corporações (SA)

Eles são pessoas morais de capital e direito privado. Nascem da iniciativa de indivíduos associados à intenção de gerar lucro, lucros ou lucros pela comercialização de um bem ou pela prestação de um serviço.

Eles são formados pela reunião de um capital social dividido em ações de igual valor, sobre as quais seus parceiros recebem uma porcentagem de participação.

Cada parceiro é responsável pelo valor de sua respectiva contribuição na empresa; isto é, seus bens pessoais não se comprometem com as dívidas da empresa.

Sua administração corresponde a um conselho ou conselho de administração e a um órgão de monitoramento designado pela assembléia geral de acionistas.

2- Sociedades de responsabilidade limitada

Assemelham-se a empresas nas quais são entidades legais de capital, direito privado, com fins lucrativos e destinadas à condução de atos comerciais.

O capital aportado por seus parceiros é o limite máximo de responsabilidade da empresa. O referido capital é dividido em taxas de participação indivisíveis e cumulativas, as quais devem ser integralmente pagas em seu ato de incorporação.

Relacionado:  Os 10 Deveres dos Adolescentes em Suas Vidas

Sua administração corresponde a um gerente ou grupo designado pelos parceiros.

3- Sociedades coletivas com fins lucrativos

São associações de pessoas compostas por dois ou mais parceiros que respondem de forma conjunta e ilimitada ao funcionamento da organização.

A administração da empresa corresponde a todos os parceiros em termos iguais. Eles são acompanhados pelos nomes “empresa”, “irmãos” ou “filhos”.

4- Cooperativas

São associações de pessoas caracterizadas pela igualdade nos direitos e obrigações de seus parceiros, independentemente da contribuição financeira que fazem.

Eles são constituídos principalmente com o objetivo de obter para seus membros acesso a bens e serviços de consumo a preços abaixo do mercado.

5- Associações e sociedades civis

Esses tipos de pessoas jurídicas estão em conformidade regularmente para fins esportivos, políticos, de pesquisa ou de ensino, para os quais alocam um patrimônio exclusivamente.

Caracterizam-se por não buscar benefícios econômicos no curso de sua atividade. Eles podem ser de direito público ou privado, dependendo da origem das respectivas taxas de participação.

6- As fundações

São entidades jurídicas sem fins lucrativos que podem ser públicas, privadas ou mistas, criadas com o objetivo de servir serviços de interesse social, caridade e educação pública.

Hospitais, centros de assistência comunitária e centros de educação são estabelecidos regularmente na forma de fundações.

7- Os sindicatos

São associações de pessoas cujo objetivo é a defesa moral e econômica dos interesses de seus membros.

Eles podem ser empregadores, trabalhadores de um campo ou indústria, trabalhadores ou guildas em particular, como educadores, transportadores ou membros de um setor profissional.

Referências

  1. Cremades, P. (sf). Casos e Notas de Direito Privado. Retirado em 07 de dezembro de 2017 de: difusionjuridica.com.bo
  2. A pessoa coletiva (sf). Recuperado em 07 de dezembro de 2017 de: drept.unibuc.ro
  3. O Povo Moral. (sf). Recuperado em 07 de dezembro de 2017 de: ual.dyndns.org
  4. Pessoa singular – Pessoa coletiva – Atributos de personalidade. (sf). Recuperado em 07 de dezembro de 2017 de: letrujil.files.wordpress.com
  5. Orrego, J. (2013). As pessoas jurídicas

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies