Os principais ramos geográficos

Os ramos da geografia nascem do amplo campo de estudo que essa ciência possui. Geografia é a ciência que estuda os ambientes, espaços e habitantes da Terra e suas interações.

Devido à sua natureza integrativa, essa disciplina não é investigada isoladamente, mas vinculando-se a outras áreas. De uma maneira muito mais ampla, a geografia pode ser dividida em dois ramos principais: geografia geral e regional, tendo, por sua vez, outras subdivisões.

Os principais ramos geográficos 1

Geografia geral

A geografia geral foi definida como a encarregada de analisar e estudar de maneira científica os fatos e fenômenos isolados que ocorrem na Terra.

Ou seja, dedica-se a avaliar os diferentes aspectos de todo o mundo, como rios, montanhas e climas, bem como a interação entre esses elementos e o ser humano.

Este ramo da geografia é dividido em três grupos principais: geografia física, geografia biológica e geografia humana. De qualquer forma, essa divisão é teórica, pois muitos dos fenômenos estudados têm uma conexão inseparável entre eles.

Geografia física

Os principais ramos geográficos 2

Fonte: Sociedade Geográfica Escocesa; Sociedade Geográfica Escocesa Real [Sem restrições]

A geografia física é aquela que concentra seu campo de trabalho nos reinos naturais. Ou seja, é responsável por analisar a área terrestre como um todo, bem como o espaço geográfico natural e os chamados fatores geográficos.

Neste ramo, ele explica a terra tanto em termos de forma quanto de constituição física e acidentes naturais e, devido ao seu extenso trabalho de pesquisa, divide-se em outras subdisciplinas.

Cada fenômeno físico, produzido sem a intervenção do homem, tem sua própria especialidade:

Climatologia

Os principais ramos geográficos 3

Fonte: Miss Madeline ~ commonswiki CPHC Climatology

É um campo de estudo responsável pela análise regular dos estados atmosféricos que ocorrem em um determinado local. São basicamente os fenômenos que ocorrem no contato entre a superfície da Terra e a atmosfera.

O clima é baseado no estudo de dados meteorológicos, mas também depende de outros ramos da geografia física.

Hoje o clima está ligado a duas concepções. A primeira delas é uma análise focada em observar separadamente os elementos de tempo e atmosfera.

O segundo refere-se à dinâmica, que considera como um bloco os diferentes estados do ambiente atmosférico.

Geomorfologia

Os principais ramos geográficos 4

Fonte: Dmitry Makeev [CC BY-SA 4.0 (https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0)]

Esse ramo foi desenvolvido inicialmente por geógrafos, embora hoje ele esteja em uma posição intermediária entre geografia e geologia, pois ambos o utilizam. Considerado por esse motivo como um ramo de ambas as disciplinas.

De qualquer forma, a geomorfologia é responsável por estudar as formas da superfície da Terra, bem como os processos que as produzem.

Em geral, pode-se dizer que a geomorfologia estuda o conjunto de irregularidades e formas topográficas encontradas na superfície da crosta terrestre, como colinas, montanhas, planícies, vales, planaltos, entre outras.

Hidrografia

Os principais ramos geográficos 5

Fonte: MonTe ÒÓ [CC BY-SA 4.0 (https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0)]

Essa disciplina da geografia física inclui o estudo das águas superficiais terrestres, isto é, as águas marinhas, fluviais e lacustres (continentais). O primeiro inclui oceanos e mares, enquanto o segundo inclui rios, lagos, lagoas, aquíferos, córregos, torrentes e pântanos.

No caso das águas interiores, a hidrografia se concentra no estudo de características específicas, como vazão, bacia, leito e sedimentação de rios. O conjunto dessas águas ocupa aproximadamente 70% do planeta.

Edaphology

Os principais ramos geográficos 6

Fonte: Caminho para Gaia [CC BY-SA 4.0 (https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0)]

É um ramo responsável por analisar a natureza e as propriedades do solo sob todos os pontos de vista. Ou seja, do ponto de vista da morfologia, levando em consideração a composição, sua formação, evolução, taxonomia, utilidade, conservação, recuperação e distribuição.

Embora a edafologia seja uma ciência que tem sua origem na geologia, é considerada um ramo auxiliar da geografia. Isso ocorre porque seu objetivo principal, além de estudar e comparar os diferentes tipos de solos, tem uma estreita relação com o campo de estudo da geografia.

Glaciologia

Os principais ramos geográficos 7

Fonte: Argentina.gob.ar (governo da Argentina) [CC BY 2.5 ar (https://creativecommons.org/licenses/by/2.5/ar/deed.en)]

Este ramo é dedicado ao estudo das várias formas que a água adquire em estado sólido na natureza. Em outras palavras, gelo, geleiras, neve, granizo, neve, entre outros. Trata-se de fenômenos desse tipo, idade atual ou geológica, que podem ocorrer na natureza.

Embora o interesse humano em geleiras, neve e gelo remonta há muitos séculos, não foi até o século 18 que a glaciologia começou a tomar forma como disciplina. Hoje é um dos principais estudos para a sobrevivência do homem no planeta Terra.

Geografia biológica

Essa disciplina, também conhecida como biogeografia, é responsável pelo estudo de associações de animais e plantas nos diferentes ambientes terrestres existentes. Em outras palavras, pode-se dizer que este estudo se concentra tanto na localização quanto na distribuição de seres vivos na superfície da Terra.

Fitogeografia

Os principais ramos geográficos 8

Fonte: Gastón Cuello [CC BY-SA 3.0 (https://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0)]

Como esperado, essa subdisciplina envolve elementos de biologia e geografia. É um campo responsável por analisar a relação entre a vida vegetal e o meio ambiente da Terra.

Também pode ser definida como uma ciência que estuda o habitat das plantas, focada em sua distribuição sobre a superfície da Terra.

Por sua vez, essa especialidade é responsável por agrupar as diferentes espécies que existem de acordo com seu parentesco genético. De fato, existe um mapa fitogeográfico onde a vegetação é classificada de acordo com suas características.

Zoogeografia

Os principais ramos geográficos 9

Fonte: MathKnight [CC BY-SA 4.0 (https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0)]

Este estudo é dedicado à análise da distribuição geográfica de espécies animais na superfície da Terra. Nesta linha, lida com os fatores que afetaram a dispersão dos animais.

Por outro lado, também é responsável por sistematizar os modelos de migração e adaptação da fauna silvestre, além de explicar os motivos desses movimentos.

Zoogeografia é um ramo da biogeografia que está ligada à zoologia e geografia.

Geografia humana

Os principais ramos geográficos 10

Fonte: Joce123 [Domínio público]

Este ramo da geografia lida com o estudo das causas e efeitos da distribuição de grupos humanos na superfície da Terra, embora também seja responsável por explicar a influência que as condições geográficas exercem sobre o homem. É uma investigação recíproca entre o ambiente geográfico e os seres humanos.

Outra concepção do campo de estudo da geografia humana tem a ver com a maneira como a população se relaciona com a natureza. Ou seja, estuda os objetos visíveis da paisagem que foram transformados pela mão do homem.

É por causa dessa amplitude do campo de estudo que esse ramo se concentra em três aspectos principais: o social, o político e o econômico. Essas subdisciplinas emergem dessas áreas.

Geografia da População

Os principais ramos geográficos 11

Fonte: TitiNicola [CC BY-SA 4.0 (https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0)]

Essa disciplina consiste no estudo integral da geografia humana, encarregado de estudar os diferentes aspectos das populações humanas, como composição, distribuição, crescimento e movimentos migratórios, com foco em um fenômeno humano dinâmico.

A geografia da população nasceu nos anos cinquenta e foi influenciada pelos problemas da população pós-guerra da época, embora esse ramo seja frequentemente confundido com a demografia, eles realmente não são os mesmos.

Ambas as disciplinas compartilham métodos e conteúdos, mas a geografia da população estuda as estruturas espaciais dos fenômenos demográficos e suas variações ao longo do tempo, enquanto a demografia estuda essa estrutura estatisticamente.

Geografia rural

Os principais ramos geográficos 12

Fonte: ItunuIjila [CC BY-SA 4.0 (https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0)]

Essa é a especialidade responsável por analisar a conformação dos espaços e atividades rurais e das condições de vida que são desenvolvidas nesse ambiente. Especificamente em relação aos usos agrícolas, pecuários e comerciais.

A geografia rural baseia-se no estudo das transformações que ocorrem nos espaços agrícolas ou agrários de acordo com a economia do país, a distribuição da propriedade, os problemas técnicos de produção, o problema ambiental, as migrações, os deslocamentos de terras. População e cultura.

Hoje a geografia rural está em um estágio de renovação, porque agora as cidades tendem a penetrar no espaço rural, seja para construir residências, para atividades culturais, etc.

Mesmo assim, esse ramo continua sendo caracterizado pelo estudo de áreas com baixa densidade populacional e geralmente distantes da metrópole.

Geografia urbana

Os principais ramos geográficos 13

Fonte: Diego Delso [CC BY-SA 3.0 (https://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0)]

Diferentemente da geografia rural, a urbana é responsável por estudar os espaços e sistemas que fazem parte das cidades. Através desta análise, procuramos explicar as relações internas que existem entre os diferentes centros urbanos que existem.

Esse ramo também se dedica ao estudo do crescimento urbano e demográfico da cidade, do desenvolvimento desigual, dos centros industriais existentes, dos territórios que estão dentro da cidade e da dinâmica que ocorre nos espaços internos como bairros, ruas, áreas comerciais, parques, entre outros.

A cidade é um espaço muito mais complexo que o campo. Como nesses espaços convergem outros tipos de setores, como industrial, comercial e serviços. As pessoas geralmente têm condições econômicas mais variadas e, portanto, as diferenças entre elas são muito mais acentuadas.

Geografia econômica

Os principais ramos geográficos 14

Fonte: https://pixabay.com

Este é o campo da geografia que se concentra nos aspectos econômicos. É responsável por estudar a combinação de fatores espaciais e naturais e sua influência nas atividades econômicas das regiões estudadas.

Em geral, essa disciplina é dedicada à análise dos tipos de atividades econômicas que os homens geralmente realizam. E também, estude a relação que essas atividades têm com a maneira como as pessoas vivem, se relacionam com os outros e com o meio ambiente.

Por outro lado, o trabalho desse ramo também se concentra na análise das relações de oferta e demanda do mercado, mas na perspectiva do espaço.

Ou seja, os relacionamentos que ocorrem entre consumidores e produtores em uma área específica. Portanto, geralmente é também definida como uma disciplina que lida com a produção e os meios utilizados para atender às necessidades econômicas das pessoas.

Geografia política

Os principais ramos geográficos 15

Fonte: Sarumo74 [CC BY 3.0 (https://creativecommons.org/licenses/by/3.0)]

É um ramo que inclui o estudo das relações existentes entre o solo e o Estado, bem como o crescimento deste e de sua situação. Também estuda a questão das fronteiras, relações entre estados e unidades morfológicas, fluviais e marítimas.

É considerada uma disciplina que estuda a influência recíproca das organizações políticas e do espaço.

A geografia política é frequentemente confundida com a geopolítica. A diferença é que este último, além de ser uma ciência pertencente à Ciência Política, estuda o nascimento do Estado, seu crescimento, evolução e dinâmica.

Diferentemente da geografia política que considera o Estado, não como uma entidade dinâmica, mas como estática da base geográfica.

Geografia cultural

Os principais ramos geográficos 16

Fonte: Linasanchez1702 [CC BY-SA 4.0 (https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0)]

A geografia cultural é dedicada ao estudo de fenômenos e processos que ocorrem em todos os grupos humanos que habitam o planeta, cada um com sua própria idiossincrasia que os identifica e os diferencia dos demais.

No passado, o objeto de estudo era mais orientado para as relações que os seres humanos tinham com o ambiente em que se desenvolviam. Hoje, porém, esse objetivo foi estendido e inclui mais fatores econômicos e sociais

De qualquer forma, passou a ser definida como a aplicação da idéia de cultura a problemas geográficos, mas também como a aplicação de idéias geográficas a problemas culturais.

Geografia regional

Os principais ramos geográficos 17

Fonte: Qqerim [CC BY-SA 3.0 (http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/)]

Este é o ramo da geografia dedicado ao estudo de uma certa parte da Terra. Ele se concentra nos aspectos físicos disso, bem como nas características geológicas, econômicas, étnicas e outras.

Também é conhecida como geografia descritiva, porque é basicamente uma síntese de todos os fatos estudados na geografia geral.

Referências

  1. Andrades, M; Múñez, C. (2012). Fundamentos da climatologia. Material Didático Agricultura e Alimentação. Universidade de La Rioja. Espanha
  2. Barrios, I. (sem data). Edafologia: origem, desenvolvimento e conceitos. Recuperado de euskomedia.org.
  3. Ferrer, M. (sem data). Conceito de geografia. Recuperado de Dialnet.com.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies