Para que serve a reciclagem: 10 benefícios importantes

A reciclagem serve para processar ou materiais residuais sólidos usados, tornando matéria-prima para o fabrico de produtos de consumo.A produção de mercadorias a partir de materiais reciclados consome menos energia que os processos de fabricação convencionais. Portanto, é uma boa maneira de controlar a poluição do ar e da água (Hill, 2009).

A reciclagem serve para tratar problemas ambientais, como excesso de resíduos sólidos, poluição dos recursos hídricos, poluição do ar, desmatamento de florestas e perda de biodiversidade, entre outros fatores fundamentais relacionados ao consumo de recursos naturais (Morgan 2009).

Para que serve a reciclagem: 10 benefícios importantes 1

O processo de reciclagem envolve a geração de emprego para os responsáveis ​​pelo tratamento de materiais e a produção de novos itens derivados de materiais usados. Os prefeitos e escritórios do governo podem tirar proveito dos planos de gerenciamento de resíduos sólidos para gerar oportunidades de trabalho e investimento.

Os benefícios da reciclagem são simples, mas eficazes e têm um efeito amplo e positivo no meio ambiente, nas comunidades e na economia dos países.

Por esse motivo, muitos países apóiam processos relacionados à reciclagem e garantem que seus habitantes não encontrem dificuldades no momento em que começam a contribuir para o cuidado e a preservação do meio ambiente.

Em muitos países, as autoridades ajudam as famílias com sacolas especiais marcadas para fazer a correta separação dos resíduos. Dessa forma, o processo de classificação dos materiais utilizados ocorre a partir da fonte, facilitando e tornando mais eficiente o trabalho de posterior destinação dos resíduos.

Qual é a utilidade da reciclagem? Principais benefícios

Para que serve a reciclagem: 10 benefícios importantes 2

Protecção Ambiental

A reciclagem serve para proteger o meio ambiente, pois envolve processos que permitem o uso de materiais que seriam queimados ou jogados em um aterro sanitário.

Tanto a queima de resíduos sólidos quanto seu descarte em um aterro sanitário geram poluição do ar, da terra e dos recursos hídricos, afetando a fertilidade do solo e a preservação da vida.

Quando os resíduos sólidos não são separados e reciclados, são incinerados em usinas de energia. Essa energia produzida a partir da queima de resíduos é usada para gerar eletricidade.

No entanto, esse processo também resulta na produção de gases que entram na atmosfera. Além disso, as cinzas devem ser dispostas especialmente para não contaminar o solo ou as fontes de água.

Ao reduzir a quantidade de resíduos que devem ser depositados em aterros sanitários ou aterros incinerados, a quantidade de gases, cinzas e materiais que podem contaminar a Terra é reduzida. Dessa maneira, a reciclagem serve para proteger e conservar os recursos do planeta.

Conservação de Recursos Naturais

Ao reciclar materiais já processados ​​e devolvê-los à indústria, reduz-se o consumo de matérias-primas e recursos naturais, como celulose, óleo e água, entre outros.

Dessa maneira, a indústria manufatureira pode subsistir sem depender da exploração dos recursos naturais.

Durante a reciclagem, os materiais e resíduos usados ​​podem ser convertidos em novos produtos. Dessa forma, evita que novos recursos naturais sejam retirados da Terra e transformados.

Relacionado:  Mesosfera: características, composição, temperatura e funções

A reciclagem serve para evitar processos de mineração, desmatamento e extração de material, uma vez que novos produtos nascem de materiais usados. Todos os processos envolvidos com a reciclagem ajudam na conservação de matérias-primas e habitats naturais.

Economia de energia

Nos processos industriais tradicionais, geralmente é gasto mais energia. Portanto, esses produtos feitos de materiais reciclados consomem menos energia durante os processos de fabricação.

Isso significa que processos mais eficientes podem ser realizados e os preços dos produtos com elementos reciclados podem ser mais baixos.

Para produzir um material com novas matérias-primas, é necessário que haja um alto consumo de energia desde o momento da extração do material.

Existem vários processos associados que representam alto consumo de energia. Por exemplo, extração, refino e transporte. Esses tratamentos são desnecessários quando os materiais são feitos com produtos reciclados.

Geração de Emprego

Para realizar os processos relacionados à reciclagem de resíduos sólidos, é necessário contratar pessoal treinado para coletar, separar e trabalhar em empresas dedicadas ao processamento de material reciclado.

Além disso, existem outros trabalhos derivados das unidades de reciclagem que dependem delas, como transportadores, gerentes de depósito e vendedores do material (Guiltinan & Nonyelu G. Nwokoye, 2006).

O processo de reciclagem beneficia todas as pessoas envolvidas nele. A indústria de reciclagem é atualmente uma das maiores do mundo.

Depois que os materiais são separados em residências e depositados no recipiente apropriado para descarte, é necessário transportá-los e manuseá-los no espaço apropriado para o descarte subsequente desses materiais.

Milhares de trabalhadores são necessários para lidar com a quantidade de material reciclado que chega todos os dias aos centros de coleta. Além disso, todos os dias, novos funcionários são contratados para lidar com o manuseio de materiais.

Dessa forma, é evidente como a reciclagem serve para gerar mais empregos nas comunidades, proporcionando estabilidade econômica e trabalhista localmente.

Estima-se que são necessárias aproximadamente seis ou sete pessoas para derramar ou incinerar o lixo de uma pessoa, enquanto, se o lixo for reciclado, são necessárias pelo menos trinta pessoas, o que permite a geração de mais oportunidades de emprego.

Minimização da Área de Aterro

Uma das maiores razões pelas quais a reciclagem foi promovida é a redução do impacto ambiental. Usando resíduos sólidos de maneira construtiva, é possível reduzir o tamanho dos aterros sanitários.

Esse processo é realizado lentamente, mas na maioria dos casos promete a recuperação de solos afetados pelo despejo de resíduos. (Agência, 2016)

Com o rápido crescimento da população mundial, está se tornando cada vez mais difícil controlar a quantidade de resíduos despejados em aterros sanitários. No entanto, a reciclagem serve para reduzir a quantidade de resíduos que realmente não pode ser usada para produzir novos itens de consumo.

Relacionado:  12 Vantagens e Desvantagens do Petróleo

Quando o crescimento de aterros é excessivo, a qualidade do ar, da água e do solo é afetada. Torna-se difícil para terras limitadas conterem resíduos.

Esse fato leva ao envenenamento da Terra e a problemas de saúde de pessoas que moram perto desses espaços ou precisam estar em contato com resíduos não tratados. Nesse sentido, a reciclagem serve para reduzir os níveis de poluição e recuperar a terra aos poucos.

Benefícios Econômicos

A reciclagem não deve necessariamente funcionar como um processo sem fins lucrativos. Essencialmente, esse processo busca beneficiar o meio ambiente, no entanto, não depende do sacrifício abnegado das pessoas para proteger os recursos naturais.

Existem vários benefícios econômicos oferecidos pelo governo de diferentes países para aqueles que se comprometem com o trabalho de reciclagem de materiais que podem ser usados ​​para a produção subsequente de bens e serviços (Testa, 1997).

As pessoas que reciclam e levam latas de alumínio, garrafas de vidro e papel para os centros de coleta recebem dinheiro para esse material.

De fato, em muitos países, as populações mais jovens que não têm permissão para trabalhar podem optar pela reciclagem como uma maneira de ganhar dinheiro. Jornais antigos, objetos de plástico e borracha, peças de metal e até latas de cerveja podem ser vendidas por dinheiro.

A reciclagem não serve apenas para produzir dinheiro, mas também para economizar. Os países com economias mais fortes são geralmente aqueles que têm políticas ambientais mais severas.

Isso significa que os países que cuidam de seus recursos e os exploram com responsabilidade têm menos probabilidade de comprar esses recursos de outros países. Isso implica uma economia significativa de dinheiro para diferentes indústrias.

Cada objeto reciclado tem um impacto na economia de um país. A reutilização do material que já foi processado contribui para a proteção das florestas, a conservação de minas e combustíveis fósseis. Isso evita a compra de recursos de outros países e permite a geração de emprego localmente, com a qual a economia pode ser impulsionada.

Por outro lado, ao reduzir o tamanho dos aterros, o custo de manutenção da terra também diminui e o dinheiro anteriormente gasto em manutenção de aterros pode ser investido em áreas que podem ter um impacto maior.

Uso de tecnologias mais ecológicas

O uso de materiais reciclados levou a indústria e as pessoas a usar mais tecnologias “verdes”. Nos últimos anos, muitas pessoas optaram pelo uso de energia renovável, como energia solar, eólica e geotérmica. Desta forma, a poluição também é controlada.

Da mesma forma, processos industriais de tratamento e transformação de materiais reciclados buscam favorecer a conservação do meio ambiente.

Desenvolvimento Comunitário

A reciclagem também serve para unir comunidades. Nesse sentido, muitas pessoas podem se reunir para coletar, classificar e vender material reciclado para arrecadar fundos para causas sociais ou projetos de escolas e instituições de ensino (Silverman, 2008).

Relacionado:  Incêndios florestais: características, causas, conseqüências, tipos

Existem programas simples, mas significativos, que trabalham para fortalecer a comunidade a partir da reciclagem de resíduos sólidos. O trabalho e o esforço coletivo para o correto descarte de resíduos tem sido benéfico para várias comunidades, pois permite que elas permaneçam limpas e com melhor qualidade de vida.

Por outro lado, as pessoas que reciclam são reconhecidas como agentes transformadores do mundo. Uma boa estratégia nas comunidades tem sido educar as crianças e capacitá-las como responsáveis ​​por mudar o mundo e cuidar do meio ambiente.

Proteção da biodiversidade

A reciclagem serve para reduzir a quantidade de matéria-prima necessária para a fabricação de bens de consumo.

Dessa forma, a reciclagem contribui para a conservação dos recursos naturais e evita a perda de biodiversidade, ecossistemas e habitats de milhares de espécies animais e vegetais.

A erosão do solo, a poluição da água e até as atividades de mineração que colocam em risco a vida humana tendem a ser reduzidas à medida que os resíduos são reciclados.

Da mesma forma, o desmatamento diminui, de modo que espécies endêmicas de plantas e animais que dependem das florestas para sobreviver possam ser protegidas.

Redução de Mineração

Uma das atividades mais perigosas para os seres humanos é a mineração. Estima-se que pelo menos 40 mineiros morrem diariamente e centenas sejam feridos.

A reciclagem serve para reduzir o consumo de materiais da mineração, permitindo a reutilização de metais como ferro e aço. Ao reciclar uma tonelada de ferro, você economiza 2.500 libras de ferro, 1.400 libras de carvão e 120 libras de calcário.

Essa economia não apenas busca proteger o meio ambiente, mas as populações localizadas em torno dos depósitos desses minerais, uma vez que muitas vezes estes devem ser brutalmente deslocados para explorar os recursos da área (RecyclingCoalition, 2005).

A exploração mineira, em termos gerais, causou o deslocamento de mais de vinte milhões de pessoas e é considerada uma das fontes econômicas mais importantes de grupos fora da lei.

Nesse sentido, a reciclagem serve para reduzir a demanda por minerais, preservar o meio ambiente e proteger a vida humana.

Referências

  1. Agência, EP (21 de 11 de 2016). Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos. Obtido dos princípios básicos de reciclagem: epa.gov.
  2. Guiltinan, JP e Nonyelu G. Nwokoye. (2006). Desenvolvimento de canais e sistemas de distribuição nas indústrias emergentes de reciclagem. International Journal of Physical Distribution, 28-38.
  3. Hill, T. (2009). O livro Tudo em sala de aula verde: da reciclagem à conservação, tudo o que você precisa para criar um ambiente de aprendizado ecológico. Avon: Tudo Série.
  4. Morgan, S. (2009). Resíduos, Reciclagem e Reutilização. Londres: Evans Brothers Limited.
  5. RecyclingCoalition, N. (2005). Revolução da Reciclagem Obtido dos benefícios da reciclagem: Os vários motivos: recycling-revolution.com.
  6. Silverman, B. (2008). Reciclagem: Redução de resíduos. Biblioteca Heinemann
  7. Testa, SM (1997). A reutilização e reciclagem de solos contaminados. Nova York: Lewis Publishers.

Deixe um comentário