Planejamento tático: características, importância e exemplos

O planejamento tático estabelece as medidas específicas necessárias para implementar o plano estratégico de uma empresa. É uma extensão do planejamento estratégico, e planos táticos são criados para todos os níveis de uma empresa. Táticas são as ações específicas, mas não muito detalhadas, que são realizadas para implementar a estratégia.

Essas ações descrevem o que uma empresa precisa executar, a prioridade das etapas necessárias para executar essas tarefas e as ferramentas e o pessoal necessários para atender aos objetivos estratégicos da empresa. Os planos táticos são geralmente de curto prazo.

Planejamento tático: características, importância e exemplos 1

A extensão dos planos táticos é mais curta que o horizonte do plano estratégico. Por exemplo, se o plano estratégico for realizado por cinco anos, os planos táticos poderão ser feitos por períodos de um a três anos, sujeitos à regularidade da mudança e ao tipo de mercado que a empresa atende.

Os planos táticos devem se concentrar nos objetivos principais da empresa; caso contrário, as atividades dos funcionários se tornarão muito fragmentadas e será difícil para eles entender como suas atividades finalmente se relacionam com os objetivos.

Caracteristicas

No planejamento tático, é necessário entender e decifrar os objetivos estratégicos; em seguida, identifique os cursos de ação necessários para alcançar esses objetivos.

A principal questão é fazer a seguinte pergunta: “Como os objetivos estratégicos podem ser alcançados dentro dos termos de autoridade e recursos propostos?” Isso só pode acontecer garantindo que os resultados gerados pelas táticas orientem os benefícios estratégicos desejados.

Está relacionado às ações realizadas dia a dia e cujos resultados avançarão a empresa para atingir os objetivos descritos no plano estratégico. A estratégia é o quê e por quê; A tática é o como.

Às vezes, os planos táticos são chamados de planos de ação de curto prazo, porque dividem objetivos e estratégias maiores em tarefas mais voltadas para as ações.

O essencial para obter um plano tático bem realizado é que você tem ações específicas designadas especificamente para funcionários específicos com prazos bem definidos.

O processo de desenvolvimento do planejamento tático leva muito tempo. Se o plano for extenso, poderá causar uma desaceleração nas operações da empresa; Isso pode levar a uma diminuição nos benefícios.

Gestão responsável

A gerência sênior é responsável pelos planos estratégicos, pois possuem uma melhor visão global corporativa. Os gerentes de nível médio compreendem melhor as operações cotidianas e geralmente são responsáveis ​​pela execução do planejamento tático.

O planejamento tático é desenvolvido por quem é responsável pela execução do trabalho dia a dia. Um plano tático é desenvolvido para saber o que fazer, quando deve ser feito e isso ajudará a lidar com o “como” do plano operacional.

Flexibilidade

O objetivo do planejamento tático é atingir as metas e objetivos do plano estratégico, mas o ambiente de negócios e os mercados podem mudar rapidamente.

Quando isso acontece, é hora de reavaliar o desempenho das táticas em relação aos objetivos estabelecidos e se é necessário mudar as táticas.

O planejamento estratégico olha para o futuro e o planejamento tático refere-se ao presente. Como sabemos muito mais sobre hoje do que sobre o futuro, os planos táticos têm mais detalhes que os estratégicos.

Portanto, um componente necessário do processo de planejamento tático em andamento é a flexibilidade diante das mudanças. Ele deve ser integrado aos planos táticos para permitir eventos imprevistos.

Por exemplo, se a empresa fabrica um produto, ela deve incorporar flexibilidade em seu plano para lidar com possíveis quebras e manutenção das máquinas. Não se pode presumir que o maquinário possa ser operado a toda velocidade o tempo todo.

Etapas para desenvolver o planejamento tático

Seis etapas gerais para desenvolver um plano tático são identificadas.

1- Defina o negócio.

2- Analisar o mercado.

3- Solicitar projetos, participar do mercado alvo e desenvolver uma estratégia de marketing.

4- Desenvolver modelos de organização e gestão.

5- Avaliar as implicações financeiras e de missão do negócio.

6- Coloque tudo junto no plano tático final.

O plano tático final pode ser usado para concentrar o trabalho, medir o progresso e buscar financiamento.

Importância

Os planos táticos são importantes para as empresas, porque as etapas desenvolvidas no plano ajudam a administração a descobrir ineficiências em suas operações.

Depois que deficiências operacionais são reveladas, a gerência pode tomar as decisões necessárias para fazer as correções.

Metas ousadas e estratégias reflexivas não produzem nada se nenhuma ação for tomada para colocá-las em ação. Os objetivos e estratégias dão uma visão, mas as ações fazem a empresa realmente planejar.

Eles também permitem que as empresas se beneficiem da contribuição de seus funcionários. Os planos táticos práticos devem conter a contribuição das pessoas envolvidas nas operações diárias de uma empresa.

Um planejamento tático eficaz pode ser a chave do sucesso. Pode ajudar a garantir finanças, priorizar esforços e avaliar oportunidades.

A princípio, pode parecer muito trabalho; No entanto, um plano tático bem preparado pode economizar tempo e dinheiro a longo prazo.

Exemplos

Primeiro exemplo

Suponha que uma empresa venda seguros em uma cidade grande. O plano tático da companhia de seguros deve detalhar cada elemento necessário para atender aos objetivos e à visão estabelecidos no plano estratégico da empresa.

Se for resolvido que uma das melhores maneiras de alcançar o consumidor-alvo é através da publicidade na televisão, o plano tático deve detalhar cuidadosamente os detalhes da campanha na televisão.

Entre as etapas a seguir para desenvolver esse plano estão: decidir qual será a mensagem mais apropriada, organizar a preparação do comercial, decidir em quais canais e quando transmitir o comercial e acompanhar os possíveis clientes que reagem à campanha.

O departamento de vendas da empresa pode ser responsável por gerenciar as consultas dos clientes com publicidade na televisão. Portanto, o plano tático para a área de vendas deve ser desenvolvido em conjunto com o departamento de marketing.

O plano de vendas tático deve indicar como o número de chamadas será tratado, quanta equipe será necessária e como as vendas serão rastreadas.

A área de marketing deve fornecer ao departamento de vendas informações sobre a campanha de TV para que este possa fazer seu próprio plano tático.

Segundo exemplo

A Adorian Corporation recomenda desenvolver planos táticos pensando em três a cinco objetivos fortes. “Aumentar as vendas em 20% em doze meses” é um exemplo de objetivo específico e mensurável.

Uma estratégia que pode ajudar é treinar a equipe nas vendas sugeridas. Uma tática concreta para essa estratégia é exigir que todos os funcionários de vendas sugiram um determinado produto E para os clientes que compram o produto X.

Terceiro exemplo

Planejamento tático da empresa ABC para reduzir seus custos de produção em 10% em 12 meses:

Planejamento tático: características, importância e exemplos 2

Referências

  1. Rose Johnson (2018). Planejamento tático e operacional. Empresa de pequeno porte – Chron.com. Retirado de: smallbusiness.chron.com.
  2. Lisa Nielsen (2018). Exemplo de Planejamento Tático em Negócios. Empresa de pequeno porte – Chron.com. Retirado de: smallbusiness.chron.com.
  3. Hub de Informação em Saúde Rural (2018). Planejamento de negócios (tático). Retirado de: ruralhealthinfo.org.
  4. ManagerLink (2018). Planejamento Estratégico e Tático: Entendendo a Diferença. Retirado de: managerlink.monster.com.
  5. Neil Kokemuller (2018). Definição de Planejamento Tático nos Negócios. Empresa de pequeno porte – Chron.com. Retirado de: smallbusiness.chron.com.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies