Fornecedores: características, funções, tipos, exemplos reais

Os fornecedores são indivíduos, organizações ou outras entidades que fornecem bens ou serviços que você precisa outra pessoa, organização ou entidade. Um fornecedor pode ser diferenciado de um contratado ou subcontratado, uma vez que isso geralmente dá contribuições especializadas aos produtos a serem entregues.

Eles são a parte que fornece bens ou serviços em uma transação comercial em troca de uma compensação acordada. Como tal, os fornecedores geralmente não interagem diretamente com os consumidores, deixando essa tarefa para vendedores ou donos de lojas.

Fornecedores: características, funções, tipos, exemplos reais 1

Fonte: pixabay.com

Normalmente, o termo “fornecedor” é usado com o mesmo significado que o de “vendedor”.É comum que um fornecedor ofereça descontos por volume aos vendedores de varejo quando eles concordam em assinar contratos de longo prazo ou fazer pedidos para grandes quantidades.

Você não precisa comprar os produtos de dezenas de fornecedores. Você só precisa de alguns bons fornecedores com os quais possa contar.Os pedidos de compra geralmente são usados ​​como um acordo contratual com os fornecedores para comprar bens ou serviços.

Parte comercial

Em qualquer negociação, deve haver pelo menos duas partes. Um deles é o fornecedor, que fornece ou fornece produtos ou serviços, enquanto o outro é o comprador ou cliente, que os recebe.

O termo “comércio” refere-se à atividade de compra e venda de bens e serviços. Em outras palavras, troque-os por dinheiro.Por exemplo, nos negócios, cada empresa possui pelo menos um fornecedor. Os fornecedores fornecem ou fornecem à empresa materiais, produtos e serviços.

Caracteristicas

– Um fornecedor deve ser confiável e enviar o pedido solicitado corretamente, no prazo e sem danos.

– Com um fornecedor, você pode negociar preços. Essa é uma das principais razões pelas quais um relacionamento com o fornecedor deve ser formado.

– Um fornecedor deve primeiro atender ao orçamento da empresa. Certifique-se de que o preço acordado satisfaça a empresa e o fornecedor.

– Você deve procurar comprar de um fornecedor estável, com poucas chances de fechar em um futuro próximo.

-Cadeia de Suprimentos

Um fornecedor faz parte de uma cadeia de suprimentos. Entre o momento em que um produto é fabricado e quando um cliente o compra, o produto viaja através de pessoas e empresas que compõem a cadeia de suprimentos.

Basicamente, essa é uma rede que move produtos da fábrica para a área de vendas. Algumas redes são simples, enquanto outras são complexas. Embora cada cadeia de suprimentos seja diferente, a maioria será mais ou menos assim:

– Um fabricante produz um bem e o vende para uma pessoa ou empresa. O preço do produto é o mais baixo nesta fase.

Relacionado:  Escola empírica de administração: características, autores, vantagens

– Um distribuidor move o produto do fabricante para um atacadista ou varejista.

– Um atacadista compra o produto do fabricante ou distribuidor e o vende para um varejista. O preço do produto aumenta em relação ao preço do fabricante.

– Um varejista compra o produto do atacadista e vende para o público consumidor. O preço do produto volta a subir.

– Um cliente compra o produto de um varejista.

-Relações com fornecedores

Desenvolver relacionamentos duradouros

Se uma empresa pretende usar um fornecedor mais de uma vez, deve se esforçar para construir um relacionamento duradouro, onde possa ser facilmente negociado com o fornecedor.

Esse relacionamento garantirá que a capacidade do provedor seja entendida, a fim de saber quando você está sendo solicitado demais.

Também garantirá que o fornecedor atenda às necessidades futuras da empresa antes de outros.

Invista em tecnologia

Agora é fácil encontrar o software de gerenciamento de fornecedores certo, que atenda às necessidades específicas de uma empresa.

Com essa tecnologia, as empresas podem investigar fornecedores, descobrindo rapidamente os pontos fracos por meio de dados fáceis de ler.

Pagar a tempo

É uma excelente maneira de manter um bom relacionamento com os fornecedores. Algumas empresas rastreiam mal os pedidos, o que significa que os pagamentos podem ser feitos com atraso.

Isso deixa o provedor em uma má posição, pois seu fluxo de caixa não é seguro. Eles podem não confiar nesse cliente tanto quanto em um novo cliente.

Acordos simplificados

Isso significa que todos os provedores recebem o mesmo tratamento, independentemente do serviço que prestam.

Funções

A função de um fornecedor em uma empresa é fornecer produtos de alta qualidade de um fabricante, a um bom preço, a um distribuidor ou varejista para revenda.

Um fornecedor em uma empresa é a entidade que atua como mediadora entre o produtor e o varejista, garantindo que uma comunicação eficaz possa ser feita e que o estoque seja de qualidade suficiente.

Os fornecedores têm um papel muito importante em cada estágio do ciclo de vida do produto. Desde a aquisição de materiais até o aumento da produção, além de explorar melhores opções de matérias-primas à medida que o mercado começa a saturar.

As empresas devem trabalhar em estreita colaboração com seus fornecedores para adquirir o melhor de seus ativos.

O papel de um fornecedor em uma empresa pode ser exigente, porque os varejistas esperam receber um certo nível de qualidade e os fabricantes esperam que os fornecedores vendam um grande número de produtos.

Relacionado:  Reapresentação das demonstrações financeiras: métodos e exemplo

Por esse motivo, os fornecedores devem ser flexíveis e entender como gerenciar relacionamentos. Outros elementos importantes da função de um provedor incluem:

Aplicação da lei

Os fornecedores devem cumprir todas as leis e regulamentos relevantes, incluindo a proteção dos direitos humanos e do trabalho infantil.

Transações justas para todos

Os fornecedores devem oferecer oportunidades iguais para todos os varejistas negociarem com eles. Um varejista não deve ser rejeitado devido à sua localização ou por qualquer outro motivo.

O melhor preço possível

Os fornecedores devem garantir o melhor preço e a melhor qualidade aos varejistas para manter a confiança entre eles. Isso ajudará a garantir a repetição de negócios no futuro.

Nenhum conflito de interesse

Os fornecedores não devem fazer negócios com aqueles com quem possam ter um conflito de interesses. Isso incluiria familiares novos ou antigos, amigos e colegas. Isso é para reduzir a probabilidade de tratamento injusto entre outros clientes.

Tipos

Fabricantes Fornecedores

Com os fornecedores, os fabricantes estão trabalhando com a fonte da cadeia de suprimentos. Eles investigam, desenvolvem e fabricam o produto acabado adquirido.

De fato, o fornecimento de materiais pelo fabricante significa que nenhuma empresa será paga pelo manuseio e armazenamento do produto.

Muitos fabricantes produzem os materiais após serem pedidos. Isso pode criar um tempo de espera mais longo do que o recebido por atacadistas e distribuidores.

No entanto, se o que for necessário não for algo prontamente disponível ou produzido em série, os fabricantes poderão atender às especificações exatas necessárias.

Atacadistas e distribuidores

Os atacadistas e distribuidores são conhecidos por comprar suprimentos a granel, armazená-los e vendê-los em pequenas quantidades para empresas e varejistas.

Como o produto já foi criado, você pode ter opções limitadas, mas o tempo de entrega dos pedidos será menor.

Artesãos independentes e agentes comerciais

Os artesãos que criam suas próprias peças geralmente vendem seu trabalho de forma independente ou fazem parceria com agentes, que ajudam a vender seu produto final.

Os materiais de um artesão independente geralmente são ideais para projetos que envolvem compras de baixo volume, onde o tempo de entrega tem menos prioridade.

Eles geralmente vendem diretamente para varejistas ou para o consumidor final através de agentes ou feiras.

Importadores

Os fornecedores que importam e vendem esses produtos fabricados no exterior são conhecidos como importadores.

Quando os materiais são obtidos através de importadores, o maior benefício será encontrado em pedidos de alto volume.

O alto volume ajuda a compensar os custos incorridos no transporte e transporte dos materiais. É comum comprar de um atacadista ou distribuidor que também se mostra um importador.

Relacionado:  Viabilidade técnica: critérios e análise

Exemplos reais

Suponha que a ABC seja uma fabricante de móveis. Alguns de seus fornecedores podem ser uma empresa de madeira, uma empresa elétrica e um fabricante de ferramentas. Eles fornecem madeira, eletricidade e ferramentas para fazer os móveis.

No entanto, alguns livros contábeis catalogam apenas fornecedores de matérias-primas (como grãos, madeira, minerais brutos, como cobre, etc.) como fornecedores.

Eles não se referem a prestadores de serviços como eletricidade, água, reparos etc., mas apenas fornecedores de materiais.

Países fornecedores

Tende a pensar nos fornecedores como pessoas ou empresas. No entanto, o termo também é usado para países.

Por exemplo, o Japão importa praticamente todo o seu petróleo e gás. O maior fornecedor de petróleo do Japão é a Arábia Saudita, seguida pelos Emirados Árabes Unidos e depois pelo Catar. Kuwait, Rússia, Iraque, México e Cazaquistão também são fornecedores do Japão.

Os Estados Unidos são um dos principais fornecedores de soja na China. Desde que a China elevou as tarifas da soja americana, suas compras de soja do Brasil e da Argentina aumentaram.

Eventos corporativos

Grandes eventos corporativos são bons exemplos das ocasiões em que os fornecedores são necessários.

Se, por exemplo, o departamento de recursos humanos de uma empresa planejar uma festa de férias para seus funcionários, ela procurará contratar fornecedores para fornecer os bens e serviços para o evento.

Primeiro, um local deve ser escolhido; nesse caso, o proprietário do espaço para eventos se torna um fornecedor quando a data é reservada e o contrato é assinado.

Posteriormente, o departamento aborda os decoradores, que se tornam fornecedores quando contratados para transformar o espaço do evento em uma festa temática.

Depois que o tema é implementado, uma empresa de catering é contratada para fornecer alimentos e bebidas para a festa. Quando a empresa presta seu serviço, ela se torna um fornecedor da empresa.

Referências

  1. Notícias de negócios do mercado (2019). O que é um fornecedor? Definição e exemplos. Retirado de: marketbusinessnews.com.
  2. Negociador Global (2019). Fornecedor Retirado de: globalnegotiator.com.
  3. Karyn Corrigan (2018). O que é um fornecedor e qual é o papel deles em um negócio? Retirado de: oberlo.com.
  4. Corey Linn (2017). 4 tipos de fornecedores de materiais e seu impacto nos seus negócios. Madeira glacial Retirado de: glacialwood.com.
  5. Mike Kappel (2016). O que é um fornecedor? – Visão geral para proprietários de pequenas empresas. Patriot Software Retirado de: patriotsoftware.com.
  6. Julia Kagan (2018). Fornecedor Investopedia. Retirado de: investopedia.com.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies