Quais são organismos fotossintéticos?

Os organismos fotossintéticos são aqueles capazes de capturar a energia solar e usá-lo para a produção de compostos orgânicos. Esse processo de conversão de energia é conhecido como fotossíntese.

Esses organismos são capazes de produzir seus próprios alimentos a partir da energia solar. Estes incluem plantas superiores, algumas protistas e bactérias, que podem converter dióxido de carbono em compostos orgânicos e redução de hidratos de carbono.

Quais são organismos fotossintéticos? 1

A energia necessária para que esse processo ocorra provém da luz solar, que promove a atividade de organismos fotossintéticos para a preparação de compostos orgânicos e carboidratos, que são utilizados pelas células heterotróficas como fonte de energia.

É importante notar que a maioria dos alimentos consumidos diariamente e combustível fóssil encontrado na natureza, são produtos da fotossíntese.

organismos fotossintéticos são considerados produtores primários na cadeia alimentar, pois entre eles são aqueles que produzem oxigênio são plantas verdes, algas e algumas bactérias.

Mas existem organismos fotossintéticos e produzir oxigênio, entre estes estão as bactérias sulfurosas roxas e bactérias sulfurosas verdes.

O que é fotossíntese e o que são organismos fotossintéticos?

A fotossíntese é o processo pelo qual as plantas, algas e algumas bactérias são capazes de produzir de glicose e oxigénio, tendo o dióxido de carbono e água ambiente. A energia necessária para que esse processo ocorra provém da luz solar.

Quais são organismos fotossintéticos? 2

Fotossíntese Educação (sf). Imagem via photosynthesiseducation.com

Como pode ser visto na imagem, a planta toma o dióxido de carbono ambiente, e com a participação de luz solar e de água, voltou a temperatura ambiente de oxigénio.

Pisos superiores

As plantas superiores são plantas conhecidas como plantas vasculares ou traqueófitas, pois possuem tecidos para a condução da água através delas e outras que permitem a passagem de produtos da fotossíntese.

Relacionado:  Retículo endoplasmático rugoso: estrutura e funções

Essas plantas têm em suas folhas estruturas chamadas cloroplastos, que possuem um pigmento chamado clorofila, absorvem a luz do sol e são responsáveis ​​pela ocorrência da fotossíntese.

As plantas superiores, assim como alguns tipos de bactérias, são chamadas de produtores primários, pois são capazes de produzir matéria orgânica, como glicose, iniciando inorgânicos (dióxido de carbono) através do processo de fotossíntese.

Esses produtores são chamados de organismos autotróficos e representam o ponto de partida para a circulação de nutrientes e energia na cadeia alimentar, uma vez que os carboidratos e outros produtos químicos que produzem servem como alimento para os principais consumidores herbívoros.

Algas marinhas

E plantas superiores, estes organismos são eucariotas, ou seja, são organismos que as suas células têm um núcleo e organelos dentro das suas membranas. Muitas destas algas são unicelulares, mas às vezes pode formar grandes colônias e se comportam como plantas.

Entre as estruturas que esses organismos eucarióticos possuem, estão os cloroplastos, subunidades organizadas cujo papel principal é realizar o processo de fotossíntese, que, como nas plantas, a clorofila captura a energia da luz solar para convertê-la e guarde

Cianobactérias

As cianobactérias são organismos procarióticos, o que significa que são organismos unicelulares que não têm núcleo, mas podem se comportar como os organismos que realizam a fotossíntese.

Embora não contenham organelas como células de algas, elas têm um sistema externo duplo e um interno com uma membrana tilacóide, para que possam realizar a fotossíntese.

Esses organismos podem produzir oxigênio a partir de suas reações fotossintéticas, porque usam a água como doadora de elétrons, ao contrário de outros organismos bacterianos, que realizam um tipo de fotossíntese chamado anoxígeno.

Relacionado:  Caldo de lactose: fundação, preparação e usos

Bactérias sulfurosas roxas

São organismos com um metabolismo muito versátil, pois podem usar uma variedade de compostos para obter elétrons e, embora não produzam oxigênio em suas reações fotossintéticas, não têm problemas em subsistir se o oxigênio não estiver presente.

Se as condições do ambiente favorecem a mudança do seu metabolismo para um modo de vida fotossintético, elas começam a adicionar ao seu sistema de membrana citoplasmática mais camadas, para que mais tarde seja transformada em uma membrana intracitoplasmática, necessária para que Fotossíntese ocorre.

Bactérias verdes sulfurosas

Esse tipo de bactéria não tem mobilidade, mas pode ter múltiplas formas, entre as quais espiral, esferas ou bastões. Eles estão localizados no fundo dos oceanos e sobrevivem à falta de luz e vento quente.

Estas bactérias, realizar o processo da fotossíntese na membrana plasmática, sem causar qualquer alteração adicional ao mesmo, uma vez que têm de ajustar as vesículas de profundidade e, assim, conseguir uma melhor iluminação e utilizar enxofre como um doador de electrões, a fotossíntese é anoxígena.

Heliobactérias

São bactérias fototróficas anoxigênicas cuja descoberta é recente. Eles contêm bacterioclorofila g, um pigmento exclusivo para sua espécie, que permite absorver diferentes frequências, diferentemente de outros organismos fotossintéticos.

São bactérias Gram-positivas e as únicas capazes de realizar fototrofia. Além disso, eles também são capazes de formar endosporos. Eles são foto-heterotróficos, pois obtêm a energia da luz solar, mas o carbono é retirado exclusivamente de fontes orgânicas, eles também são anaeróbicos.

Deve-se levar em conta que a vida na Terra depende principalmente da energia solar, que é transformada em glicose e oxigênio através do processo de fotossíntese, responsável pela produção de toda a matéria orgânica.

Relacionado:  Respiração anaeróbica: características, tipos e organismos

Essa matéria orgânica está presente na composição dos alimentos consumidos diariamente, nos combustíveis fósseis, como o óleo, nas árvores e nas matérias-primas utilizadas nas indústrias.

O processo de fotossíntese é necessário para que a vida na Terra exista, pois sem a produção de oxigênio que é secretada pelos poros das folhas das plantas, é improvável que o metabolismo animal possa levar a fora.

É por isso que se diz que a fotossíntese é um processo que tem implicações de longo alcance, porque, como plantas, seres humanos e outros animais, dependem da glicose gerada nesse processo como fonte de energia. Daí a importância dos organismos fotossintéticos.

Referências

  1. Bailey, R. (2016). Organismos fotossintéticos. Obtido em biology.about.com.
  2. hoje eSchool. (2016). Fotossíntese Obtido em eschooltoday.com.
  3. Watson, D. (2014). O fluxo de energia através de plantas e animais. Obtido em ftexploring.com.
  4. Roose, J. (sf). Fotossíntese: Não apenas para plantas. Novo sob o sol Blog. Retirado de newunderthesunblog.wordpress.com.
  5. Educação em Fotossíntese. (sf). Fotossíntese em bactérias. Retirado de photosynthesiseducation.com.
  6. Asao, Marie e Madigan, Michael T. (2010). Em: eLS. John Wiley & Sons Ltd, Chichester. Retirado de els.net [doi: 10.1002 / 9780470015902.a0021935].
  7. Enciclopédia Encarta. (2000) Recuperado de life.illinois.edu.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies