Quais são os fenômenos geográficos?

Os fenômenos geográficos são observáveis e essas mudanças drásticas ocorrendo na natureza. Podem ocorrer abruptamente e são capazes de transformar o ambiente, de modo que, após a ocorrência desses fenômenos, uma nova realidade emerge.

Os fenômenos geográficos são complementados por fatos geográficos, que se referem aos elementos que são estáveis ​​e cujas variações são percebidas por períodos mais longos.

Quais são os fenômenos geográficos? 1

Então, na natureza, parte de um fato geográfico. Então, geralmente é gerado um fenômeno que gera uma variação abrupta no ambiente, e a nova realidade gerada posteriormente se torna um novo fato geográfico.

Os fenômenos geográficos podem ser classificados de acordo com os elementos a partir dos quais são produzidos. Essa classificação inclui três tipos: físico, biológico e humano.

Características dos fenômenos geográficos

Fenômenos geográficos físicos

Fenômenos geográficos físicos referem-se àqueles que são gerados sem envolver nenhum organismo vivo.

Essas mudanças drásticas normalmente ocorrem como resultado de elementos climáticos, físicos ou químicos, entre outros, gerados naturalmente.

Dentro das mudanças geográficas físicas podem haver furacões, ciclones, chuvas torrenciais e terremotos, entre outros. As mudanças geográficas físicas geradas são capazes de transformar a paisagem e gerar uma nova realidade.

Alguns exemplos de alterações geográficas físicas podem ser:

– Transbordamento de rios

Um rio pode transbordar como resultado de diferentes causas naturais. Algumas das possíveis causas podem ser as seguintes:

  • Após chuvas fortes e prolongadas em pouco tempo
  • chuvas consistentes por um longo tempo
  • Colapso dos canais por deslizamentos de terra
  • Aumento do nível do mar
  • Descongelar

Quando um rio transborda, pode gerar mudanças duradouras na paisagem. É possível que o rio expanda permanentemente seu canal, que inunda as espécies vegetais e, se houver comunidades humanas próximas, é possível que seja arado com casas, prédios, estradas e outras construções.

– Erupção vulcânica

A erupção de um vulcão é gerada pelo movimento de placas tectônicas ou pelo acúmulo de pressão do magma (rocha derretida que existe nas profundezas).

Relacionado:  Os 3 rios da região mais importante do Pacífico da Colômbia

Nos dois casos, a erupção de um vulcão é considerada um fenômeno geográfico físico porque ocorre sem a intervenção de indivíduos vivos.

Quando um vulcão entra em erupção, ele pode ter consequências definitivas em seu ambiente, nas quais se destacam:

  • A destruição da vida selvagem como resultado da lava
  • Devastação da flora pela ação das cinzas
  • Geração de incêndio florestal
  • Mesmo que a erupção seja muito grande, o efeito estufa pode aumentar como resultado da absorção de calor das cinzas ejetadas para fora da atmosfera.

Fenômenos Geográficos Biológicos

Fenômenos geográficos biológicos são aqueles que são gerados por seres vivos, excluindo seres humanos.

Dentro dessa classificação estão as variações geográficas produzidas por plantas, animais, insetos e microorganismos.

Alguns exemplos de mudanças geográficas biológicas podem ser:

– Desmatamento de pragas

O aparecimento de pragas pode destruir grandes áreas da flora. As pragas podem aparecer, por exemplo, como resultado de um desequilíbrio na vida selvagem; se não houver predadores naturais, uma espécie pode se tornar uma praga.

As pragas afetam especialmente plantas localizadas em áreas com poucos nutrientes, o que pode resultar no desmatamento de regiões inteiras e alterar completamente o meio ambiente.

As pragas também podem reduzir bastante a quantidade de organismos animais em uma área.

– Extinção de espécies

É possível que uma espécie desapareça devido a causas naturais, sem a intervenção do ser humano. Por exemplo, como consequência de fenômenos físicos, como secas, incêndios ou inundações, entre outros.

A extinção de uma espécie pode alterar permanentemente todo o ecossistema do qual faz parte. Os ciclos da natureza podem variar, assim como a estrutura das cadeias alimentares.

Fenômenos geográficos humanos

Esses fenômenos estão entre os mais óbvios e, em muitos casos, invasivos que podem ser encontrados no planeta. Os fenômenos geográficos humanos são causados ​​exclusivamente pela ação do homem em seu ambiente.

Relacionado:  A Metodologia Geográfica e seus 4 Princípios Principais

Como os fenômenos físicos e biológicos, os fenômenos geográficos humanos alteram o ambiente de maneira duradoura. Após essas transformações, conseqüências positivas e, em muitos casos, negativas também podem ser geradas.

Alguns exemplos de fenômenos geográficos humanos:

– Construção de via

Após a necessidade de expandir seus canais de comunicação, o ser humano transformou seu ambiente. Isso envolveu a construção de estradas e estradas que intervêm abertamente no meio ambiente.

A construção desse tipo de estrutura tem sido benéfica para o desenvolvimento da raça humana, permitindo ampliar a interação entre os homens e gerar uma comunicação mais eficaz.

No entanto, em alguns casos, a intervenção foi prejudicial à natureza, porque alguns ecossistemas foram afetados.

Como conseqüência desse tipo de construção, espécies inteiras da flora e fauna podem desaparecer, ou desvios dos cursos de água, entre outras manifestações.

– Construção de barragens

Barragens hidráulicas são estruturas feitas com paredes e elementos de contenção, cuja principal função é armazenar ou desviar a água de um rio para atender a diferentes propósitos.

Entre as funções de uma barragem de água estão a regulação do suprimento de água em uma região específica, o armazenamento de água para irrigação ou produção de energia.

Ao construir uma barragem, o ser humano intervém amplamente na natureza. Essas construções geram conseqüências positivas para a vida humana, como a produção de energia renovável, o controle de inundações em certas áreas e o fato de facilitar o acesso à água para consumo humano.

Por outro lado, a construção de barragens é considerada um fenômeno geográfico porque transforma o ambiente permanentemente:

  • Gera água estagnada, que pode trazer doenças
  • Bloqueia a passagem para diferentes espécies marinhas, afetando movimentos migratórios
  • Promove a extinção de colônias inteiras de organismos, que dão vida aos rios.
Relacionado:  Espaço aéreo: características, tipos

Referências

  1. “Definição, aplicação da geografia e representações da terra” no Instituto Nacional de Estatística, Geografia e Informática. Recuperado em 17 de agosto de 2017 do Instituto Nacional de Estatística, Geografia e Informática: inegi.org.mx.
  2. Borrajo, J. “Efeitos ambientais da construção de estradas” (março de 1999) em Carreteros. Retirado em 17 de agosto de 2017 de Carreteros: carreteros.org.
  3. Castro, G. “Impacto e Consequências de Barragens” (8 de junho de 2005) no Ecoportal. Retirado em 17 de agosto de 2017 de Ecoportal: ecoportal.net.
  4. Tablado, A. “Represa” no Conselho Nacional de Pesquisa Científica e Técnica. Recuperado em 17 de agosto de 2017 do Conselho Nacional de Pesquisa Científica e Técnica: mendoza-conicet.gob.ar.
  5. Taylor, J. “O que causa uma erupção vulcânica?” Em eHow em espanhol. Obtido em 17 de agosto de 2017 de eHow em espanhol: ehowenespanol.com.
  6. Martí, J. “Por que ocorrem erupções vulcânicas? É possível prever? ”(5 de agosto de 2011) em público. Recuperado em 17 de agosto de 2017 de Public: publico.es.
  7. Martínez, N. “Consequências da erupção do vulcão” no eHow em espanhol. Obtido em 17 de agosto de 2017 de eHow em espanhol: ehowenespanol.com.
  8. “O Estado da Alimentação e Agricultura Mundial 2001” na Organização para a Alimentação e Agricultura das Nações Unidas. Retirado em 17 de agosto de 2017 da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação: fao.org.
  9. “Causas do aparecimento de pragas” na Fundação para o Desenvolvimento Econômico e a Restauração Ambiental. Recuperado em 17 de agosto de 2017 da Fundação para o Desenvolvimento Econômico e a Restauração Ambiental: fundesyram.info.
  10. “Efeitos sobre o meio ambiente” em Ecologistas em ação. Retirado em 17 de agosto de 2017 de Ecologists in Action: ecologistasenaccion.org.
  11. “Benefícios sociais e ambientais” no Órgão Regulador de Segurança de Barragens. Retirado em 17 de agosto de 2017 do Organismo Regulador de Segurança de Barragens: orsep.gob.ar.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies