Qual é a atmosfera de uma história? (com exemplos)

A atmosfera de uma história se refere ao clima emocional e psicológico que permeia a narrativa, criando uma sensação particular que influencia a experiência do leitor. Ela pode ser criada por meio de elementos como a linguagem utilizada, a descrição detalhada do ambiente, os diálogos entre personagens e as situações apresentadas ao longo da trama.

Por exemplo, uma história que se passa em um cenário sombrio e misterioso, com personagens atormentados por segredos do passado, pode gerar uma atmosfera de suspense e tensão. Já uma narrativa que se desenvolve em um ambiente alegre e colorido, com personagens otimistas e engraçados, pode criar uma atmosfera leve e descontraída.

Em suma, a atmosfera de uma história é fundamental para envolver o leitor e transmitir as emoções e sensações pretendidas pelo autor, contribuindo para a imersão na trama e a conexão com os personagens.

Qual é o significado da atmosfera terrestre e qual sua importância para os seres vivos?

A atmosfera terrestre é camada de ar que envolve o nosso planeta. Ela é composta por uma mistura de gases como o oxigênio, o nitrogênio e o dióxido de carbono, entre outros. A atmosfera é de extrema importância para os seres vivos, pois tem várias funções essenciais para a vida na Terra.

Uma das funções mais importantes da atmosfera é a proteção contra a radiação solar. Ela atua como um escudo, filtrando os raios ultravioleta prejudiciais e mantendo a temperatura ideal para a vida. Além disso, a atmosfera regula a temperatura do planeta, evitando extremos de calor e frio que seriam prejudiciais para os seres vivos.

Outra função crucial da atmosfera é a manutenção do ciclo da água. Através da evaporação e da condensação, a atmosfera possibilita a formação de nuvens e a ocorrência de chuvas, garantindo o abastecimento de água para os seres vivos em todo o planeta.

Em resumo, a atmosfera terrestre é essencial para a vida na Terra, proporcionando condições ideais para a existência dos seres vivos. Sem ela, o planeta seria um lugar inóspito e desprovido de vida.

Qual é a atmosfera de uma história?

A atmosfera de uma história se refere ao clima emocional ou psicológico criado pelo autor para envolver o leitor na trama. A atmosfera pode ser criada através da escolha de palavras, descrições detalhadas, cenários sombrios ou luminosos, entre outros elementos.

Por exemplo, em um conto de mistério, o autor pode criar uma atmosfera de suspense e tensão através de descrições de ruas escuras, personagens misteriosos e diálogos enigmáticos. Já em uma história de amor, a atmosfera pode ser romântica e envolvente, com cenários idílicos, gestos de carinho e diálogos apaixonados.

Relacionado:  Juan de Mena: Biografia e Obras

Em resumo, a atmosfera de uma história é essencial para cativar o leitor e tornar a narrativa mais envolvente e emocionante. Ela contribui para a imersão do leitor no universo criado pelo autor e torna a experiência da leitura mais rica e significativa.

Entendendo o conceito de suspense: como criar uma atmosfera envolvente e intrigante.

Entendendo o conceito de suspense, podemos compreender a importância de criar uma atmosfera envolvente e intrigante em uma história. A atmosfera de uma história é o clima emocional que envolve os personagens e o leitor, criando expectativa e mantendo o interesse ao longo da narrativa.

Para criar uma atmosfera envolvente e intrigante, é importante utilizar elementos como a descrição detalhada dos cenários, a construção de personagens complexos e a utilização de cliffhangers – momentos de suspense que deixam o leitor ansioso pelo desenrolar da trama.

Um exemplo de como a atmosfera pode ser construída de forma eficaz é o livro “O Iluminado”, de Stephen King. Nesta obra, o autor utiliza a ambientação sombria do Hotel Overlook e a deterioração mental do protagonista para criar um clima de tensão constante, mantendo o leitor preso à história desde o início.

Portanto, ao compreender a importância da atmosfera em uma história e saber como criar um ambiente envolvente e intrigante, é possível cativar o leitor e garantir uma experiência de leitura memorável.

Qual é a atmosfera de uma história? (com exemplos)

A atmosfera de uma história é o local onde a ação da história ocorre e onde os personagens estão. É o mesmo que o espaço em qualquer gênero literário narrativo e lírico, como o romance, a fábula, o poema ou o drama.

A atmosfera é descrita pelo narrador, seja um contador de histórias interno (como os protagonistas ou um personagem secundário) ou um narrador externo.

Qual é a atmosfera de uma história? (com exemplos) 1

O ambiente tem a função de complementar as ações e características que envolvem os personagens (Portal Educacional conectando neurônios, 2017) para que possamos conhecê-los melhor e ajudar a criar empatia com eles.

A história, por ser um texto narrativo curto, geralmente abrevia as descrições do ambiente e dos personagens, embora o leitor consiga entender de maneira ampla as características dos personagens e do ambiente em que se desenvolve.

Por seu lado, o romance, sendo um texto narrativo mais extenso, permite ao narrador detalhar com mais precisão as características do ambiente, o temperamento dos personagens, emoções e sensações em um momento particular da história, etc.

Vale ressaltar que a atmosfera precisa ser acompanhada de uma temporalidade que contextualiza para saber se é uma história antiga e moderna, se acontece dia ou noite, durante alguns dias, em uma determinada estação do ano, etc.

Relacionado:  Pedro García Cabrera: biografia, estilo e obras

Classes de atmosfera de uma história

A atmosfera é o lugar onde a história se passa; no entanto, o local nem sempre precisa ser físico ou material, mas pode ser de outros tipos ou a combinação deles.

É muito importante que o ambiente esteja relacionado à trama e aos personagens, para dar maior credibilidade à história e unir todos os elementos envolvidos na história.

Existem três classes de ambiente básicas que não são mutuamente exclusivas. Isso significa que as histórias podem ter um tipo predominante de ambiente, mas quase sempre misturadas com outras, para fornecer uma visão mais completa e detalhada da sinopse e dos personagens.

Os tipos de ambiente são:

1- Ambiente físico

É o lugar onde a história se desenrola e os personagens se reúnem. Em geral, esses ambientes abertos ou fechados podem parecer muito reais, mesmo que não existam na vida real.

Por exemplo, uma cidade, o campo, o mar etc. Mais uma vez, a extensão do texto narrativo permite estender ou não a descrição do ambiente físico.

Para entender melhor esse ponto, vamos considerar o caso de Los Tres Cerditos , um conto folclórico antigo que vem da tradição oral.

A história começa dizendo que os três porquinhos viviam ao ar livre e perto da floresta, onde vivia um lobo que frequentemente ameaçava comê-los.

Essa é toda a descrição que eles oferecem do espaço e o receptor da história deve imaginar os detalhes de um ambiente com esses parâmetros.

Por outro lado, no pequeno romance O Pequeno Príncipe , de Antoine de Saint-Exupéry, a história se passa em diferentes ambientes, como o deserto do Saara, asteróides e outros planetas, mas a descrição do tipo de solo, o clima em cada um dos países. eles, seja dia ou noite, a que distância ou quão perto estavam do planeta Terra, etc.

2- Ambiente social ou sociológico

É a condição social em que a ação ocorre, levando em consideração o nível de classe cultural, econômica, religiosa e social a que pertencem os personagens da narração (Portal Educacional conectando os neurônios, 2017).

Ilustrando essa situação, a história de Cinderela, adaptada por Charles Perraut, localiza a história em um país distante, onde uma linda garota de olhos verdes e cabelos loiros vive com sua madrasta despótica e irmãs caprichosas.

Relacionado:  Links Causais: Tipos e Exemplos

Cabe a ela fazer todas as tarefas domésticas, comer as sobras que as irmãs adotivas deixam e geralmente está suja, e é por isso que a chamavam de Cinderela.

Nesta história, eles não descrevem o que havia dentro da casa, em que cidade a casa era, qual era o tamanho do edifício, mas eles nos dizem que é uma menina carinhosa e doce que é explorada e sujeita a más condições pela madrasta quando Eles explicam que ele permaneceu sujo, cheio de cinzas, excluído socialmente e foi o único que fez todo o trabalho duro em casa.

3- Ambiente psicológico

É a atmosfera espiritual que envolve personagens e ação (Educarchile.com, 2017). Em outras palavras, é o ambiente emocional e íntimo que os personagens experimentam, o resultado de abordagens psicológicas como amor, raiva, vingança, medo, etc.

Histórias de horror brincam muito com esses tipos de ambientes para transmitir ao leitor ou ouvinte o suspense, o sentimento de medo e expectativa, etc.

Na história O Patinho Feio, de Hans Christian Andersen, eles descrevem brevemente que os eventos acontecem em uma fazenda, mas se estendem um pouco mais às provocações que os outros pássaros fizeram ao Patinho Feio, à tristeza que sentiu, à rejeição de todos, seus sentimentos. escapa de vários lugares, abandono, mal-entendidos, seu desejo de ser um cisne, etc.

No caso anterior, entendemos que o autor enfatizou o quadro emocional que ocorreu dentro do Patinho Feio, e não nos ambientes físicos onde ele estava.

No caso do romance O Senhor dos Anéis , Frodo, um dos personagens principais, vem de uma região pequena, tranquila e remota que coopera no temperamento de Frodo para ser dócil, gentil, simples e sereno.

Em sua missão de destruir o Anel Único, Frodo deve passar por diferentes lugares onde ele enfrenta problemas que se sincronizam com seu humor e emoções.

Finalmente, ele chega a Mordor, um lugar morto, cheio de maldade e perigoso, no qual a exaustão e as duras provas enfrentadas definitivamente transformaram a psique do personagem.

Referências

  1. Departamento de Língua e Literatura Espanhola. (4 de 7 de 2017). Características do romance. Obtido em Wikispaces: wikispaces.com.
  2. Educarchile.com (4 de 7 de 2017). Literatura e gêneros literários. Obtido em Educarchile: educarchile.cl.
  3. Exupéry, AD (22 de 7 de 2017). O Pequeno Príncipe Obtido de Agirre Gabiria: agirregabiria.net.
  4. Portal educacional conectando neurônios. (22 de 7 de 2017). Ambiente ou espaço na história . Obtido no Portad Educacional conectando neurônios: portaleducativo.net.
  5. Tolkien, JR (1999). Trilogia O Senhor dos Anéis. Madri: Minotauro.

Deixe um comentário