Qual é o narrador protagonista? Características principais

Um narrador principal é um tipo de narrador que assume um papel principal em contar uma história. Dentro da narrativa, o papel do narrador é muito relevante, pois é a voz encarregada de transmitir a história em questão.

Existem 3 tipos de narrador, geralmente chamados de narradores em primeira, segunda e terceira pessoa. Da mesma forma, cada tipo de narrador é dividido em vários outros subtipos.

Qual é o narrador protagonista? Características principais 1

No caso do narrador protagonista, isso corresponde ao narrador em primeira pessoa, pois ele narra os fatos do seu próprio ponto de vista.

Isso significa que está relacionado à história no nível principal, uma vez que a narrativa é baseada nela.

Aspectos do narrador protagonista

Alguns aspectos que caracterizam esse tipo de narrador são:

1- Ele é o personagem principal

O narrador em primeira pessoa pode ser de dois tipos; narrador protagonista e narrador de testemunhas . O narrador protagonista, ao contrário do narrador da testemunha, é o personagem principal da história e não um simples observador.

Todos os eventos narrados geralmente estão relacionados a ele ou são vistos por ele em primeira mão.

Esse tipo de narrador usa pronomes que refletem o ponto de vista da primeira pessoa. Ao narrar os fatos, refere-se a “eu” ou “nós”.

As autobiografias são bons exemplos deste tipo de narrador, uma vez que são jogadores-chave na história e dizer um único ponto de vista.

Exemplo de um narrador principal:

Acordei naquela manhã e, olhando pela janela, vi que estava chovendo.

Como pode ser visto, é narrado na perspectiva da primeira pessoa, onde o narrador é quem vive a história.

2- É subjetivo

Qual é o narrador protagonista? Características principais 2

O conhecimento do contador de histórias é subjetivo e limitado ao próprio personagem.

Relacionado:  Literatura asteca: recursos mais importantes

Isso o diferencia de outros tipos de narradores, como o narrador onisciente, que conhece profundamente toda a história e as perspectivas de todos os personagens.

O narrador protagonista conhece apenas a história do seu ponto de vista e não sabe o que os outros personagens pensam.

Esse conhecimento subjetivo faz com que a história se concentre no narrador, sendo seu ponto de vista o único que pode ser conhecido com certeza.

Os pensamentos e opiniões de outros personagens só podem ser conhecidos se eles o comunicarem ao protagonista.

Ao contrário do narrador em segunda ou terceira pessoa, que pode ser colocado na visão de vários personagens, ele dá ao personagem principal um toque único.

Sendo sua quantidade limitada de informações, gera incerteza no leitor ou no visualizador.

No caso de histórias policiais, por exemplo, isso mantém o suspense até o narrador descobrir ou descobrir um elemento importante na trama.

3- Não é imparcial

O narrador protagonista não é imparcial, uma vez que narrar do seu ponto de vista afeta o conhecimento dos fatos.

A idade, o caráter, as experiências anteriores ou a ética do personagem moldam seu julgamento; portanto, a posição que ele assumirá em relação a certos detalhes dependerá de suas próprias convicções.

Referências

  1. Ayana Stewart «História em primeira pessoa» em: Instituto Newmuseum (2015) Retirado em 2017 do Instituto Newmuseum newseuminstitute.org.
  2. Rede Nacional de Narrativas «O que é Narrativa?» Em: Rede Nacional de Narrativas (2014) Retirado em 2017 da Rede Nacional de Narrativas storynet.org.
  3. Kristy Littlehale «Ponto de Vista vs. Perspectiva »em: Story Board That (2015) Recuperado em 2017 de Story Board That storyboardthat.com.
  4. Planilhas de leitura eletrônica «Ponto de vista» em: Planilhas de leitura eletrônica (2011) Recuperado em 2017 de Planilhas de leitura eletrônica ereadingworksheets.com.
  5. Anglistik: Estudos Britânicos e Americanos «Narradores e Situação Narrativa» em: Anglistik: Estudos Britânicos e Americanos (2006) Recuperado em 2017 de anglistik.uni-freiburg.de.

Deixe um comentário