Qual era a concepção de educação de Bolívar?

A concepção de Simon Bolívar na educação sempre se reflete em seus escritos, cartas, mensagens e, geralmente, em todas as atividades realizadas durante a libertação de vários países em Américas.

Bolívar sempre se preocupou com a questão da educação. Segundo seu pensamento social, a educação deveria ser tal que ele estivesse sempre a serviço do povo.

Qual era a concepção de educação de Bolívar? 1

A Universidade de Trujillo (UNT) foi fundada por Simón Bolívar em 1824

Assim, ele planejou a educação obrigatória de ofícios como alvenaria, carpintaria e ferraria, buscando sempre a formação dos povos indígenas.

Bolívar pensava que a consolidação das nações livres só poderia ser alcançada depois de superar, através da educação, a mentalidade das colônias subordinadas.

Sobre isso, Bolivar disse: “as nações estão caminhando para o fim de sua grandeza, com o mesmo passo em que a educação está avançando”.

Alguns dos trabalhos que Bolívar realizou nos diferentes países que lançou, foram a fundação de vários estabelecimentos de ensino com pessoal e financiamento. Estes incluem a Universidade de Trujillo, fundada no Peru em 10 de maio de 1824.

A importância da educação para Bolívar

Como intelectual e esclarecido, Bolívar via a educação como um passo necessário para a formação de cidadãos na construção de democracias.

Com a idéia de que a educação deveria necessariamente ser direcionada aos cidadãos como um todo e não apenas se concentrar nas elites dominantes, Bolívar promoveu fortemente a educação básica.

Além da democracia, Bolívar estava convencido de que outras características importantes de uma nação não poderiam funcionar bem sem a educação adequada.

Ele argumentou que nem a justiça, nem o exercício de qualquer poder público, nem o exercício da cidadania poderiam prescindir de educação e conhecimento.

Bolivar também viu na educação uma fonte libertadora dos estragos da ignorância, que ele próprio denunciou em sua famosa frase: “um povo ignorante é um instrumento de sua própria destruição”.

Influências na concepção da educação de Bolívar

As concepções de educação de Bolívar foram o produto de sua preocupação com os destinos dos povos das Américas e com as variadas influências de sua educação formal, incluindo os escritos de Rousseau e os Direitos do Homem.

Os ensinamentos de seus professores Simón Rodríguez e Andrés Bello também influenciaram a formação da concepção educacional de Bolívar.

Outras influências de Bolívar nesse sentido foram as obras de Alejandro von Humboldt, Montesquieu e Voltaire, entre muitos outros.

A Câmara de Educação

Durante o congresso de 1919 em Angostura, Bolívar propôs que um “poder moral” fosse criado dividido em duas câmaras.

A segunda dessas câmeras seria dedicada à educação. A câmara de educação, segundo Bolívar, seria responsável pela “educação física e moral das crianças, desde o nascimento até os doze anos”.

A proposta de Bolívar sobre os poderes da câmara de educação consistia em 13 artigos.

Esses artigos estabeleceram, em termos muito gerais, que os poderes da referida câmara visariam promover, organizar e regular o sistema educacional oficial.

Referências

  1. BOLÍVAR E A LIBERAÇÃO DA AMÉRICA Autor (es): Concepción Caro García Fonte: Pesquisa Econômica, Vol. 42, No. 166 (outubro-dezembro de 1983), pp. 343-361.
  2. Bushnell D. (2003). O Libertador: escritos de Simón Bolivar. Oxford University Press
  3. Garcia-Prada C. Simón Bolívar, Libertador. Hispania 1931; 14 (2): 89-98.
  4. Gelfenstein S. (2009). O pensamento e o trabalho do libertador em questões de educação. Palestra na cadeira Bolivar-Martí-Sandino.
  5. Mora EA Simón Bolivar: Atribuições da Câmara de Educação (1819). Método a ser seguido na educação de meu sobrinho Fernando Bolivar (1822). Educação transatlântica. Universidade Andina Simón Bolivar, Quito Equador. 2008; 5: 13-18.
  6. Vila M. (1992). Simón Bolivar, Doutrina Libertadora. Biblioteca Ayacucho. 4 ed.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies