Serendipity: o que é e exemplos

O acaso é a descoberta valiosa que ocorre acidentalmente ou casualmente. Um dos exemplos mais famosos desse fenômeno é a descoberta da penicilina, realizada acidentalmente por Fleming; Sim, para acontecer, ele teve que experimentar por centenas de horas.

Serendipity foi tão importante que mudou a vida de centenas de pessoas e influenciou descobertas importantes. São casos ou acidentes acidentais, nos quais, após um erro ou descoberta aparentemente insignificante, avanços espetaculares na medicina ou no desenvolvimento industrial são alcançados.

Neste artigo, coletamos 12 casos de acaso que mudaram o mundo, embora existam muitos outros exemplos.

Exemplos de acaso

1- Princípio de Arquimedes

Serendipity: o que é e exemplos 1

Hierón (? – 476 aC), monarca de Siracusa, deu um ourives em ouro e prata para fazer uma coroa. Depois disso, o rei duvidou da honestidade do artesão ao distribuir os elementos e encarregou Arquimedes de encontrar uma maneira de verificar se sua missão era uma fraude ou não.

O famoso matemático e físico encontrou um problema do qual não conseguiu encontrar uma solução. Felizmente, estando um dia tomando banho, ele avisou que, quando introduziu seu corpo na banheira, parte da água estava transbordando, a quantidade exata de peso que seu corpo ocupava.

Para o famoso grito de Eureka !, Arquimedes encontrou uma solução para verificar se o monarca havia sido enganado.

2- Descoberta da América

Serendipity: o que é e exemplos 2

Talvez o caso de acaso mais importante da história. Em 12 de outubro de 1492 e aos gritos da Terra! pelo marinheiro Rodrigo de Triana, as três caravelas espanholas dirigidas por Cristóvão Colombo chegaram ao Novo Mundo.

Tendo em mente que naquela época a terra era considerada plana, a tripulação certamente agradeceu a Deus que seus vasos não caíram no vácuo e que finalmente chegaram às Índias.

De fato, para as Índias Orientais. Colombo partiu em busca de seda e especiarias, riquezas exóticas na Europa e das quais havia evidências graças a Marco Polo.

A companhia marítima de origem desconhecida convenceu os monarcas católicos de que os índios podiam ser alcançados cercando a terra, sem ter que seguir rotas tradicionais e economizar tempo, dinheiro e os obstáculos da época, como os piratas. Colombo não estava enganado, mas ele nunca imaginou que maravilhas seriam encontradas ao longo do caminho.

3- daltonismo

Serendipity: o que é e exemplos 3

No final do século XVIII, o jovem e talentoso químico e naturalista John Dalton surpreendeu a todos com sua obra Fatos extraordinários relacionados à visão das cores (1794), nos quais ele descreveu cientificamente os problemas da percepção das cores em alguns pessoas

A lenda de como Dalton descobriu essa deficiência varia de acordo com pesquisas e histórias. Alguns dizem que ele percebeu sua incapacidade de não obter os resultados desejados ao misturar os provetes em seu laboratório em Eaglesfield, sua cidade natal.

Outros, no entanto, sugerem que o cientista britânico recebeu uma boa repreensão de sua mãe, dando-lhe meias azuis roxas, uma cor intimamente ligada na época às mulheres que se prostituíam.

Relacionado:  Pablo Pineda: biografia

John Dalton faleceu sem reconhecer seu trabalho em torno da visão e das cores. Apesar disso, a comunidade científica se retraiu e considerou sua descoberta, chamando-a de honra ao daltonismo.

4- Descoberta da penicilina

Serendipity: o que é e exemplos 4

Fleming em seu laboratório.

Junto com a viagem de Colombo, possivelmente a descoberta “acidental” mais importante da humanidade. A conquista é atribuída ao Dr. Alexander Fleming, que trabalhou no campo da microbiologia ou farmacologia, sendo seu trabalho reconhecido com o Prêmio Nobel de Medicina em 1945.

Em 1928, durante uma de suas investigações em que ele parou, ele notou que em uma das placas com as quais ele trabalhava e que se esquecia de eliminar, havia sido cultivada uma bactéria chamada Staphylococcus aureus. Ao lado, um fungo que paralisa o crescimento da bactéria graças a uma substância que causa sua morte.

Este fungo, da espécie penicillium, possivelmente veio de um dos laboratórios próximos, onde trabalhou para combater certas alergias.

De qualquer forma, graças ao esquecimento do cientista escocês, hoje a qualidade de vida da espécie humana melhorou e muitas outras especialidades médicas ocorreram.

5- Coca-Cola

A origem da bebida mais famosa da história não foi refrescar nossas gargantas e nos fazer sentir a centelha da vida.

Em 1886, John S. Pemberton, farmacêutico que trabalhava em Atlanta (Estados Unidos), criou um xarope que combatia problemas de digestão e também fornecia energia extra.

Logo, a bebida se tornou popular e seu uso não se limitou apenas a problemas digestivos. Frank Robinson, contador de Pemberton, registrou a marca sob o nome de Coca-Cola, também fundadora da The Coca-Cola Company.

6- Super cola

Serendipity: o que é e exemplos 5

Mais conhecida como Super Glue, sua descoberta se deve às investigações realizadas por Harry Coover.

O inventor e o químico trabalharam na fabricação de um plástico opticamente transparente para fabricar óculos de sol que serviriam para as vistas dos rifles.

O problema era que o cianoacrilato, que era a substância com a qual trabalhava, possuía propriedades incrivelmente pegajosas e aderia a tudo o que tocava. Coover entendeu que sua verdadeira utilidade deveria ser usada como cola. E foi assim que ele vendeu a Super Cola em 1958.

7- Descoberta de viagra

Serendipity: o que é e exemplos 6

A droga mais vendida no mundo é usada como medicamento contra a impotência sexual nos homens. No entanto, a função de origem para a qual estava trabalhando na época era bem diferente.

A Pfizer, uma empresa biomédica, trabalhou em uma droga que relaxava os vasos sanguíneos para combater a angina de peito, um dos problemas cardíacos mais comuns. Os resultados nunca foram satisfatórios e tudo o que obtiveram foi um efeito colateral muito peculiar.

Aparentemente, todos os voluntários que foram submetidos aos testes desenvolveram ereções, o que levou ao desenvolvimento do primeiro medicamento oral que resolveu os problemas de disfunção sexual entre os homens. Atualmente, as vendas de viagra excedem 1.000 milhões de dólares em todo o mundo.

Relacionado:  Como se diz Criança no Peru?

8- Post-it

Serendipity: o que é e exemplos 7

Nesse caso, se um elemento super-coerente foi procurado. O Dr. Spencer Silver trabalhou duro nisso, mas sua utilidade não foi concretizada porque não possuía energia suficiente. Ele caiu na gaveta de um alfaiate, até Art Fry, outro funcionário da empresa em que Spencer trabalhava, procurou uma concessionária.

Devoto da Igreja Pré-Batista, Fry cantou no coral e tinha o hábito de apontar os salmos das músicas com pedaços de papel. Para seu desespero, eles rapidamente caíram, sendo um inconveniente.

Num momento lúcido, Fry lembrou-se da invenção de seu parceiro, deduzindo que esse “adesivo provisoriamente permanente” era a solução para seu problema. A 3M, uma empresa onde Fry e Silver trabalhavam, patenteou e comercializou o conhecido Post-it em 1980.

9- Chips de chips

Serendipity: o que é e exemplos 8

George Crum era um renomado chef de Nova York que tinha seu pequeno chinês no sapato devido à insatisfação de um cliente comum com batatas fritas.

Em um verão de 1853, o cliente novamente mostrou seu desacordo com o corte das batatas, pois consideravam que eram muito grossas e pastosas.

Crum, farto dos comentários do restaurante, decidiu cortar as batatas finas como um pedaço de papel e colocá-las para fritar até ficarem crocantes.

Desesperadamente, eles foram atendidos ao cliente em resposta às suas reclamações. Para sua surpresa, descobriu-se que aquela invenção culinária adorava e logo o restaurante teve que adicioná-las ao cardápio como um prato habitual.

10- Descoberta do LSD

Serendipity: o que é e exemplos 9

O LSD é uma droga psicodélica que teve muita repercussão entre os jovens nas décadas de 60 e 70 e que hoje ainda é um produto altamente valorizado no mercado negro de narcóticos.

Sua descoberta deriva de um “sentimento curioso” que o químico suíço Albert Hoffman teve em 1943. Anos antes, Hoffman conseguiu sintetizar esse composto, que ele esperava ser um medicamento benéfico para os sistemas circulatório e respiratório. O único resultado alcançado foi o de tornar os animais que ele tratou extraordinariamente inquietos.

No entanto, Hoffman retornou a investigação no mencionado 1943 e, ao re-sintetizar o LSD, experimentou uma sensação de tontura que o forçou a deixar seu laboratório. Já em casa, ele experimentou sensações alucinatórias não desagradáveis, nas quais viu imagens ou formas fantásticas, caleidoscópios e cores muito intensas.

Surpreso, depois de três dias, ele decidiu ingerir uma quantidade muito maior para testar os efeitos do LSD. Depois disso, ele voltou para casa de bicicleta, onde sua condição piorou e ele foi forçado a comparecer a uma consulta médica pensando que havia enlouquecido.

No próximo resumo, você poderá entender um pouco como o famoso “Dia da Bicicleta” foi desenvolvido:

11- Forno microondas

Serendipity: o que é e exemplos 10

Em 1946, o Dr. Percy Spencer estava investigando com um radar chamado Magnetron, com o qual pretendia localizar remotamente máquinas de guerra, como tanques.

Um dia, enquanto trabalhava no projeto, Spencer decidiu parar para uma refeição para reabastecer energia. Ele usava um chocolate nas calças, mas nunca poderia apreciá-lo porque estava completamente derretido.

Relacionado:  Economia da Região do Caribe da Colômbia: atividades

Spencer começou a suspeitar que a culpa seria o radar, então ele experimentou deixando um ovo e um pouco de pipoca ao lado dele. Depois de um tempo, o ovo caiu e a pipoca explodiu.

Spencer viu mais uso doméstico do que guerra, e nesse mesmo ano eles decidiram comercializar os primeiros fornos de microondas. No entanto, foi um fracasso total devido ao custo e eles tinham um tamanho enorme para qualquer casa.

Não foi até os anos 70 quando finalmente foram desenvolvidos modelos menores e a um preço mais razoável. Hoje eles são um dos aparelhos mais vendidos no mundo.

12- Cereais de Kellogg

Serendipity: o que é e exemplos 11

Os famosos flocos de milho desta conhecida marca de cereais foram patenteados em 1894, mas sua origem remonta a anos anteriores.

Os adventistas, interessados ​​em obter alimentos para incluir em um regime vegetariano, experimentaram grãos como trigo, arroz, cevada, trigo ou milho. Na frente estava o Dr. John Harvey Kellogg, diretor do Sanatório de Battle Creek, que aplicava dietas rigorosas a seus pacientes.

Esses alimentos eram leves e antiafrodisíacos, pois os adventistas promovem a limitação da relação sexual.

Em um dos processos de cozimento do trigo, o Dr. Kellogg teve que abandonar a tarefa e deixar o trigo descansar mais do que deveria. O resultado foi que havia sido recozido, mas o médico e seu irmão decidiram amassá-lo com rolos até obter pequenos flocos.

Devido às suas limitações econômicas, eles foram servidos no sanatório e, para surpresa de todos, gostaram muito. Os grãos logo foram patenteados e comercializados pela empresa Kellogg.

13- Sacarina

Serendipity: o que é e exemplos 12

Até três adoçantes foram descobertos por acaso, porque os cientistas não se lembravam de lavar as mãos: cyclomato (1937), aspartame (1965) e a famosa sacarina (1879).

Constantine Fahlberg, um estudante da Universidade Johns Hopkings, estava um dia almoçando quando sentiu um gosto doce em sua sopa e no pão que havia sido servido. Indignado, ele avisou a cozinheira, que não percebeu aquele suposto sabor doce.

Estranhamente, Fahlberg notou que ele tinha o mesmo gosto na palma da mão, então deduziu que talvez a cozinheira não tivesse cometido nenhuma irregularidade quando ela fez a sopa.

Ele voltou ao laboratório onde trabalhava, descobrindo que a substância desconhecida que dava aquele sabor característico havia aderido a ele no curso da investigação que ele estava carregando antes do almoço.

Descobriu as propriedades dessa substância, o estudante a patenteou em 1884 com o nome sacarina, comercializando-a como substituto do açúcar de cana.

Outras invenções ou descobertas resultam de um acaso

  • Marcapasso
  • De plástico
  • Dynamite
  • Fogos de artifício
  • Quinine
  • Conhaque
  • Radioatividade
  • Gin tônico
  • Borracha
  • Raio X
  • Plasticina
  • Fluorescente

Referências

  1. Doval, G. (2011). Baixas, Coincidências e Serendipidades da História. Nowtilus ISBN 9788499671833
  2. ROBERTS, Royston M. (1992) Serendipity. Madri: Aliança.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies