Servomecanismos: origem, significado, etimologia, sinônimos

Servomecanismos são sistemas automáticos que utilizam feedback para controlar e regular o funcionamento de um mecanismo ou processo. O termo tem origem na junção das palavras “servo”, que significa servo ou servo motor, e “mecanismo”, que se refere a um conjunto de peças que se movem em conjunto para realizar uma função específica. A etimologia da palavra remete ao latim “servus”, que significa servo, e ao grego “méchané”, que significa máquina. Alguns sinônimos para servomecanismos incluem sistemas de controle automático e sistemas de feedback. Esses dispositivos desempenham um papel fundamental em diversas áreas da ciência e da tecnologia, possibilitando o controle preciso de processos e sistemas complexos.

Exemplos de servomecanismos para automação de processos industriais e controle de movimentos.

Servomecanismos são sistemas utilizados para automatizar processos industriais e controlar movimentos de forma precisa e eficiente. Eles são comumente empregados em diversos setores da indústria, como na fabricação de produtos eletrônicos, automóveis, e equipamentos de usinagem. Alguns exemplos de servomecanismos incluem:

1. Servomotor: Um dispositivo que converte energia elétrica em movimento mecânico. É utilizado em robôs industriais, máquinas CNC e sistemas de automação.

2. Atuador linear: Responsável por gerar movimento linear em sistemas automatizados, como portões automáticos, braços robóticos e máquinas de embalagem.

3. Válvula de controle: Utilizada para regular o fluxo de fluidos em sistemas hidráulicos e pneumáticos, garantindo um controle preciso de pressão e vazão.

4. Sistemas de controle de temperatura: Equipamentos que monitoram e controlam a temperatura em processos de fabricação, como fornos industriais e sistemas de refrigeração.

Esses são apenas alguns exemplos de servomecanismos que são essenciais para a automação de processos industriais e o controle de movimentos. Eles contribuem para aumentar a eficiência, a precisão e a segurança em diversas aplicações industriais, tornando os processos mais produtivos e confiáveis.

Origem e definição das palavras em uma breve análise etimológica.

Os Servomecanismos são dispositivos ou sistemas utilizados para controlar automaticamente a posição ou velocidade de um mecanismo. A palavra “servomecanismo” tem origem no latim, sendo formada pela junção de duas palavras: “servus”, que significa servo ou servo, e “mechanismus”, que significa mecanismo. Portanto, servomecanismo pode ser entendido como um mecanismo controlado por um servo.

Relacionado:  Infraganti: origem, significados, sinônimos, antônimos

Os servomecanismos são amplamente utilizados em diversas áreas, como na indústria, na automação, na robótica e em sistemas de controle. Eles permitem a realização de tarefas de forma automática e precisa, garantindo um melhor desempenho e eficiência nos processos.

Alguns sinônimos de servomecanismos são sistemas de controle automático, dispositivos de feedback e sistemas de controle de malha fechada. Todos esses termos se referem a sistemas que utilizam feedback para controlar e ajustar a posição ou velocidade de um mecanismo.

Origem das palavras: definições e significados em um guia completo para consulta rápida.

Servomecanismos: originado do termo inglês “servomechanisms”, que deriva de “servo” (do latim servus, que significa servo) e “mechanism” (do grego mekhane, que significa máquina). Portanto, servomecanismos são sistemas automáticos que controlam a posição ou velocidade de um mecanismo com base em um sinal de referência.

Significado: os servomecanismos são utilizados em diversas aplicações industriais, como robótica, automação e controle de processos. Eles permitem que um sistema seja controlado de forma precisa e eficiente, garantindo um desempenho superior em comparação com sistemas manuais.

Etimologia: a etimologia da palavra “servomecanismos” remete à ideia de um sistema que funciona como um servo, ou seja, um servocontrolador que atua de forma automática e precisa para manter uma determinada condição ou posição.

Sinônimos: os servomecanismos também podem ser conhecidos como sistemas de controle automático, sistemas de retroalimentação ou sistemas de controle de realimentação.

Origem equivalente em até 15 palavras.

Servomecanismos têm sua origem no termo francês “servo” e no grego “mekhanē”, que significa “máquina”.

Servomecanismos: origem, significado, etimologia, sinônimos

Um servomecanismo é um termo usado em mecânica referindo-se ao conjunto de trabalho hidráulica e pneumática eletrônico, mecânico e até mesmo em alguns casos, em uma forma coordenada para determinadas partes de propósito.

Relacionado:  Interracial: o que é, significado e áreas onde é usado

Esse sistema eletromecânico é auto-regulável, detectando uma incompatibilidade ou erro entre seu desempenho real e ideal.

Servomecanismos: origem, significado, etimologia, sinônimos 1

Fonte Pixabay.com

Servomecanismo é um substantivo masculino relacionado à mecânica. Às vezes, é usado em robôs, mesmo fazendo parte de mecanismos móveis ou fixos. A palavra vem do latim, onde “servo” deriva de servus (servo, escravo ou servo), ao qual é adicionado um sufixo referente aos mecanismos ou sistemas auxiliares com os quais é solidário.

Embora mencionemos que está relacionado à mecânica, um servomecanismo também pode ser usado em robótica e cibernética. Segundo a Real Academia Espanhola, um servomecanismo é um sistema eletromecânico que se regula detectando o erro ou a diferença entre seu desempenho real e desejado.

Outra definição para servomecanismo é qualquer sistema de controle de feedback no qual um ou mais dos sinais implique um efeito mecânico.

Origem

Os primeiros servomecanismos podem ser localizados no século XIX. Ao longo desse século, foram desenvolvidos reguladores de temperatura (por exemplo, Ure em 1830) e outros que controlavam o fluxo de água (especialmente aqueles projetados por Woodward em 1870).

Nesse caso, um controlador centrífugo era usado apenas para acionar uma embreagem que governava a passagem de força para a admissão. Ou seja, por um lado, o sensor e o motor estavam localizados e, por outro, o amplificador de potência, criando assim a estrutura que hoje conhecemos como servomecanismos.

Caracteristicas

Um servomecanismo é baseado nas seguintes características:

– Artificial: foi construído pelo homem e não é algo que surgiu da natureza.

– Sensorial: você pode perceber o ambiente ao seu redor.

– Controlado: é governado por um computador.

– Atuador: é capaz de executar movimentos por si só.

Relacionado:  Fusível: significado, para que serve e escala

Sinônimos

É muito comum ler ou ouvir que é feita referência a um servomecanismo apenas com a palavra “servo”. Já se entende com ela que o que se segue tem esse tipo de assistência.

Antônimos

Não há palavras que significam diretamente o oposto de servomecanismo. Em qualquer caso, seriam sistemas menos complexos ou mais antigos, mas isso não significa que eles são o oposto desse termo.

Exemplos de uso

É um mecanismo amplamente utilizado na mecânica automotiva, como na direção hidráulica ou elétrica de um volante. Por exemplo, o chamado “freio de emergência” (um dispositivo de segurança que os carros modernos possuem) é um sistema que compensa a falta de pressão suficiente no pedal do freio antes de uma parada total para atingir a capacidade ótima de frenagem do veículo

Por outro lado, servomotores são atuadores mecânicos que consistem em um motor e um grupo de engrenagens que aumentam o torque (ou seja, força). Por sua vez, eles possuem elementos que controlam constantemente a posição de um item mecânico vinculado ao mundo exterior.

Um exemplo claro desse sistema é o servomotor de uma impressora, que consiste em um mecanismo, além dos controles de alimentação e reversão de papel.

Além disso, apesar de mencionarmos que eles são amplamente utilizados em robótica, as áreas em que é usado são muitas, como aviões, o zoom de uma câmera ou as portas automáticas de um elevador.

Referências

  1. Servomecanismo (201). Dicionário da Academia Real Espanhola. Recuperado de: dle.rae.es
  2. Charles A. Schuler. (2002) «Eletrônica, princípios e aplicações» . Recuperado de: books.google.it
  3. Marco Aurelio Denegri. (2018). «Servomecanismo». Recuperado de: elcomercio.pe
  4. Revolução Industrial. Recuperado de: automata.unizar.es

Deixe um comentário