Texto informativo: características, tipos, estrutura e exemplos

Um texto informativo é um tipo de texto que tem como principal objetivo transmitir informações de forma clara e objetiva. Geralmente, esse tipo de texto é utilizado em jornais, revistas, sites de notícias, manuais, entre outros.

Caracteriza-se por apresentar fatos, dados, explicações e argumentos de forma imparcial, sem a presença de opiniões pessoais do autor. Os textos informativos podem ser classificados em diferentes tipos, como notícias, reportagens, artigos de divulgação científica, textos acadêmicos, entre outros.

Em termos de estrutura, um texto informativo geralmente segue uma organização lógica, com introdução, desenvolvimento e conclusão. Além disso, costuma apresentar um título claro e direto, subtítulos para facilitar a leitura e parágrafos bem estruturados.

Alguns exemplos de textos informativos são: uma notícia sobre um evento recente, um artigo explicando os benefícios de uma dieta saudável, um manual de instruções de um produto, entre outros. Esses textos são fundamentais para a disseminação de informações e conhecimentos de forma precisa e confiável.

Características de um texto informativo: o que você precisa saber sobre sua estrutura.

Um texto informativo é aquele que tem como principal objetivo informar o leitor sobre determinado assunto, apresentando fatos, dados e informações de forma clara e objetiva. Para que um texto informativo cumpra sua função, é importante que ele apresente algumas características essenciais em sua estrutura.

Em primeiro lugar, um texto informativo deve ser imparcial, ou seja, não deve expressar opiniões pessoais do autor. Ele deve se basear em dados concretos e fontes confiáveis para transmitir a informação de forma objetiva.

Além disso, a linguagem utilizada em um texto informativo deve ser clara e acessível ao público-alvo, evitando termos técnicos e linguagem rebuscada. O objetivo é fazer com que qualquer pessoa consiga entender o conteúdo apresentado.

A estrutura de um texto informativo geralmente segue uma sequência lógica, começando com uma introdução que apresenta o tema a ser abordado, seguida pelo desenvolvimento, onde são apresentados os principais pontos e informações relevantes, e finalizando com uma conclusão que resume as ideias apresentadas.

Para exemplificar, podemos citar alguns tipos de texto informativo, como notícias, reportagens, artigos científicos e textos explicativos. Cada um desses tipos possui características específicas, mas todos têm em comum o objetivo de informar o leitor de forma clara e objetiva.

Portanto, ao produzir um texto informativo, lembre-se de manter a imparcialidade, utilizar uma linguagem clara e acessível, e seguir uma estrutura lógica que facilite a compreensão do leitor. Dessa forma, você poderá transmitir a informação de forma eficaz e impactante.

Tipos de texto informativo: conheça as diversas formas de transmitir informações de forma objetiva.

Os textos informativos são aqueles que têm como principal objetivo transmitir informações de forma clara e objetiva. Eles são fundamentais em diversos contextos, como na comunicação científica, jornalística e educacional. Neste artigo, vamos abordar as características, tipos, estrutura e exemplos de textos informativos.

Um dos principais aspectos dos textos informativos é a sua objetividade. Eles devem ser escritos de forma direta, sem rodeios ou opiniões pessoais do autor. A linguagem utilizada deve ser clara e acessível, facilitando a compreensão do leitor.

Existem diferentes tipos de texto informativo, cada um com suas particularidades. Alguns exemplos incluem notícias, reportagens, artigos científicos, manuais de instruções e textos acadêmicos. Cada um desses tipos de texto tem uma estrutura específica, que deve ser seguida para garantir a eficácia da comunicação.

Um exemplo de texto informativo é a notícia, que tem como objetivo informar o leitor sobre um acontecimento atual e relevante. Ela geralmente segue a estrutura de lead, que apresenta as informações mais importantes logo no início do texto, seguido do desenvolvimento da notícia.

Outro exemplo é o artigo científico, que tem como objetivo apresentar os resultados de uma pesquisa científica de forma clara e objetiva. Ele geralmente segue a estrutura de introdução, método, resultados e conclusão.

Em resumo, os textos informativos são essenciais para a transmissão de informações de forma clara e objetiva. Eles podem ser encontrados em diversos contextos e têm diferentes tipos e estruturas. É importante saber identificar e produzir esse tipo de texto para garantir uma comunicação eficaz.

Conheça os 5 tipos textuais e suas características para uma escrita eficaz.

Um texto informativo é aquele que tem como principal objetivo transmitir informações de forma clara e objetiva. Para que um texto informativo seja eficaz, é importante conhecer os cinco tipos textuais e suas características. Vamos conhecê-los:

1. Texto narrativo

O texto narrativo tem como objetivo contar uma história, apresentando personagens, cenários, conflitos e desfechos. É comum encontrar esse tipo de texto em romances, contos e crônicas. A estrutura do texto narrativo geralmente segue a sequência de introdução, desenvolvimento e conclusão.

2. Texto descritivo

O texto descritivo tem como principal característica a apresentação detalhada de objetos, lugares, pessoas, sensações, entre outros elementos. A linguagem utilizada é rica em detalhes e adjetivos, proporcionando ao leitor uma imagem clara do que está sendo descrito.

Relacionado:  Os 10 pratos mais populares de Cajamarca

3. Texto dissertativo

O texto dissertativo tem como finalidade apresentar argumentos e opiniões sobre um determinado tema. Geralmente é estruturado em introdução, desenvolvimento (com apresentação de argumentos) e conclusão. É comum encontrarmos textos dissertativos em artigos, ensaios e resenhas.

4. Texto expositivo

O texto expositivo tem como objetivo explicar, informar e esclarecer um determinado assunto. É comum encontrarmos esse tipo de texto em manuais, enciclopédias e textos científicos. A linguagem utilizada é clara e objetiva, visando transmitir conhecimento de forma didática.

5. Texto injuntivo

O texto injuntivo tem como objetivo orientar, instruir ou prescrever ações ao leitor. É comum encontrarmos esse tipo de texto em receitas, manuais de instrução e tutoriais. A linguagem é imperativa, indicando ao leitor o que deve ser feito passo a passo.

Agora que conhecemos os cinco tipos textuais e suas características, podemos utilizá-los de forma adequada em nossos textos informativos, tornando nossa escrita mais eficaz e cativante para o leitor.

Conheça os quatro principais tipos de texto para a escrita acadêmica.

O texto informativo é um dos quatro principais tipos de texto para a escrita acadêmica. Ele tem como objetivo principal transmitir informações de forma clara e objetiva, sem incluir opiniões pessoais. Esse tipo de texto é muito utilizado em artigos científicos, relatórios e trabalhos acadêmicos.

Existem diferentes tipos de texto informativo, como o expositivo, o descritivo, o argumentativo e o injuntivo. Cada um deles possui características específicas que devem ser levadas em consideração na hora da escrita.

A estrutura do texto informativo geralmente é dividida em introdução, desenvolvimento e conclusão. Na introdução, o autor apresenta o tema que será abordado. No desenvolvimento, são apresentados os argumentos e informações relevantes. E na conclusão, o autor resume os pontos principais discutidos ao longo do texto.

Alguns exemplos de texto informativo são: artigos científicos que apresentam resultados de pesquisas, relatórios que descrevem procedimentos realizados em experimentos, e trabalhos acadêmicos que discutem teorias e conceitos.

Portanto, é importante conhecer os quatro principais tipos de texto para a escrita acadêmica, sendo o texto informativo um dos mais utilizados. Dominar a estrutura e as características desse tipo de texto é essencial para produzir trabalhos acadêmicos de qualidade.

Texto informativo: características, tipos, estrutura e exemplos

Um texto informativo é uma peça de literatura não-ficção que é escrita com a intenção de informar o leitor sobre um assunto. Eles podem ser encontrados em revistas, no campo da ciência, em livros de história, em autobiografias e em manuais de instruções.

Eles são escritos usando recursos específicos que permitem ao leitor identificar facilmente informações importantes e entender o tópico principal.

Texto informativo: características, tipos, estrutura e exemplos 1

Em muitas ocasiões, o autor pode chamar a atenção para algumas partes do texto colocando cabeçalhos em determinadas seções, destacando palavras importantes com letras em negrito e usando representações visuais com legendas.

Essas representações visuais podem ser fotos ou infográficos, que incluem tabelas, diagramas ou gráficos que ajudam o leitor a ter uma idéia melhor do assunto em questão.

Em alguns casos, o autor ainda fornece ao leitor um índice ou um glossário que pode ajudar e facilitar a busca de informações.

Os textos informativos devem fornecer informações e explicações suficientes para entender as informações. Esses textos devem informar o que é e o que não é importante em um tópico, para que o leitor possa ser devidamente informado.

Principais características dos textos informativos

Esses textos são uma subcategoria da seção de não-ficção. Seu principal objetivo é informar o leitor sobre o mundo natural ou social.

Ao contrário da ficção e de outras formas de não-ficção, o texto informativo não usa caracteres. Possui recursos de linguagem especializados, como o uso de substantivos gerais.

Os autores dessas peças informativas podem empregar uma variedade de estruturas para ajudar o leitor a encontrar informações de maneira rápida e eficiente.

Isso pode incluir um índice, um índice, texto em negrito ou itálico, glossários para vocabulário específico, anexos de definições, ilustrações, legendas, gráficos e tabelas.

Diferentemente das narrativas que contam uma história de maneira linear, esse tipo de texto geralmente não é linear. É popular, pois os leitores podem localizar uma peça informativa relacionada a quase qualquer tópico de interesse.

Esses textos geralmente evitam a repetição, contêm fatos e fornecem informações de maneira clara.

Qualidade

A qualidade de um texto pode ser julgada de várias maneiras. Por exemplo, indicadores como os seguintes podem ser examinados:

– Precisão do conteúdo

O conteúdo é correto e direto? É possível que este texto aumente o conhecimento do leitor?

– Habilidades do autor

Qual o treinamento do autor sobre esse tópico e quais colaboradores ou fontes foram consultados?

Relacionado:  10 tópicos para ensaios, interessantes e atuais

– Impessoalidade de conteúdo

As explicações devem ter um senso impessoal.

– Finalidade do texto

O texto deve cumprir o objetivo de explicar o assunto. Isso significa que o leitor deve entendê-lo completamente depois de ler a peça, ou pelo menos ter mais informações do que as disponíveis originalmente.

Um texto informativo não é uma biografia ou um texto de procedimento (como um livro de receitas ou um texto sobre como fazer artesanato), nem é um texto com caracteres. É simplesmente um material que explica algum tópico e fornece informações ao leitor.

Objetivos

Os propósitos do texto informativo podem ser:

– Adquirir informações.

– Satisfaça a curiosidade.

– Entenda melhor o contexto.

– Compreenda novos conceitos e expanda o vocabulário.

Onde eles podem ser encontrados?

Como essas peças literárias desejam informar, indicar ou aconselhar sobre algo em particular, é comum encontrá-las em artigos de jornal, sites informativos, folhetos escolares, entre outros.

Os 4 principais tipos de textos informativos

Notícias

A notícia é um dos textos informativos por excelência. Em uma notícia, o emissor procura informar da maneira mais clara, verdadeira e concreta possível sobre qualquer evento específico.

Como em qualquer texto informativo, as notícias não procuram persuadir o leitor em relação a nenhum tópico em particular. O objetivo das notícias é divulgar as características de um evento específico.

Esse gênero jornalístico busca responder seis questões básicas relacionadas ao evento em questão: o que aconteceu, quando ocorreu, em que cenário os eventos ocorreram, quem são os protagonistas, como foi realizado e por que esse evento foi gerado.

Carta formal

As cartas formais são consideradas textos informativos porque funcionam como uma maneira de comunicar informações específicas sobre algo em particular.

Ou seja, a principal função de uma carta formal é expressar ao destinatário informações de interesse direto.

Uma carta de demissão, uma notificação de demissão, o pedido de autorização ou a alocação de um orçamento são exemplos de informações que podem ser desenvolvidas em uma carta formal.

Como o nome indica, uma carta formal cuida para que a linguagem usada seja respeitosa e muito educada.

Relatório

O relatório é um texto cuja principal função é também informar. Nesse caso, esse tipo de texto informativo enfoca a divulgação relacionada à pesquisa científica, resultados de gestão na área de negócios, estudos de campo em diferentes ramos, entre outros.

Como o objetivo do relatório é disseminar informações sobre um tópico específico, é importante ter muita clareza sobre o assunto que servirá de base para o desenvolvimento do texto.

O esclarecimento evita aspectos desnecessários ou até persuasivos, o que é muito importante, pois a principal função dos relatórios não é convencer.

No entanto, é importante destacar que esse tipo de texto admite certos elementos sugestivos, pois podem incluir recomendações ou resoluções que convidam o leitor a uma ação direcionada a um objetivo específico.

Memorando

Esse tipo de texto informativo é frequentemente usado nas organizações. Consiste em um texto breve através do qual as informações são trocadas entre os diferentes departamentos que compõem uma unidade específica de uma empresa, organização ou instituição.

A principal vantagem de um memorando é que ele permite uma comunicação rápida. Embora a linguagem seja respeitosa e educada, carece dos elementos formais das cartas formais, portanto as informações são expostas de maneira rápida e direta.

Além disso, por ser uma comunicação por escrito, é possível manter um registro de tudo o que foi comunicado, para que acidentes possam ser evitados e uma ordem seja mantida dentro da organização.

Os memorandos podem ser distribuídos em papel por correio normal ou por e-mail.

Estrutura

A variedade de textos informativos é tal que não existe uma estrutura única para todos.

No caso das notícias, pertence ao gênero jornalístico e sua estrutura responde a elementos específicos, como o chamado “v” invertido, através do qual se busca colocar as informações mais importantes nos primeiros parágrafos e as menos importantes. no final do texto

A carta formal, por exemplo, tem uma estrutura de protocolo mais. Os relatórios podem ter uma abordagem um pouco mais acadêmica ou explicativa, e os memorandos são extremamente diretos e precisos.

Apesar dessas diferenças, é possível identificar uma estrutura geral que contém 5 elementos que podem ser aplicados a todos os textos informativos, em maior ou menor grau. Esses elementos são os seguintes:

Título

A função do título é descrever de maneira rápida e concreta qual é o assunto sobre o qual o texto informativo será tratado.

O título deve ser curto. Um título grande perde sua funcionalidade, pois a idéia é relatar rapidamente o assunto do texto.

No caso da carta formal, o título corresponde ao nome da pessoa a quem a comunicação é dirigida. Para outros casos, recomenda-se que o título seja marcante, para que convide a leitura.

Relacionado:  9 Costumes e tradições de Chihuahua (México)

1. Introdução

A seguinte linha do texto informativo serve para detalhar mais precisamente o que é mencionado no título.

A idéia da introdução é mencionar os principais elementos que compõem a mensagem a ser divulgada. A introdução deve discutir os pontos mais relevantes do texto, que podem ser desenvolvidos ao longo da comunicação.

A duração da introdução dependerá do tipo de texto informativo. Por exemplo, nos memorandos, a introdução deve ser breve, porque a intenção desse tipo de texto é entrar no assunto o mais rápido possível.

Por outro lado, nos relatórios, é possível estender um pouco a introdução, dependendo da complexidade do tópico a ser desenvolvido.

Corpo

No corpo do texto informativo é onde as características e elementos das informações a serem comunicadas serão amplamente desenvolvidos.

Como o principal objetivo desse tipo de texto é informar, é importante garantir que você coloque todas as informações relacionadas ao assunto em que está escrevendo.

Independentemente da extensão que a comunicação deva ter, é essencial expor todos os dados, usando idéias principais e secundárias.

Caso contrário, é muito provável que as informações cheguem de maneira incorreta ao destinatário ou que a comunicação se prenda a interpretações errôneas.

Conclusão

Esta é a seção final do texto informativo. É o espaço em que o emissor abrevia a idéia principal da comunicação e, se aplicável, expõe as resoluções correspondentes.

Como já vimos, um texto informativo não tem alegações convincentes, exceto em alguns tipos de relatórios.

Portanto, a conclusão desse tipo de texto não está associada a convencer sobre algo específico, mas a fazer uma síntese do tema central da comunicação.

A conclusão busca destacar as principais idéias do texto, incluindo também algumas das secundárias que serviram para complementar a apresentação das informações.

Exemplos

1- Plano de emergência em caso de incêndio

Antes do incêndio:

– Verifique a fiação em sua casa.

– Não conecte máquinas ou dispositivos molhados e evite molhar os plugues e cabos.

– Não cubra lâmpadas, luzes ou dispositivos com tecidos.

– Se houver vazamento de gás, não acenda a luz, ventile as salas e abra rapidamente todas as portas e janelas.

– Mantenha velas, fósforos, isqueiros e outros tipos de material inflamável fora do alcance de crianças.

Durante o incêndio:

– Mantenha a calma e tente acalmar os outros.

– Se o fogo for pequeno, tente apagá-lo com um extintor de incêndio.

– Ligue para o corpo de bombeiros e siga as instruções.

– Não abra as portas e janelas, pois o fogo pode se espalhar com o ar.

– Não perca tempo procurando itens pessoais.

– Para sair, evite o elevador e use as escadas.

Após o incêndio:

– Não passe pela área do acidente até que as autoridades o permitam.

– Ligue para um técnico para verificar as entradas elétricas e de gás antes de reconectar a eletricidade e usar o fogão e o aquecimento.

– Jogue fora alimentos, bebidas e medicamentos expostos ao calor, fogo ou fumaça.

2- Artigo de imprensa

Erupção do vulcão Eyjafjallajökull na Islândia

A erupção do vulcão Eyjafjallajökull ocorreu em 14 de abril de 2010. Essa erupção produziu uma nuvem de cinzas que cobria vários quilômetros na atmosfera, então vários aeroportos tiveram que ser fechados.

Como resultado, 40 crianças e 4 adultos islandeses que visitaram Londres em uma viagem escolar ficaram presos na cidade devido à falta de voos.

Para retornar à Islândia, eles pegaram um barco da costa de Londres para o norte da Espanha. Então, eles embarcaram em um ônibus para Málaga e, finalmente, fizeram outra viagem de barco de Málaga para Melilla.

Essas pessoas estavam no navio para a Espanha por cerca de 24 horas e a viagem de ônibus levou cerca de 12 horas. Além disso, no dia em que estavam em Londres, um homem roubou o celular de uma das crianças.

3- Artigo de imprensa

Doação de itens em Bogotá

As autoridades receberam mais de 600 quilos de doações coletadas durante o dia do mês passado.

Os gerentes informaram que entregaram roupas casuais, roupas esportivas, roupas íntimas, sapatos e brinquedos para as comunidades menos favorecidas da cidade.

Para os interessados, um novo dia de doação será realizado no dia 3 de março, a partir das 6h, na Igreja da Santíssima Trindade.

Referências

  1. Textos informativos. Recuperado de easywriting.wikispaces.com
  2. O que é texto informativo? Definição, características e exemplos. Recuperado de study.com
  3. O que é texto informativo? Recuperado de umaine.edu
  4. A notícia: estrutura e características. Recuperado de creacionliteraria.net
  5. Aprenda sobre o uso de diferentes tipos de textos. Recuperado de panorama.com.ve
  6. Quando escrever uma nota. Recuperado de abc.com.py
  7. O informe. Recuperado de unilibre.edu.co

Deixe um comentário