10 Características da Família Venezuelana

A família venezuelana é conhecida por suas características marcantes que refletem a cultura e os valores do povo venezuelano. Com uma forte tradição familiar e valores arraigados, a família venezuelana valoriza a união, o respeito e a solidariedade entre os seus membros. Neste artigo, vamos explorar 10 características que definem a família venezuelana e a tornam única em sua essência.

Características da Venezuela: o que define esse país latino-americano em detalhes e curiosidades.

A Venezuela é um país localizado na América do Sul, conhecido por sua diversidade cultural, belezas naturais e rica história. Neste artigo, vamos abordar 10 características da família venezuelana, que ajudam a definir a sociedade desse país latino-americano.

1. O valor da família: A família venezuelana é muito unida e valoriza muito os laços familiares. As pessoas costumam passar muito tempo juntas e se apoiam mutuamente em todas as situações.

2. Comida tradicional: A culinária venezuelana é uma parte importante da cultura do país. Pratos como arepas, pabellón criollo e tequeños são muito apreciados pelas famílias venezuelanas.

3. Festas e celebrações: As festas familiares são muito comuns na Venezuela, onde as pessoas se reúnem para comemorar aniversários, casamentos e outras ocasiões especiais.

4. Educação: A educação é valorizada na Venezuela, e as famílias se esforçam para garantir que seus filhos tenham acesso à educação de qualidade.

5. Religião: A maioria das famílias venezuelanas é católica, e a religião desempenha um papel importante em suas vidas.

6. Música e dança: A música e a dança estão presentes em muitas festas e celebrações familiares na Venezuela, refletindo a alegria e a animação do povo venezuelano.

7. Hospitalidade: As famílias venezuelanas são conhecidas por sua hospitalidade e calor humano, sempre recebendo visitas de braços abertos e fazendo com que se sintam em casa.

8. Tradições: As tradições venezuelanas são passadas de geração em geração, mantendo vivas as raízes culturais do país e fortalecendo os laços familiares.

9. Resiliência: A família venezuelana enfrenta desafios econômicos e políticos, mas permanece unida e forte, superando as adversidades com determinação e solidariedade.

10. Amor incondicional: Acima de tudo, o que define a família venezuelana é o amor incondicional que se tem uns pelos outros, criando laços que resistem ao tempo e às dificuldades.

Essas são apenas algumas das características que definem a família venezuelana e contribuem para a riqueza cultural e social desse país latino-americano.

Conheça os costumes e comportamentos típicos do povo venezuelano em sua rotina diária.

Quando se fala em características da família venezuelana, é importante destacar alguns costumes e comportamentos típicos que fazem parte do dia a dia desse povo. Aqui estão 10 características comuns que podem ser observadas na rotina diária das famílias venezuelanas:

1. Família unida: A família é um pilar importante na sociedade venezuelana, e é comum ver várias gerações vivendo juntas sob o mesmo teto.

2. Respeito aos mais velhos: Os venezuelanos têm grande respeito pelos mais velhos, e é comum que estes sejam consultados em decisões importantes.

3. Alimentação em família: As refeições em família são valorizadas, e é comum que todos se reúnam à mesa para compartilhar momentos juntos.

4. Celebrar juntos: As festas e celebrações são momentos importantes para as famílias venezuelanas, que se reúnem para comemorar datas especiais.

5. Solidariedade: As famílias venezuelanas são conhecidas por sua solidariedade, sempre se ajudando em momentos de dificuldade.

6. Tradições religiosas: A maioria das famílias venezuelanas segue tradições religiosas, participando de missas e festividades religiosas.

7. Valorização da educação: A educação é valorizada pelas famílias venezuelanas, que incentivam seus filhos a estudar e se dedicar aos estudos.

8. Hospitaleiros: Os venezuelanos são conhecidos por sua hospitalidade, sempre recebendo visitas de braços abertos em suas casas.

9. Vida social ativa: As famílias venezuelanas costumam ter uma vida social ativa, participando de eventos comunitários e encontros familiares.

10. Amor pela música e dança: A música e a dança fazem parte da cultura venezuelana, e muitas famílias compartilham o gosto por essas expressões artísticas.

Essas são apenas algumas das características que tornam a família venezuelana única e especial. Conhecer e respeitar esses costumes é fundamental para compreender melhor a sociedade e a cultura desse país latino-americano.

O perfil do povo da Venezuela: características, cultura e costumes.

A Venezuela é um país localizado na América do Sul, conhecido por sua diversidade cultural e riqueza natural. O povo venezuelano é caracterizado por diversas características que refletem sua história, tradições e valores. Neste artigo, destacaremos 10 características da família venezuelana que ajudam a compreender melhor o perfil do povo deste país.

Relacionado:  Bandeira da Bélgica: História e Curiosidades

1. Hospitalidade: Os venezuelanos são conhecidos por sua hospitalidade e calor humano. Receber visitas em casa com alegria e generosidade é uma prática comum entre as famílias venezuelanas.

2. Forte laço familiar: A família é considerada um pilar fundamental na sociedade venezuelana. Os laços familiares são muito fortes e os parentes costumam se reunir com frequência para celebrar datas especiais.

3. Gastronomia diversificada: A culinária venezuelana é rica e diversificada, com pratos tradicionais que refletem a mistura de influências indígenas, africanas e europeias. Arepas, pabellón criollo e tequeños são alguns exemplos de comidas típicas da Venezuela.

4. Festividades religiosas: A maioria da população venezuelana é católica, e as festividades religiosas têm um papel importante na vida das famílias. A Semana Santa e o Dia de Nossa Senhora de Guadalupe são algumas das celebrações mais populares no país.

5. Música e dança: A música e a dança têm um lugar especial na cultura venezuelana. Gêneros como salsa, merengue e joropo são muito apreciados, e as famílias costumam se reunir para dançar e se divertir juntas.

6. Respeito pelos mais velhos: O respeito pelos mais velhos é uma característica marcante na sociedade venezuelana. Os idosos são valorizados e respeitados, e as famílias costumam cuidar dos seus membros mais velhos com carinho e dedicação.

7. Amor pela natureza: A Venezuela é um país de paisagens deslumbrantes, e os venezuelanos têm um profundo amor pela natureza. Muitas famílias gostam de passar o tempo ao ar livre, explorando as belezas naturais do país.

8. Orgulho nacional: Os venezuelanos são muito orgulhosos de sua história e cultura. O patriotismo é uma característica forte na sociedade venezuelana, e as famílias costumam transmitir esse sentimento de geração em geração.

9. Resiliência: A Venezuela enfrenta desafios econômicos e políticos, mas o povo venezuelano é conhecido por sua resiliência e capacidade de superar adversidades. As famílias se unem em momentos difíceis e encontram força na solidariedade e no apoio mútuo.

10. Alegria e otimismo: Apesar das dificuldades, os venezuelanos são um povo alegre e otimista. A capacidade de encontrar alegria nas pequenas coisas e de manter a esperança no futuro são características que definem o perfil do povo da Venezuela.

Conheça a cultura do povo venezuelano: tradições, gastronomia e festividades típicas do país.

A família venezuelana é conhecida por suas fortes tradições e valores familiares. Aqui estão 10 características que definem a família venezuelana:

  1. Hospitalidade: Os venezuelanos são conhecidos por sua calorosa hospitalidade e recebem os convidados em suas casas com alegria e generosidade.
  2. União: A família venezuelana é muito unida e valoriza o apoio mútuo entre os membros da família.
  3. Respeito aos mais velhos: Os venezuelanos têm grande respeito pelos mais velhos e valorizam a sabedoria e experiência que eles trazem para a família.
  4. Comida: A gastronomia venezuelana é rica e variada, com pratos tradicionais como arepas, empanadas e pabellón criollo sendo os favoritos da família.
  5. Amor pela música e dança: Os venezuelanos adoram música e dança, e muitas festividades familiares incluem música ao vivo e muita dança.
  6. Celebrações religiosas: A maioria dos venezuelanos são católicos e as festividades religiosas desempenham um papel importante na vida familiar.
  7. Resiliência: A família venezuelana é conhecida por sua resiliência e capacidade de superar desafios juntos, especialmente em tempos difíceis.
  8. Cultura diversificada: A Venezuela é um país multicultural, e a família venezuelana valoriza a diversidade cultural e étnica que compõe o país.
  9. Amor pela natureza: Os venezuelanos têm um profundo amor pela natureza e muitas famílias passam seu tempo livre desfrutando das belas paisagens naturais do país juntos.
  10. Orgulho nacional: A família venezuelana tem um forte orgulho de sua nacionalidade e história, e muitas vezes participam juntos de festividades nacionais para celebrar sua cultura.

Essas características únicas fazem da família venezuelana uma parte fundamental da rica cultura do país.

10 Características da Família Venezuelana

As características das famílias venezuelanas são baseadas no amor, respeito, tolerância e cooperação. A família é o núcleo de uma sociedade e constitui um elemento essencial na formação dos cidadãos, pois é o primeiro contato que um indivíduo tem com a comunidade.

Relacionado:  Bandeira do Bahrain: História e Significado

É também dentro do núcleo familiar que um indivíduo aprende a se comunicar e interagir, adquirindo valores éticos e morais que serão posteriormente reforçados. O eixo das sociedades venezuelanas não reside em alianças conjugais, nem em práticas comerciais, nem em ideologia religiosa, mas na família.

10 Características da Família Venezuelana 1

Família venezuelana do poeta Jesus Quevedo Terán.

Na Venezuela, as famílias não diferem muito das características anteriormente conceituadas. No entanto, as famílias venezuelanas apresentam alguns aspectos adicionais diretamente relacionados à cultura deste país.

10 Características da Família Venezuelana 2

Existem vários autores que se dedicaram ao estudo da estrutura da família venezuelana. Por exemplo, José Vethencourt, que considera que o sistema de organização das famílias na Venezuela é atípico porque não segue as normas “pré-estabelecidas”.

Por seu lado, Alejandro Moreno ressalta que, de fato, as famílias venezuelanas são atípicas quando comparadas às famílias européias. No entanto, este autor afirma que a estrutura familiar da Venezuela é comum dentro dos padrões latino-americanos e representa a autenticidade da região.

Lista de características legais e culturais das famílias venezuelanas

10 Características da Família Venezuelana 3

1 – Associações livres

De acordo com a Constituição Bolivariana da Venezuela, as famílias são associações livres que compõem uma sociedade e são o núcleo no qual o desenvolvimento dos venezuelanos começa, já que é o primeiro contato entre um indivíduo e a sociedade.

Da mesma forma, a Constituição indica que as relações familiares se baseiam em direitos e deveres iguais, solidariedade, esforço comum, entendimento mútuo e respeito mútuo entre os membros.

O casamento, entendido como um processo legal ( de jure ), é protegido pela lei venezuelana. Da mesma forma, o concubinato, entendido como um consenso entre um homem e uma mulher ( de fato) que cumpre as disposições da lei, é considerado para todos os fins como qualquer outro casamento.

2 – Relação por consanguinidade ou afinidade

O Código Civil da Venezuela estabelece que os membros estão unidos por laços de parentesco, que podem ser por consanguinidade ou afinidade. Parentesco por consanguinidade refere-se a laços de sangue, enquanto parentesco por afinidade se refere a laços legais (casamento, por exemplo).

Da mesma forma, o código civil estabelece que um dos cônjuges e os parentes de sangue do outro são familiares (por afinidade) e esse relacionamento permanece mesmo após o divórcio. Por outro lado, os membros adotados de uma família são considerados membros consanguíneos perante a lei.

Por outro lado, o Código Civil estabelece que a proximidade do parentesco é determinada pelo número de gerações que separam um membro da família do estro; Cada uma dessas separações constitui um grau.

A relação entre pai e filhos é de primeira série; entre avós e netos, é a segunda série; e entre tios e sobrinhos, é a terceira série.

3- União

Na Venezuela, a maioria da população vive em famílias nucleares, ou seja, pais e filhos vivem em uma casa. No entanto, outros membros da família, avós, tios e primos moram nas proximidades ou se visitam constantemente.

Da mesma forma, quando ocorrem migrações que forçam os membros da família a se separarem, eles geralmente mantêm contato através de rotas alternativas.

Nesse sentido, os membros de uma família não estão unidos apenas aos outros membros do núcleo, mas também têm relacionamentos formidáveis ​​com os membros de sua família extensa.

4 – Suporte

Como expressa a Constituição venezuelana, as famílias venezuelanas são baseadas em princípios de cooperação e entendimento mútuo, constituindo um reflexo da comunidade que caracteriza a sociedade venezuelana em geral.

Devido a esse sentimento de unidade, os jovens venezuelanos vivem com seus pais até se formarem na faculdade ou até que possam se sustentar. Mesmo depois de saírem da casa dos pais, os filhos continuam sendo apoiados por eles.

5 – O papel das mães

Embora a sociedade venezuelana seja baseada em um modelo patriarcal (que favorece a figura do homem), as mulheres são responsáveis ​​pelos assuntos da família. Em geral, as mães venezuelanas gerenciam a renda familiar.

Relacionado:  Para que serve a música? 12 razões para ouvir

As mães são uma figura de estabilidade na família venezuelana e, da mesma forma, são elas que tomam as decisões mais importantes.

Algumas famílias mais profundamente enraizadas em valores antigos preferem que seja o homem que trabalha enquanto a mulher cuida das tarefas domésticas e cuida dos filhos. No entanto, devido à influência das sociedades ocidentais e dos movimentos de libertação das mulheres, a maioria das mães entra no campo do trabalho, assim como os homens.

A figura das mães venezuelanas foi estudada por vários autores, como Peattie, Pollak-Eltz e José Vethencourt.

O último aponta que as famílias venezuelanas são atípicas porque se baseiam em um sistema matricial (no qual as mães estão à frente da família).

6 – O papel das avós

No Congresso sobre Família e Casamento no Caribe e na América Central, cujo tema principal era a matriz na América Latina, concluiu-se que o sistema matricial era insuficiente para expressar a realidade da Venezuela. Como neste país não apenas a mãe é uma figura proeminente, mas também a avó.

Se possível, geralmente são as avós que cuidam dos filhos, atuando como governantas dos netos. A figura da avó é relevante para a maioria dos venezuelanos porque representa uma segunda mãe.

7 – Relações menos rígidas entre pais e filhos

A família venezuelana, como qualquer outra, é baseada em relacionamentos respeitosos. No entanto, a relação entre pais e filhos não é tão rígida quanto em outras sociedades.

Por exemplo, é comum ouvir que as crianças tratam “você” aos pais: a exceção é a área andina da Venezuela (oeste do país), uma região em que o pronome “você” é usado mesmo quando se fala com um amigo

8 – Celebrar é fundamental

A palavra “festa” é um bom termo para definir as famílias venezuelanas, já que qualquer evento pode se tornar motivo de comemoração. Os venezuelanos podem fazer uma festa para assistir a um jogo de beisebol ou à Copa do Mundo.

Da mesma forma, as festas são organizadas quando um novo membro da família nascerá e após as celebrações religiosas (como batismo, primeira comunhão e confirmação). Da mesma forma, na Venezuela e na América Latina em geral, a prática dos partidos de 15 anos é preservada (que no passado pretendia apresentar os jovens à sociedade).

9 – O Natal é um dos feriados mais celebrados

Embora quase 90% da população venezuelana seja católica, grande parte não é praticável, o que significa que eles não participam ativamente da vida da Igreja.

No entanto, a maioria das famílias venezuelanas celebra o Natal, uma tradição católica, e até assiste às “Missas de Natal” ou “Massas do Galo”, serviços católicos que começam em 16 de dezembro.

Na época de dezembro, os venezuelanos se reúnem para preparar as hallacas, um prato típico de Natal, mostrando assim a cooperação entre os membros da família.

10 – Além do parentesco

Como já visto, legalmente, as famílias venezuelanas estão ligadas por laços de parentesco.

No entanto, os venezuelanos costumam considerar outros indivíduos externos como parte de sua família. Por exemplo: “compadres” e “comadres”, respectivamente padrinhos do filho de uma pessoa, são considerados membros da família, apesar de não compartilharem laços de afinidade ou consanguinidade.

Da mesma forma, amigos íntimos podem ser considerados irmãos, enquanto os amigos dos pais podem ser vistos como tios. Nesse aspecto, as famílias venezuelanas são muito inclusivas.

Referências

  1. Povo da Venezuela Recuperado em 22 de março de 2017, de republica-de-venezuela.com.
  2. Família Recuperado em 22 de março de 2017, de encyclopedias.families.com.
  3. Venezuela – Valores e Atitudes (2014). Recuperado em 22 de março de 2017, de culturasmartconsulting.com.
  4. Constituição da República Bolivariana da Venezuela (tradução para o inglês do texto jurídico original). Recuperado em 22 de março de 2017, de venezuelaemb.org.kr.
  5. Morelock, Jessica. Venezuela: Dicas de Viagem. Recuperado em 22 de março de 2017, de traveltips.usatoday.com.
  6. Venezuela- Família, Sociedade e Cultura. Recuperado em 22 de março de 2017, de family.jrank.org.
  7. Família Recuperado em 22 de março de 2017, de acad.depauw.edu.

Deixe um comentário