10 Dinâmica da Motivação para Estudantes e Trabalhadores

A dinâmica da motivação é amplamente utilizada por profissionais de recursos humanos na área de negócios e, também, por professores e outras pessoas que trabalham na escola.

Cuidar da motivação de estudantes e trabalhadores, dependendo do contexto em que estamos realizando uma atividade, é uma tarefa essencial e que, sem dúvida, terá um impacto no desempenho e nos resultados obtidos, bem como no estado de encorajamento

10 Dinâmica da Motivação para Estudantes e Trabalhadores 1

A motivação e outros fatores relacionados podem ser trabalhados através de dinâmicas realizadas por um grupo de trabalho coeso e gerenciadas por um bom líder.

Neste artigo, veremos 10 dinâmicas que contribuirão para uma melhoria da motivação que pode ser aplicada em diferentes áreas, adaptando-se ao nível do grupo. Que a motivação dos membros de uma equipe seja maior, causará uma série de repercussões positivas em nível pessoal, além de melhorar o funcionamento como um grupo.

A motivação deve ser treinada todos os dias, enviando mensagens positivas e propondo pequenos desafios possíveis. Em suma, aprendendo a acreditar em nós mesmos.

Diferentes estudos mostram que uma equipe motivada alcança maior sucesso e desempenho no trabalho. Pelo contrário, o trabalho se torna rotineiro e, dessa forma, diminui a produtividade, além de sentimentos relacionados à alienação do trabalho.

10 dinâmicas motivacionais para uso em grupos e equipes

A seguir, veremos diferentes dinâmicas e técnicas que podem ser usadas para aumentar a motivação das equipes. É muito importante considerar quais são os objetivos de uma dinâmica quando aplicados para obter o melhor desempenho nela.

1- O fio desencapado

Objetivos:

Consiga animar o grupo.

Contribuir para a concentração em momentos de dispersão.

Tempo necessário:

Trinta minutos aproximadamente.

Tamanho do grupo:

Reduzido, no máximo dez pessoas.

Local:

Amplo espaço em que os membros do grupo podem sentar-se em círculo.

Materiais necessários:

Nenhuma

Passos a seguir:

1 – Um parceiro é solicitado a sair da sala.

2- O resto dos companheiros, sente-se em círculo e dê as mãos. O facilitador nos diz que o círculo funciona como um circuito elétrico e que existe um fio desencapado. Entre todos, eles escolhem quem trabalhará como fio desencapado.

3- Quando tomam a decisão, pedem para o parceiro que está fora da sala entrar. O facilitador do grupo explica que o grupo é um circuito elétrico e que há um fio desencapado nele. Você deve usar sua criatividade para descobrir quem é.

Discussão

Não há resultado correto ou exclusivo nessa dinâmica. O facilitador deve prestar atenção em como a atividade ocorre e como é a participação dos diferentes membros da equipe. Como reflexão final, você pode perguntar a eles como eles se sentiram ao longo do exercício.

Outros comentários

Essa dinâmica é muito útil em momentos de dispersão e estresse para gerar um ambiente descontraído e descontraído entre os membros de um grupo.

2- Pesquisa de Motivações

Objetivos:

Comece a se conhecer.

Conheça as motivações dos parceiros que compõem um grupo.

Tempo necessário:

Meia hora, aproximadamente. Dependendo do tamanho do grupo.

Tamanho do grupo:

Qualquer grupo, idealmente mais de dez pessoas.

Local:

Espaço amplo, coberto ou ao ar livre.

Materiais necessários:

Papel e caneta para cada pessoa.

Passos a seguir:

1- O facilitador do grupo contextualizará, como uma apresentação, que toda vez que iniciamos uma nova atividade, fazemos por uma razão. Ele perguntará aos membros do grupo qual foi a motivação que os levou a estar lá.

Relacionado:  Quem não arrisca não ganha: 4 exemplos incríveis

2- Individualmente, os membros do grupo responderão a uma série de perguntas desse tipo: por que participei dessa atividade? Qual é o meu humor hoje? O que espero conseguir hoje? , Com o que estou disposto a contribuir hoje?

3- Todos compartilham com o resto do grupo, suas preocupações e o que responderam às perguntas que o facilitador do grupo levantou inicialmente.

Discussão:

É importante que a pessoa que dirige a atividade saiba como gerenciar adequadamente os comentários dos diferentes membros do grupo.

Outros comentários:

Você pode adicionar algum objeto, a fim de respeitar a mudança de fala de cada parceiro. Ou seja, a única pessoa que pode falar é aquela que tem esse objeto na mão.

3- Voluntários para formar um grupo

Objetivos:

Mostre a importância de criar motivação no grupo.

Pense em maneiras de despertar o interesse e a inquietação dos participantes antes de uma determinada tarefa.

Tempo necessário:

Cerca de quinze minutos.

Tamanho do grupo:

É indiferente.

Local:

Espaço amplo e confortável.

Materiais necessários:

Nenhum especialmente.

Passos a seguir:

1 – O facilitador solicitará, sem dar nenhuma explicação, voluntários para realizar uma atividade.

2- Quando o número necessário de voluntários tiver saído (esse número varia dependendo do número de membros do grupo), pergunte ao restante por que eles não foram embora.

3- Pergunte às pessoas que se ofereceram por que fizeram isso.

4- Reflita, em grupo, sobre as preocupações e medos que as pessoas podem experimentar em uma determinada situação. Além disso, é importante refletir sobre quais estratégias podem ser usadas para motivar as pessoas a se voluntariarem para realizar uma atividade.

Discussão:

É normal que, sem saber que atividade eles vão realizar e sem qualquer motivação do facilitador, os voluntários não apareçam. Portanto, o grupo deve estar ciente de quais ferramentas podem ser usadas para criar um clima participativo.

4- O laço

Objetivos:

Aumente a motivação do grupo através do trabalho em equipe.

Promover a coesão do grupo.

Tempo necessário:

45 minutos aproximadamente.

Tamanho do grupo:

O grupo não deve exceder 15 pessoas.

Local:

Lounge espaçoso.

Materiais necessários:

Gravata ou barbante.

Passos a seguir:

1- Dois grupos são criados com o mesmo número de participantes. Eles recebem a ordem de que não podem falar ao longo da dinâmica.

2- Depois de divididos, um laço ou barbante é colocado de um lado da sala para o outro na cintura da pessoa mais alta do grupo. Além disso, uma linha será marcada no chão que não pode ser pisada.

3- Eles têm 30 minutos para ir de um lado ao outro da sala, passando por cima da corda e sem pisar na linha marcada no chão.

Discussão:

A equipe vencedora será a que passou todos os seus membros antes de ir de um lado para o outro e cumprir as regras. Caso os trinta minutos tenham passado e nenhum tenha terminado, a equipe com mais membros do outro lado vence.

Após a conclusão, será realizada uma reflexão em grupo para ver como eles se sentiram e quais obstáculos eles tiveram que superar para alcançar a meta.

Relacionado:  Os 9 tipos de motivação de acordo com a psicologia (com exemplos)

5- O que o grupo me dá?

Objetivos:

Reflita sobre os pontos fortes e fracos do trabalho realizado nesse grupo.

Promova memórias motivacionais.

Tempo necessário:

30 minutos aproximadamente.

Tamanho do grupo:

Isso pode ser feito em qualquer grupo, mesmo individualmente.

Local:

Local de trabalho.

Materiais necessários:

Papel e caneta.

Passos a seguir:

1- Escreva no papel dez coisas boas que a empresa traz e o trabalho em equipe.

Discussão:

Se for feito em grupo, não individualmente, será disponibilizado um espaço para que todos possam compartilhar suas opiniões e ver quais são os pontos que a equipe precisa trabalhar mais para manter a motivação dos membros elevada.

6- Limitações pessoais

Objetivos:

Reflita sobre os pontos fracos de cada um.

Verifique se todos temos limitações e que, na verdade, elas não são tão sérias.

Pense em estratégias e em quais ferramentas podem ser usadas para melhorá-las.

Tempo necessário:

45 minutos aproximadamente.

Tamanho do grupo:

É indiferente. Mais pessoas, mais tempo.

Local:

Espaço amplo que permite que os membros do grupo se sentem em círculo.

Materiais necessários:

Papel e caneta.

Passos a seguir:

1- O facilitador do grupo pede que cada pessoa escreva no papel três limitações ou fraquezas de cada uma. O nome não será colocado nesse papel. Após alguns minutos, colete todos os papéis.

2- Distribua esses papéis aleatoriamente para que cada pessoa receba um.

3- Para que cada pessoa esteja lendo os pontos fracos que aparecem no papel como se fossem seus. Além disso, eles podem exagerá-los. Ao dizê-las, comente quais estratégias você pode usar para corrigi-las ou como você pode melhorá-las.

Discussão:

Com essa dinâmica, novas visões sobre os problemas que nos afetam pessoalmente serão oferecidas. Além disso, será notado que todos temos defeitos.

7- Os destaques da vida

Objetivos:

Pense em motivações pessoais.

Tempo necessário:

Vinte minutos aproximadamente.

Tamanho do grupo:

Pode ser adaptado a pequenos e grandes grupos.

Local:

Espaço amplo que permite que os membros do grupo se sentem em círculo.

Materiais necessários:

Nenhuma

Passos a seguir:

1 – O facilitador do grupo pedirá a todos que pensem nos 30 segundos de sua vida que gostariam de viver novamente no caso hipotético de que eles só tinham esse espaço de vida.

2- Reflita sobre esse grupo. Se o pensamento é íntimo e se você não deseja compartilhar com o resto do grupo, a pessoa não deve se sentir obrigada.

3- O facilitador pode orientar a reflexão com as seguintes perguntas: O que sua escolha diz sobre você como pessoa? Quais talentos ou paixões você está negligenciando?

Discussão:

A tarefa do facilitador nessa dinâmica é incentivar as pessoas a lutar por seus sonhos e pensar se estão agindo da maneira certa, com base no que realmente querem na vida.

8- Esteja lá

Objetivos:

Estimule a discussão e os pensamentos dos membros do grupo sobre motivação e conscientização.

Tempo necessário:

Cerca de meia hora.

Tamanho do grupo:

Pode ser adaptado a pequenos e grandes grupos.

Local:

Espaço amplo que permite que os membros do grupo se sentem em círculo.

Relacionado:  Motivação intrínseca e extrínseca: diferenças e exemplos

Materiais necessários: nenhum.

Passos a seguir:

1- Divida o grande grupo em equipes. Dependendo do número de membros estarão em pares ou grupos de 3 ou 4 pessoas.

2- O facilitador do grupo fará perguntas sobre onde esse grupo em particular trabalha. Ou seja, sobre o escritório, a sala de aula ou a escola etc. Além disso, sobre as características dos diferentes membros ou sobre as tarefas que cada um deles executa.

Discussão:

A equipe com mais perguntas responde corretamente. A participação pode ser incentivada com um prêmio.

9- Como meus colegas de classe me veem?

Objetivos:

Promover a motivação a nível individual e a coesão do grupo.

Tempo necessário:

Uma hora aproximadamente.

Tamanho do grupo:

É indiferente. Mais pessoas, mais tempo.

Local:

Espaço amplo que permite que os membros do grupo se sentem em círculo.

Materiais necessários: envelopes, post-it de duas cores diferentes e caneta.

Passos a seguir:

1- O facilitador do grupo, nomeia cada um dos membros com o nome de cada um deles. Eles serão entregues aleatoriamente, sem que ninguém receba o envelope com seu próprio nome.

2 – É sobre os diferentes membros do grupo, escrevendo algo positivo e algo negativo sobre essa pessoa. Cada um deles na cor do post-it que o facilitador disse. Por exemplo, a coisa boa em um post-it verde e a coisa ruim em um post-it vermelho.

3- Todo mundo adiciona comentários sobre todos os seus colegas de classe.

4- Sentado em círculo, cada pessoa recebe seu envelope. Por sua vez, cada um abrirá o seu e lerá em voz alta as anotações que recebeu. Ele compartilhará com o resto de seus colegas de classe como ele se sentiu.

Discussão:

É importante que o facilitador incentive a interação entre pares. Que eles têm a oportunidade de se expressar e que podem contar aos colegas por que fizeram esse comentário no post-it.

Outros comentários:

Recomenda-se que comentários negativos sejam acompanhados de como eles poderiam melhorar esse aspecto, para que não seja entendido como uma crítica.

10- Criando um logotipo

Objetivos:

Promover a coesão do grupo.

Crie um elemento de identificação do grupo.

Aumente a motivação no nível do grupo.

Tempo necessário:

Cerca de meia hora.

Tamanho do grupo:

Pode ser usado com pequenos e grandes grupos.

Local:

Amplo espaço onde todos podem se sentir confortáveis ​​trabalhando.

Materiais necessários:

Um cartão grande e cores (lápis, marcadores, tintas para os dedos, etc.).

Passos a seguir:

1- O facilitador oferece o cartão ao grupo e explica que eles têm 15 minutos para criar um logotipo que os identifique como um grupo.

2- Após esse período, os membros do grupo serão perguntados se estão satisfeitos com o trabalho realizado, se se sentiram ouvidos por seus colegas, etc.

Outros comentários:

O resultado final pode ser colocado em um local visível na sala de aula ou no escritório, para que eles tenham em mente. Além disso, ele pode começar a ser usado como um elemento de identificação do grupo.

Aqui está um resumo em vídeo com algumas das dinâmicas mais destacadas:

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies