11 Propriedades físicas e químicas da água

A água é uma substância essencial para a vida, sendo encontrada em grande quantidade na Terra e nos seres vivos. Suas propriedades físicas e químicas são fundamentais para entender sua importância e seu papel nos processos biológicos e ambientais. Neste artigo, vamos explorar 11 propriedades da água, incluindo sua polaridade, capacidade de dissolver substâncias, calor específico, ponto de fusão e ebulição, entre outras características que a tornam única e indispensável para a existência da vida.

Características físico-químicas da água: o que você precisa saber sobre esse líquido essencial.

A água é um líquido essencial para a vida na Terra, sendo fundamental para a sobrevivência de todos os seres vivos. Conhecer as características físico-químicas da água é importante para entender suas propriedades e sua importância para o nosso planeta. Aqui estão 11 propriedades físicas e químicas da água que você precisa saber:

1. Molécula polar: A molécula de água é constituída por dois átomos de hidrogênio e um de oxigênio, o que a torna uma molécula polar. Isso significa que ela tem uma carga positiva em um lado e uma carga negativa no outro, o que possibilita a formação de pontes de hidrogênio entre as moléculas de água.

2. Alta capacidade de dissolução: A água é conhecida como o solvente universal devido à sua capacidade de dissolver uma grande variedade de substâncias. Isso ocorre devido à sua polaridade, que permite que ela interaja com diferentes tipos de moléculas.

3. Elevado calor específico: A água possui um alto calor específico, o que significa que ela absorve e libera calor de forma lenta. Isso é importante para manter a temperatura dos organismos estável e para regular o clima da Terra.

4. Elevado calor de vaporização: Para que a água mude de estado líquido para gasoso, é necessário fornecer uma quantidade significativa de energia. Isso é devido ao seu alto calor de vaporização, que é essencial para processos como a transpiração das plantas.

5. Densidade máxima a 4°C: A água atinge sua densidade máxima a 4°C, o que faz com que ela se torne menos densa tanto acima quanto abaixo dessa temperatura. Isso é importante para a vida aquática, já que a água mais densa tende a afundar.

6. Tensão superficial: A água possui uma tensão superficial, o que faz com que ela seja capaz de “formar bolhas” na superfície. Isso é importante para processos como a capilaridade nas plantas e a formação de gotas de chuva.

7. Capacidade de regulação térmica: A água tem a capacidade de absorver e liberar calor sem sofrer grandes alterações em sua temperatura, o que é essencial para regular a temperatura do nosso planeta.

8. pH neutro: A água pura tem um pH neutro de 7, o que a torna compatível com a maioria dos organismos vivos. No entanto, ela pode se tornar ácida ou alcalina dependendo das substâncias dissolvidas nela.

9. Grande poder de coesão e adesão: A água possui um grande poder de coesão, o que significa que as moléculas de água tendem a se unir entre si. Além disso, ela também possui um grande poder de adesão, o que permite que ela se adira a outras superfícies.

10. Boa condutividade elétrica: A água pura é um isolante elétrico, mas quando dissolvida em substâncias iônicas, ela se torna um bom condutor de eletricidade. Isso é importante para processos como a transmissão de impulsos nervosos nos seres vivos.

11. Ciclo da água: A água está em constante movimento na natureza, passando por diferentes estados físicos e desempenhando um papel fundamental nos ciclos biogeoquímicos. É essencial para a manutenção da vida na Terra.

Características físicas e químicas da molécula de água: o que você precisa saber.

A água é uma molécula essencial para a vida, e suas propriedades físicas e químicas desempenham um papel fundamental em muitos processos biológicos e ambientais. Aqui estão 11 propriedades importantes da água que você precisa conhecer:

  1. Polaridade: A molécula de água é polar, o que significa que possui uma carga positiva em um extremo e uma carga negativa no outro.
  2. Cohesão: A água tem uma forte capacidade de aderir a si mesma, o que ajuda na formação de gotas e na ascensão da seiva nas plantas.
  3. Adesão: A água também tem a capacidade de aderir a outras substâncias, o que a torna um solvente eficaz.
  4. Alta capacidade térmica: A água tem a capacidade de absorver e reter uma grande quantidade de calor, o que ajuda a manter as temperaturas estáveis nos organismos vivos.
  5. Elevado calor de vaporização: A água requer uma quantidade significativa de energia para evaporar, o que ajuda a resfriar superfícies através da transpiração e evaporação.
  6. Baixa densidade no estado sólido: A água é única porque sua forma sólida (gelo) é menos densa do que o líquido, permitindo que flutue na água.
  7. Alta tensão superficial: A água tem uma tensão superficial elevada, o que permite que insetos como o mosquito andem sobre sua superfície.
  8. Capacidade de dissolver substâncias: A água é conhecida como o “solvente universal” devido à sua capacidade de dissolver uma ampla variedade de substâncias.
  9. Constante dielétrica elevada: A água é um bom isolante elétrico devido à sua constante dielétrica elevada.
  10. Capacidade de formar pontes de hidrogênio: As moléculas de água podem formar pontes de hidrogênio entre si, o que contribui para muitas de suas propriedades únicas.
  11. Capacidade de atuar como um tampão: A água pode manter o pH de uma solução relativamente estável, atuando como um tampão contra mudanças bruscas de acidez ou alcalinidade.
Relacionado:  Células estreladas ou Ito: características, formação, partes

Essas propriedades físicas e químicas da água são essenciais para a vida na Terra e desempenham um papel crucial em muitos processos naturais. É importante compreender essas características para entender melhor como a água interage com o ambiente e os seres vivos.

Composição química da água: o que elementos a constituem?

A água é uma substância essencial para a vida na Terra, sendo fundamental para a sobrevivência de todos os seres vivos. Mas você sabe quais são os elementos que constituem a água? A composição química da água é bastante simples, sendo formada por dois elementos: o hidrogénio e o oxigénio.

A fórmula química da água é H2O, o que significa que cada molécula de água é composta por dois átomos de hidrogénio e um átomo de oxigénio. Essa combinação única de elementos é o que confere às propriedades físicas e químicas da água.

11 Propriedades físicas e químicas da água

A água possui diversas propriedades físicas e químicas que a tornam uma substância única e essencial para a vida. Algumas das propriedades mais importantes da água incluem:

  1. Alta capacidade de dissolução: a água é conhecida como o solvente universal devido à sua capacidade de dissolver uma grande variedade de substâncias.
  2. Alta tensão superficial: a água possui uma alta tensão superficial, o que permite que insetos como o mosquito da dengue consigam caminhar sobre a sua superfície.
  3. Alto calor específico: a água possui um alto calor específico, o que significa que ela consegue absorver e liberar grandes quantidades de calor sem sofrer grandes alterações na sua temperatura.
  4. Alta condutividade térmica: a água é uma excelente condutora de calor, o que a torna essencial para a regulação da temperatura corporal dos seres vivos.
  5. Alta densidade: a água atinge a sua maior densidade a 4°C, o que faz com que ela se comporte de forma única em relação a outras substâncias.
  6. Ponto de fusão e ebulição elevados: a água possui um ponto de fusão e ebulição relativamente alto em comparação com outras substâncias, o que é essencial para a manutenção da vida na Terra.
  7. Capacidade de regulação do pH: a água atua como um tampão natural, ajudando a manter o pH dos organismos vivos dentro de limites adequados para a sobrevivência.
  8. Alta coesão e adesão: a água possui uma alta coesão, o que permite que as moléculas de água sejam atraídas umas pelas outras, formando gotas e facilitando a capilaridade em plantas.
  9. Capacidade de formar pontes de hidrogénio: a água é capaz de formar pontes de hidrogénio entre as suas moléculas, o que confere propriedades únicas como a tensão superficial e a capacidade de dissolução.
  10. Alta solubilidade em compostos iónicos: a água é capaz de dissolver uma grande variedade de compostos iónicos, facilitando reações químicas e processos biológicos.
  11. Capacidade de atuar como agente de hidratação: a água é essencial para a hidratação de células e tecidos, sendo fundamental para o funcionamento adequado do organismo.

Essas são apenas algumas das propriedades físicas e químicas da água que a tornam uma substância única e indispensável para a vida na Terra. É importante compreender a importância dessas propriedades para valorizar a água e garantir a sua preservação para as gerações futuras.

Influência das propriedades físicas da água nas atividades físicas: o que considerar.

A água é essencial para a prática de atividades físicas, pois suas propriedades físicas e químicas desempenham um papel fundamental no desempenho e na recuperação do corpo. Vamos explorar 11 propriedades da água e como elas influenciam nas atividades físicas.

Relacionado:  Proteus OX-19: origem, utilidade médica, tifo, diagnóstico

Uma das propriedades mais importantes da água é a sua densidade, que afeta a flutuabilidade e a resistência ao movimento. A viscosidade da água também é crucial, pois influencia na facilidade de movimento dos músculos durante o exercício.

A temperatura da água é outro fator a considerar, já que ela pode afetar a capacidade do corpo de regular a temperatura interna durante o exercício. Além disso, a capacidade térmica da água influencia na sua capacidade de manter a temperatura estável, o que pode ser crucial em atividades físicas de longa duração.

A pressão da água também é relevante, especialmente em atividades aquáticas, onde a pressão hidrostática pode afetar a circulação sanguínea e a respiração. A transparência da água também é importante, pois afeta a visibilidade e a segurança durante atividades aquáticas.

Em resumo, as propriedades físicas da água como densidade, viscosidade, temperatura, capacidade térmica, pressão e transparência, têm um impacto significativo nas atividades físicas. É essencial considerar esses fatores ao planejar e executar exercícios aquáticos ou em ambientes onde a água desempenha um papel importante.

11 Propriedades físicas e químicas da água

As propriedades físicas e químicas da água o tornam o composto mais importante do planeta, que integra ecossistemas naturais, sendo essencial para a sustentabilidade e reprodução da vida no planeta.

A água, um recurso vital para a existência de vida no planeta , é inodora, insípida e incolor, 97,2% sendo encontrada nos mares, lagos, rios e oceanos e os restantes 2,8% na forma de água doce.

11 Propriedades físicas e químicas da água 1

A partir do século 640 aC, o filósofo grego Tales of Miletus afirmou que a água é tudo, considerando-a como o elemento básico do universo.

No século 18, Thales of Miletus foi refutado, quando o químico inglês Cavendish, que sintetizou a água a partir de uma combustão de ar e hidrogênio, e Lavoisier , propôs que a água não é um elemento, mas um composto químico.

Principais propriedades físico-químicas da água

Propriedades físicas

1- Pode ser encontrado nos três estados da matéria

A água é um composto químico que pode ser encontrado na forma sólida, líquida e gasosa.

Em sua fase sólida, as partículas estão intimamente ligadas entre si, portanto, por exemplo, um cubo de gelo pode manter sua forma por um tempo, independentemente de onde está submerso.

Em seu estado sólido, a água é geralmente encontrada na forma de gelo em flocos de neve, geleiras e calotas polares.

Na fase líquida, as moléculas se separam, fazendo com que a água assuma a forma do recipiente que a contém.

Pode ser encontrado na natureza como chuva, gotas de chuva, na forma de orvalho na vegetação e nos oceanos, rios, lagos e mares.

E, na fase gasosa, as moléculas são completamente separadas e desordenadas, o que faz com que a água se torne gás ou vapor d’água e pode ser encontrada na forma de neblina e vapor, como é o caso das nuvens.

É graças a essa propriedade que existem processos de evaporação, condensação, sublimação, congelamento, fusão e volatilização.

Esses são os processos através dos quais a água deixa seu estado líquido para se transformar em vapor d’água e congelar até cair na forma de chuva ou granizo, deixando geada ou gelo e, posteriormente, com o degelo do calor.

Você pode estar interessado em Estados de Água: Sólido, Líquido e Gasoso .

2- Possui marcadores de temperatura estáveis

A água atinge seu ponto de congelamento a zero graus Celsius e seu ponto de ebulição a cem graus.

Portanto, desde que a água tenha uma temperatura maior que zero graus e menor que cem, ela sempre estará em estado líquido.

3- Possui um alto índice de calor específico

Este índice refere-se à quantidade de calor que uma substância pode absorver. No caso da água, possui um calor específico superior ao de qualquer outra substância, portanto, pode absorver grandes quantidades de calor e sua temperatura cai mais lentamente do que a de outros líquidos, pois libera energia quando esfria.

4- A tensão superficial é alta

Entendimento por isso da quantidade de energia necessária para aumentar a superfície de um líquido por unidade de área.

Relacionado:  Joaninhas: características, classificação, reprodução

No caso da água, as moléculas que a compõem são unidas e possuem uma grande força de coesão, portanto, sua geometria esférica atinge o volume máximo em uma área mínima.

A tensão superficial é o efeito físico que forma uma espécie de membrana elástica dura na camada superficial da água que está em repouso.

Isso permite, por exemplo, que os insetos pousem nas gotas de água sem afundar ou que as gotas de água possam permanecer em repouso enquanto retêm seu volume em um espaço pequeno.

Propriedades químicas

5- Composição

A água é formada por um átomo de oxigênio e dois átomos de hidrogênio, uma molécula simples que possui ligações polares que permitem o estabelecimento de ligações de hidrogênio entre moléculas adjacentes.

Esse elo é de grande importância, pois fornece propriedades de água que permitem maior massa e atingem altos pontos de fusão e ebulição, essenciais para que a água esteja em estado líquido na terra.

6- Solvente universal

Graças a isso, ele pode dissolver mais substâncias do que qualquer outro líquido. Suas moléculas são polares, portanto, possuem áreas de cargas positivas e negativas.

Da mesma forma, suas moléculas são dipolares, ou seja, o átomo de oxigênio central compartilha um par de elétrons com cada um dos dois átomos de hidrogênio, o que o torna um ótimo meio solvente para compostos iônicos, como minerais e carboidratos.

Essa propriedade da água é devida à sua capacidade de formar ligações de hidrogênio com outras substâncias, que se dissolvem quando elas interagem com as moléculas polares da água.

7- Suas moléculas têm uma força de coesão alta

Suas moléculas, atraindo-se, permanecem ligadas umas às outras. Por possuírem moléculas de hidrogênio, são responsáveis ​​por manter firmemente juntas, formando uma estrutura compacta que transforma a água em um líquido incompreensível, graças à sua alta resistência à adesão.

8- Sua densidade é de 1kg / l

Essa densidade aumenta à medida que a temperatura diminui, atingindo uma densidade máxima de 4 graus.

É por causa dessa propriedade que o gelo pode flutuar na água; portanto, quando um lago ou mar congela, a camada de gelo flutua na superfície, isolando o restante da massa de água, impedindo que ela descongele.

9- Baixo grau de ionização,

Isso ocorre porque apenas uma em cada 551.000.000 de moléculas de água é dissociada na forma iônica. Portanto, o pH da água é considerado neutro.

10 – Formar combinações complexas

É capaz de formar combinações complexas juntando alguns sais, dando origem a hidratos, substâncias que contêm água.

Da mesma forma, a água reage com muitos óxidos metálicos e não metálicos para formar hidróxidos e óxidos.

11- Gere o efeito hidrofóbico

É um fenômeno que pode ser visto quando substâncias não polares entram em contato com a água.

As moléculas hidrofóbicas tendem a agregar e se ligar a moléculas de água excluídas, sendo um exemplo claro dessa propriedade o fato de que, ao unir a água ao óleo, a mistura é separada nas fases aquosa e oleosa.

Referências

  1. A água. Recuperado em 2 de agosto de 2017 de vitalis.net.
  2. Azcona, R. Fernandez, M . (2012). Propriedades e funções biológicas da água . Recuperado em 2 de agosto de 2017 de ucm.es.
  3. Calor específico e capacidade calórica . Recuperado em 2 de agosto de 2017 de corinto.pucp.edu.pe.
  4. Mudanças no estado da água na natureza. Recuperado em 3 de agosto de 2017 de tutiempo.net.
  5. (2013). Cinco propriedades da água . Recuperado em 3 de agosto de 2017 de owlcation.com.
  6. Pérez, J. e Borge, M. Water: volumes e composição de fluidos corporais . Recuperado em 2 de agosto de 2017 de unican.es.
  7. Propriedades da água . Recuperado em 3 de agosto de 2017 de homesciencetools.com.
  8. Propriedades da água Recuperado em 3 de agosto de 2017 de lineaverdeceutatrace.com.
  9. tensão superficial . Recuperado em 3 de agosto de 2017 de definicion.de.
  10. Qual é o efeito hidrofóbico? Recuperado em 3 de agosto de 2017 de curiosoando.com.
  11. S Departamento do Interior . Propriedades da água . Recuperado em 2 de agosto de 2017 de water.usgs.gov.
  12. Valenzuela, L. A química da água. Recuperado em 3 de agosto de 2017 de educarchile.cl.
  13. Química da água Recuperado em 3 de agosto de 2017 de science.uwaterloo.ca.

Deixe um comentário