14 Propriedades de Malta para a Saúde

As propriedades do malte para a saúde incluem: aumentar as defesas do corpo, estimular o crescimento muscular, melhorar o status ósseo, é rico em nutrientes, diminui a hipertensão, é um antioxidante e outros que explicarei abaixo.

O malte é um cereal conhecido que vem do processamento de alguns grãos, como cevada, centeio ou trigo, onde a cevada é a mais comum.Um processo específico deve ser seguido para que seja transformado em malte.

14 Propriedades de Malta para a Saúde 1

Quando os grãos são imersos em água durante o processo de imersão, eles são germinados e um processo de secagem é realizado a temperaturas não muito quentes e por um período de aproximadamente 3 dias.

Todo esse processo é conhecido como maltagem. Em termos mais simples, o malte é germinação controlada e grãos secos no forno, como a cevada.

Durante esse processo, os grãos desenvolvem as enzimas necessárias para transformar os amidos em açúcares como glicose, frutose, maltose e maltodextrina. Também desenvolve outras enzimas chamadas proteases.

Em que bebidas está o malte?

Desde a sua origem, as propriedades nutricionais e medicinais do malte sempre foram descritas.

Mas você realmente sabe em quais alimentos ou bebidas o malte está? Podemos ver sua presença em bebidas como uísque, milk-shake, milk-shakes, bebidas aromatizadas e na conhecida cerveja com ou sem álcool. O extrato de cevada fornece minerais, vitaminas e aminoácidos para essas bebidas.

Os fabulosos benefícios do malte também são conhecidos desde tempos imemoriais, o famoso filósofo de Platão sugeriu beber cerveja ou comer pão de cevada para maior concentração e maior energia.

Benefícios e propriedades do malte

Muitos de nós já ouvimos falar de malte e seus usos como um suplemento dietético para tratar certas condições de saúde. Vários estudos tornaram conhecida a riqueza de nutrientes que o malte possui como fonte natural de inúmeras vitaminas e minerais.

É rico em vitamina B2, vitamina B3, vitamina B6 e vitamina B12. Também em minerais como zinco, fósforo, ferro, magnésio, cálcio e outros.

Esses nutrientes desempenham um papel muito importante na segregação de proteínas no corpo, além de apoiar a função da maioria dos órgãos e sistemas do corpo.

Portanto, o consumo desse extrato natural pode fornecer ao nosso corpo energia extra para nossas atividades diárias. Devido ao seu alto teor de vitamina B, o malte pode contribuir para acelerar o metabolismo, e os minerais mencionados são absolutamente essenciais para apoiar a saúde óssea e toda a função e qualidade dos tecidos musculares.

Informe-nos detalhadamente 14 propriedades nutricionais deste alimento:

1- Alimente as defesas do corpo

O extrato de malte pode aumentar o conteúdo de vitamina B em nosso corpo, incluindo tiamina, riboflavina, niacina, ácido fólico e vitamina B-6. A quantidade pode variar dependendo da bebida de malte.

Relacionado:  32 alimentos ricos em proteínas (animais e vegetais)

A vitamina B é necessária para metabolizar carboidratos, proteínas e gorduras dos alimentos em energia. Eles também ajudam a regular o apetite, promover a boa visão e manter a pele saudável.

Além disso, a vitamina B6 é um agente importante na formação de glóbulos vermelhos, conversão de proteínas e síntese de anticorpos, que apoia o sistema imunológico.

É aconselhável que as pessoas com anemia ingeram malte de maneira regulada, pois ajuda a aumentar os níveis de glóbulos vermelhos no sangue e por causa de seu alto teor de vitamina B, que ajuda a neutralizar sua condição.

2- Estimula o crescimento muscular

Você provavelmente já ouviu a palavra aminoácidos em uma academia ou em uma dieta recomendada pelo seu médico, mas para que servem esses aminoácidos?

Sua função é estimular a síntese de proteínas musculares, reduzindo a fadiga durante exercícios prolongados e também auxilia na proteção do sistema imunológico.

O extrato de malte é uma fonte de aminoácidos essenciais que o corpo precisa para produzir proteínas.

Embora algumas bebidas com extrato de malte não sejam uma fonte importante de proteínas, elas podem ajudar a fornecer uma pequena quantidade desses nutrientes essenciais.

3- É bom para os ossos

Uma boa nutrição é importante para a saúde óssea. Além do cálcio, essas bebidas também podem conter fósforo e magnésio, minerais importantes que ajudam a manter os ossos saudáveis ​​e fortes.

Algumas bebidas de extrato de malte podem ser uma fonte opcional dos nutrientes que seus ossos precisam para uma boa saúde, mas sua principal contribuição pode aumentar com a ingestão comum.

4- É um substituto do açúcar

Além de doce, o extrato de malte de cevada contém aminoácidos, vitamina B e proteínas de fácil digestão.

É um substituto do açúcar em alguns produtos e um adoçante para bebidas tônicas. O malte é considerado um suplemento de açúcar simplesmente porque possui açúcares que são facilmente assimilados ao organismo (glicose, frutose, maltose e maltodextrina).

Os açúcares que o malte contém são ideais para pessoas com metabolismo lento, pois o consumo de insulina para combater o açúcar é feito lenta e nutritivamente com esses açúcares, diferentemente dos açúcares com rápida assimilação.

5- É rico em nutrientes

O extrato de malte de cevada está cheio de açúcares, carboidratos e alguns nutrientes, como vitamina A e riboflavina. Hoje é usado principalmente em bebidas aromatizadas e confeitaria.

Em alguns países, depois de enfrentar a guerra, o malte era popular como um suplemento dietético barato para gerações de crianças desnutridas que precisavam de uma dieta rica em carboidratos.

Relacionado:  17 propriedades valiosas do amaranto para a saúde

Naquela época, seu rico sabor doce era frequentemente combinado com óleo de fígado de bacalhau, o que resultava em um sabor desagradável, mas nutritivo, e com altos níveis de vitamina D, protegendo contra o raquitismo.

Foi visto como um medicamento de reforço, pois contém proteínas e aminoácidos, além de ser um excelente antioxidante.

6- É uma fonte de energia para o nosso corpo

Para atletas e nutricionistas, o malte é uma fonte maravilhosa para recuperar fluidos e nutrientes que são esgotados durante qualquer atividade física. Isso ocorre porque as bebidas que contêm extratos de malte são compostas por 80% de água.

É altamente recomendado para pessoas que treinam na academia ou praticam um esporte de alto desempenho.

7- gera efeitos positivos na hipertensão

Então, tudo o que nos disseram sobre a cerveja como agente causador da hipertensão é falso?

A ciência às vezes pode parecer contraditória. Homens com pressão alta têm um risco menor de ataques cardíacos fatais e não fatais se beberem moderadamente.

Isso ocorre em parte porque o consumo moderado de cerveja ou qualquer bebida alcoólica aumenta as lipoproteínas de alta densidade, ou HDL, também conhecido como bom colesterol.

Uma cerveja por dia em mulheres mostrou alguns benefícios em doenças cardíacas, de acordo com estudos citados pela American Heart Association (que aconselha as pessoas a não começarem a beber, a propósito).

8- Efeito positivo geral na saúde

O consumo moderado de cerveja como exemplo de bebidas que contêm malte ajuda a reduzir o risco de doenças cardíacas, digestivas, estresse, depressão e pode até ajudá-lo a viver mais porque é um antioxidante, de acordo com David J. Hanson , Ph.D., da Universidade Estadual de Nova York em Potsdam.

No entanto, por precaução, não é recomendável que você comece a beber se não beber mais álcool.

9- Atua como anticancerígeno e antioxidante

Nos cereais, os compostos fenólicos são livres ou ligados. O malte libera as substâncias contidas e aumenta a quantidade total de compostos fenólicos no grão.

Na dieta, estes podem ter efeitos positivos para a saúde, como anti-cancerígenos, antioxidantes e substâncias anti-inflamatórias.

Os alquilresorcinóis, por exemplo, são compostos fenólicos no centeio, trigo e cevada e podem aumentar o bem-estar humano, estimulando a circulação do trato digestivo.

10- Diminuir os níveis de colesterol.

Esteróis são esteróides presentes nos grãos usados ​​para fazer malte. Durante o processo de germinação dos grãos, foi demonstrado que aumenta o conteúdo de esterol. A presença de esterol em nosso corpo reforça a luta contra o colesterol, impedindo sua absorção no intestino.

Relacionado:  15 Alimentos ricos em gorduras saudáveis ​​(naturais)

A EFSA concluiu em 2012 que o consumo diário de 3 gramas de esteróis consegue reduzir os níveis de colesterol. Em uma dieta, é importante reduzir os níveis de colesterol no sangue, pois pode ser benéfico para a saúde.

11- Fonte rica de vitaminas

As vitaminas são compostos essenciais para as funções fisiológicas humanas e devem ser obtidas em nossa dieta diária para o comportamento adequado de nossos órgãos e corpo em geral.

Os cereais são uma boa fonte de vitaminas B1, B2, B3, B6, B9 (ácido fólico) e vitamina E. O malte é um cereal que contém níveis altos e concentrados dessas vitaminas em comparação com os cereais não maltados.

Além de ser um antioxidante, a vitamina E pode reduzir o risco de doenças cardiovasculares, alguns tipos de câncer, doenças inflamatórias, distúrbios neurológicos, cataratas e degeneração macular relacionada à idade. Também pode ser conectado a uma melhor manutenção do sistema imunológico.

12- É rico em fibras

Os cereais são uma fonte importante de fibra alimentar e, especialmente, uma fonte de fibras solúveis em água, beta-glucanos e arabinoxilanos.

No malte da cerveja, as fibras solúveis se degradam, porque são prejudiciais no processo de fabricação de cerveja devido às suas propriedades, causando soluções viscosas.

No entanto, o uso diferente de técnicas especiais de maltagem aumenta o conteúdo de fibras solúveis que podem ser preservadas, por exemplo, para aplicações especiais em alimentos.

O malte também contém fibras insolúveis na casca. Os grãos processados ​​podem conter mais de 50% de fibra insolúvel.

13- Fonte de minerais

Os minerais são essenciais para as funções fisiológicas e devem estar presentes em nossa dieta diária. Os minerais controlam a pressão osmótica e alguns desses grupos de elementos são necessários como cofatores de algumas enzimas.

Os cereais são uma fonte importante de certos minerais, como ferro, potássio, fósforo, zinco e magnésio. No caso do malte, a germinação aumenta a disponibilidade de minerais, tornando-os mais solúveis.

Dentro do conteúdo de minerais que podemos encontrar no malte, mencionaremos: ferro, magnésio, potássio, zinco, cálcio, fósforo e sódio.

14- Ajuda no processo de digestão de proteínas

Após o processo chamado maltagem, é gerada uma grande quantidade de enzimas chamadas proteases.

As proteases estão envolvidas na digestão de longas cadeias de proteínas e as transformam em fragmentos mais curtos, dividindo as ligações peptídicas que ligam os aminoácidos restantes.

E que outras propriedades do malte você conhece?

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies