20 plantas em perigo de extinção no México

O México é um país rico em biodiversidade, abrigando uma grande variedade de plantas únicas e importantes para o ecossistema local. No entanto, devido à perda de habitat, mudanças climáticas e atividades humanas, muitas espécies de plantas estão em perigo de extinção no país. Neste contexto, neste artigo iremos explorar 20 plantas em perigo de extinção no México, destacando a importância da conservação e proteção dessas espécies para garantir a preservação da biodiversidade no país.

Plantas ameaçadas de extinção: quais espécies correm perigo e precisam de proteção urgente?

As plantas desempenham um papel crucial em nosso ecossistema, fornecendo oxigênio, alimento e habitat para diversas formas de vida. No entanto, muitas espécies estão enfrentando o risco de extinção devido à destruição de seus habitats naturais, mudanças climáticas e atividades humanas. No México, uma das regiões mais biodiversas do mundo, várias plantas estão ameaçadas e precisam de proteção urgente para sobreviver.

20 Plantas em Perigo de Extinção no México

1. Pinus devéstica: Uma espécie de pinheiro endêmica do México, cuja população está diminuindo devido à exploração madeireira ilegal.

2. Aquilegia mexicana: Uma bela flor nativa do México, que está sofrendo com a perda de habitat devido à expansão agrícola.

3. Agave victóriae-reginae: Uma planta suculenta única, ameaçada pela coleta ilegal para o comércio de plantas ornamentais.

4. Yucca filifera: Uma espécie de palmeira que está em perigo de extinção devido à degradação do solo e incêndios florestais.

5. Echeveria laui: Uma planta suculenta rara, cuja população está diminuindo devido à coleta excessiva de colecionadores.

Estas são apenas algumas das plantas em perigo de extinção no México. É crucial que medidas de conservação sejam tomadas urgentemente para proteger essas espécies e garantir que continuem a desempenhar seu papel vital no ecossistema. A conscientização pública, a implementação de políticas de conservação e o combate à exploração ilegal são essenciais para garantir a sobrevivência dessas plantas preciosas.

Qual espécie vegetal corre o risco de desaparecer da natureza?

Atualmente, existem várias espécies vegetais em perigo de extinção no México, devido a uma combinação de fatores como a destruição do habitat, a exploração ilegal e as mudanças climáticas. Entre as 20 plantas listadas como em risco de desaparecer, destaca-se a vanilina, uma espécie de orquídea utilizada na produção de baunilha.

A vanilina enfrenta uma ameaça significativa devido à degradação de seu habitat natural, a floresta tropical mexicana. A exploração desenfreada desse recurso natural para atender à demanda por baunilha tem colocado em risco a sobrevivência dessa planta única.

Além da vanilina, outras espécies vegetais como o cacto azul e a flor de lótus mexicana também estão sofrendo com a perda de habitat e a pressão da atividade humana. Essas plantas desempenham papéis importantes nos ecossistemas locais e sua extinção teria um impacto negativo na biodiversidade da região.

É crucial que medidas de conservação sejam implementadas para proteger essas espécies vegetais em perigo de extinção. A educação ambiental, o monitoramento eficaz e a criação de áreas protegidas são algumas das estratégias que podem ser adotadas para garantir a sobrevivência dessas plantas preciosas.

Portanto, é fundamental que a sociedade se mobilize para preservar a diversidade vegetal do México e garantir que as futuras gerações possam desfrutar da beleza e dos benefícios dessas plantas em perigo de extinção.

Quais são as espécies vegetais ameaçadas de extinção na Amazônia?

No México, existem diversas espécies vegetais que estão em perigo de extinção, devido à degradação do meio ambiente e à ação humana. Entre as 20 plantas ameaçadas de desaparecer no país, podemos destacar o cacto azul, a orquídea rosa e a palmeira vermelha.

O cacto azul, por exemplo, é uma planta endêmica do México que vem sofrendo com a perda de habitat e a exploração descontrolada. Já a orquídea rosa é conhecida por sua beleza e fragilidade, o que a torna alvo de colecionadores ilegais. A palmeira vermelha, por sua vez, está ameaçada pela expansão da agricultura e pelo desmatamento.

Além dessas espécies, outras plantas como a bromélia amarela, a samambaia verde e o lírio roxo também correm o risco de desaparecer. A perda da biodiversidade vegetal no México é uma questão preocupante, que exige ações urgentes de conservação e proteção ambiental.

Relacionado:  Vertebrados: características, sistema nervoso, digestivo

Quais plantas já foram oficialmente extintas e não existem mais em nosso planeta?

Atualmente, existem várias plantas em perigo de extinção no México, muitas delas correndo o risco de desaparecer para sempre. No entanto, ao longo da história, algumas plantas já foram oficialmente extintas e não existem mais em nosso planeta. Um exemplo notável é a Passiflora mexicana, uma planta endêmica do México que foi declarada extinta em 2012 devido à destruição de seu habitat natural.

Outra planta que já foi oficialmente extinta é a Sabal mexicana, uma palmeira que foi considerada extinta em 2015 devido à exploração descontrolada de seu habitat. Esses são apenas dois exemplos de plantas que foram perdidas para sempre, destacando a importância da conservação e proteção da biodiversidade.

No entanto, ainda há esperança para muitas outras espécies em perigo de extinção no México. A conservação dessas plantas é fundamental para garantir sua sobrevivência e preservar a diversidade biológica do país. A implementação de medidas de proteção, como a criação de reservas naturais e a proibição da exploração ilegal de plantas, é essencial para evitar que mais espécies sejam perdidas para sempre.

20 plantas em perigo de extinção no México

Algumas das plantas em perigo de extinção no México são o barril de ouro, o Tajasillo de Colima, o Acritodon nephophilus, a hesperalbizia, o falso peiote ou a palma de Guadalupe.

Estima-se que 20% das espécies selvagens do México estejam em perigo de extinção. A maioria das plantas que vivem em florestas tropicais está ameaçada.

20 plantas em perigo de extinção no México 1

Peiote falso, uma das plantas mexicanas em perigo de extinção

Isto é devido à perda de habitat resultante da conversão de habitats naturais para agricultura ou pecuária.

O México é reconhecido como um dos lugares mais biodiversos do planeta; É o local de cerca de 10% das espécies conhecidas.

As ameaças das mudanças climáticas e as atividades humanas em ambientes naturais são uma grande ameaça à existência da vida selvagem.

Entre as regiões com maior biodiversidade, você encontra recifes de coral no Mar do Caribe, selvas tropicais em Chiapas, na Península de Yucatán e desertos e pastagens no norte.

O México é uma região com uma flora e fauna incrivelmente diversas; Podem ser encontradas até 26.000 classificações de plantas.

Estima-se que no México haja uma quantidade de 18.000 a 30.000 espécies de plantas. Desse total, estima-se que 10.000 a 13.000 sejam endêmicos; Estes estão concentrados principalmente em áreas áridas e semi-áridas.

Lista de 20 plantas ameaçadas de extinção localizadas em México

1- Barril de ouro

Embora esta esfera espinhosa seja uma das espécies de cactos mais populares no cultivo, ela está quase extinta na natureza.

Pode ser encontrada no centro do México, mas seu habitat foi severamente reduzido nos anos 90, graças à construção de uma barragem.

Este cacto é cultivado em incubatórios em todo o mundo, mas as pessoas continuam a tirar esse cacto ilegalmente da natureza.

Especialistas estimam que esta planta possa ser extinta na natureza nos próximos 30 anos.

2- Colima Tasajillo

Esta espécie endêmica pode ser encontrada em Colima, Jalisco e Michoacán de Ocampo. É reconhecida como uma espécie vulnerável do México.

3- Acritodon nephophilus

Esta planta é uma espécie de musgo. É endêmica da nação mexicana, onde só pode ser encontrada em dois locais em Oaxaca.

Seu habitat natural é de florestas baixas tropicais ou subtropicais úmidas. É ameaçado pela perda de habitat e é considerado status ameaçado.

4- Hesperalbizia ou Albizia plurijuga

Este gênero compreende cerca de 150 espécies de árvores ou arbustos tropicais ou subtropicais da família Fabaceae.

Dependendo da localização, algumas espécies podem ser consideradas ervas; Eles também são conhecidos como árvores de seda.

Geralmente são pequenas árvores ou arbustos com uma vida útil curta. As folhas são compostos pinados; suas flores partem em grupos com estames muito mais longos que as pétalas.

Albizias com importantes plantas medicinais e forrageiras são popularmente usadas como flores ornamentais. Algumas espécies servem como alimento para as larvas de algumas mariposas.

5- Ceratozomia

É um gênero de cigarras; A maioria das espécies é endêmica nas áreas montanhosas do México.

A maioria das espécies possui faixas extremamente limitadas e quase todas as espécies descritas são listadas como vulneráveis, ameaçadas ou mesmo em período crítico.

Estas plantas têm uma haste cilíndrica e muitos ramos. Suas folhas são retas e dispostas como uma espiral. Algumas espécies podem ter espinhos.

A maioria das espécies habita áreas montanhosas. Essas florestas podem variar de florestas tropicais a florestas de carvalhos ou pinheiros.

Existem muitas espécies ameaçadas de extinção no México, incluindo: Ceratozamia alvarezii, Ceratozamia hildae, Ceratozamia kuesteriana, Ceratozamia lifolia, Ceratozamia mexicana e Ceratozamia sabatoi, entre outras.

6- peiote falso

Esta espécie de planta é encontrada na família dos cactos. É endêmica no México, nos arredores de Querétaro. Esta espécie contém zero a poucos traços de mezcalina; O alcalóide principal é a pelotina.

Essas plantas são amarelas esverdeadas. Seu habitat natural é semi-desertos ou leitos de rios; Eles também podem ser encontrados na sombra de vários arbustos.

É considerado vulnerável devido ao seu pequeno intervalo de distribuição. Além disso, é coletado ilegalmente como narcótico e como planta ornamental; Sua população é limitada a 3.000 indivíduos.

7- Gaussia gomez-pompae

É uma palmeira endêmica no México. Esta espécie cresce em calcário íngreme nas áreas de Oaxaca, Tabasco e Veracruz.

Geralmente mede 10 a 14 metros de altura; As hastes têm cerca de 30 cm de diâmetro. Seus frutos são vermelho-laranja.

Esta espécie é classificada como vulnerável e está ameaçada pela destruição de seu habitat e degradação.

8- Palma de Guadalupe

É uma palmeira endêmica da ilha de Guadalupe, no México. É uma palma em forma de leque que pode crescer de 4,5 a 13 m de altura.

Toda a população nativa consiste em três árvores antigas com pouco recrutamento bem-sucedido por aproximadamente 150 anos.

A presença de cabras nativas na ilha impediu o re-crescimento dessas árvores nativas; como conseqüência, o ecossistema foi drasticamente alterado.

Graças à eliminação das cabras, hoje centenas de Palmas de Guadalupe permanecem em casa hoje.

No entanto, esta espécie é precariamente rara e é considerada uma espécie em extinção.

9- Johkenton Frankenia

Esta espécie de planta que pode florescer é nativa do sul do Texas e do norte de Nuevo León, no México, onde existem cerca de 30 ocorrências conhecidas. É um arbusto que cresce em ambientes abertos e em terras ricas em sais e gesso.

É azul acinzentado a verde azulado a maior parte do ano, exceto no outono, quando fica vermelho brilhante. As folhas são cobertas com um belo branco fino.

Suas principais ameaças são a exploração de petróleo e limpeza de ervas daninhas.

10- Abeto de Hickel

É uma espécie de conífera endêmica no México. Só pode ser encontrada nos estados de Chiapas, Guerrero, Oaxaca, cidade e Veracruz. Foi declarado vulnerável há cerca de 20 anos.

11- Lennea viridiflora

É uma espécie de leguminosa. Sua distribuição é do México para a Colômbia . Está ameaçado pela perda de habitat; de extração de madeira a assentamentos urbanos. É pouco encontrado fora das áreas protegidas.

12- abeto da Guatemala

É uma árvore nativa da América Central. Seu alcance se estende do México ao norte de Honduras e El Salvador ao sul. É uma árvore que cresce em ambientes úmidos e quentes nas montanhas tropicais de coníferas.

Este adepto é uma árvore cônica que pode crescer de 20 a 35 m de altura; Seus galhos são horizontais.

Relacionado:  Entomologia: história, que estudos e pesquisas

Seu habitat típico mexicano está em terras vulcânicas; em climas úmidos com influência oceânica. Pode ser encontrado na Sierra Madre del Sur e na Sierra Madre Occidental.

Esta espécie é considerada ameaçada de extinção devido à perda de habitat e ao corte de árvores.

13- pistache mexicano

Esta espécie da família Anarcadiaceae pode ser encontrada no México, Guatemala e Texas. Atualmente, está ameaçado pela perda de habitat e é considerado vulnerável pelo status de conservação.

14- Mandioca esculenta ou Mandioca de Walker

É nativa do baixo vale do Rio Grande, no Texas, nos Estados Unidos, e de Tamaulipas, no México. É uma espécie de planta que floresce na família Euphorbiaceae.

É uma erva perene ou pequeno arbusto que atinge uma altura de até 0,5 m. A planta inteira emite um cheiro semelhante ao cianeto de hidrogênio. As raízes são em forma de cenoura e tuberosas.

Estima-se que sua população selvagem seja inferior a 1.000 plantas. É considerado uma espécie em extinção.

15- Cacto estrela

É nativo de algumas partes do Texas e nos estados de Nuevo León e Tamaulipas do México. Atinge cerca de 2,5-6 cm de altura, com um diâmetro de 5 a 15 centímetros.

Embora anteriormente mais abundante, esta espécie é restrita a um local de 200 acres no Texas e a pequenos locais em Tamaulipas. Acredita-se que não haja mais cópias em Nuevo León.

Apesar de sua raridade na natureza, é popularmente cultivada como planta de casa. É caracterizada como uma espécie em extinção devido ao desenvolvimento urbano, herbicidas e coleta ilegal devido à sua semelhança com o peiote.

16- Recchia simplicifolia

É uma espécie de planta da família das Surianaceae. Esta árvore tropical é endêmica nos estados mexicanos de Oaxaca e Veracruz.

É considerada uma espécie em extinção desde 1998.

17- San Diego Ambrosia

É uma planta herbácea perene nativa da Baja California e Baja California Sur. Cresce em campos abertos nas proximidades de áreas pantanosas ou molhadas.

É uma planta de habitat aberto e não tolera sombra pesada. 19 populações são conhecidas; 14 no condado de San Diego e três no México. A maior parte de seu habitat natural foi consumida pela urbanização e desenvolvimento.

18- Ariocarpus kotschoubeyanus

Este cacto é endêmico em Cuahuila, Nuevo León e na parte sul de Querétaro. Seu habitat natural é desertos quentes. É considerado ameaçado pela perda de habitat.

19- Roda dentada de Nelson

É uma espécie nativa das montanhas de Nuevo León, San Luis Potosí e Tamaulipas. Tem características únicas e não está intimamente relacionado a nenhum outro pinheiro, em morfologia ou genética.

É uma pequena árvore que cresce 10 m de altura. As sementes são comestíveis e transportadas para os mercados da Cidade do México, e é por isso que são desmatadas. É considerada uma espécie vulnerável.

20- Gregg Pine

É um pinheiro de tamanho médio nativo dos estados mexicanos de Coahuila, Nuevo León e Hidalgo. Este pinheiro foi introduzido em aproximadamente 10 países nos últimos anos. No México, corre o risco de extinção na natureza.

Referências

  1. 8 espécies de plantas em risco de desaparecer (2011). Recuperado de toponlinecolleges.com
  2. Seis espécies ameaçadas no México (2008). Recuperado de edition.cnn.com
  3. Acritodon nephophilus. Recuperado de wikipedia.org
  4. Albizia spp. Recuperado de earthsendangered.com
  5. Ceratozamia Recuperado de earthsendangered.com
  6. Peiote falso. Recuperado de earthsendangered.com
  7. Gaussia Gomez-Pompae. Recuperado de earthsendangered.com
  8. Palma de Guadalupe. Recuperado de earthsendangered.com
  9. Frankenia johnstonii. Recuperado de earthsendangered.com
  10. Pistacia mexicana. Recuperado de earthsendangered.com
  11. Cacto estrela. Recuperado de earthsendangered.com
  12. Ambrosia pumila. Recuperado de earthsendangered.com
  13. Recchia simplicifolia. Recuperado de earthsendangered.com
  14. Abeto guatemalteco. Recuperado de earthsendangered.com
  15. Nelson’s Pinyon. Recuperado de earthsendangered.com
  16. Ariocarpus kotschoubeyanus. Recuperado de earthsendangered.com
  17. Lennea viridiflora. Recuperado de earthsendangered.com
  18. Plantas ameaçadas de extinção da América do Norte. Recuperado de earthsendangered.com
  19. O pinheiro de Gregg. Recuperado de earthsendangered.com
  20. O abeto de Hickel. Recuperado de earthsendangered.com.

Deixe um comentário