8 Costumes e tradições dos Mixtecos

8 Costumes e tradições dos Mixtecos

Alguns dos costumes e tradições mais destacados dos Mixtecos são os alimentos à base de milho, animismo e suas festividades. Por ser uma cidade com origens tão remotas, os Mixtecos ainda hoje preservam tradições e hábitos muito antigos.

Muitos deles são de costumes ocidentais, pois durante a colonização espanhola dos séculos XV e XVI tiveram que se adaptar para manter a cordialidade com o povo invasor.

Em suas origens, os Mixtecos foram assentados na região mesoamericana, especificamente nos estados atuais de Guerrero, Puebla e Oaxaca. Hoje, muitas Mixtecs vivem nos estados do norte e até nos Estados Unidos. A emigração é muito comum devido à pobreza das áreas que povoam, sendo a agricultura o principal setor que desenvolvem.

Costumes e tradições Mixtec

1- Economia agrícola e emprego

A principal atividade econômica dos Mixtecs foi e continua sendo a exploração agrícola. Cada família geralmente tem sua própria terra pequena que é transferida dos pais para os filhos.

As mesmas terras são trabalhadas por gerações com o objetivo básico de auto-suficiência.

Os solos não são muito férteis e o clima não ajuda, muitos Mixtecos precisam migrar em busca de emprego como assalariados nas cidades ou no exterior.

2- Alimentos à base de milho

Uma das culturas mais difundidas e grandes nas regiões Mixtec é o milho. Sendo uma economia de subsistência, é usada como a principal fonte de energia.

Feijão, pimentão e tomate são outras culturas importantes e, através da colheita e da caça, obtêm outros alimentos: peixe, insetos, veados, lebres, etc.

Hoje, é feita uma distinção entre a dieta Mixtec tradicional e a mais ocidental. Isso incorpora alimentos processados, menos naturais, mas necessários para complementar os outros.

Relacionado:  100 nomes épicos e lendários (masculino e feminino)

3- Cristianismo e espiritualismo

A tradição Mixtec acredita no animismo – que defende que todas as coisas, vivas ou inanimadas, têm almas.

Isso não é incompatível com a tradição católica do povo, herdada da época da colonização e cristianização espanhola.

Na cultura Mixtec, a importância, por exemplo, das saudações é muito grande.

Os relacionamentos interpessoais são considerados nucleares e a consideração de um indivíduo na sociedade é determinada por seu comportamento e atitudes em relação aos outros.

4- Celebrações e celebrações Mixtec

Para os Mixtecos, as celebrações patronais são o evento mais importante do ano. São datas em que a identidade como povo e a cultura ancestral são reafirmadas.

Essas celebrações ajudam a fortalecer os laços comunitários entre indivíduos e famílias e são preparadas para mais um ano.

Um dos maiores privilégios para um Mixtec é ser nomeado mordomo – a figura principal das celebrações.

5- Migrações Mixtec

Como já dissemos, devido à escassez de recursos nas áreas originais dos Mixtecos, muitos precisam emigrar.

Os Mixtecos sempre foram um povo emigrante. Desde as origens mais remotas, eles viajaram em busca de um lugar melhor para morar e hoje existem mais de 100.000 Mixtecs nos Estados Unidos. Eles trabalham principalmente na agricultura e pecuária.

6- Trabalho em ouro

Os Mixtecos ganharam a fama de grandes artesãos, estando entre os melhores da era pré-hispânica. Muitos materiais funcionaram, como madeira ou osso, mas também ouro.

Existem restos arqueológicos de objetos e figuras feitos com esse material que são verdadeiras obras de arte, a maioria focada em oferendas e deuses.

7- Trabalho de cerâmica policromada

Esse tipo de louça de barro foi um dos mais destacados durante o período mesoamericano pré-hispânico; de fato, os mais nobres guerreiros e políticos da época o usavam para comer.

Relacionado:  Ometéotl: significado e mitologia

Eles se destacam por sua enorme qualidade e estilo colorido, combinando tons de laranja, lilás, vermelho, branco, cinza ou azul. 

8- Jogo de bola Mixtec

Este jogo ainda é praticado na população Mixtec, sendo muito popular no estado de Oaxaca ou em cidades que receberam imigrantes como Cidade do México ou Los Angeles.

Duas equipes (geralmente cinco jogadores) precisam rebater uma bola no “despejo”, que é devolvida mais tarde por um jogador da equipe oposta. Quem deixar de responder à bola perde a opção de ponto.

Referências

  1. “Andua u ‘(quem são essas pessoas? / Quem são essas pessoas?)”, Em mixtec.sdsu.edu.
  2. “Mixtec people”, em britannica.com (Encyclopaedia Britannica).
  3. “As raízes do conservadorismo no México: catolicismo, sociedade e política na Mixteca Baja, 1750-1962”. Benjamin T. Smith.
  4. “Administradores e status quo nas comunidades Mixtec: vozes das terras altas de Mixtec”, em cowbird.com.
  5. “Migração da Mixteca mexicana: uma comunidade transnacional em Oaxaca e Califórnia”, editado por Wayne A. Cornelius, David Fitzgerald, Jorge Hernández-Díaz e Scott Borger, em americasquarterly.org.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies