Adiantamento a fornecedores: características, é ativo ou passivo?, Exemplos

O adiantamento a fornecedores é uma prática comum nas relações comerciais, em que uma empresa realiza um pagamento antecipado ao seu fornecedor para garantir a entrega de mercadorias ou serviços. Esse adiantamento pode ser considerado um ativo ou um passivo, dependendo do ponto de vista contábil.

Quando a empresa realiza o adiantamento e espera receber os bens ou serviços posteriormente, o adiantamento é considerado um ativo, pois representa um valor a receber no futuro. Por outro lado, se a empresa realiza o adiantamento e recebe os bens ou serviços imediatamente, o adiantamento é considerado um passivo, pois representa uma obrigação de pagamento no futuro.

Alguns exemplos de adiantamento a fornecedores incluem o pagamento antecipado de matéria-prima para produção de mercadorias, o pagamento adiantado de serviços de manutenção ou consultoria, entre outros. É importante que as empresas estejam atentas às condições e prazos acordados nos adiantamentos a fornecedores, a fim de garantir uma gestão financeira eficiente e evitar possíveis problemas no futuro.

Localização da conta de adiantamento a fornecedores: onde encontrar e como acessar.

A conta de adiantamento a fornecedores pode ser encontrada no balanço patrimonial de uma empresa, mais especificamente no lado do ativo circulante. Ela representa os valores pagos antecipadamente aos fornecedores por produtos ou serviços que ainda serão entregues ou prestados.

Para acessar essa conta, basta consultar o balanço patrimonial da empresa e procurar pela seção de ativo circulante. Lá, você encontrará a conta de adiantamento a fornecedores, que geralmente está listada juntamente com outras contas de curto prazo, como contas a receber e estoques.

É importante ressaltar que o adiantamento a fornecedores é um ativo, pois representa um valor que a empresa tem a receber no futuro. Ele não deve ser confundido com um passivo, que representaria uma obrigação a ser paga pela empresa.

Um exemplo de adiantamento a fornecedores seria o pagamento de 50% do valor total de uma encomenda de mercadorias, antes que elas sejam efetivamente entregues à empresa. Nesse caso, o adiantamento a fornecedores seria registrado como um ativo circulante no balanço patrimonial da empresa.

Como contabilizar um adiantamento financeiro de forma correta na empresa?

Para contabilizar um adiantamento financeiro de forma correta na empresa, é importante seguir alguns passos. Primeiramente, é necessário entender que um adiantamento a fornecedores é um valor pago antecipadamente para garantir a entrega de mercadorias ou serviços. Esse adiantamento pode ser considerado um ativo ou um passivo, dependendo da situação.

Quando a empresa realiza um adiantamento a fornecedores, ela está antecipando um gasto que será utilizado no futuro. Nesse caso, o adiantamento é considerado um ativo, pois representa um recurso que a empresa possui. Para contabilizar esse adiantamento, é necessário registrar a operação no balanço patrimonial, lançando o valor pago como um ativo circulante.

Por outro lado, se a empresa recebe um adiantamento de um cliente, esse valor deve ser considerado um passivo, pois representa uma obrigação de entregar os bens ou serviços acordados. Nesse caso, o adiantamento deve ser registrado como uma obrigação no balanço patrimonial, lançando o valor recebido como um passivo circulante.

Um exemplo de adiantamento a fornecedores seria o pagamento antecipado de uma encomenda de mercadorias que ainda não foram entregues. Nesse caso, a empresa deve contabilizar o adiantamento como um ativo circulante até que as mercadorias sejam recebidas e o valor seja convertido em despesa.

Relacionado:  Área de produção de uma empresa: funções e objetivos

Dessa forma, a empresa terá uma visão clara de seus recursos e obrigações financeiras.

Onde encontrar o registro de adiantamentos feitos por clientes no sistema contábil?

Os registros de adiantamentos feitos por clientes no sistema contábil podem ser encontrados na conta de passivo da empresa. Geralmente, esses adiantamentos são considerados como passivo porque representam uma obrigação da empresa para com o cliente. Portanto, esses valores devem ser registrados como passivo no balanço patrimonial da empresa.

Os adiantamentos feitos por clientes são considerados como uma forma de financiamento para a empresa, já que o cliente está antecipando o pagamento por um produto ou serviço que ainda não foi entregue. Dessa forma, esses adiantamentos são classificados como passivo porque representam uma dívida da empresa para com o cliente.

Para registrar os adiantamentos feitos por clientes no sistema contábil, a empresa deve criar uma conta específica para esses valores na seção de passivo do balanço patrimonial. Essa conta deve ser atualizada sempre que um adiantamento for recebido, para garantir que os valores estejam corretamente registrados.

Esses adiantamentos são considerados como uma forma de financiamento e devem ser tratados como tal no balanço patrimonial da empresa.

Entendendo o papel dos fornecedores no Balanço Patrimonial.

Os fornecedores desempenham um papel importante no Balanço Patrimonial de uma empresa. Eles são responsáveis por fornecer matérias-primas, produtos ou serviços necessários para a operação do negócio. Quando uma empresa realiza um adiantamento a fornecedores, isso é registrado no Balanço Patrimonial como um ativo ou passivo, dependendo das circunstâncias.

O adiantamento a fornecedores é uma transação em que a empresa paga antecipadamente por produtos ou serviços que serão entregues em um momento posterior. Quando a empresa realiza um adiantamento a fornecedores, ela está essencialmente emprestando dinheiro ao fornecedor até que os bens ou serviços sejam entregues.

Em termos contábeis, o adiantamento a fornecedores pode ser classificado como um ativo ou passivo. Se o adiantamento for considerado como um pagamento antecipado por um serviço ou produto que será entregue no futuro, ele será registrado como um ativo circulante no Balanço Patrimonial. Por outro lado, se o adiantamento for considerado como um empréstimo ao fornecedor, ele será registrado como um passivo circulante.

Alguns exemplos de adiantamento a fornecedores incluem o pagamento antecipado por mercadorias que serão entregues em um mês, um pagamento antecipado por um serviço que será prestado em seis meses, ou um adiantamento para garantir a reserva de um produto que será fabricado sob encomenda.

É importante compreender a diferença entre essas classificações para garantir uma contabilidade precisa e transparente.

Adiantamento a fornecedores: características, é ativo ou passivo?, Exemplos

Adiantamento a fornecedores: características, é ativo ou passivo?, Exemplos

O adiantamento a fornecedores refere-se ao pagamento que é feito total ou parcialmente a um vendedor de produtos, antes que estes tenham sido recebidos satisfatoriamente pela empresa compradora. Também é conhecido como prazo de pré-pagamento ou compra pré-paga.

Quando uma empresa concorda em comprar de um fornecedor, espera-se que o fornecedor tenha capital de giro ou recursos adequados para fornecer os bens ou serviços necessários.

O pagamento antecipado a um fornecedor incorre em custos adicionais para a empresa, além de apresentar o risco de perda de recursos avançados em caso de falência do fornecedor, reduzindo assim a capacidade de negociação da empresa em caso de disputa.

Os pré-pagamentos podem ajudar os fornecedores que não têm fluxo de caixa suficiente para comprar os materiais que atendem a um pedido grande, para que possam usar parte desse dinheiro para pagar pelo produto que fabricarão.

Também pode ser usado como garantia inicial para começar a fabricar um produto que pode ser personalizado ou exclusivo.

Características de pagamento a fornecedores

As empresas precisam fazer adiantamentos a fornecedores quando seus pedidos são grandes o suficiente para se tornar um fardo para o produtor.

As empresas devem ter uma política de adiantamentos, incluindo o processo comercial, como a quebra do pedido de compra, o envio da fatura, a reconciliação contábil, o tratamento do imposto sobre vendas e o recebimento.

– Ordem de compra

O valor total do pedido de compra deve incluir o valor do adiantamento e uma descrição completa da política de reembolso oferecida pelo fornecedor.

No caso de adiantamentos, o fornecedor, ao aceitar o pedido, considerará o contrato aceito, admitindo executá-lo de acordo com os termos e condições do pedido.

– Fatura

Avanço total

Os fornecedores aos quais é emitido um pagamento antecipado total devem fornecer uma fatura final ou pró-forma, pelo valor total do adiantamento, antes da emissão do pagamento. A fatura deve conter a ratificação do custo total, incluindo impostos, frete, manuseio, etc.

Não é recomendável que os fornecedores enviem uma fatura pró-forma como uma estimativa e depois faturem o valor real completo. Essa fatura subsequente deve ser considerada duplicada e nenhum pagamento adicional deve ser feito ao fornecedor.

Avanço parcial

Os fornecedores aos quais é emitido um adiantamento parcial são responsáveis ​​pelo fornecimento de uma fatura final ou pro forma pelo mesmo valor que a parte fragmentada do pedido, incluindo o montante proporcional de impostos e frete / frete, antes de emitir o adiantamento parcial.

– Proteção contra riscos

Se o fornecedor declarar insolvência, os direitos do comprador entrarão em conflito com os dos outros credores do vendedor. Alguns pontos devem ser considerados ao fazer um adiantamento ao fornecedor para se proteger de riscos e perigos potenciais.

Reputação

A reputação do fornecedor deve ser um fator decisivo na preparação ou não da entrega antecipada. É melhor fazer uma pequena pesquisa e descobrir como eles se saíram em outros projetos. Não faz sentido dar dinheiro ao maior lance se você nunca conseguiu concluir um projeto.

Analise uma melhor oferta

O vendedor em questão pode ter fornecido o melhor preço. No entanto, você deve verificar se há outro provedor cujo preço pode ser um pouco mais alto, mas não exige o risco de receber um adiantamento. Isso deve ser cuidadosamente considerado, além do raciocínio para as implicações de risco.

Experiência

Deve-se garantir que o provedor tenha a experiência necessária para concluir o trabalho pelo preço indicado, antes de entregar qualquer quantia em dinheiro. Por exemplo, verifique se você possui pessoal qualificado para isso.

Relacionado:  15 habilidades básicas de gerenciamento no mundo dos negócios

É ativo ou passivo?

Adiantamentos são pagamentos feitos antecipadamente, como adiantamentos para um projeto ou serviço contratual. Eles já são pagos, embora ainda não tenham sido incorridos. Eles serão reconhecidos como um ativo ou como uma despesa até o término do projeto ou serviço.

Estes são considerados ativos e têm um saldo devedor normal, que aumentará quando debitado e diminuirá quando creditado. O exemplo a seguir pode ser tomado:

Exemplo de contabilidade

Na etapa número 1, a empresa XYZ pagou um adiantamento de 50% pela melhoria de seus escritórios, que tem um custo total de US $ 500.000. Para o pagamento efetuado, a conta Adiantada aos fornecedores é debitada para aumentá-la e a conta Caixa é creditada.

Na próxima etapa, a empresa XYZ efetuou o pagamento integral quando o trabalho do provedor foi concluído. Agora, o registro contábil será o débito na conta correspondente do ativo fixo, que é a melhoria do Office.

Além disso, a conta Adiantamentos para fornecedores é encerrada ao creditá-la e o pagamento em dinheiro é registrado para o saldo restante, creditando-o na conta Caixa.

Esta conta de Adiantamentos a fornecedores aparecerá no balanço patrimonial na seção Ativo Circulante.

A razão de ser uma conta de ativos é porque constitui o direito de receber um determinado produto ou serviço. Por outro lado, no caso de a compra não ser realizada no final, representa o direito de poder receber o dinheiro de volta.

Exemplos de pagamentos a fornecedores

Pagamentos mensais de aluguel

Esses pagamentos de arrendamento são geralmente exigidos no início do prazo do contrato.

Pagamentos anuais de manutenção

Manutenção de equipamentos científicos ou médicos, equipamentos de escritório ou manutenção de software / hardware, contratos de serviços de computador, como acesso à Internet, sistemas e bancos de dados ou licenças de software.

Nesses casos, o pagamento anual total é geralmente esperado no início do prazo do contrato.

Pagamentos de acordos interinstitucionais

Uma empresa pode efetuar adiantamentos em acordos interinstitucionais, desde que o organismo pagador documente as circunstâncias da necessidade.

Pagamentos para profissionais

Pagamentos antecipados para artistas nomeados pelo tribunal, palestrantes, testemunhas especializadas ou mediadores. Nesses casos, pode ser necessário avançar uma parte da taxa antes da data do contrato.

Avanços na publicidade

Em alguns casos, pode ser necessário adiantar parte ou todo o pagamento ao colocar um anúncio.

Adiantamentos de prêmios de seguros

Esses pagamentos às seguradoras correspondentes geralmente são necessários no início do período de cobertura.

Pré-pagamentos para viagens fretadas

Pode ser necessário adiantar parte ou todo o pagamento ao contratar o ônibus, avião ou outro transporte fretado.

Referências

  1. Universidade do Colorado (2017). Declaração processual do PSC: pagamento antecipado a fornecedores. Retirado de: cu.edu.
  2. Blog do razão (2012). Pagamento antecipado ao fornecedor. Retirado de: ehlim.typepad.com.
  3. Gastar assuntos (2016). Técnicas para gerenciar o risco ao avançar pagamentos a fornecedores. Retirado de: gastmatters.com.
  4. Will Kenton (2019). Pagamento adiantado. Retirado de: investopedia.com.
  5. Escrituração simplificada (2020). Adiantamentos a fornecedores. Retirado de: sites.google.com.

Deixe um comentário