As 20 línguas mais fáceis e difíceis de aprender

Aprender um novo idioma pode ser desafiador para muitas pessoas, mas algumas línguas são consideradas mais fáceis ou mais difíceis de aprender do que outras. Neste artigo, vamos explorar as 20 línguas mais fáceis e difíceis de aprender, levando em consideração diversos fatores como similaridade com o idioma nativo, complexidade gramatical, sistema de escrita, entre outros. Se você está pensando em aprender um novo idioma, este guia pode te ajudar a escolher qual língua se encaixa melhor às suas habilidades e interesses.

Descubra quais são as 20 línguas mais desafiadoras do planeta em nosso ranking.

Quando se trata de aprender um novo idioma, algumas línguas podem ser mais desafiadoras do que outras. Em nosso ranking das 20 línguas mais difíceis de aprender, você poderá descobrir quais são os idiomas que podem te dar mais trabalho.

As 20 línguas mais fáceis e difíceis de aprender

Entre as línguas mais desafiadoras, podemos destacar o Mandarim, Árabe, Japonês, Coreano e Russo. Esses idiomas possuem alfabetos diferentes, tonalidades na pronúncia e estruturas gramaticais complexas que podem dificultar o processo de aprendizagem.

Por outro lado, algumas das línguas mais fáceis de aprender incluem o Espanhol, Francês, Italiano, Alemão e Holandês. Esses idiomas possuem semelhanças com o Português, o que pode facilitar a compreensão e a pronúncia para falantes nativos da língua.

Independentemente da língua que você escolher aprender, é importante dedicar tempo e esforço para praticar diariamente. Com determinação e perseverança, você será capaz de dominar qualquer idioma, seja ele fácil ou difícil.

Descubra quais são as 10 línguas mais simples de aprender em todo o mundo.

Existem muitas línguas no mundo, algumas mais fáceis de aprender do que outras. Se você está interessado em expandir seu repertório linguístico, pode ser útil saber quais são as 10 línguas mais simples de aprender.

De acordo com especialistas, as línguas mais fáceis de aprender incluem o espanhol, o francês, o italiano, o holandês, o norueguês e o sueco. Essas línguas têm estruturas gramaticais simples e vocabulário relativamente fácil de memorizar.

Além disso, o alemão, o português, o indonésio e o dinamarquês também são consideradas línguas acessíveis para falantes de outras línguas.

Por outro lado, algumas das línguas mais difíceis de aprender incluem o mandarim, o japonês, o árabe, o russo e o coreano. Essas línguas têm sistemas de escrita complexos e estruturas gramaticais que podem ser desafiadoras para quem não está familiarizado com elas.

Portanto, se você está pensando em aprender uma nova língua, considere começar com uma das 10 línguas mais simples listadas acima. Com dedicação e prática, você será capaz de se comunicar em um novo idioma em pouco tempo.

Quais idiomas apresentam maior dificuldade de aprendizado entre os estudantes de línguas estrangeiras?

De acordo com um estudo recente sobre as 20 línguas mais fáceis e difíceis de aprender, algumas línguas se destacam pela sua complexidade e dificuldade para estudantes de línguas estrangeiras. Entre os idiomas que apresentam maior dificuldade de aprendizado estão o mandarim, o japonês e o árabe.

O mandarim, por exemplo, é uma língua tonal, o que significa que a pronúncia de uma palavra pode mudar completamente dependendo do tom utilizado. Já o japonês possui três sistemas de escrita diferentes, o que pode ser desafiador para quem não está acostumado. E o árabe tem um alfabeto completamente diferente do alfabeto latino, o que pode dificultar a leitura e a escrita para muitos estudantes.

Além disso, idiomas como o russo e o coreano também são considerados difíceis de aprender devido à sua gramática complexa e à presença de diferentes formas de cortesia e níveis de formalidade. Por outro lado, línguas como o espanhol, o francês e o italiano são consideradas mais fáceis para falantes de línguas indo-europeias, devido à sua estrutura gramatical mais simples e à presença de cognatos com o inglês.

Relacionado:  5 diferenças entre memória de curto prazo e memória de trabalho

Portanto, ao escolher um idioma para aprender, é importante levar em consideração não apenas o interesse pessoal, mas também a complexidade e a dificuldade de aprendizado de cada língua. Com dedicação e prática, é possível superar os desafios e se tornar fluente em qualquer idioma, por mais difícil que ele possa parecer no início.

Qual idioma é mais simples para os brasileiros aprenderem?

Para os brasileiros que desejam aprender um novo idioma, a escolha da língua pode ser um fator determinante para o sucesso no processo de aprendizado. Existem idiomas que são considerados mais fáceis ou mais difíceis para os falantes de português, levando em conta a similaridade gramatical, fonética e cultural.

De acordo com um estudo recente que classificou as 20 línguas mais fáceis e difíceis de aprender, o espanhol é apontado como uma das opções mais acessíveis para os brasileiros. Isso se deve à proximidade entre o português e o espanhol, que compartilham muitas semelhanças tanto no vocabulário quanto na estrutura gramatical.

Além do espanhol, o italiano e o francês também são línguas que apresentam certa facilidade para os brasileiros, devido à influência cultural e histórica que esses idiomas tiveram no Brasil. A familiaridade com a sonoridade e a escrita dessas línguas pode facilitar o processo de aprendizado.

Por outro lado, idiomas como o mandarim e o árabe são considerados mais desafiadores para os brasileiros, devido às diferenças significativas em relação ao português. A complexidade dos sistemas de escrita, pronúncia e gramática dessas línguas pode dificultar o aprendizado para os falantes de português.

Portanto, ao escolher um novo idioma para aprender, os brasileiros podem considerar a proximidade linguística e cultural com o português, a fim de facilitar o processo de aprendizado. O espanhol, o italiano e o francês são opções que podem ser mais acessíveis para os brasileiros, enquanto o mandarim e o árabe podem representar um desafio maior.

As 20 línguas mais fáceis e difíceis de aprender

As 20 línguas mais fáceis e difíceis de aprender 1

Muitos de nós somos fascinados pela idéia de aprender novos idiomas , e o fato de poder interagir com outras culturas e se comunicar com pessoas de outros países nos enriquece muito. Mas aprender idiomas não é fácil e, embora haja indivíduos que absorvem os novos idiomas como se tivessem um presente, a maioria dos mortais deve se esforçar muito para dominar um idioma que não é o nosso idioma nativo.

Se você quiser algumas dicas para aprender idiomas,
neste artigo, você pode encontrar uma lista que será muito útil, mas também será útil saber quais são os idiomas mais fáceis e difíceis de aprender .

A dificuldade de ser poliglota

Nem todas as línguas são igualmente fáceis de aprender, e deve-se dizer que,
quando se trata de adquirir uma nova língua, a dificuldade é relativa . Por um lado, a motivação da pessoa e o desejo de aprender são um fator determinante, é também morar no país em que a língua é falada nativamente e, é claro, sempre será mais fácil aprender uma nova língua se for semelhante a Nossa língua materna. Por exemplo, se falamos espanhol e queremos aprender italiano ou romeno.

Supondo que nosso idioma de referência seja o espanhol , você poderá saber quais idiomas com um número bem estabelecido e coeso de falantes e mais de 5 milhões de falantes são mais fáceis e difíceis para você.

  • Você pode estar interessado: ” Louvor: quando a linguagem e o pensamento param de fluir “
Relacionado:  Os 8 tipos de distorções cognitivas

Fácil de aprender idiomas

Para falantes de espanhol,
os seguintes idiomas têm menos dificuldade:

1. Catalão

O catalão é uma língua falada em grande parte da costa mediterrânea da Península Ibérica, bem como nas Ilhas Baleares e em algumas áreas da França. Curiosamente, a família de idiomas de onde vem, os idiomas occitanorro, é mais difundida neste último país do que na Espanha. No entanto,
a influência da língua oficial em todo o reino da Espanha facilitou o aprendizado de todos os falantes de espanhol.

2. italiano

O italiano é uma língua relativamente fácil para os falantes de espanhol aprenderem, e não apenas pela grande influência que sua cultura teve nos países mediterrâneos. O italiano também está enraizado no latim, proporcionando grande facilidade no aprendizado do vocabulário, pois é familiar aos falantes de espanhol.
Esse idioma é de fácil leitura para quem fala espanhol, exceto alguns fonemas e letras duplas . As semelhanças também são evidentes na construção de sentenças.

3. português

O português é falado principalmente em Portugal e no Brasil . Este idioma é o primo em primeiro grau do idioma espanhol e não devemos esquecer que o território de Portugal compartilha uma península com a Espanha. É por isso que eles compartilham grandes semelhanças e, de fato, é semelhante a alguns idiomas como o galego, falados pelos habitantes da Espanha.

4. francês

O francês é uma língua
amplamente usada na França e em muitos outros países ao redor do mundo. Esta bela linguagem compartilha o alfabeto e muitas palavras com o espanhol. Os falantes de espanhol encontram excelentes instalações para aprender francês e são muito úteis porque é uma língua importante e amplamente usada na Europa.

5. inglês

Embora o inglês não seja o idioma mais fácil de aprender para algumas pessoas, é um dos idiomas mais acessíveis e é por isso que é o idioma mais usado no mundo e que mais nacionalidades falam. Uma das razões pelas quais o inglês é fácil de aprender é porque há uma grande oferta de treinamento para treinar nesse idioma e a influência britânica e americana é muito grande em todo o mundo.

Por outro lado,
grande parte do seu vocabulário é baseada em palavras de raiz latina , algo que não acontece e outras línguas germânicas, como o alemão.

6. romeno

O romeno é, como o castelhano,
uma língua românica , então ambos estão relacionados. No entanto, este último adquiriu muitas palavras cotidianas das línguas eslava e húngara. Ele mantém grande parte da estrutura gramatical do latim, embora os artigos possam ser complicados de aprender.

7. grego

Historicamente, sempre fomos influenciados pelos gregos e, embora hoje a civilização grega esteja muito longe do contexto em que personagens como Aristóteles, Sócrates ou Platão viviam
, compartilhamos muitos termos de nosso vocabulário com o grego. Podemos ter sérias dificuldades ao ler ou escrever, mas ao falar, os sons de vogais e consoantes são semelhantes aos do espanhol .

8. Africâner

O africâner
é conhecido por ser uma versão fácil do holandês , e é um idioma falado na África do Sul e na Namíbia. Na verdade, há muitas palavras semelhantes em ortografia e significado ao inglês e holandês. Embora do ponto de vista das saídas de trabalho não interesse muitas pessoas, é uma linguagem relativamente fácil de aprender.

9. russo

O russo é uma das línguas mais faladas na Europa e, além disso, existem tantos elementos culturais gerados nessa língua que é fácil encontrar material para aprender. Além disso, os sons nos quais sua pronúncia se baseia se assemelham aos do espanhol e seu vocabulário é bastante influenciado pelo latim.

Relacionado:  O modelo de inteligência Cyrill Burt

10. malaio

Embora a maioria de seus falantes esteja concentrada em um lugar no planeta longe da Espanha, curiosamente a língua malaia é fácil de aprender . A razão disso é que sua gramática é relativamente simples, seus sons são fáceis de reproduzir e, sendo um idioma fichário, parte do vocabulário pode ser memorizada simplesmente adicionando sufixos e prefixos a outros que já são conhecidos.

Línguas mais difíceis

Quanto à dificuldade,
os idiomas mais complicados para aprender são :

1. Hindi

Esta é a quinta língua mais falada no mundo devido à sua extensão pelas sociedades da Índia, um território muito povoado. Além disso, é capaz de trazer de cabeça para baixo quem tem o espanhol como língua materna. Não apenas sua estrutura é totalmente diferente do alfabeto latino; Além disso, a pronúncia não se parece nada com a do espanhol.

2. Ioruba

Esta língua é falada por cerca de 22 milhões de pessoas, principalmente na Nigéria, Togo e Benin. Sua relação com o castelhano é praticamente nula, pois
faz parte das línguas níger-congolesa .

3. coreano

O coreano é o idioma oficial da Coréia do Norte e do Sul e é falado por mais de 80 milhões de pessoas em todo o mundo. Uma das línguas mais complicadas de aprender.

4. árabe

A língua árabe foi falada pela primeira vez durante o século VI. Essa linguagem, usada em uma ampla variedade de territórios,
se estende do Oriente Médio ao extremo oeste do Magrebe . A maioria de suas variedades faladas é ininteligível e diz-se que constitui uma linguagem sociolinguística.

5. Zulu

O zulu é falado por cerca de 9 milhões de pessoas, especialmente na África do Sul. Uma de suas características mais marcantes é
o uso de “cliques” de linguagem usados ​​como consoantes , algo que também ocorre em outros idiomas do continente africano.

6. Tamil

De maneira semelhante ao hindi, esse idioma é tão diferente do espanhol em todos os aspectos que é difícil encontrar elementos úteis no espanhol para aprendê-lo: nem pronúncia, vocabulário ou gramática têm muito a fazer.

7. tailandês

O idioma tailandês é o idioma oficial da Tailândia e pertence à família linguística Tai-Kadai, onde quase metade de suas palavras deriva do pali ou do sânscrito. O tailandês
é basicamente tonal e analítico e é conhecido por sua complexa orografia .

8. Finlandês

O finlandês é uma das línguas europeias mais difíceis de aprender como falante de espanhol, entre outras coisas, porque nem sequer pertence ao grupo de línguas indo-européias. Isso significa que
nossa língua está mais relacionada ao persa do que ao que é falado na Finlândia .

9. húngaro

O húngaro é a língua oficial da Hungria, falada não apenas neste país, mas também pela Eslováquia, Ucrânia, Sérvia e Romênia. Pertence à família das línguas Ulica, assim como o finlandês.

10. chinês (mandarim)

É a língua mais falada no mundo, porque cerca de um quinto da população total do mundo fala chinês, principalmente na República Popular da China, Taiwan e Cingapura. Essa linguagem é considerada uma das mais difíceis de aprender, porque o alfabeto é completamente diferente do nosso e
seu sistema de escrita baseia-se fundamentalmente na memorização de milhares de elementos.

Deixe um comentário