As 25 tradições e costumes mais importantes do México

As 25 tradições e costumes mais importantes do México

As tradições e costumes mexicanos evoluíram com o tempo. A cultura deste país reflete a influência de outras nações que intervieram durante o processo de desenvolvimento do México, como Espanha e Estados Unidos.

No entanto, o México ainda preserva elementos das culturas aborígines que originalmente povoavam esse território, o que permitiu que este país mantivesse sua integridade cultural e se diferenciasse das outras nações da América.

Nesse sentido, o México tem uma história muito rica, o que o torna um país cheio de atrações. Para começar, temos as culturas olmeca, maia e asteca, que já ocuparam o território da América Central, cujas amostras arquitetônicas, as pirâmides, são uma marca da cultura mexicana.

Por outro lado, a nação mexicana foi uma colônia da Espanha entre os séculos XVI e XIX, e é por isso que muitos aspectos da cultura espanhola estão presentes hoje no México.

Lista das tradições e costumes mais extensos do México

1 – O dia dos mortos

O dia dos mortos é comemorado em 1 e 2 de novembro de cada ano. Este festival é provavelmente um dos mais relevantes em nível nacional e um dos mais reconhecidos em todo o mundo.

Nesta celebração, são incorporados elementos de crenças pré-colombianas, culturas maia e asteca e crenças cristãs, incorporadas pelos espanhóis durante a colônia.

A celebração do Dia dos Mortos remonta aos tempos pré-colombianos e tem sua origem na celebração asteca em homenagem à “senhora da morte” e aos antepassados ​​falecidos. Em nossos dias, essa senhora da morte é conhecida como Catrina.

A festa do dia dos mortos é realizada em cemitérios no México, onde as famílias constroem altares em lápides, enquanto oferecem comida a seus mortos. Os elementos comuns deste dia são tequila, chocolate, pan-muerto e flores amarelas e vermelhas.

2 – La Catrina

La Catrina é uma imagem que representa uma caveira criada pelo litógrafo José Guadalupe Posada nas primeiras décadas do século XX. Originalmente, chamava-se “La Calavera Garbancera”, para se referir a pessoas que tinham vergonha de suas raízes aborígenes e que preferiam adotar os costumes franceses.

Mais tarde, em 1948, o crânio foi retomado por Diego Rivera, que o pintou no mural “Sonho de uma tarde de domingo na Alameda Central”. Rivera também deu um novo nome a essa figura: Catrina, um termo que se refere a pessoas ricas.

Graças a esse mural, La Catrina se tornou uma imagem icônica do México. Atualmente, é um símbolo do dia dos mortos.

3 – Dia da revolução

20 de novembro é o dia da revolução. Esta data comemora o início da revolução mexicana de 1910, que resultou na derrubada do ditador José da Cruz Porfirio Díaz Mori.

4 – Festa de Santa Cecília

No dia 22 de novembro, é comemorado o dia de Santa Cecília, a padroeira dos músicos. A festa mais marcante é a que acontece na Cidade do México, na qual mariachis e outros músicos do norte do país e do golfo se encontram na Plaza Garibaldi para realizar um concerto ao ar livre.

5 – Dia da Virgem de Guadalupe

O dia da Virgem de Guadalupe é uma celebração católica que celebra o encontro entre um indígena, Juan Diego, e a Virgem Maria. Esta dedicação mariana é a padroeira do México e é comemorada em 12 de dezembro.

Relacionado:  Traje típico de Durango: características mais destacadas

Durante esse dia, os devotos fazem uma peregrinação à Basílica de Santa Maria de Guadalupe, na Cidade do México, para ver a imagem da Virgem Morena.

6 – As pousadas

De 16 de dezembro até a véspera de Natal, os filhos do México participam das procissões das posadas. Durante esses dias, os jovens usam roupas semelhantes às que seriam usadas durante o nascimento de Jesus e revivem a história de Maria e José em busca de um abrigo no qual Maria possa dar à luz.

As crianças vão de pousada em pousada e nelas recebem velas e ilustrações de Maria e José. Eles também vão à família e aos amigos e cantam canções sobre Jesus e seus pais. Esse processo é repetido até que eles cheguem a uma pousada que os recebe, onde há uma pequena festa com comida típica e fogos de artifício. 

7 – Véspera de Natal e Natal

A véspera de Natal acontece no dia 24 de dezembro. Este é um dia para comemorar em família. Alguns grupos vão à final da Posada e depois jantam uma boa noite.

À meia-noite, fogos de artifício são lançados, sinos tocam, assobios são tocados e tambores são tocados para anunciar o nascimento de Jesus. Logo após a meia-noite, as famílias assistem à missa, popularmente conhecida como a massa do galo, para celebrar a chegada do menino Jesus.

Mais tarde, eles retornam para suas casas e comem comida de Natal. Diferentemente de outras culturas, as crianças geralmente não recebem presentes em 25 de dezembro, mas em 6 de janeiro, durante a epifania.

8 – Dia dos Santos Inocentes

O dia dos Santos Inocentes é comemorado em 28 de dezembro e refere-se ao relato bíblico, segundo o qual o rei Herodes ordenou matar todos os bebês do sexo masculino nascidos em Belém para matar o Menino Jesus.

No México e em outros países da América Latina, é costume fazer piadas para amigos e familiares. Ocasionalmente, a mídia também se junta e publica notícias falsas e alarmantes.

Os mexicanos têm uma série de rituais e costumes em relação ao ano novo. Esses costumes incluem:

– Espalhe lentilhas nas portas das casas como um símbolo de abundância.

– Coloque uma moeda no seu sapato no bolso para garantir a prosperidade econômica do ano vindouro.

– Varrer para a rua, para remover experiências negativas de casa.

– Coma doze uvas quando a contagem regressiva começar a dar as boas-vindas ao ano novo. Cada uma dessas uvas representa um desejo.

– Jogue água fora de casa para afastar lágrimas, preocupações e negatividade.

– Fique em uma cadeira, se você quiser mais sucesso no trabalho. 

10 – Epifania

A epifania é comemorada em 6 de janeiro. Neste dia é comemorada a chegada dos Reis Magos a Belém, razão pela qual constitui um feriado cristão. O costume é comer a rosca de Reyes, que é um pão de frutas assado com uma figura do bebê Jesus no centro

11 – Dia da Candelária

O dia de Candlemas é comemorado em 2 de fevereiro. No México, as famílias se reúnem para levar a imagem do Menino Jesus à igreja para que ela seja abençoada.

Relacionado:  Cultura da região andina da Colômbia

Esse feriado é baseado na lei judaica, segundo a qual as crianças recém-nascidas tiveram que ser apresentadas no templo 40 dias após o nascimento.

Por outro lado, o costume é comer tamales durante esta data. Os tamales são fornecidos pela pessoa da família que recebeu a figura do menino Jesus quando o fio de Reyes foi mordido.

12 – Carnaval de Veracruz

No México, vários festivais acontecem durante o carnaval, caracterizados por desfiles extravagantes, danças e música ao vivo. O carnaval mais importante do México é o de Veracruz, que dura nove dias.

13 a 5 de maio

5 de maio representa uma data memorável na história do México. Neste dia de 1862, o exército mexicano derrotou as forças francesas que tentavam invadir o território do país, durante a batalha de Puebla de Zaragoza.

Note-se que esta data é comemorada com mais zelo nos Estados Unidos e não no México.

14 – La Morisma

La Morisma é uma representação das batalhas entre mouros e cristãos que ocorreram na Espanha durante o século XV. 2000 pessoas participam dessa batalha fictícia, incluindo “soldados”, músicos e dançarinos. Esta celebração é feita em agosto.

15 – dia da independência

Em 16 de setembro , é comemorado o Dia da Independência do México . Nesse dia, no ano de 1810, os mexicanos se declararam independentes do regime espanhol.

16 – A piñata

A piñata é um recipiente de papel machê, papelão ou argila, decorado com papel colorido e recheado de doces e outros petiscos.

As piñatas fazem um jogo de criança que consiste em enfaixar as crianças e pendurá-las no telhado de uma casa ou em um galho de árvore.

As crianças se revezam batendo na piñata com um bastão até que a piñata se quebre e o doce se espalhe; então os participantes pegam o maior número possível de doces.

A piñata tradicional mexicana consiste em um círculo cercado por uma série de espigas. Outra das figuras mais comuns para piñatas é um burro. A tradição das piñatas vem da China e foi trazida para a Itália por Marco Polo; A partir daí, se espalhou pelo resto da Europa e, posteriormente, os espanhóis introduziram esse costume na América Latina.

17 – Tamales

Tamales, juntamente com tacos, são um dos pratos mais reconhecidos no México. Estes são pães de fubá cozidos, envoltos em palha de milho, recheados com carne ou feijão. Eles são comidos durante as celebrações mais importantes do país: Natal e Dia dos Mortos, por exemplo.

18 – Os mariachis

Mariachis são músicos tradicionais do México. Além da música, elas representam uma revolução cultural, através do uso de figurinos e instrumentos típicos que resumem a essência do povo mexicano.

As músicas dos mariachis, conhecidas como rancheras, falam sobre machismo, amor, traição, decepção, morte e heróis.

19 – Dança dos Panfletos

A dança dos voladores ou o bastão voador é uma dança de origem pré-colombiana que se adaptou à cultura atual do México.

Essa tradição começa com uma dança e, posteriormente, cinco participantes sobem em um poste de 30 metros. Quatro desses participantes amarram uma corda e pulam do poste, enquanto o quinto participante fica lá em cima dançando e tocando flauta.

Relacionado:  Escudo de Tlaxcala: História e Significado

20 – Quinceanera

A festa de quinceañera ou quinceañera é uma celebração que acontece quando as meninas completam quinze anos, como uma maneira de refletir a passagem da infância para a maturidade.

A celebração de quinze anos no México tem suas raízes na cultura asteca, segundo a qual crianças de 15 anos foram capazes de cumprir as tarefas de qualquer outro adulto, como ser pai.

Da mesma forma, foi nessa idade que jovens europeus foram apresentados à sociedade, frequentando danças. Nesse sentido, o partido quinceanera mistura aspectos pré-colombianos e coloniais.

21 – Tequila

Tequila é a bebida com mais peso no México. É destilado e fermentado através da agave azul, planta encontrada nos estados de Jalisco, Nayarit, Guanajuato, Michoacán e Tamaulipas.

Com um sabor poderoso, possui um teor alcoólico que varia de 35 a 50º. Nunca falta celebrações ou acompanhar refeições.

22 – Luta mexicana

Variante de luta livre. No caso do México, é muito comum ver os lutadores com máscaras com desenhos costumbristas e cores intensas. É um esporte com milhares de seguidores, que o veem em instalações esportivas ou na televisão.

23 – La Guelaguetza

Festa comemorada em homenagem à Virgen del Carmen no mês de julho. Destaca-se pela manifestação de danças, danças regionais e música das oito regiões do Estado de Oaxaca.

24 – Charrería

Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade, charreadas são uma série de habilidades de caubói e adestramento. Eles são semelhantes aos rodeios americanos, mas têm suas próprias manobras, regras e roupas.

25 – As novelas

Embora para as novas gerações não sejam tão interessantes, a influência dessas emissões no país nas últimas décadas é mais do que evidente. Produções como  María la del barrioRubíRebelde The Rich também  juntam toda a família na frente da tela todos os dias.

Compartilhar nas redes sociais (coloque o cursor sobre a imagem)

Assuntos de interesse

Tradições da Espanha .

Tradições da Argentina .

Tradições da Venezuela .

Referências

  1. As pousadas. Festival mexicano. Recuperado em 15 de abril de 2017, de britannica.com.
  2. Natal no México. Recuperado em 15 de abril de 2017, de whychristmas.com.
  3. April Fools em 28 de dezembro. Recuperado em 15 de abril de 2017, de nside-mexico.com.
  4. Tamales. Recuperado em 15 de abril de 2017, de inside-mexico.com.
  5. Herz, maio. O dia dos mortos oferecendo uma obra de amor e tradição. Recuperado em 15 de abril de 2017, de inside-mexico.com.
  6. Cultura Mexicana Tradicional. Recuperado em 15 de abril de 2017, de traditional-mexican-culture.com.
  7. Collins, Camille. Qual é o mariachi. Recuperado em 15 de abril de 2017, de mexconnect.com.
  8. Uma breve introdução à cultura mexicana. Recuperado em 15 de abril de 2017, de hourtranslation.com.
  9. A cultura do México. Recuperado em 15 de abril de 2017, de livescience.com.
  10. Catrina. Recuperado em 15 de abril de 2017, de mexican-folk-art-guide.com.
  11. Dia da Virgem de Guadalupe no México. Recuperado em 15 de abril de 2017, de timeanddate.com.
  12. O que é Fiesta de Santa Cecilia. Recuperado em 15 de abril de 2017, de event-carnival.com.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies