As 70 melhores frases de Juan Pablo Duarte

Deixo as melhores frases de Juan Pablo Duarte (1813-1876), pensamentos de um dos pais da República Dominicana, juntamente com Matías Ramón Mella e Francisco del Rosario Sánchez. Também alguns de seus poucos poemas conhecidos.

Você também pode estar interessado nessas frases de revolução .

As 70 melhores frases de Juan Pablo Duarte 1

1-Viver sem pátria, é o mesmo que viver sem honra.

2-A verdade não existe, existe apenas a percepção que temos dela.

3-Política não é especulação; É uma ciência mais pura e digna, depois da filosofia, de ocupar inteligências nobres.

4-O nosso país deve ser livre e independente de qualquer potência estrangeira ou da ilha afundar.

5-Eu sou dominicano.

6-Um Estado de direito que permita a integração popular e plural do povo dominicano como ele realmente é.

7 – É proibido recompensar o traidor e o traidor, por mais que traia a traição e mesmo quando houver justificativa para agradecer a denúncia.

8-Há palavras que, pelas idéias que revelam, atraem nossa atenção e atraem nossas simpatias para os seres que as pronunciam.

9-O governo deve ser justo e enérgico, ou não teremos pátria e, portanto, nem liberdade nem independência nacional.

10-Deus deve me dar força suficiente para não descer à sepultura sem deixar minha terra natal livre, independente e triunfante.

11-Lançado de minha terra natal por aquele lado parricida que, começando por perpetuar os fundadores da República em perpetuidade, concluiu vendendo a Pátria no exterior, cuja independência jurará defender todo o transe, arrastei a vida nômade do foragido por vinte anos .

12 – Toda lei supõe uma autoridade da qual emana, e a causa eficiente e radical dela é, por direito inerente, essencial ao povo e imprescritível de sua soberania.

13-A cruz não é sinal de sofrimento: é o símbolo da redenção.

14-Qualquer autoridade não constituída nos termos da lei é ilegítima e, portanto, não tem direito de governar nem é obrigada a obedecê-la.

15-Pela cruz, pela pátria e sua glória extenuante para o campo, marchemos: se o louro nos negar a vitória, alcançaremos a palma do martírio.

16-A nação dominicana é livre e independente e não é e nunca pode ser membro de nenhum poder, nem da herança de qualquer poder, nem do patrimônio da família ou de qualquer pessoa própria, muito menos estranha.

17-A nação dominicana é o encontro de todos os dominicanos. A nação dominicana é livre e independente e não é e nunca pode ser parte integrante de qualquer outra potência, nem do patrimônio da família ou de qualquer pessoa própria, muito menos estranha.

18-O crime não prescreve ou fica impune.

19-Nunca fui tão necessário como hoje para ter saúde, coração e julgamento; hoje que homens sem julgamento e sem coração conspiram contra a saúde da Pátria.

20-Vamos trabalhar para e para a Pátria, que é trabalhar para nossos filhos e para nós mesmos.

21 – A lei não pode ter, nem jamais poderá ter, efeito retroativo.

22-O que nossas liberdades não concordam é com o mestre que desejam impor ao povo.

23-Todo o poder dominicano é e sempre deve ser, limitado por lei e isso por justiça, que consiste em dar a cada um o que de direito lhe pertence.

24-Qualquer lei que não seja declarada irrevogável é repetível e também reformável no todo ou em parte. Qualquer lei que não seja clara e estritamente revogada é considerada válida. A lei não pode ter, e nunca pode ter, efeito retroativo. Ninguém pode ser julgado, exceto de acordo com a lei em vigor e antes de seu crime; nem pode ser aplicada, em qualquer caso, a outra pena que não a estabelecida por lei e da maneira por eles prescrita. O que a lei não proíbe, nenhuma pessoa, seja ou não uma autoridade, tem o direito de proibi-la. A lei, exceto as restrições da lei, deve ser conservadora e protetora da vida, liberdade, honra e propriedade do indivíduo. Para a revogação de uma lei, foram observados os mesmos procedimentos e formalidades de sua formação. A lei é a regra à qual eles devem acomodar suas ações,

25-Bem-aventurado o homem a quem Deus pune; Portanto, não deprecie a correção do Todo-Poderoso; porque é ele quem faz a ferida, e a enfaixará; Ele dói, e suas mãos curam.

26-Os providencialistas são aqueles que salvarão a pátria do inferno ao qual os ateus, cosmopolitas e orcopolitos foram condenados.

27-Seja feliz, filhos de Puerto Plata; e meu coração ficará satisfeito ainda isento da ordem que você deseja que eu obtenha; mas seja justo, primeiro, se você quiser ser feliz. Esse é o primeiro dever do homem; e esteja unido, e assim você extinguirá o chá da discórdia e derrotará seus inimigos, e o país será livre e salvo. Vou receber a maior recompensa, a única que aspiro, vendo-o livre, feliz, independente e calmo.

28-Por mais desesperadora que seja a causa do meu país, sempre será a causa da honra e sempre estarei disposto a honrar seus ensinamentos com meu sangue.

29-A lei é o que dá ao governante o direito de enviar e impõe aos governados a obrigação de obedecer.

30 – É proibido recompensar o traidor e o traidor, por mais que traia a traição e mesmo quando houver justos motivos para agradecer a denúncia.

31-Nosso país tem gosto de sangue e um grupo de dominicanos indolentes fazem de nosso país uma caverna de traidores e preparam os canhões aqui novamente, eles lutarão mais para tirar os invasores.

32-Você tem amigos? Prepare-os, porque os dias estão se aproximando; Ele tenta não se perder, pela hora da anulação para sempre, a tremenda hora do julgamento de Deus soará, e o Providencial não será vingativo, mas justificável.

33 – A Nação é obrigada a preservar e proteger, através de leis pessoais e justas, a liberdade pessoal, civil e individual, bem como a propriedade e outros direitos legítimos de todos os indivíduos que a compõem.

34-Nenhuma poderá ser julgada em processos civis e criminais por nenhuma comissão, exceto pelo tribunal competente previamente determinado.

35-A hora da grande traição soou e a hora do retorno à Pátria soou para mim: o Senhor pavimentou meus caminhos.

36 – Se voltei para minha terra natal após tantos anos de ausência, foi para servi-la com uma vida e um coração, sendo o que sempre fui, um motivo de amor entre todos os verdadeiros dominicanos e nunca uma pedra de escândalo, nem uma maçã de discórdia.

37-Os brancos, morenas, acobreados, cruzados, marchando serenos, unidos e ousados, o país que salvamos de vil tiranos, e para o mundo mostramos que somos irmãos.

38-Nenhum poder na terra é ilimitado, nem o da lei. Todo poder dominicano é e deve sempre ser limitado por lei e isso por justiça, que consiste em dar a cada um o que de direito lhe pertence.

39-Seja justo primeiro, se você quer ser feliz. Esse é o primeiro dever do homem; e esteja unido, e assim você extinguirá o chá da discórdia e derrotará seus inimigos, e o país será livre e salvo. Vou receber a maior recompensa, a única que aspiro, vendo-o livre, feliz, independente e calmo.

40-Não desisti nem deixarei de trabalhar a favor de nossa santa causa, fazendo, como sempre, mais do que posso; e se eu não fiz tudo o que deveria agora e queria, quero e sempre desejarei fazer em seu presente, é porque nunca falta alguém que quebre com os pés o que faço com as mãos.

41 – A religião predominante no Estado deve ser sempre católica, apostólica, sem prejuízo da liberdade de consciência e tolerância de cultos e sociedades que não sejam contrárias à moral pública e à caridade evangélica.

42-O amor ao país nos fez assumir compromissos sagrados para a próxima geração; É necessário cumpri-las ou renunciar à ideia de comparecer perante o tribunal da História com a honra de homens livres, fiéis e perseverantes.

43-Não fazemos nada para empolgar o povo e em conformidade com essa disposição, sem fazê-la servir a um propósito positivo, prático e transcendental.

44-Enquanto os traidores não fugirem como deveria, os bons e verdadeiros dominicanos sempre serão vítimas de suas maquinações.

45 – O pouco ou muito que pudemos fazer ou até fazer no presente de um país que é tão caro e digno de melhor sorte não deixará de ter imitadores; e esse consolo nos acompanhará na sepultura.

46-Os inimigos da Pátria, portanto os nossos, estão muito alinhados com estas idéias: destruir a Nacionalidade, mesmo que seja necessário aniquilar toda a nação.

47-Não somos nada além de pessoas ambiciosas que tornaram nosso povo independente por ambição e não tínhamos talento para tornar nossa riqueza nossa; enquanto eles são os homens honestos e virtuosos, porque eles têm a capacidade de fazer tudo, mesmo chamando para o exterior; amostra inequívoca de quanto serão amados pela justiça com que procederam e seguirão em direção a Deus, à pátria e à liberdade do dominicano.

48 – Se os espanhóis têm sua monarquia espanhola e a França seus franceses; Se mesmo os haitianos constituíram a República haitiana, por que os dominicanos deveriam estar sujeitos, já à França, à Espanha e aos próprios haitianos, sem pensar em se tornar como os outros?

Poemas

-Romance

Era a noite escura
do silêncio e da calma;
Foi uma noite de vergonha
para o povo de Ozama.

Noite de declínio e quebrantamento
para o país adorado.
Para lembrar dela, apenas
o coração fede.

Oito miseráveis ​​foram os
que uma ave atirou,
em busca de seus companheiros em
direção à praia estrangeira.

Os que defendem o nome de Deus,
Pátria e Liberdade;
eles deram
ao povo a independência desejada.
Foram jogados do chão
por cuja alegria lutaram;
ilegal, sim, por traidores
aqueles de lealdade que sobram.

Eles foram vistos descendo
para a costa tranquila,
foram ouvidos se despedindo
e , com sua voz abafada
, captei os sotaques
que vagavam pelo ar.

-O portfólio fora da lei

Quão triste, longa e cansada,
como caminho angustiante,
a entidade divina aponta
para o infeliz banido.

Atravesse o mundo perdido
para merecer sua misericórdia,
na escuridão profunda
do horizonte afundado.

Quão triste é vê-lo passar
tão calmo e sereno,
e saber que lá em seu peito
está a mansão da tristeza.

Normalmente deixo
nossa testemunha de infância querida ,
sem incomodar um amigo
para dizer adeus.

Pois quando a
esperança se perde na tempestade , a nave da amizade se
arrasta
.

E ande, ande vagando,
sem encontrar na estrada
o triste fim que o destino
tem aqui no mundo.

E lembre-se e geme
por não olhar para o seu lado, um
objeto adorado de
quem você se lembra? dizer

Chegar a terra estrangeira
sem nenhuma idéia ilusória,
sem futuro e sem glória,
sem tristezas ou bandeira.

Ingrato, Swell é o seu terreno,

O que produzir não sabia

Mas um traidor traiu.

Isso será fatal,

E você, Prado, o que está fazendo?

Carrasco tão desumano,

Ay! … que por mão sinistra

Semeado você parece sal.

Cante, sereias alegres,

Os de Ozama na praia,

que para ele não há correntes

não há mancilla para ele.

Não cuide das músicas

que aborta minha fantasia,

nenhuma das tristezas negras

Isso rasga minha alma

Cante, sirenes, cante,

cante uma música para mim

para anunciar a liberdade

para o chão onde eu nasci.

Era a noite escura,

E silencioso e calmo;

Foi uma noite de vergonha

Para o povo de Ozama.

Noite de minguante e quebrada

Para o país adorado.

Para lembrar apenas dela

O coração fede.

Oito miseráveis ​​eram

Que mão estava jogando,

Em busca de seus companheiros

Em direção à praia estrangeira.

Eles que em nome de Deus

Pátria e liberdade subirão;

Eles que deram ao povo

Ansiavam por independência.

Jogado fora do chão

Por cuja alegria eles lutaram;

Foragidos, sim, por traidores

Os de lealdade foram deixados de lado.

Eles assistiram eles descerem

Na costa tranquila,

Eles foram ouvidos dizendo adeus

E de sua voz abafada

Eu peguei o sotaque

Eles vagavam pelo ar.

Mas não há Benavente

Não há mais Espanha:

Seu poderoso cetro

Cana-de-cana

Tão estranho e vaidoso

O que são os Bourbons:

O sino dele é Santana,

Brasão seus traidores.

Sou Templário, você me disse um dia

Jacinto, um tempo da pátria amada …

Sou Templário, repita, sim, você deve

Lá no céu você parece pregado …

Eu sou templário, repita, devemos

O que no peito a honra que sentimos …

Triste é a noite, muito triste

para o pobre marinheiro

quem no Ponto

Feroz assedia a tempestade.

Triste é a noite, muito triste

para o viajante infeliz

que no caminho desconhecido

A escuridão caiu.

Triste é a noite, muito triste

para o miserável mendigo

que se pão, talvez, ou casaco

amaldiçoar a sociedade.

Triste é a noite, muito triste

para o bom e leal patrick

a quem a tortura aguarda

isso levantou a iniqüidade.

Enquanto o expatriado

a sorte não muda

e até a mesma morte crua

Parece que ele esqueceu.

Veja como o lintel aparece

do seu albergue miserável

banir inexorável

a pouca luz nele;

Veja como ele estende sua capa

das trevas ao entrar

e com eles aumentam

da alma a profunda quebra.

O que vem depois da sua marca

tudo o que era e existe,

e com sua sombra ele se veste

cor triste do que ela.

O coração com dor

veja a noite chegar

o convés frontal sombrio

de insônia, angústia e rigor.

– Súplicas

Se seus olhos me vissem,
meus olhos acabariam com minhas tristezas,
pois assim você removerá
a coroa que abrojos do meu templo .

E ao meu peito você retornará a calma
que antes gozava de prazer,
e hoje nega o destino severo,
insensível às tristezas da alma.

Não o imite, senhora, peço-lhe,
não faça com que minha amargura lhe agrade,
e quando você olhar para minha ternura certa,
não me leve como ele está calmo.

Que não em vão meu amor se prostra
aos pés da beleza ilusória;
Não me diga oh não! Por piedade,
você também me tem horror.

Por tanto amor é tanta veemência
que , apesar do rigor da minha sorte,
jurei amá-lo para sempre …
apesar do seu tempo severo.

49- Política não é especulação; É a ciência mais pura e digna, depois da filosofia, de ocupar inteligências nobres.

50- O escravo persiste em seu destino, apesar de reprovar sua vida triste, mas a pessoa livre prefere a morte à reprovação de tal existência.

51- Quão triste, longa e cansada, quão angustiante o caminho, a Entidade Divina aponta para os infelizes banidos.

52- … E ao meu peito você retornará a calma que antes gozava de prazer, e hoje nega o destino severo insensível às tristezas da alma.

53- Em Santo Domingo, existe apenas um povo que deseja ser e se proclamou independente de qualquer poder estrangeiro.

54- Implementar uma República livre, soberana e independente de todo domínio estrangeiro que será chamada República Dominicana.

55- Viver sem pátria é o mesmo que viver sem honra.

56- Cada parte se preocupa apenas com o desperdício de recursos estatais.

57- Dominicanos e dominicanos, é hora de eles acordarem da letargia que os adormece.

58- Nada na vida ocorre espontaneamente.

59- Peço ao meu país: não vamos perder nossa soberania.

60- Vamos lutar massivamente, vamos deixar de ser apenas um país habitável.

61- Vamos dar um salto gigantesco juntos em direção ao progresso sustentado, em direção à verdadeira democracia.

62- Ser justo vem em pr
meiro lugar se você quer ser feliz.

63- Patriotas, devemos estar cientes da situação em nosso país.

64- Devemos escolher funcionários que realmente representem nosso país e lutar pelo país que nos custou tanto para recuperar.

65- Estamos convencidos de que não há uma possível fusão entre dominicanos e haitianos.

66- Nossa sociedade será chamada La Trinitaria porque será composta por grupos de três e a colocaremos sob a proteção da Santíssima Trindade.

67- Nosso lema: Deus, Pátria e Liberdade.

68- A única maneira de encontrar com você é tornar o país independente.

69 – Nosso negócio vai melhorar e não teremos que lamentar ter nos mostrado filhos dignos do país.

70 – Os sofrimentos de meus irmãos foram extremamente sensíveis para mim, mas foi mais doloroso ver que o fruto de tantos sacrifícios, tantos sofrimentos, foi a perda da independência daquele país.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies