As 71 melhores frases de Andrés Calamaro

Deixo as melhores frases de Andrés Calamaro (1961), cantor argentino, compositor e produtor musical. Suas músicas incluem Flaca, Quando eu te conheci, Algo com você, Louco, A frente, entre outras.

Você também pode gostar dessas frases de música ou de dança .

-Flaca, eu não enfio seus punhais nas costas, tão fundo que eles não machucam, eles não me machucam. Longe, no centro da Terra, as raízes do amor, onde estavam, permanecerão. –Flaca.

As 71 melhores frases de Andrés Calamaro 1

-Para um sonho atrasado, nos cansamos de lutar. Camisa demais e menos e menos gambeta, o sorriso custa mais. –Clonazepán e circo.

As 71 melhores frases de Andrés Calamaro 2

-Não sei porque, imaginei que estamos unidos, me senti melhor. Mas aqui estou tão sozinho na vida, é melhor eu ir. Eu desconfio.

As 71 melhores frases de Andrés Calamaro 3

– Quantas decepções por cabeça, jurei mil vezes que não insisto novamente. Mas se um olhar me machuca quando passo, sua boca de fogo novamente eu quero beijar. -Por uma cabeça.

As 71 melhores frases de Andrés Calamaro 4

-Eu acho que ninguém sai, espero que haja um lugar onde os meninos escutem minhas músicas, mesmo que eu não os ouça dizer. Caras.

As 71 melhores frases de Andrés Calamaro 5

-Com você aprendi a ver a luz do outro lado da lua. Com você, aprendi que sua presença não a alterou para nenhum. -Contigo aprendi.

As 71 melhores frases de Andrés Calamaro 6

-Se eles me virem de novo, porque eu, como todos, me esqueço, algo sempre estará dentro de você, algo que eu deixei uma vez. Você sempre.

As 71 melhores frases de Andrés Calamaro 7

-A noite que você me ama, do azul do céu, as estrelas ciumentas nos assistirão passar. -O dia que me quiseres.

As 71 melhores frases de Andrés Calamaro 8

-Eu gosto tanto que adoro, que quero que a loucura desarme no balanço da sua cintura e reme nas costas e naufrágio. -Sou teu.

As 71 melhores frases de Andrés Calamaro 9

-Eu tenho Lorena nas veias, ela entrou no meu sangue. É como qualquer droga, é necessidade, é amor. Lorena.

As 71 melhores frases de Andrés Calamaro 10

-Eu tenho que te dizer que estou morrendo de vontade de ter algo com você. Você simplesmente não percebeu o quanto me custa ser sua amiga. –Algo com você.

As 71 melhores frases de Andrés Calamaro 11

-Mas você não se atreveu, você ama ter um problema. Você acreditou no seu rosto de bebê. Você poderia ser uma rainha e não bancou. –Você não bancou.

As 71 melhores frases de Andrés Calamaro 12

-Não se esqueça de dizer a ele, se um dia você passar pela porta da casa de Lorena, eu ainda estou vivo e nunca esqueci de me lembrar. Lorena.

As 71 melhores frases de Andrés Calamaro 13

-Eu tenho quatro cravos, um por cada motivo. O encontro, o seu visual. Meu segredo, nosso esquecimento. Eu estou brincando com fogo. –Jogue com fogo.

As 71 melhores frases de Andrés Calamaro 14

-Eu vou respirar, porque nada de bom vai acontecer no bar. Apocalipse malaañero, por um segundo não é o fim do mundo. –Apocalipse em Malasaña.

As 71 melhores frases de Andrés Calamaro 15

-Não me sinto bem. Eu perdi a fé hoje. A sorte joga com cartas não marcadas. Não pode ser alterado. Cartões não marcados.

As 71 melhores frases de Andrés Calamaro 16

-Quando te conheci, você saiu com um amigo dos poucos que eu tinha. Você foi o melhor da sua vida, mas você foi o melhor da minha. –Quando te conheci.

As 71 melhores frases de Andrés Calamaro 17

-Eu posso me gabar um pouco, porque tudo que toco está quebrado. Emprestei um coração louco que se dobra com o vento e quebra. -Tudo o resto.

As 71 melhores frases de Andrés Calamaro 18

-Eles não são mulheres ausentes. Eles não são facas nos dentes. Não são carnaval brasileiro às terças-feiras. -Carnaval do Brasil.

As 71 melhores frases de Andrés Calamaro 19

-O que mais eu gostaria de passar a vida toda, como estudante, na primavera. Sempre viajando em um assento superior, o comandante de sua balsa de madeira. -A parte da frente.

-Você pensa que é uma bruxa talentosa, e o que acontece é que você está intoxicado. E que você diz que não leva nada, mas eles me dizem lá fora: «Sim, sim. Sim, sim ”, e eles dizem, eles dizem … – Veneno na pele.

-Não me diga que é muito cedo, são 7 da tarde aqui na Espanha. Não é à toa que você é assim e ri de mim novamente. Não tenha piedade de mim porque sou realmente e pode me fazer mal. –O terceiro dos sonhos.

-Que grande erro ver você de novo, levar meu coração partido. São mil fantasmas, quando retornam. Zombando de mim, as horas dos mortos ontem. – Como dois estranhos.

-Mas se agora você tem apenas metade do grande amor que ainda tenho por você. Você pode jurar que eu amo quem ama você. Quero que você seja feliz, mesmo que não seja comigo. – Mesmo que não seja comigo.

-Angustia, de se sentir abandonada, de pensar que outro ao seu lado em breve, em breve, falará com você sobre amor. Irmão, não quero me abaixar, nem pedir, nem chorar. Nostalgia.

N Somente Deus é testemunha do quanto eu te amei. Eu gostaria de dormir, mas não posso, não consigo parar de pensar. Ontem você estava aqui comigo, hoje eu não gostaria de encontrar você pegando suas coisas. – Sem saber o que dizer.

Sr. Banker, devolva-me o dinheiro, por enquanto é tudo o que quero. Estou cansado daqueles que vêm de amigos e só quero preencher meu buraco. –Alta sujeira.

– Quantas vezes pensei em voltar e dizer que do meu amor nada mudou, mas meu silêncio foi maior. E ao longe eu morro dia após dia sem te conhecer. -A distância.

-Foi uma maneira de andar, foi só assistir você passar. Isso está causando problemas, jogar limpo não é para mim. Ninguém sai daqui vivo. –Ninguém sai daqui vivo.

-Tenho toda loucura e posso estar errado, mas não estava errado com você. Eu tenho o minibar aberto e meu coração fechado, e só bate, e só bate para nós dois. -5 mais minutos (minibar).

-Se for sim, sim, você pode entender o que acontece comigo esta noite, ela não voltará. E a dor começa a crescer dentro de mim, a moeda caiu do lado da solidão e da dor. –Crimes perfeitos.

-Eu não ligo para todos os seus problemas. Não me force a abandoná-lo novamente. Não é uma bebida fácil para mim. Dançando no sangue dos outros – Não me empurre.

-Eu sempre segui a mesma direção, a difícil, a usada pelo salmão. Desculpe por alcançar o vazio total, vou soltar sua mão. – salmão.

-No palácio das flores havia flores de todas as cores, era em Basavilbaso, eu não estava lá há muito tempo.- O palácio das flores.

–Ela disse “faça bem” e eu disse “boa sorte e até a próxima” e nunca mais a verei, ou talvez em algum momento. – Boa sorte e até mais tarde.

-Eu quero escolher no mapa um lugar sem nome para ir. Será o lugar onde eu moro o que resta para viver. É por isso que trago bagagem perdida a cada viagem, por isso decidi nunca esquecer, nunca esquecer. – Para onde você envia marinheiro.

-Que verde era meu vale quando havia um chinês sempre no meu quarto. Obviamente, a cama nunca está vazia, mas não é a mesma. Nunca é o mesmo. – Nunca é o mesmo.

-É o que eu gosto de ser livre como um pássaro livre, procurando o osso que nunca se encontra. Aquele nunca encontrará. O osso que nunca se encontrará. –A verdadeira liberdade.

-Eu te amo, não sei se estou acordado ou tenho os olhos abertos. Eu sei que te amo e que mais aeroportos me esperam. Eu te amo, você pegou a vela e me deixou no funeral. Primeiro eu te amo da mesma maneira. –Eu também te amo.

-A brisa de janeiro chegou à praia. Na noite em que suas horas se cumpriram. E quando amanheceu a música cara, começando pelo pêssego que caiu no rio. E o pêssego já sangrando está subaquático. – Durazno sangrando.

-Por muito tempo essa parte foi perdida sem bater na porta, memória intrometida. De um tempo esquecido, vem a lembrança molhada de uma tarde de chuva, de seus cabelos emaranhados. – Para não esquecer.

-Esperando e esperando, porque viver é tocar, e eu quero continuar tocando, falei para o meu coração. Sem glória, mas sem tristeza, não cometa o crime, cara, se você não vai cumprir a sentença. –Paloma.

-E em um duelo de perdedores, perdi um pacote com ilusões. Aqueles que não conseguem dormir à noite … porque eu cerrei os dentes. – Dentes cerrados.

-A outra noite te esperei na chuva por duas horas, mil horas como um cachorro. E quando você chegou, você olhou para mim e disse: “louco, você está molhado, eu não te amo mais”. –Mil horas.

-Hoje, se eu não tiver você, será a ruína para mim, quando você decidir que talvez eu não esteja mais aqui. Você está ficando, sim, comigo você está ficando, eu sou louco por você! -Louco por você.

-Tudo o que eu digo é demais. As luzes sempre acendem na alma. E quando eu me perco na cidade, você já sabe entender. –Um vestido e um amor.

-Um anjo veio me procurar. Eu não quero segui-lo de qualquer maneira. As pessoas me dizem para parar de pensar assim, mas de qualquer maneira, espero por você, em algum lugar espero por você. – Em algum lugar eu vou encontrar.

– Será necessário ver, se a crônica Verónica reage, a metade Verónica tem muito pouco mal, mas está cansada de esperar … – Meia Verónica.

-Se eu não conseguir dormir à noite, são seus beijos que eu nunca esquecerei. Olhando para você, perdi a esperança de poder me apaixonar novamente. Um segundo que mudou minha vida, um instante que nunca esquecerei. –Por te olhar.

-Eles dizem que você tem veneno de pele. E você é feito de plástico fino. Eles dizem que você tem um toque divino. E quem toca em você fica com ele. – Veneno na pele.

-E morra com você se você se matar, e me mate com você se você morrer. Porque o amor quando não morre mata, porque os amores que matam nunca morrem. –Com você.

-Tenho um único sentimento dentro do peito, como se eu tivesse engolido um saco de cimento. -Quem assou a manteiga?

– Ele está apaixonado por esse soldado particular, o quartel não o tratou bem. E ele esqueceu o coração, com seu nome tatuado na pele, eu esqueci dos outros. Esqueci os outros.

-A última vez que nos conhecemos éramos primos, da próxima vez poderíamos ser estranhos. Com o passar dos anos, eu poderia me tornar um velho estranho, o namorado do esquecimento. – O namorado do esquecimento.

-Parece que minha câmera lenta já perdeu a conta e não está feliz, minha boneca vodu estava perdida na tempestade, com mil pinos presos no meu coração à venda que ninguém vem comprar. -Coração à venda.

-Quando eu era criança e conheci o estádio asteca, fiquei duro, fiquei arrasado ao ver o gigante. O mesmo aconteceu comigo quando eu cresci, mas era difícil muito antes. -Estádio Asteca.

-O que falamos quando falamos de amor ?, Romeu disse a Julieta na varanda. Parece ruim e não importa o motivo, você não pode viver de amor. – Você não pode viver de amor.

– É a hora que me deixou arruinado, por olhar para você não me apaixonei novamente. E a lua era nossa companheira, a manhã também nos alcançou. Navegando em uma balsa de madeira, os escravos do coração louco. –Por te olhar.

-Eles conhecem aqueles que a perderam, aqueles que a viram ir muito longe, e aqueles que a encontraram novamente a conhecem, os prisioneiros, a liberdade. -A liberdade.

-Eu não queria machucá-lo, acabei de dizer que não, você não vai se acostumar a se sentir rejeitado, desculpe, foi sem querer. –Desculpe, foi involuntariamente.

-Uma poça de esquecimento, o espelho das lembranças que patinam, cubos de gelo que não esfriam, rock e juventude. –Rock e juventude.

-Eu sou um louco que percebeu que o tempo é muito curto. Louco.

– Para o céu, agradeço o que aconteceu comigo. Quem imaginaria que eu iria reformar, que vagabundo que vivia sem preocupações, em um assentamento rico, me tornarei. – John B. Goode.

-E embora eu não quisesse voltar, ele sempre se volta para o primeiro amor, a rua tranquila que no eco dizia: a sua é a minha vida, a sua é o meu amor, sob o olhar zombador das estrelas que hoje com indiferença me fazem voltar. Volte.

-Tchau, amigos, tchau, me deixe em paz, que alguém com certeza compartilhará a última bebida. Adeus, amigos, adeus, um servidor se despede de você. “Adeus, amigo, adeus.”

-Eu fiquei sem força da minha mão esquerda, vou deixar o mundo para você sozinho, enquanto o cavalo branco a solta, você também a solta e está me deixando agora. “Eu deixei você ir.”

– Queima, me queima, é tarde para me curar, me queima, me queima, deixei o sangue na areia, me queima, me queima! Estou me escondendo, como o fogo na superfície do mar, como o vento quente do deserto. -Me queima.

-Ela é tão formal, ela nunca vai te perdoar. Melhor não falar sobre isso, vamos passar para outro tópico. – Vamos para outro tópico.

-Para assistir à dança, vou a um clube enquanto mordo o limão de um gin e tônico usado no seu quadril. Tudo bem, porque comerei como um rei na sua agência de carros usados, entre colegas. –Meu gin e tônico.

-E não há destinos, nem mesmo o divino, eles desarmam metais, sem começo nem fim. O divino.

-Elvis está vivo, eternamente dormindo, em um banheiro de vidro. Elvis está vivo, ele escreve cartas comigo quando o sol começa a cair. –Elvis está vivo.

-Tome esta garrafa comigo, na última bebida você me beija. Esperamos que não haja testemunhas, caso você tenha vergonha. – Na última bebida.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies