Balanço patrimonial de uma empresa: estrutura e como fazer

O balanço patrimonial de uma empresa informa os ativos, passivos e capital dos acionistas a qualquer momento, fornecendo uma base para calcular as taxas de retorno e avaliar sua estrutura de capital. Dá uma fotografia da situação financeira da empresa em um único momento, o que ela possui e deve e o valor investido pelos acionistas.

O balanço patrimonial é ajustado para a seguinte equação, onde os ativos são equilibrados, por um lado, e os passivos mais o patrimônio líquido, por outro (ativos = passivos + patrimônio). É chamado de equilíbrio porque a equação é equilibrada ou equilibrada.

Balanço patrimonial de uma empresa: estrutura e como fazer 1

Isso é intuitivo: uma empresa precisa pagar por tudo o que possui (ativos), pedindo dinheiro emprestado (assumindo dívidas) ou retirando-o de investidores (emitindo capital acionário).

O balanço patrimonial, juntamente com as demonstrações de receita e fluxo de caixa, é a pedra angular das demonstrações financeiras de qualquer empresa.

Estrutura do Balanço

O balanço é composto pelos seguintes elementos:

Ativos

Ativos são todos os elementos que a empresa possui. Existem dois tipos de ativos: circulante e não circulante.

– Ativos circulantes são os elementos que a empresa adquiriu e que serão convertidos em dinheiro em menos de um ano. O mesmo caixa, estoques, contas a receber e seguro pré-pago são considerados ativos circulantes.

– Ativos não circulantes são ativos fixos de propriedade da empresa. Equipamentos de escritório, propriedade de prédios, terrenos, investimentos a longo prazo, ações e títulos se enquadram nessa categoria.

Passivo

São pagamentos que a empresa deve fazer. Assim como os ativos, existem passivos circulantes e não circulantes.

– O passivo circulante representa as obrigações de pagamento que a empresa deve pagar no prazo de 12 meses a contar da data do balanço. Por exemplo, faturas a pagar a fornecedores, salários a pagar e impostos a pagar.

– Passivo não circulante são valores que a empresa tem mais de um ano para pagar. Por exemplo, obrigações e dívidas bancárias. Esses passivos são uma das fontes de financiamento dos ativos da empresa.

Capital

É a parte que os acionistas da empresa possuem. O capital é outra fonte de financiamento. Quando as obrigações são subtraídas dos ativos da empresa, o resultado é capital. O capital é composto de capital pago e lucros acumulados.

– O capital pago é o valor que cada acionista pagou inicialmente por suas ações.

– Lucros acumulados referem-se à quantidade de dinheiro que a empresa não vendeu aos acionistas e, em vez disso, reinvestiu em si mesma.

Tipos

Existem vários tipos de equilíbrio. Os mais comuns são os seguintes:

Saldo classificado

Apresenta informações sobre os ativos, passivos e capital de uma empresa classificada em subcategorias de contas.

É o tipo mais comum de apresentação do balanço patrimonial e faz um bom trabalho na consolidação de um grande número de contas individuais em um formato totalmente legível.

Os contadores devem apresentar as informações do balanço na mesma estrutura de classificação durante os diferentes períodos, para tornar as informações mais comparáveis.

Balanço de tamanho comum

Apresenta não apenas as informações padrão contidas em um balanço, mas também uma coluna que coloca as mesmas informações como uma porcentagem do total de ativos (para linhas de ativos) ou como uma porcentagem do total de passivos e patrimônio líquido. É útil examinar as alterações relativas no tamanho das diferentes contas.

Saldo comparativo

Este formato apresenta as informações paralelas sobre os ativos, passivos e patrimônio de uma empresa em vários momentos no tempo.

Por exemplo, um saldo comparativo pode apresentar o saldo no final de cada ano durante os últimos três anos. É útil para destacar alterações ao longo do tempo.

Balanço vertical

O formato de apresentação do balanço patrimonial é uma única coluna de números, começando com os itens individuais do ativo, seguidos pelos itens individuais do passivo e terminando com os itens individuais do capital.

Dentro de cada uma dessas categorias, os itens são apresentados em ordem decrescente de liquidez.

Como fazer um balanço?

As informações necessárias para elaborar um balanço patrimonial estão no Razão da empresa, onde todas as transações financeiras são registradas para um período específico.

Use a equação contábil básica

Isto é: ativos = passivos + patrimônio líquido.

O balanço de uma empresa possui três seções:

Ativos

os recursos que possui.

Passivo

As dívidas que ele tem.

Património

Contribuições dos acionistas e lucros da empresa.

Coloque o cabeçalho e a data do balanço

Use o título “balanço” na parte superior da página. Abaixo, liste o nome da organização e a data efetiva específica do balanço.

Preparação da seção de ativos

– Liste todos os ativos circulantes, que podem ser convertidos em dinheiro em menos de um ano após a data do balanço. Eles são listados em ordem de liquidez ou com a facilidade com que podem se tornar caixa. As contas comuns são: caixa, títulos negociáveis, contas a receber, estoque e despesas pré-pagas.

– Inclua o subtotal do ativo circulante, chamando-o de “ativo circulante total”.

– Liste todos os ativos não circulantes ou ativos fixos, que são as propriedades, instalações e equipamentos de uma empresa que são usados ​​por mais de um ano, menos depreciação.

– Listar ativos intangíveis ou não monetários que durarão mais de um ano, como patentes, direitos autorais e marcas comerciais.

– Inclua o subtotal de ativos não circulantes, chamando-o de «Total do imobilizado».

– Adicione os subtotais do ativo circulante e do ativo imobilizado, rotulando-o como “ativo total”.

Preparação da seção de passivos

– Determinar o passivo circulante, que expira em um ano após a data do balanço. As contas comuns são: contas a pagar, notas promissórias de curto prazo.

– Inclua o subtotal do passivo circulante e denomine-o de “passivo circulante total”.

– Calcular passivos de longo prazo, que não serão liquidados dentro de um ano. Eles incluem notas promissórias e hipotecas de longo prazo, planos de pensão.

– Inclua o subtotal de passivos de longo prazo e chame-o de “passivo total de longo prazo”.

– Adicione os subtotais do passivo circulante e de longo prazo. Nomeie-o como “passivo total”.

Cálculo do patrimônio líquido e totais

– Faça uma lista de todas as contas de capital, como ações ordinárias, ações em tesouraria e lucros acumulados totais.

– Calcular os lucros acumulados, que são os lucros que uma empresa obteve durante um período de tempo. O valor do lucro acumulado é buscado no saldo do período anterior, somando-o ao lucro obtido na demonstração do resultado, obtendo-se assim o total de lucros acumulados atuais.

– Todas as contas patrimoniais são adicionadas, colocando «patrimônio total».

– Adicione os valores de “passivo total” e “patrimônio total”. Chame isso de “total de passivos e patrimônio”.

– O balanço foi preparado corretamente se “total de ativos” e “total de passivos e patrimônio líquido” forem iguais.

Exemplo

Abaixo está um exemplo do balanço de uma pequena empresa:

Balanço patrimonial de uma empresa: estrutura e como fazer 2

Referências

  1. Investopedia (2018). Balanço Patrimonial Retirado de: investopedia.com
  2. Wikipedia, a enciclopédia livre (2018). Balanço Patrimonial Retirado de: en.wikipedia.org.
  3. Rochelle Bailis (2017). 5 maneiras simples de criar um balanço. Centro de Recursos do QuickBooks. Retirado de: quickbooks.intuit.com.
  4. Sage Advice (2015). O que são balanços e por que são importantes? Retirado de: sage.com.
  5. Instituto de Finanças Corporativas (2018). Balanço Patrimonial Retirado de: corporatefinanceinstitute.com.
  6. Corporação de Desenvolvimento para Pequenas Empresas (2016). Exemplo de balanço. Retirado de: smallbusiness.wa.gov.au.
  7. Ferramentas de contabilidade (2017). Tipos de formatos de balanço. Retirado de: accountingtools.com.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies