Comprovante de renda: como fazê-lo e exemplo

Comprovante de renda: como fazê-lo e exemplo

A prova de receita é uma verificação feita por empresas, instituições financeiras ou outros órgãos com clientes em potencial para garantir que eles tenham os meios para pagar por produtos ou serviços que serão pagos.

O horário mais comum para a comprovação de receita será solicitado durante a fase inicial da solicitação ou negociação. Essa prova é essencial para estabelecer a origem dos fundos ou ativos privados que são objeto do relacionamento comercial entre uma empresa e seu cliente.

A comprovação de receita pode ser necessária para garantir que o motivo do relacionamento comercial entre a empresa e o cliente seja consistente com o que seria razoavelmente esperado desse cliente, levando em consideração suas circunstâncias.

Se você está gerenciando seu próprio negócio, a verificação de receita não é tão simples, porque você não recebe recibos de pagamento. No entanto, existem várias maneiras pelas quais a renda pode ser verificada usando os registros financeiros e comerciais disponíveis para você.

Como fazer uma prova de renda?

Uma carta de verificação de renda deve ser preenchida primeiro, determinando e confirmando a renda de uma pessoa. Essa carta pode ser organizada por um contador e deve indicar claramente as informações básicas de renda. Além disso, os seguintes documentos devem ser anexados:

Declarações fiscais

Se cópias de declarações fiscais tiverem sido retidas, cópias dos anos solicitados poderão ser levadas para arquivamento na agência ou credor. Se cópias das declarações fiscais não forem mantidas em arquivo, elas poderão ser solicitadas à agência tributária.

Em geral, um credor deseja ver sua declaração de imposto de renda nos últimos dois anos. Se a receita total durante esses anos for combinada e calculada a média, teremos a receita líquida média. Dividir esse número por 24 mostrará a renda mensal média.

Se a renda for irregular, esse valor poderá ser mais útil para demonstrar que você possui renda suficiente para pagar o aluguel ou a hipoteca mensalmente.

extratos bancários

Os extratos obrigatórios podem ser retirados da conta bancária on-line, mas pode ser necessário visitar uma agência. Dependendo da agência que solicita os extratos bancários, os extratos de conta podem precisar ser coletados por vários meses ou anos.

Se a origem de um depósito não estiver documentada, como quando um cliente paga em dinheiro ou foi transferido de outra conta, você deve estar preparado para encontrar uma documentação que mostre que o depósito em questão é uma receita a ser levada em conta para verificar a receita.

Contratos e faturas

Descubra com antecedência quais documentos o credor ou agência precisará comprovar renda, fazendo uma lista de verificação para marcar enquanto os documentos estão sendo obtidos. A contratação de um contador pode ser considerada para garantir que os arquivos estejam em ordem.

Também é possível se comunicar com os clientes para obter deles vouchers relacionados a contratos ou faturas pagas.

Declaração de renda

Se você possui uma pequena empresa, pode ser necessário criar uma declaração de lucros e perdas que resuma as receitas, custos e despesas pelo período solicitado pelo credor ou pela agência.

Projeção de receita

Se você estiver solicitando um empréstimo significativo de longo prazo, o credor pode querer ver a renda projetada para vários anos no futuro.

Exemplo

Carta de verificação de renda

Escrever cabeçalho e data

Os detalhes do contato devem ser especificados na parte superior do documento. Inclua nome, endereço, número de contato e endereço de e-mail. Isso facilitará o acesso à resposta. Em seguida, a data em que a carta foi escrita deve ser colocada.

Se a empresa tiver um papel timbrado no qual o cabeçalho já esteja presente, não será necessário digitá-lo novamente.

Escreva o destinatário

Se a carta deve ser endereçada a uma pessoa específica, seu nome é mencionado com sua respectiva posição na empresa.

Quando você tem um destinatário específico, começa com “Prezado” ou “Para”, seguido pelo sobrenome do destinatário. Por exemplo, “Prezado Sr. Gómez” ou “Para o Licenciado Quintero”. Se a pessoa que receberá a carta não for conhecida, será utilizado o padrão “A quem possa interessar”.

Introduzindo a mensagem

Nas frases de abertura, você deve primeiro se apresentar e esclarecer o motivo da carta de recebimento de renda. Uma saudação educada é a parte introdutória. Cause uma impressão no leitor. Portanto, o tratamento profissional ético deve ser mantido.

Por exemplo, você pode dizer: “Meu nome é Johanna Rodríguez. Estou escrevendo esta carta para verificar minha renda em correspondência com meu pedido de empréstimo hipotecário. Além disso, esta carta servirá como um documento para apoiar meu mérito por aprovação.

Dizer o mais diretamente possível ajudará a economizar tempo. A renda principal e secundária devem ser mencionadas.

Você pode mencionar o negócio ou ocupação que possui. Além disso, há quanto tempo você está ganhando essa quantia e quanto tempo pode continuar mantendo essa renda.

Por exemplo: “Sou gerente de vendas da empresa Y. Trabalho nessa empresa há oito anos. Minha remuneração mensal é de $ XXXXX. Além disso, também tenho uma pequena empresa, a lavagem de carros Z. Essa entidade opera há cinco anos e ganha cerca de $ XXXXX por mês. ”

Indicar anexos

Deve haver uma nota indicando a presença de anexos. Esta seção apresenta basicamente os documentos adicionais, notificando o destinatário de que há documentação adicional que eles podem usar, se necessário.

Encerramento

O fechamento é tão importante quanto sua introdução. As observações finais também variam de acordo com o nível de formalidade e função. Alguns têm objetivos menos profissionais, como “Com prazer”, “Com gratidão” ou “Muito obrigado”.

Existem também frases para situações mais profissionais, como “Atenciosamente,” “Atenciosamente” ou “Atenciosamente”.

Empresa

Especialmente se o documento for impresso, o carimbo da assinatura deve ser o grande final. No espaço fornecido após o fechamento é a parte necessária para assinar a carta e em nenhum outro lugar.

Incluir anexos

Como já indicado, existem documentos adicionais anexados à carta, esta é a seção em que você pode especificá-los. Todos os documentos complementares devem ser nomeados.

Referências

  1. James Wilson (2017). Trabalhadores por conta própria? Veja como mostrar a prova de renda. Os recibos de pagamento. Retirado de: thepaystubs.com.
  2. Jennifer Mueller (2019). Como provar a renda. Retirado de: wikihow.com.
  3. Soma e substância (2020). Prova de renda: como determinar efetivamente a situação financeira de seus clientes. Retirado de: sumsub.com.
  4. Timothy Harris (2019). O que é prova de renda? Guia de apartamentos. Retirado de: apartmentguide.com.
  5. Exemplos (2020). 9+ exemplos de carta de comprovante de renda. Retirado de: examples.com.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies