Comunicação em grupo: características, elementos, exemplos

Comunicação em grupo: características, elementos, exemplos

comunicação em grupo  é um processo pelo qual um grupo de pessoas pode transmitir informações, emoções, idéias e pensamentos entre eles. É um dos tipos mais importantes de comunicação interpessoal, pois ocorre em muitos contextos diferentes e tem um grande impacto no nosso dia a dia.

Para que um processo de comunicação em grupo ocorra, é preciso haver mais de dois participantes. Dependendo das relações entre eles, podemos falar de vários tipos diferentes, alguns dos mais importantes sendo o intragrupo (entre membros do mesmo grupo) e o intergrupo (entre pessoas que não pertencem ao mesmo grupo).

Como em outros tipos de comunicação, dentro do grupo, podemos encontrar elementos explícitos e conscientes, como palavras e gestos deliberados. Por outro lado, também encontramos elementos dos quais os interlocutores não estão totalmente cientes, mas que contribuem com muitas informações para o processo.

Neste artigo, veremos em que consiste exatamente a comunicação em grupo, além de estudar quais são os processos mais importantes que a compõem e vários exemplos concretos que nos ajudarão a entender melhor quando estamos lidando com ela.

Definição de comunicação em grupo

Duas ou mais pessoas

Para a maioria dos autores, comunicação em grupo é qualquer troca de informações que ocorre entre duas ou mais pessoas pertencentes a uma comunidade. Nesse sentido, difere de outros fenômenos semelhantes, como a comunicação de massa, na qual mais de dois indivíduos também participam, mas nos quais essa associação não ocorre.

Jeitos diferentes

A comunicação em grupo pode ocorrer de muitas maneiras diferentes, com um dos membros da comunidade abordando o restante exclusivamente, ou mais reciprocamente na forma de conversa. Além disso, em alguns casos, também pode ocorrer entre membros de diferentes grupos, conhecidos como “comunicação entre grupos”.

Relacionado:  Ebriorexia: sintomas, causas, consequências, tratamentos

Sensação de pertencer

Uma das características mais importantes desse fenômeno de comunicação é a presença de um certo sentimento de pertencer à mesma comunidade por todos os envolvidos.

De acordo com pesquisas a esse respeito, as pessoas tendem a se identificar com aqueles com quem compartilhamos características ou contextos, com diferentes tipos de atitudes e preconceitos de grupo emergindo em nossas mentes.

Elementos de comunicação em grupo

Como nos outros tipos de comunicação, a comunicação em grupo é normalmente estudada com base nos diferentes elementos que permitem a troca de informações. Para a maioria dos especialistas, esses são remetente, destinatário, mensagem, canal, código e contexto. A seguir, veremos no que cada um deles consiste.

– Emissor

Em um contexto de comunicação em grupo, o emissor é a pessoa que transmite as informações que deseja compartilhar com o restante. Sua mensagem deve ser endereçada aos membros de um grupo específico, seja ele próprio ou externo, com quem você deseja falar por algum motivo.

– Receptor

No caso da comunicação em grupo, sempre deve haver mais de um receptor e todos eles devem pertencer à mesma comunidade para que esse contexto ocorra. Os receptores são aqueles a quem o processo de comunicação é direcionado e, nesse caso, compartilham uma série de recursos semelhantes que os levaram a ingressar em um grupo.

– Mensagem

Em todos os tipos de comunicação, a mensagem é o conjunto de informações, idéias, atitudes, pensamentos e emoções que o remetente transmite ao (s) destinatário (s). No caso da comunicação em grupo, geralmente tem a ver com algo relacionado à comunidade em que ocorre, embora isso nem sempre seja verdade.

Relacionado:  Bibliofilia: sintomas, causas, consequências, tratamento

Por exemplo, em uma reunião de amigos, um dos membros do grupo pode querer transmitir notícias importantes para o resto, de forma que as informações sejam relacionadas apenas a si mesmas. No entanto, em outros casos, a mensagem transmitida afeta todos os membros da comunidade.

– Canal

O canal é o meio pelo qual as informações são transmitidas do remetente para os receptores. Tradicionalmente, na comunicação em grupo tradicional, o único canal possível era a fala, pois não havia outra maneira de enviar uma mensagem para mais de uma pessoa ao mesmo tempo.

Atualmente, no entanto, novas tecnologias, como redes sociais, serviços de mensagens instantâneas e videochamadas, possibilitaram o uso de outros canais que não a fala pessoal que permitem que os membros de um grupo se comuniquem massivamente sem serem fisicamente presente.

– Código

O código é um conjunto de elementos que permitem que os participantes no processo de comunicação se entendam e possam transmitir e receber a mensagem corretamente. Normalmente inclui fatores como a linguagem falada ou escrita que está sendo usada, mas no caso da comunicação em grupo, ela também incorpora outros elementos.

Assim, dentro de um grupo, é perfeitamente possível que haja elementos comunicativos compartilhados pelos membros do grupo, mas que não seriam entendidos por ninguém externo a ele. Esses elementos também fazem parte do código.

– Contexto

Finalmente, na comunicação, o contexto é considerado tudo o que envolve a troca de informações. Dentro desse elemento, encontramos, por exemplo, a natureza do relacionamento entre o remetente e o destinatário, suas características pessoais, sua intenção ou a cultura em que vivem.

No caso da comunicação em grupo, é essencial estudar o contexto em que ocorre para entender corretamente o que está acontecendo. Dependendo das relações existentes entre os membros da comunidade, da hierarquia de cada um deles, do seu passado conjunto e de outros fatores, como crenças ou atitudes, a troca de informações se desenvolverá de uma maneira ou de outra.

Relacionado:  Pessoas introvertidas: personalidade e recomendações

Exemplos

A comunicação em grupo ocorre em muitos contextos diferentes de nossas vidas, sendo de fato um dos tipos mais comuns. Assim, podemos observar esse fenômeno na forma de um grupo de amigos conversando sobre o que acontece no seu dia a dia, mas também em uma reunião de trabalho ou jantar em família.

Referências

  1. “Comunicação em grupo” em: MBA Skool. Retirado em: 08 de março de 2020 no MBA Skool: mbaskool.com.
  2. “Comunicação em grupo” em: Enciclopédia. Retirado em: 8 de março de 2020 de Encyclopedia: encyclopedia.com.
  3. “Comunicação efetiva em grupo” em: Chron. Retirado em: 08 de março de 2020 em Chron: smallbusiness.chron.com.
  4. “Definindo comunicação em grupo” em: Coursera. Retirado em: 08 de março de 2020 de Coursera: coursera.com.
  5. “Resumo da comunicação do grupo” em: Lumen. Retirado em: 08 de março de 2020 da Lumen: cursos.lumenlearning.com.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies