Comunicação intragrupo: características, níveis, importância, exemplos

Comunicação intragrupo: características, níveis, importância, exemplos

comunicação intragrupo  é um processo de troca de informações que ocorre entre dois ou mais indivíduos pertencentes ao mesmo grupo. É a contrapartida da comunicação entre grupos, na qual o processo de comunicação ocorre entre membros individuais de diferentes comunidades. Essa diferença gera características muito diferentes nos dois fenômenos.

A comunicação intragrupo é normalmente considerada um subtipo de interpessoal. No entanto, a natureza especial do relacionamento entre o remetente e o destinatário fornece uma série de recursos que tornam necessário estudá-lo separadamente.

Existem muitas teorias diferentes sobre a comunicação intragrupo, porque existem vários fenômenos que intervêm nela. Compreender aspectos como a hierarquia dos interlocutores, o contexto comum que eles compartilham, a natureza dos relacionamentos entre eles ou sua história passada como comunidade é essencial para entender o que está acontecendo.

Neste artigo, veremos quais são as características mais importantes da comunicação intragrupo e como ela difere de outros tipos de troca de informações com as quais compartilha algumas semelhanças.

Características da comunicação intragrupo

– Ocorre em comunidades específicas

Na psicologia social, nem todos os grupos de pessoas podem ser considerados grupos. Pelo contrário, são entidades com uma série de características próprias que as distinguem de outras similares, como organizações ou relacionamentos interpessoais comuns.

Segundo a teoria social, os grupos geralmente são compostos de três a vinte pessoas, com o número mais comum sendo cinco membros. Todas as pessoas que os compõem compartilham uma série de interesses e têm um objetivo comum, o que significa que permanecem juntas ao longo do tempo, mesmo que não exista um evento específico que chame sua atenção.

Por outro lado, os grupos são regulados por uma série de normas implícitas e explícitas, bem como por expectativas comuns que ajudam seus membros a alcançar seus objetivos comuns. No entanto, essas regras e regulamentos não são impostos por um dos membros do grupo, mas desenvolvem-se naturalmente ao longo do tempo.

– Tem uma natureza complexa

Uma das características mais importantes da comunicação intragrupo é que ela normalmente não ocorre de maneira simples entre duas pessoas que pertencem ao mesmo grupo.

Pelo contrário, para entender corretamente o que está acontecendo, é necessário entender todas as trocas de informações que ocorrem dinamicamente entre os diferentes membros.

Nesse sentido, um dos elementos que mais difere entre esse tipo de comunicação e outros mais simples é o contexto. Como já vimos, as expectativas de cada membro, hierarquias, histórico passado e as normas implícitas e explícitas dele entram em jogo em um grupo.

Portanto, um observador externo que não conhece pelo menos o mais básico de todos esses elementos terá dificuldade em entender o que realmente está acontecendo em uma troca de informações específica.

– Sua função está relacionada ao próprio grupo

Nem todas as trocas de informações dentro de um grupo se enquadram nessa categoria. Para que uma mensagem seja considerada comunicação intragrupo, ela deve ser importante para o funcionamento da comunidade. Portanto, existem apenas algumas funções consideradas válidas nesse sentido.

Os tipos mais comuns de comunicação intragrupo são aqueles que ajudam os membros a estabelecer novas metas, melhorar o relacionamento entre si, fortalecer a identidade do grupo, aumentar a motivação ou ajudar a manter o grupo estável.

Níveis de comunicação intragrupo

Existem muitas teorias diferentes de comunicação, mas a maioria delas divide os processos de troca de informações em certos níveis, daqueles que envolvem menos indivíduos aos que ocorrem em contextos mais amplos.

Geralmente, os níveis superiores abrangem os inferiores. Nesse sentido, a comunicação no nível de uma sociedade inteira (um dos níveis mais altos) inclui processos de nível inferior, como aqueles que se referem à comunicação intrapessoal ou intergrupal.

Desse ponto de vista, a comunicação intragrupo está em um dos níveis mais baixos que existem. Assim, a hierarquia mais aceita seria a seguinte:

– Comunicação intrapessoal.

– nível interpessoal.

– Comunicação intragrupo.

– Comunicação entre grupos.

– nível comunitário.

– nível da sociedade.

Ainda assim, existem muitas variantes dessa teoria, que adicionam vários níveis em diferentes pontos da hierarquia. Além disso, cada um deles fornece uma série de características para cada um dos níveis.

Importância

Entender a comunicação em grupo é essencial para entender essa entidade social. As mensagens trocadas entre os membros da comunidade são uma das ferramentas mais úteis para entender a natureza do relacionamento entre seus membros, além das do próprio grupo.

Nesse sentido, a comunicação intragrupo pode servir para diferenciar um grupo circunstancial de um puramente social. Além disso, também nos fornece pistas para entender as hierarquias e papéis que cada um de seus membros desempenha, além de dados sobre sua história passada e sobre a cultura e os valores da comunidade.

No próprio grupo, a comunicação intragrupo é importante porque é a principal ferramenta com a qual os membros do grupo podem melhorar seu relacionamento, permanecer conectados e seguir em frente mesmo nos momentos mais difíceis. Portanto, é necessário que os membros da comunidade possam transmitir suas emoções e pensamentos de maneira adequada.

Exemplos

A comunicação intragrupo constitui grande parte das interações que realizamos no nosso dia a dia. Isso ocorre porque quase todos os nossos relacionamentos fazem parte de um grupo, alguns exemplos muito comuns são nossa família ou nosso grupo habitual de amigos.

No entanto, como já vimos, nem todas as interações que ocorrem dentro de um grupo precisam ser um exemplo desse tipo de comunicação. Uma família debatendo onde ir de férias poderia ser considerada uma interação de comunicação intragrupo, mas se eles estivessem falando sobre o clima, nos encontraríamos diante de um tipo diferente de troca de informações.

Referências

  1. “Quais são os diferentes níveis de comunicação?” em estudo. Retirado em: 09 de março de 2020 em Study: study.com.
  2. “Comunicação em grupo” em: Enciclopédia. Retirado em: 9 de março de 2020 em Encyclopedia: encyclopedia.com.
  3. “Definição de comunicação de grupo” em: MBA Skool. Recuperado em: 09 de março de 2020 no MBA Skool: mbaskool.com.
  4. “Comunicação intragrupo” em: Tudo sobre comunicação. Retirado em: 9 de março de 2020 em Todo Sobre Comunicação: todosobrecomunicacion.com.
  5. “Níveis do processo de comunicação” em: Eumed. Retirado em: 09 de março de 2020 de Eumed: eumed.net.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies