Eletricidade Dinâmica: Como é Produzida, Tipos, Exemplos

A energia dinâmica , mais conhecida como corrente eléctrica corresponde ao fluxo de electrões através de um condutor de electricidade. Geralmente esse fluxo se origina devido a uma diferença no potencial elétrico. As fontes de energia podem ser químicas (baterias) e eletromecânicas (por exemplo, geradores hidráulicos).

Os condutores podem ser sólidos, líquidos ou gasosos, uma vez que o movimento dos elétrons é produzido por qualquer meio, dependendo da resistência que possui em relação à condutividade elétrica.

Eletricidade Dinâmica: Como é Produzida, Tipos, Exemplos 1

Como é produzido?

Sem dúvida, o fato de a corrente elétrica estar associada ao dinamismo implica movimento. Portanto, esse fenômeno é estudado através do ramo da física chamado eletrodinâmica.

Como mencionado anteriormente, o movimento dos elétrons é devido à diferença de tensão (tensão) entre dois pontos, que devem ser conectados por um material eletricamente condutor.

Isso resulta na presença de um campo elétrico que, por sua vez, induz o fluxo de eletricidade através do sistema.

Para que os elétrons se mobilizem, eles devem deixar o núcleo de um átomo com uma carga elétrica equilibrada, é quando um elétron livre é gerado. São chamadas partículas de carga móvel e são o que possibilita o fluxo de eletricidade sob a ação de um campo elétrico.

O campo elétrico pode ser apresentado graças a mecanismos de geração de células eletromecânicas, termoelétricas, hidráulicas ou eletroquímicas, como baterias de veículos, entre outros.

Eletricidade Dinâmica: Como é Produzida, Tipos, Exemplos 2

Independentemente do processo de geração de energia elétrica, cada mecanismo tem uma diferença de potencial em suas extremidades. No caso de corrente contínua (por exemplo, baterias químicas), as saídas da bateria têm um terminal positivo e um negativo.

Quando as duas extremidades estão conectadas a um circuito condutor, a circulação da corrente elétrica através dela se torna favorável, dando origem a eletricidade dinâmica.

Relacionado:  Modelo mecano-atlântico do átomo: comportamento, exemplos

Tipos

Dependendo de sua natureza e características de circulação, a eletricidade dinâmica pode ser contínua ou direta. Aqui está uma breve descrição de cada tipo de eletricidade dinâmica:

Corrente continua

Esse tipo de corrente circula em uma única direção, sem flutuações ou perturbações no fluxo.

Se a rota feita ao longo do tempo for plotada, uma linha reta e perfeitamente horizontal será apreciada, desde que o nível de tensão (tensão) permaneça constante ao longo do tempo.

Eletricidade Dinâmica: Como é Produzida, Tipos, Exemplos 3

Nesse tipo de eletricidade dinâmica, a corrente elétrica sempre circula na mesma direção; isto é, os terminais positivo e negativo mantêm sua polaridade o tempo todo, eles nunca se alternam.

Uma das maiores desvantagens da corrente contínua, conhecida como DC por sua sigla em inglês ( corrente contínua ), é a baixa resistência dos condutores ao transmitir energia elétrica com altos níveis de tensão e longas distâncias.

O aquecimento que ocorre nos condutores através dos quais circula a corrente direta implica perdas significativas de energia, pelo que a corrente direta é ineficiente nesse tipo de processo.

Corrente alternada

Esse tipo de corrente circula em duas direções alternativas, como o nome indica. Durante um meio ciclo, a corrente apresenta um sinal positivo e, durante o restante ciclo, adota um sinal negativo.

A representação gráfica desse tipo de corrente em relação ao tempo reflete uma curva sinusoidal, cujo movimento varia periodicamente.

Eletricidade Dinâmica: Como é Produzida, Tipos, Exemplos 4

Na corrente alternada, conhecida popularmente como CA por sua sigla em inglês ( corrente alternada ), a direção da circulação de elétrons muda a cada meio ciclo.

Atualmente, a corrente alternada é utilizada na geração, transmissão e distribuição de eletricidade em todo o mundo, graças aos seus altos níveis de eficiência no processo de transporte de energia.

Relacionado:  Teorema de Torricelli: no que consiste, fórmulas e exercícios

Além disso, os transformadores de tensão permitem que a tensão do sistema de transmissão suba e desça rapidamente, o que ajuda a otimizar as perdas técnicas devido ao aquecimento dos condutores durante o processo.

Exemplos reais

A eletricidade dinâmica, na forma de corrente contínua e na forma de corrente alternada, está presente em nossas vidas em várias aplicações diárias. Alguns exemplos tangíveis de eletricidade dinâmica do dia-a-dia são:

– Geradores elétricos que fornecem eletricidade para grandes cidades, seja por turbinas hidrelétricas ou eólicas, usinas termelétricas e até painéis solares, entre outros mecanismos.

Eletricidade Dinâmica: Como é Produzida, Tipos, Exemplos 5

– As tomadas elétricas domésticas, através das quais os aparelhos domésticos e outros utensílios domésticos que necessitam de eletricidade são alimentados, são o fornecedor local de eletricidade para uso residencial.

– Baterias para veículos ou telefones celulares, bem como baterias domésticas para aparelhos portáteis. Tudo isso funciona com arranjos eletroquímicos que induzem a circulação de corrente contínua, unindo as extremidades do dispositivo.

– As cercas eletrificadas, também conhecidas como cercas elétricas, operam a partir da descarga de corrente contínua, que expulsa a pessoa, animal ou objeto que estabelece contato direto com a cerca.

Você tem riscos à saúde?

A corrente elétrica apresenta múltiplos riscos para a saúde do ser humano, pois pode causar queimaduras e lacerações graves, podendo até matar um indivíduo, dependendo da intensidade do choque.

Para avaliar os efeitos da circulação de corrente elétrica pelo corpo, dois fatores básicos devem ser considerados: a intensidade da corrente e o tempo de exposição a ela.

Por exemplo: se uma corrente de 100 mA circula pelo coração de uma pessoa comum por meio segundo, há uma alta probabilidade de ocorrência de fibrilação ventricular; isto é, que o coração começa a tremer.

Relacionado:  Calor latente: fusão, vaporização, solidificação, condensação

Nesse caso, o coração para de bombear sangue regularmente para o corpo, uma vez que os movimentos naturais do coração (sístole e diástole) não ocorrem e o sistema circulatório é gravemente afetado.

Além disso, diante de um choque elétrico, são produzidas contrações musculares que produzem movimentos prematuros no corpo das pessoas afetadas. Consequentemente, as pessoas são vulneráveis ​​a quedas e ferimentos graves.

Referências

  1. Centro Canadense de Saúde e Segurança Ocupacional (2018). Segurança Elétrica – Informações Básicas. Recuperado de: ccohs.ca
  2. Eletricidade dinâmica (sf). Recuperado de: vidyut-shaastra.com
  3. Riscos elétricos (2017). Comcare do governo australiano. Recuperado de: comcare.gov.au
  4. Eletricidade (2016). Recuperado por: significados.com
  5. Platt, J. (2013). Segurança elétrica: como a corrente elétrica afeta o corpo humano. Recuperado de: mnn.com
  6. O que é corrente elétrica? (sf). Recuperado de: fisicalab.com
  7. Wikipedia, A Enciclopédia Livre (2018). Corrente elétrica. Recuperado de: en.wikipedia.org

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies