Escudo da Missão: História e Significado

Escudo da Missão: História e Significado

O brasão de armas de Misiones está um pouco distante da maioria dos brasões de armas das províncias argentinas, principalmente nas cores utilizadas. Refere-se ao mate, a principal cultura da região; e às Cataratas do Iguaçu, um monumento natural.

Sendo a nona província mais populosa do país, é sustentada financeiramente graças ao plantio de erva-mate, chá e frutas cítricas. A erva-mate tornou-se a planta preferida para decorar o contorno do brasão de armas desta província.

O turismo em Misiones tem sido um impulsionador da economia local. As famosas Cataratas do Iguaçu são de grande atração turística, o que ajudou o desenvolvimento econômico e de infraestrutura da província.

Essas quedas, que são o monumento natural mais destacado de Misiones, fazem parte do conjunto de símbolos da província que estão presentes em seu brasão.

Misiones, como os estados do sul do Brasil, são culturalmente diversos, em parte graças ao número de imigrantes que chegaram na segunda metade do século 20, da Suíça, Alemanha, Rússia, Dinamarca e Polônia, além de descendentes brasileiros. destes.

O território foi disputado entre Brasil, Paraguai e Argentina no período colonial e durante a luta pela independência, até o final do século XVI, oficialmente, tornou-se parte da Argentina.

História

O atual brasão de armas de Misiones é relativamente novo, já que a província usou o brasão nacional da Argentina durante a maior parte de sua história.

Em 1955, obteve seu próprio escudo, três anos depois de ser reconhecida como província argentina.

Era de forma retangular e bem diferente da das outras regiões. Essa iteração durou apenas 4 anos e incluiu um ramo de erva-mate.

Foi somente no Decreto-Lei nº 3.769, de 30 de dezembro de 1959, que Misiones obteve oficialmente seu atual escudo oval, mantendo as cores da versão anterior e alguns de seus símbolos, mas com uma distribuição diferente.

Relacionado:  Vicente Ramón Roca: biografia, juventude e evolução política

Significado

Na versão de 1959, ainda em uso, o oval é dividido em duas metades – azul acima e branco abaixo -, coincidindo com as cores nacionais argentinas.

A metade inferior branca indica as Cataratas do Iguaçu, enquanto a metade superior em azul serve de céu sobre o monumento natural.

No lado direito do céu, há um sol com raios de comprimentos diferentes um do outro, que é colocado sobre as cataratas e, de alguma forma, faz referência gratuita ao sol de maio, embora sem as características faciais.

Na parte superior central, existem alguns bastões missionários entrelaçados com um arco e uma flecha, que juntos representam os missionários, caciques e lobistas dos períodos jesuíta, cacique e lobista, respectivamente.

Dois cachos de erva-mate podem ser vistos em ambos os lados externos da oval (esquerda e direita), representando não apenas uma planta tradicional argentina, mas a principal colheita da província.

Delimitando o oval em suas partes superior e inferior está a inscrição “Província de Misiones”, escrita em letras maiúsculas no que seria um papel de pergaminho enrolado em suas extremidades.

Referências

  1. Heráldica Argentina – Província de Misiones: heraldicaargentina.com.ar
  2. Site oficial da Província de Misiones: missions.gov.ar
  3. All Portal – O significado do escudo de todas as províncias argentinas: taringa.net
  4. Wikipedia – Missões da província: en.wikipedia.org
  5. TyH Turismo – História do brasão de armas da província de Misiones: web.archive.org

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies