Método descritivo: características, etapas e exemplos

O método descritivo é uma abordagem de pesquisa que busca descrever e analisar um fenômeno ou objeto de estudo de forma detalhada e minuciosa. Neste método, a ênfase está na observação e na coleta de dados diretos, com o objetivo de identificar características, padrões e relações entre variáveis. As etapas do método descritivo geralmente incluem a definição do problema de pesquisa, a coleta de dados, a análise dos dados e a interpretação dos resultados. Alguns exemplos de estudos que utilizam o método descritivo incluem pesquisas de mercado, estudos de casos, levantamentos e observações diretas. Este método é amplamente utilizado em diversas áreas do conhecimento, como psicologia, sociologia, educação, entre outras.

Qual método é utilizado para descrever características detalhadas de um objeto ou fenômeno?

O método utilizado para descrever características detalhadas de um objeto ou fenômeno é o método descritivo. Esse método consiste em observar cuidadosamente o objeto ou fenômeno em questão e descrever de forma detalhada suas características, propriedades e comportamentos.

Para realizar uma descrição detalhada, é importante seguir algumas etapas. Primeiramente, é necessário selecionar o objeto ou fenômeno a ser descrito e definir claramente o que será observado. Em seguida, é preciso coletar dados através da observação direta, medições ou entrevistas, dependendo do caso.

Uma vez coletados os dados, o pesquisador deve organizar as informações de forma coerente e estruturada, destacando as características mais relevantes. É importante utilizar uma linguagem clara e objetiva, evitando ambiguidades e interpretações subjetivas.

Alguns exemplos de utilização do método descritivo incluem estudos de caso, análises de documentos, observações de campo e levantamentos estatísticos. Esse método é amplamente utilizado em diversas áreas do conhecimento, como ciências sociais, psicologia, geografia e biologia, entre outras.

Entendendo a pesquisa descritiva e sua aplicação prática através de exemplos.

A pesquisa descritiva é um método que tem como objetivo descrever características de uma determinada população ou fenômeno, sem interferir neles. É uma abordagem que busca analisar e interpretar os dados coletados, sem realizar manipulações. Esse tipo de pesquisa é bastante utilizado em diversas áreas do conhecimento, como na sociologia, psicologia, educação, entre outras.

Para realizar uma pesquisa descritiva, é necessário seguir algumas etapas, como a definição do problema de pesquisa, a elaboração de um plano de coleta de dados, a coleta de informações, a análise e interpretação dos dados e a apresentação dos resultados. É importante ressaltar que a pesquisa descritiva não busca estabelecer relações de causa e efeito, mas sim descrever as características de um determinado fenômeno.

Um exemplo prático de pesquisa descritiva seria um estudo que busca descrever o perfil dos alunos de uma determinada escola, levando em consideração variáveis como idade, gênero, classe social, entre outras. Para isso, poderiam ser utilizados questionários ou entrevistas para coletar as informações necessárias, e em seguida os dados seriam analisados e interpretados para descrever o perfil dos alunos da escola.

Em resumo, a pesquisa descritiva é um método que busca descrever características de uma determinada população ou fenômeno, sem interferir neles. É uma abordagem que pode ser aplicada em diversas áreas do conhecimento, permitindo a análise e interpretação de dados de forma objetiva e sistemática.

Relacionado:  Elton Mayo: Biografia e contribuições mais importantes

Entenda o funcionamento do estudo descritivo em detalhes e de forma simplificada.

O estudo descritivo é uma metodologia de pesquisa que tem como objetivo descrever características de uma determinada população ou fenômeno, sem interferir ou modificar o que está sendo estudado. Esse tipo de estudo é utilizado para obter uma visão geral e detalhada de determinado assunto, sem necessariamente buscar explicações ou relações de causa e efeito.

Para realizar um estudo descritivo, é necessário seguir algumas etapas. Primeiramente, é preciso definir claramente o objeto de estudo e as variáveis que serão observadas. Em seguida, é feita a coleta de dados, que pode ser feita por meio de observação, questionários, entrevistas, entre outros métodos. Após a coleta, os dados são organizados e analisados de forma a apresentar as características principais da população estudada.

Um exemplo de estudo descritivo seria uma pesquisa que busca descrever o perfil demográfico de uma determinada região. Nesse caso, seriam coletadas informações como idade, gênero, nível de escolaridade, entre outras variáveis, para traçar um panorama da população estudada. Esses dados seriam então apresentados de forma descritiva, sem buscar explicar as razões por trás das características observadas.

Em resumo, o estudo descritivo é uma ferramenta importante para obter informações detalhadas sobre determinado tema, sem buscar relações de causa e efeito. É uma forma de conhecer melhor as características de uma população ou fenômeno, contribuindo para o avanço do conhecimento em diversas áreas de estudo.

Principais elementos da pesquisa descritiva: conheça os componentes essenciais deste tipo de estudo.

A pesquisa descritiva é um tipo de estudo que tem como objetivo descrever a realidade investigada de forma detalhada e precisa. Para isso, é importante conhecer os principais elementos que compõem esse tipo de pesquisa.

Um dos principais elementos da pesquisa descritiva é a observação. Por meio da observação direta ou indireta, o pesquisador coleta dados e informações sobre o objeto de estudo, registrando as suas características e comportamentos de forma sistemática.

Outro elemento essencial da pesquisa descritiva é a descrição. Após coletar os dados, o pesquisador descreve de forma detalhada as características, fenômenos e relações observadas, sem realizar interpretações ou generalizações precipitadas.

Além disso, a pesquisa descritiva também envolve a análise dos dados coletados. Nessa etapa, o pesquisador organiza, classifica e interpreta as informações obtidas, buscando identificar padrões, tendências e relações entre os dados.

Por fim, a pesquisa descritiva requer a apresentação dos resultados. O pesquisador deve apresentar de forma clara e objetiva os dados coletados, as análises realizadas e as conclusões obtidas, permitindo que outros pesquisadores possam compreender e avaliar o estudo realizado.

Em resumo, os principais elementos da pesquisa descritiva incluem a observação, a descrição, a análise e a apresentação dos resultados. Esses componentes são essenciais para garantir a qualidade e a validade do estudo realizado.

Método descritivo: características, etapas e exemplos

O método descritivo é um dos métodos qualitativos utilizados em pesquisas que têm como objetivo avaliar algumas características de uma determinada população ou situação.

Relacionado:  Os 8 tipos de hipóteses de pesquisa (com exemplos)

Na pesquisa descritiva, conforme indicado pelo nome, o objetivo é descrever o estado e / ou o comportamento de uma série de variáveis.

Método descritivo: características, etapas e exemplos 1

O método descritivo orienta o pesquisador durante o método científico na busca de respostas para perguntas como: quem, o que, quando, onde, independentemente do porquê.

Descrever implica observar sistematicamente o objeto de estudo e catalogar as informações observadas para que possam ser usadas e replicadas por outras pessoas.

O objetivo desse tipo de método é obter dados precisos que possam ser aplicados em médias e cálculos estatísticos que refletem tendências, por exemplo.

Normalmente, esse tipo de estudo é o que abre caminho para outros mais profundos e complexos sobre um determinado fenômeno, oferecendo dados sobre sua forma e função.

Da mesma forma, é comum o pesquisador ser tentado a estabelecer relações causais com resultados de estudos descritivos, o que representa um erro metodológico.

Características do método descritivo

Algumas das características mais representativas do método descritivo são:

  • Serve uma metodologia qualitativa.
  • Geralmente, é uma primeira abordagem ao objeto de estudo e funciona como um catalisador para novas pesquisas.
  • Permite obter muitos dados precisos sobre o objeto de estudo.
  • Implica observação cuidadosa e um registro fiel do que foi observado.
  • Não suporta generalizações ou projeções.
  • Utiliza diferentes técnicas e instrumentos para coleta de dados: entrevistas, pesquisas, documentação, observação participante, etc.

Etapas do método descritivo

1-Identificação e definição do problema

É o primeiro passo da investigação. Este é o momento em que é decidido o que deve ser investigado e o tipo de perguntas para as quais a resposta será buscada.

2-Desenvolvimento e construção de instrumentos

De acordo com o que se pretende investigar, os instrumentos para coleta de dados devem ser selecionados.

Essa fase do processo deve ser realizada com alguma antecipação, para garantir que os instrumentos sejam adequados para obter as informações desejadas.

3-Observação e registro de dados

É um momento crucial no processo, pois implica estar ciente da realidade observada para anotar o máximo de detalhes possível.

Idealmente, essa observação não altera as condições naturais em que ocorre o fenômeno ou a situação a ser estudada.

4-Decodificação e categorização de informações

Neste momento do processo, os dados percebidos são transcritos em algum formato e organizados de acordo com sua importância ou significado.

Dessa forma, será mais fácil processar as informações quando se trata de grandes quantidades ou categorias diferentes que podem ser confundidas.

5-Análise

Após a catalogação dos dados, será o momento de sua interpretação e análise com referência ao objeto de estudo.

Essa análise não deve estabelecer relações causais, uma vez que a natureza do método não o permite.

6-Propostas

Este é o momento do processo em que são sugeridas as seguintes etapas da investigação do objeto de estudo fornecido.

Com as informações coletadas, é normal que surjam novas perguntas e é aqui que a investigação sobre essas questões é proposta.

Alguns exemplos do método descritivo

Estudos de caso

É um tipo de estudo no qual todas as informações possíveis sobre a situação existente são coletadas no momento em que os instrumentos ou a técnica selecionada são aplicados.

Relacionado:  Pesquisa de Campo: Características, Tipos e Etapas

Se você fala sobre um indivíduo, isso é feito considerando-o como um caractere de tipo para poder fazer generalizações. E n Nesse caso, você deve incluir informações sobre as pessoas e os fatos que cercam o indivíduo.

Essa informação deve vir de diferentes fontes; entrevistas, pesquisas, pesquisa documental e medições físicas e / ou psicológicas.

Série de casos

É o mesmo estudo de caso, realizado entre diversas entidades ou sujeitos com características semelhantes, para elaborar um único relatório / relatório e propor pesquisas sobre a inter-relação de variáveis.

Estudos de predominância

Eles consistem em uma revisão da prevalência de certas doenças em um espaço geográfico definido por um determinado período de tempo.

Nesse sentido, acaba descrevendo a saúde de uma população.

Etnografia

É o estudo direto e próximo de pessoas por um determinado período de tempo.

Geralmente se aplica a grupos de pessoas com características semelhantes, como etnias ou subculturas, para extrair informações sobre seus costumes, ritos e características.

O objetivo é obter uma imagem muito realista do grupo estudado, para que o pesquisador entre no grupo e participe de seus usos e costumes.

É uma técnica qualitativa que visa apenas oferecer uma “fotografia” realista e detalhada da operação de um determinado grupo de pessoas.

Em suma, o método descritivo utilizado nas investigações é de grande ajuda para conhecer em profundidade o fato ou a situação objeto da curiosidade científica.

Pesquisas

São questionários estruturados que tentam descrever em profundidade o fenômeno em estudo em um determinado momento.Para alcançar essa descrição, a pesquisa vai investigar os pensamentos, opiniões e sentimentos dos indivíduos.

Eles podem ser feitos por correio, telefone ou entrevistas pessoais.Pesquisas exigem trabalho com amostras estatisticamente representativas.

Observação

Quando o método observacional é aplicado, é importante ter em mente que:

  • É obrigatório definir com precisão as condições de observação.
  • Deve ser uma observação sistemática e objetiva.
  • Você deve fazer um registro rigoroso do que foi observado.
  • Não intervenha na realidade observada para não alterar os dados.

Algumas pesquisas que usam o método descritivo podem ser:

  • Censos
  • Pesquisas pré-eleitorais.
  • Estudos do ambiente de trabalho.
  • Estados da arte

Expressão de dados em estudos descritivos

Os dados coletados por métodos descritivos podem ser expressos em termos qualitativos e quantitativos, separadamente ou em conjunto.

Dados qualitativos são usados ​​quando o objetivo é examinar a natureza dos fenômenos.Embora dados quantitativos se apliquem para expor os resultados de um cálculo ou medição.

Referências

  1. Aço, Angie (s / f). Método descritivo. Recuperado de: es.scribd.com
  2. Cortese, Abel (s / f) O que são estudos descritivos? Recuperado de: technical-of-studies.org
  3. Gross, Manuel (s / f). Conheça três tipos de pesquisa: descritiva, exploratória e explicativa. Recuperado de: manuelgross.bligoo.com
  4. Reid, Ari (s / f). Qual o significado do método descritivo sob investigação? Traduzido por Alejandro Moreno. Recuperado de: ehowenespanol.com
  5. Universidade de Valência (s / f). Estatística descritiva. Métodos Recuperado de: uv.es

Deixe um comentário