Movimento Social: Características, Tipos e Exemplos

Um movimento social é um tipo de ação em grupo cujo objetivo principal é capacitar populações oprimidas contra as elites sob as quais estão inseridas. Em geral, são grandes grupos (que podem ser formalmente organizados ou não) que se preocupam com problemas políticos ou sociais específicos.

Os movimentos sociais têm como objetivo principal criar uma mudança social ou resistir ou mudar uma anterior. É a principal maneira que os grupos sociais menos favorecidos têm de tentar gerar uma mudança na sociedade.

Movimento Social: Características, Tipos e Exemplos 1

Segundo vários pesquisadores, a proliferação de movimentos sociais na cultura ocidental do século XX e do século XXI deve-se a fatores como a liberdade de expressão, aumentando o bem-estar econômico da maioria das pessoas e a educação universal.

Embora movimentos sociais também tenham ocorrido em alguns países em desenvolvimento, a maioria deles ocorre em países democráticos. Hoje, graças ao uso de tecnologias como a Internet e a mídia , o surgimento de novos movimentos sociais está mais rápido do que nunca.

Por que surgem movimentos sociais?

Os movimentos sociais não aparecem sem mais. Segundo os pesquisadores, geralmente um movimento social pode aparecer devido a três fatores:

– Mudanças na cultura.

– Desigualdades na sociedade.

– injustiças sociais.

Mudanças na cultura

Todas as culturas mudam constantemente; Tradições se transformam, valores evoluem e novas idéias aparecem. Quando uma cultura muda muito, certos setores da sociedade podem se organizar para provocar um movimento social.

Alguns dos movimentos sociais mais importantes produzidos por uma mudança no modo de pensar foram a chegada da democracia, a educação universal ou a rejeição dos valores religiosos tradicionais.

Desalinhamento na sociedade

Quando as sociedades mudam, elas não o fazem de maneira uniforme. Enquanto algumas partes evoluem rapidamente, outras permanecem estagnadas, gerando situações de desigualdade e injustiça, além de incertezas.

Relacionado:  Kinesis: tipos e aplicações

Quando algumas pessoas sentem que seu modo de vida tradicional não atende mais às demandas de uma sociedade moderna, podem desenvolver a sensação de que estão isoladas do resto. Como resultado, eles se sentirão frustrados, confusos, inseguros ou até com raiva.

Se eles ocorrem em uma parte importante da população, esses sentimentos podem levar ao surgimento de um movimento social.

Injustiças sociais

Ocasionalmente, um grupo de pessoas com uma característica em comum sente que foi oprimido devido a essa característica. Essa percepção causa um sentimento de injustiça, que pode se tornar um grande catalisador para movimentos sociais.

Ao contrário do que pode parecer à primeira vista, injustiças sociais podem ocorrer em todos os setores da sociedade, não apenas entre as populações mais pobres ou mais desfavorecidas. Isso ocorre porque o sentimento de injustiça é fundamentalmente subjetivo.

Características de um movimento social

Não há consenso universal sobre as características de um movimento social. Isso se deve ao grande número de tipos existentes e às diferenças entre seus objetivos, métodos e contextos históricos.

No entanto, alguns teóricos que tentaram definir as características mais importantes dos movimentos sociais destacaram o seguinte:

– ação coletiva.

– natureza temporária.

– Orientado para a mudança social.

– Existência de uma ideologia.

– Estrutura e organização.

Ação coletiva

Os movimentos sociais implicam um esforço comum de um grande grupo de pessoas, mas, para que um movimento social exista, esse esforço deve ser prolongado ao longo do tempo e ser capaz de despertar o interesse de um crescente grupo de cidadãos.

Natureza temporária

Todos os movimentos sociais passam por uma série de fases semelhantes, desde o surgimento até a dissolução. Essas fases são as seguintes: criação, crescimento do movimento, resultados (positivos e negativos) e sua dissolução.

Relacionado:  Quais problemas a economia aborda?

Portanto, uma vez que um movimento social tenha alcançado seus objetivos – ou, pelo contrário, tenha desistido de tentar alcançá-los -, tenderá a desaparecer organicamente.

Orientado para a mudança social

Os movimentos sociais têm como objetivo principal alcançar uma mudança na sociedade, seja em uma parte específica ou no todo.

Devido à natureza das mudanças sociais, os movimentos tendem a ir contra uma ordem estabelecida, que se defenderá para tentar manter os costumes, tradições e modos de pensar contra os quais esses movimentos lutam.

Existência de uma ideologia

Para um movimento social emergir como tal, deve ser apoiado por uma ideologia específica. Caso contrário, uma demonstração ou protesto seria apenas um evento isolado, sem nenhuma projeção futura.

Estrutura e organização

Essa característica, embora refutada por alguns teóricos, é uma parte importante da maioria dos movimentos sociais da história.

Nos movimentos sociais, os membros são divididos entre líderes e seguidores, para que haja uma cúpula de poder que organize o movimento e crie a base ideológica por trás dele.

Tipos de movimento social

Geralmente, geralmente distinguimos entre seis tipos de movimentos sociais:

Migratório

Eles ocorrem quando um grande número de pessoas deixa seu local de origem e se instala em outro local. Essa migração é considerada apenas um movimento social se sua causa for um descontentamento generalizado com uma situação no local de origem.

Expressivo

Ocorrem quando um grupo social se sente diante de um sistema opressivo do qual não pode escapar ou mudar. Neste momento, o grupo tenta ignorar sua realidade e se concentrar em modificar sua percepção das coisas.

Utopistas

Eles tentam criar um sistema social perfeito, que só existia na imaginação e não na realidade. Alguns movimentos socialistas do século XIX foram chamados de utópicos, como Sarvodaya.

Relacionado:  Os 11 pratos mais saborosos de Caldas

Reformistas

Eles tentam modificar algumas partes da sociedade sem transformá-la completamente. Esse tipo de movimento social só pode existir em uma sociedade democrática.

Revolucionários

Eles tentam derrubar os sistemas sociais existentes e substituí-los por sistemas totalmente diferentes. Esses movimentos ocorrem em sociedades que não permitem mudanças pacíficas; Por exemplo, a criação da União Soviética foi um movimento revolucionário.

De resistência

Diferentemente do resto dos tipos de movimento, os de resistência tentam parar ou evitar uma mudança social que já está ocorrendo.

Exemplos reais de movimento social

Alguns exemplos reais dos movimentos sociais atuais são os seguintes:

– Movimento pelos direitos do coletivo LGBT.

Feminismo.

Ecologia.

– Movimento dos direitos dos homens.

– Movimento “pró-eleição” e movimento “pró-vida”.

– Movimento anti-vacinação.

– Movimento «15 M».

– processo de independência da Catalunha.

Artigos de interesse

Movimentos sociais na Colômbia .

Movimentos sociais no México .

Referências

  1. “Ensaio sobre as características dos movimentos sociais” em: Compartilhe seus ensaios. Retirado em: março de 2018 de Compartilhe seus ensaios: shareyouressays.com.
  2. “Movimentos sociais” em: Biblioteca aberta. Retirado em: 6 de março de 2018 da Open Library: open.lib.umn.edu.
  3. “Movimento Social” em: Wikipedia. Retirado em: 6 de março de 2018 da Wikipedia: en.wikipedia.org.
  4. “Movimentos sociais: significado, causas, tipos, revolução e papel” in: Sociology Discussion. Retirado em: 6 de março de 2018 de Sociology Discussion: sociologydiscussion.com.
  5. “Lista de movimentos sociais” em: Wikipedia. Retirado em: 6 de março de 2018 da Wikipedia: en.wikipedia.org.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies