Nível administrativo: funções e conceitos

O nível administrativo é a administração de uma organização. Inclui todos os aspectos da supervisão e revisão das operações comerciais, bem como áreas relacionadas, que incluem finanças, contabilidade, marketing e gerenciamento de projetos.

Inclui o desempenho ou gerenciamento de operações e tomada de decisões de negócios, além da organização eficaz de pessoas e outros recursos, para governar as atividades em direção a metas e objetivos comuns.

Nível administrativo: funções e conceitos 1

Fonte: pixabay.com

A administração geralmente se refere a uma ampla função de administração, incluindo serviços financeiros, pessoal e sistemas de informação associados.

Alguns analistas veem o nível administrativo como um subconjunto de gerenciamento, especificamente associado aos aspectos técnicos e operacionais de uma organização e distinto das funções executivas ou estratégicas.

Nos negócios, as operações diárias são tão importantes quanto os planos de longo prazo para o futuro. O nível administrativo também está relacionado à tecnologia da informação, dinâmica de liderança e cada vez mais com ética e relações internacionais.

Funções dos administradores

O sucesso nos negócios hoje depende de muito mais do que a capacidade de produzir ou vender produtos.

Um administrador no nível administrativo dos negócios modernos também deve ser competente no gerenciamento de finanças, recursos comerciais, contabilidade, recursos humanos, compras, marketing, controle de estoque, organização e controle de escritórios, informatização, comunicações e muito mais.

Muitos executivos seniores poderiam começar a trabalhar no nível administrativo do escritório. Também em gestão, distribuição, operações ou vendas de recursos humanos.

Tarefas

Executivos e administradores trabalham em todos os setores, empresas individuais e empresas com milhares de funcionários. As tarefas correspondentes ao nível administrativo são:

– Estabelecer e executar objetivos, políticas e procedimentos departamentais ou organizacionais.

– Dirigir e supervisionar as atividades financeiras e orçamentárias de uma organização.

– Consulte outros executivos, membros do conselho e funcionários sobre operações.

Relacionado:  Contabilidade Nacional: Características, Importância e Análise

– Gerenciar atividades gerais relacionadas à fabricação de produtos e prestação de serviços.

– Negociar ou aprovar contratos e acordos.

– Inovar aplicando novas tecnologias no local de trabalho.

– Nomear chefes e gerentes de departamento.

– Analisar demonstrativos financeiros, relatórios de vendas e outros indicadores de desempenho.

– Identificar locais para reduzir custos e melhorar o desempenho, políticas e programas.

Algumas áreas típicas de trabalho no nível administrativo incluem administração geral, administração de recursos humanos, administração de escritórios, gerenciamento de operações, administração de lojas e administração de vendas.

Especialista versus Generalista

O nível administrativo é projetado para treinar novos e futuros gerentes para gerenciar negócios com sucesso, fornecendo a base para gerenciar qualquer empresa de sucesso que envolva negócios ou administração.

O nível administrativo e o nível gerencial têm muita sobreposição em uma empresa. Ambos os níveis cobrem marketing, contabilidade, finanças, ética e gestão de negócios.

Tanto os gerentes quanto os gerentes devem conhecer o básico de como as empresas funcionam, como gerenciar dinheiro e como comercializar com sucesso os produtos da empresa.

No entanto, aqueles que trabalham no nível administrativo geralmente são mais especializados em sua área de responsabilidade. Possíveis especialidades incluem economia, ciência da computação, administração e contabilidade.

Recomenda-se que os líderes de nível administrativo façam cursos adicionais, como comunicação, logística, tomada de decisão e recursos humanos. O objetivo não é tanto dominar uma área específica, mas preparar-se com habilidades gerais para gerenciar pessoas e projetos.

Administrador vs. gerente

Em uma pequena empresa com pouco pessoal, a diferença entre esses dois níveis pode não importar muito. No entanto, em empresas maiores, com um número maior de administradores e gerentes, as diferenças podem começar a aparecer.

Relacionado:  Viabilidade financeira: o que é e análise

No nível administrativo, o trabalho de um administrador é manter os negócios, ou uma seção dos negócios, funcionando dia a dia.

Por exemplo, gerentes de contabilidade mantêm os livros equilibrados. Os administradores de tecnologia da informação mantêm os computadores funcionando e também livres de hackers.

Os administradores da fábrica mantêm as instalações físicas funcionando sem problemas.

Os gerentes trabalham em um nível superior. Eles lidam com problemas mais importantes, como expandir os negócios, adquirir ou fundir-se com outra empresa, usar novos canais de distribuição e diversificar para novos produtos.

Os gerentes definem objetivos e parâmetros de referência para departamentos e projetos. Os administradores colocam essas metas em ação.

Principais conceitos no nível administrativo

O nível administrativo é extremamente amplo dentro de uma empresa, pois cada área que a compõe precisa ser gerenciada.

Portanto, os principais tópicos que um administrador deve abordar no nível administrativo são os seguintes:

Ambiente de negócios

Empresas públicas, privadas e comerciais, proprietários únicos, corporações, sociedades de responsabilidade limitada, conselho de administração.

Objetivos de negócios

Planejamento e previsão de negócios, plano de negócios, análise da concorrência, localização, conhecimento e potencial de mercado.

Iniciar ou assumir um negócio

Fatores para investigar e considerar, pesquisa, concorrência, potencial de mercado, fatores de localização, ativos intangíveis. Além disso, organização comercial, estrutura, expansão, delegação, reorganização.

Financiamento de capital e negócios

Fontes de capital, emissão de ações. Também receitas, despesas, despesas de produção, despesas gerais.

Importância do capital de giro, seus componentes e gerenciamento, fluxo de caixa e fundos.

Orçamento

Controle de orçamento, fatores limitantes, vendas, produção e outros orçamentos secundários, orçamento mestre. Além disso, política de preços e fatores que afetam os preços estabelecidos.

Relacionado:  Teoria humanística da administração: características, vantagens

Comunicações

Canais internos e externos, verticais e horizontais, efeito sobre os funcionários, comunicação com os gerentes e também com os clientes.

Gestão de pessoas

Recrutamento, análise de empregos, publicidade, seleção, indução, treinamento, controle, remuneração. Também motivação, recursos humanos, disciplina, conselhos, demissões, aposentadorias.

De crédito

Tipos e finalidade, limites de crédito, controle de crédito, dívidas incobráveis, descontos comerciais.

Vendas

Gestão de vendas e marketing, pesquisa de mercado, publicidade e promoção de vendas, política de preços.

Controle de Estoque

O departamento de depósito, custos de manutenção de estoque, níveis de estoque, registros de estoque, estoque. Também compre, escolha de fornecedores, pedidos, negocie.

Gerenciamento de produção

Fatores de mercado, tecnologia e mão de obra, métodos de produção, fábricas, máquinas e equipamentos, custos variáveis, custos padrão, desvio padrão.

Contabilidade financeira

Registros contábeis, contabilidade, fabricação e marketing, contas de ganhos e perdas, balanço patrimonial, índices e análises.

Gerenciamento de escritório

Delegação de responsabilidades, estrutura, tabelas estatísticas, controle e normas, comunicação.

IT

Programas e sistemas de computador, segurança, máquinas e equipamentos de escritório, processamento de texto.

Organização e controle do escritório

Projeto, dados, registros, ambiente de escritório, saúde e segurança no trabalho, bem como estudos e métodos organizacionais.

Referências

  1. Wikipedia, a enciclopédia livre (2019). Administração de empresas Retirado de: en.wikipedia.org.
  2. Todas as escolas de negócios (2019). Descrição do trabalho de administração de empresas: Esta carreira é para você? Retirado de: allbusinessschools.com.
  3. Fraser Sherman (2019). Qual é a diferença entre Administração de Empresas e Gerenciamento de Negócios? Pequenas empresas-Chron. Retirado de: smallbusiness.chron.com.
  4. Cambridge International College (2019). Gestão e Administração de Negócios. Retirado de: cambridgecollege.co.uk.
  5. Notícias de negócios do mercado (2019). O que é administração de empresas? Definição e Significado Retirado de: marketbusinessnews.com.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies