Organização Social Huichol: Características

A organização social dos Huicholes é governada por uma série de oficiais que alternam nas cerimônias anuais. É uma comunidade muito fechada, portanto eles não permitem o estabelecimento de mestiços em seu território

O termo “huichol” é considerado depreciativo pelos membros dessa cultura e eles preferem ser chamados wiiráika, que é como eles se chamam.O povo wirráika é um dos poucos que mantiveram sua identidade até certo ponto após a conquista do México pelos espanhóis.Sua cultura é muito ritualística e o sistema social gira em torno desses rituais.

Organização Social Huichol: Características 1

Os 5 principais membros da organização social Huichol

1- Mara’akame

O mara’akame, que se traduz em castelhano como “quem sabe”, é o governador de mais alto escalão.

Sua posição está ligada a uma vida de aprendizado e conhecimento herdada dos mara’akame que o precederam.

Por sua vez, ele é encarregado de guiar os novos xamãs no caminho do conhecimento para manter viva a linhagem.

2- Matewame

Os aprendizes ou novos xamãs são conhecidos como matewame, que em espanhol significa “aquele que conhecerá”.

3- Kawitero

Os mais velhos são chamados kawiteros. São pessoas que conhecem as tradições culturais e são os membros mais respeitados da comunidade.

Os kawiteros são responsáveis ​​por escolher os membros do governo tradicional, que gira todos os anos em cerimônias nas quais “barras de poder” são trocadas, para que a energia gire.

4- Taotani

Ela desempenha um papel importante na tomada de decisões da comunidade. Faz parte do governo, além de delegados, um juiz e um prefeito.

5- Topil

Os topiles cumprem as ordens de um capitão e sua função é um híbrido entre polícia e mensageiro.

Crenças religiosas

Os Huichols veneram quatro divindades: as águias, os veados, o milho e o peiote. Sua visão de um deus todo-poderoso difere da católica porque seu deus não se limita a ser o criador do universo, mas faz parte dele.

O Huri ou o peiote é um canal e, ao mesmo tempo, um remédio para doenças do corpo e da alma, e é considerado uma fonte inesgotável de cura, energia e sabedoria.

Perto de San Luis Potosí, fica o Cerro del Quemado, uma colina cerimonial de Huichol. É dividido em uma área para homens e outra para mulheres, e eles usam dança e música para interagir socialmente, realizar rituais religiosos e se comunicar com deidades.

As comunidades do povo Wixarika vivem através de cooperativas de trabalho e se alimentam quase exclusivamente do que plantam e caçam.

Por opção, eles vivem livres de eletricidade e com pouco contato com o mundo moderno. Eles garantem que esse modo de vida os ajudou a preservar suas tradições.

Referências

  1. Los Huicholes: Cultura incólume através do tempo vallarta.com.mx
  2. História do México – Huicholes historia-mexico.info
  3. Culturas da Terra – Los Huicholes culturadelatierra.blogspot.com
  4. Huichol Handcrafts – Organização social do Huichol handicraftshuichol.com
  5. Fundação UNAM – Huicholes fundacionunam.org.mx
  6. Wikipedia – Huichol pt.wikipedia.org

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies