Os 13 tipos de conhecimento e suas características

Os tipos de conhecimento são as maneiras pelas quais o homem adquire informações e organiza os dados para resolver os problemas que surgem. Conhecimento é o fato ou condição de conhecer algo através da experiência ou associação.

Na filosofia, a teoria do conhecimento é chamada epistemologia e lida com questões como a quantidade de conhecimento proveniente da experiência ou a capacidade de raciocínio inato.

Dependendo das ferramentas utilizadas para o desenvolvimento de habilidades e habilidades, será o tipo de conhecimento, que pode ser classificado em várias categorias que incluem conhecimento científico, religioso, empírico, intuitivo e filosófico.

Principais classes de conhecimento

1. Conhecimento Científico

O conhecimento científico apresenta os dados que explicam de maneira ordenada e lógica o universo e sua interação entre os elementos que o compõem, usando a observação e a experimentação como ferramentas para os indivíduos compreenderem os processos e fenômenos que ocorrem na natureza.

Características do Conhecimento Científico

  • Apresente uma hipótese, que suporta uma suposição a ser testada.
  • Ele segue regulamentos estritos e leva a conclusões de natureza objetiva, independentemente das crenças dos indivíduos da pesquisa.
  • Analisar e conceituar a realidade social.
  • Crie tecnologia e crie modelos que criem aumentos na área cultural.
  • É importante porque se baseia em pesquisas para chegar a conclusões válidas.
  • Promove a observação de maneira ordenada e lógica para originar o conhecimento.

Exemplos de conhecimento científico

  • Faça uma observação detalhada de um evento específico, elabore uma explicação teórica e faça uma análise: Essa teoria será testada para estabelecer sua validade.
  • A terra tem dois pólos magnéticos
  • Analgésicos diminuem a dor

2. Conhecimento religioso

Conhecimento religioso é o conjunto de dados que formam as crenças e os valores de uma pessoa, orientando seu comportamento.

Permite que uma pessoa tenha confiança, certeza de que tudo vai correr bem, com fé em algo ou alguém, mesmo que não possa ser verificado.

Características do conhecimento religioso

  • É baseado nas crenças de um indivíduo, transmitidas pela tradição.
  • Eles são formados por rituais e orações que mencionam um ser sagrado.
  • Governar e conduzir o comportamento de uma pessoa através de regras e regulamentos que devem ser seguidos e sem perguntar.
  • Apresenta experiências sagradas, que devem ser imitadas e admiradas por todos.
  • Produz satisfação e segurança em relação a alguém que lhe dá confiança, para agir e interagir com outras pessoas, pois você não precisa de demonstração.

Exemplos de conhecimento religioso

  • Acredite que os primeiros seres vivos foram Adão e Eva.
  • Pensar que Jesus nasceu pela obra e graça do Espírito Santo.
  • Confie-se a Deus e faça o sinal da cruz antes de tomar banho, para que não o prejudique.
  • Acredite em mitos e rituais de feitiçaria, porque eles confiam em uma entidade do além.

3. Conhecimento empírico

Refere-se aos dados e informações obtidos através da prática de algo. É adquirida através da experiência, observação e repetição de atividades, que se tornam significados e processos.

Características do conhecimento empírico

  • É formado pela observação e prática de atividades reais e concretas.
  • É obtido através dos sentidos, selecionando os processos e memorizando as informações para gerar outros dados.
  • É baseado em experiências que são demonstráveis, porque um resultado ou produto é produzido, mas não por um método.
  • É gerado executando uma atividade repetidamente ou mantendo contato várias vezes com o processo ou objeto.
  • Permite criar um modelo de comportamento em situações reais e resolvê-los de maneira prática.

Exemplos de conhecimento empírico

  • Aprenda a andar
  • Fale a língua materna, ou seja, a que se fala em casa.
  • Adquira leitura e escrita.
  • Identifique cores, formas, sabores.
  • Monte um quebra-cabeça.
  • Ande de bicicleta, dirija um carro.
  • Faça uma refeição: frite um ovo, cozinhe o arroz, etc.
  • Plantar uma arvore.

4. Conhecimento Intuitivo

Conhecimento intuitivo de todas as informações que a pessoa percebe instantaneamente do ambiente. É gerado por reações a um estímulo, uma idéia, uma necessidade, um sentimento etc., sem a necessidade de aplicar a razão, apenas com intuição.

Esse tipo de conhecimento permite interagir com o ambiente por meio da descoberta, vinculando as reações causadas com outros eventos específicos, ou seja, relacionando-o com outras situações ou experiências e obtendo um significado.

Características do conhecimento intuitivo

  • Ajuda o ser humano a desenvolver-se em seu ambiente e valorizar o indispensável para a vida.
  • Nenhuma demonstração é necessária para saber que é verdade, pois resulta das atividades diárias de cada indivíduo.
  • Refere-se à descoberta de coisas, objetos, sentimentos e fenômenos, como são e como são apresentados na vida cotidiana.
  • Use a percepção para dar sentido às experiências e alcançar o conhecimento.
  • Permite reagir rapidamente a novos estímulos ou situações, sem ter que analisar.

Exemplos de conhecimento intuitivo

  • Identifique vários modos, se alguém estiver triste, alegre, nervoso, feliz, apaixonado, etc.
  • Reconheça se uma pessoa tem sentimentos como frio, calor, doença, desconforto.
  • Reaja a um perigo consistente com uma corrida, um grito, um salto .

5. Conhecimento Filosófico

Conhecimento filosófico: o conjunto de informações que uma pessoa obtém lendo, analisando e fundamentando documentos escritos. Dados que contrastam com a prática humana e emitem julgamentos de valor.

Características do conhecimento filosófico

  • Baseia-se na análise e no raciocínio de documentos anteriores, para gerar e produzir informações.
  • A crítica é usada como uma ferramenta para detectar contradições nas explicações sobre um tópico, apresentadas por alguns especialistas.
  • A pesquisa é apresentada e o raciocínio é usado como um instrumento para medir e verificar a certeza das informações.
  • É analítico, através da fragmentação das partes de um objeto, conhecer as teorias e outros conceitos científicos e filosóficos.
  • É totalizador, integrando as infestações e os fundamentos de outras áreas ou disciplinas.
  • É histórico, porque levanta situações históricas e sociais específicas.
  • É sistemático apresentar os argumentos de maneira coerente e ordenada.

Exemplos de conhecimento filosófico

  • Faça perguntas para tentar encontrar explicações sobre por que a diversidade cultural.
  • Compare as opiniões de vários especialistas sobre a teoria da evolução do homem.

6. Conhecimento lógico

O conhecimento lógico ou proposicional é aquele que deriva do entendimento de idéias e de como essas idéias se relacionam.

Esse tipo de conhecimento ocorre quando um indivíduo é capaz de relacionar idéias ou objetos através de um processo de raciocínio.

Características do conhecimento lógico

  • É a ferramenta que permite que os seres humanos resolvam seus problemas diários.
  • É essencial realizar os processos de observação, comparação e classificação de idéias, através dos quais o conhecimento é produzido.

Exemplos de conhecimento lógico

As premissas são uma manifestação do conhecimento lógico. Isso indica que a relação entre duas proposições pode levar a uma conclusão verificável. Por exemplo:

Proposição 1: Toda quarta-feira vou ao cinema.

Proposição 2: hoje é quarta-feira.

Conclusão: hoje eu tenho que ir ao cinema.

7. Conhecimento matemático

O conhecimento matemático é caracterizado por ser abstrato, ou seja, não faz parte do mundo tangível. É um tipo de conhecimento racional, coerente e imaginário, ligado à maneira como os seres humanos percebem as coisas que os cercam.

Os conceitos que compõem o conhecimento matemático são descrições relativamente precisas da realidade.

Eles são mais complexos que a simplificação da realidade, pois usam valores numéricos para expressar sua essência.

Características do conhecimento matemático

  • Está ligado ao conhecimento científico.
  • Sofreu grandes transformações ao longo da história da humanidade.
  • Ele é responsável pela elaboração de regras e definições estruturadas, comumente usadas para detalhar as propriedades de tudo ao nosso redor.

Exemplos de conhecimento matemático

Os números negativos são um exemplo de conhecimento matemático que reflete uma dívida ou falta de algo.

Desse modo, entende-se que esses tipos de números contam o que é necessário ou não existe.

8. Conhecimento semântico

O conhecimento semântico é que resulta do aprendizado de palavras e seu significado. Conhecer uma palavra implica determinar sua definição.

Por esse motivo, na medida em que mais palavras e idiomas são conhecidos, haverá maior conhecimento semântico.

Exemplos de conhecimento semântico

O melhor exemplo de conhecimento semântico é o dicionário, pois contém todas as palavras e caracteres que compõem um idioma ou idioma.

9. Conhecimento sistêmico

Conhecimento sistêmico é aquele que surge da união de elementos semânticos ou matemáticos para formar sistemas.

É um tipo de conhecimento aplicável em geometria, semiótica e semântica, pois é o que permite que um grupo de elementos tenha significado quando eles operam juntos como um sistema.

Exemplos de conhecimento sistêmico

  • A união de certos ícones permite a identificação de grupos sociais. Somente esses ícones têm um significado completamente diferente do que quando agrupados em um sistema.
  • O sistema de leitura para cegos é outro exemplo desse tipo de conhecimento. O período como um caractere individual é usado para terminar uma frase escrita. No entanto, quando esse caractere é repetido e organizado de maneira especial no sistema de leitura em braille, permite que pessoas cegas identifiquem palavras com múltiplos significados.

10. Conhecimento explícito

Como o nome diz, o conhecimento explícito é fácil de identificar, lembrar e usar.

É o mais comumente usado para armazenar informações são os sistemas de documentos e texto.

Características do conhecimento explícito

  • Seu princípio é garantir que as pessoas tenham acesso a informações importantes com eficiência.
  • É fácil modificar, atualizar, revisar ou descartar.

Exemplos de conhecimento explícito

  • Um banco de dados de uma empresa pode ser considerado como um exemplo de conhecimento explícito, pois permite que os usuários acessem suas informações rapidamente.
  • Outros exemplos de conhecimento explícito incluem memorandos, notas e certos tipos de documentos essenciais para lembrar um indivíduo das tarefas pendentes.

11. Conhecimento tácito

O conhecimento tácito é definido como a capacidade prática dos seres humanos de realizar importantes tarefas administrativas.

É intuitivo e baseado na história de vida de cada pessoa. Isso se deve ao fato de que o conhecimento tácito é adquirido gradualmente ao longo dos anos através da experiência de experiências.

Características do conhecimento tácito

  • É um tipo de conhecimento difícil de transmitir para outras pessoas.
  • Está profundamente ligado a ações pessoais, compromisso com uma tarefa e o grau de envolvimento com um tópico específico.

Exemplos de conhecimento tácito

  • O conhecimento tácito pode ser encontrado na mente de todos os seres humanos, pois é codificado em crenças culturais, valores, atitudes e modelos mentais, entre outros.
  • Também é evidenciado no desenvolvimento de habilidades baseadas na prática repetitiva de uma ação.

12. Conhecimento embutido

O conhecimento incorporado é aquele que está contido em processos, produtos, culturas, rotinas, artefatos ou estruturas.

Pode ser formal (intencional) ou informal (espontâneo), dependendo de como é aplicado.

Características do conhecimento incorporado

  • Está diretamente ligado ao conhecimento tácito, pois quando sua implementação ocorre espontaneamente, pode ser difícil entender ou modificar, pois cria hábitos.
  • Quando o conhecimento incorporado é intencionalmente estabelecido, ele pode ser facilmente modificado.

Exemplos de conhecimento embutido

O conhecimento incorporado é visível em empresas e ambientes corporativos. Gerentes ou diretores geralmente estabelecem rotinas e hábitos para seus funcionários, com base nos regulamentos das empresas para as quais trabalham.

Esses hábitos podem ser modificados à medida que as políticas institucionais são alteradas.

13. Conhecimento sensível

Conhecimento sensível é aquele que vem de tudo o que podemos perceber através dos sentidos. É derivado de estímulos corporais que enviam sinais ao cérebro para que ele possa perceber e assimilar.

Por esse motivo, quando o corpo revive o mesmo estímulo, a mente é capaz de evocar a memória de outro momento durante o qual o estímulo ocorreu no passado.

Exemplos de conhecimento sensível

Cheiros, sabores, temperatura, luz, entre outros elementos, são considerados estímulos corporais que permitem a criação de conhecimento sensível.

Referências

  1. Bunge, Biblioteca Central M. Pedro Zulen: Concepções de Bertrand Russell sobre o conhecimento humano. Recuperado de: sisbib.unmsm.edu.pe
  2. O que é conhecimento intuitivo? Recuperado de: pymex.pe
  3. Aprenda a pensar. Recuperado de: lorefilosofia.aprenderapensar.net
  4. Zepeda Rojas, R. (2015). Gestiópolis: conhecimento intuitivo, religioso, empírico, filosófico e científico. Definição, características e relevância. Recuperado de: gestiopolis.com
  5. Tipos de conhecimento. Recuperado de: qcc.cuny.edu.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies