Os 19 alimentos mais ricos em triptofano (natural)

Alguns dos alimentos mais ricos em triptofano são chocolate amargo, banana, abacaxi, pimenta, pimentão, peixe, ovos, tofu, soja, sementes de gergelim, abóbora, nozes e outros que Eu vou explicar abaixo.

Você quer melhorar sua vida, se sentir melhor e melhorar sua aparência? Você pode fazer tudo isso mudando hábitos e melhorando sua dieta. Se você os alterar aos poucos, verá grandes melhorias.

Os 19 alimentos mais ricos em triptofano (natural) 1

O triptofano é um aminoácido essencial para a nutrição humana e forma um dos 20 aminoácidos incluídos no código genético.A função mais importante que o triptofano desempenha é liberar serotonina, um neurotransmissor que é sintetizado no cérebro e desenvolve um grande número de atividades essenciais para o funcionamento físico e psicológico.

A regulação do humor, ansiedade, ciclo do sono, funções sexuais, coagulação ou temperatura corporal, são algumas das funções que a serotonina desempenha.O triptofano desempenha um papel fundamental no desenvolvimento desse neurotransmissor, pois sem a presença desse aminoácido, o organismo deixa de sintetizar a serotonina.

Da mesma forma que é necessário um bom funcionamento da serotonina para poder desenvolver as atividades anteriores e muitas outras, também é necessária uma operação ideal do triptofano.

O triptofano é obtido apenas através dos alimentos, por isso introduzimos esse aminoácido em nosso corpo através dos alimentos que ingerimos.Esse fato mostra a alta importância dos alimentos na determinação do funcionamento do corpo e da mente.

Lista de alimentos ricos em triptofano

1- Chocolate

Chocolate é o alimento obtido pela mistura de açúcar com dois produtos derivados da manipulação de grãos de cacau: pasta de cacau e manteiga de cacau.A partir dessa combinação básica, diferentes tipos de chocolate podem ser produzidos, dependendo da proporção dos alimentos introduzidos na mistura.

O chocolate tem uma grande variedade de substâncias, algumas das quais afetam a química orgânica.Açúcar, feniletilina, cafeína e, principalmente, triptofano, são os que mais estão presentes neste alimento.

De fato, estima-se que o chocolate tenha alto triptofano e seu consumo aumente a síntese de serotonina.Isso pode explicar parcialmente a necessidade que muitas pessoas experimentam de ingerir esse tipo de alimento quando se sentem deprimidas ou ansiosas.

2- Banana

A banana é uma fruta muito benéfica para a saúde devido às substâncias e propriedades que incorpora.É uma das frutas mais nutritivas, pois possui uma composição altamente calórica.

Contém vitamina C, vitamina B, alguma vitamina E e fibras em abundância.Da mesma forma, também é muito rico em carboidratos, constituindo uma das melhores maneiras de nutrir o organismo humano através da energia das plantas.

Finalmente, embora em menor quantidade que o chocolate, as bananas também incorporam importantes níveis de triptofano, portanto, seu consumo ajuda no desenvolvimento desse aminoácido no organismo.

3- Abacaxi

O abacaxi, também conhecido como abacaxi, é uma fruta de uma planta da família das bromélias.Este alimento tem várias propriedades benéficas para o organismo humano.

As mais proeminentes são as propriedades digestivas, pois o abacaxi contém bromelina, uma enzima que desempenha um papel importante que ajuda a digerir as proteínas dos alimentos.Por outro lado, propriedades anti-inflamatórias e circulatórias também foram encontradas.

Além disso, o abacaxi configura um dos principais alimentos de triptofano, portanto, esse alimento possui propriedades benéficas para as regiões do corpo e do cérebro.

4- Chile

O pimentão é um alimento levemente agressivo, portanto não deve ser consumido em abundância. Você deve evitar comer este alimento quando sofre de doenças como gastrite ou refluxo, pois as propriedades do chili podem aumentar os sintomas.

No entanto, isso não significa que este alimento não tenha propriedades benéficas.E é que o pimentão contém vitamina A e C e tem efeitos antimicrobianos e anti-sépticos.

Da mesma forma, embora os dados sejam um pouco controversos, o Chile também possui triptofano em sua composição.

5- Pimenta

Não apenas o pimentão possui níveis de triptofano, mas diferentes tipos de pimenta também contêm esse aminoácido em sua composição.

Este alimento se destaca por seu alto teor de vitamina C e vitamina B6, que também é essencial tanto para a função cerebral quanto para o desenvolvimento do sistema nervoso central.

6- Carnes magras

Carnes magras são aqueles tipos de carnes com menos de 10% de gordura por 100 gramas. Podemos encontrar carne magra de frango e carne magra de peru, carne magra de coelho e, em alguns casos, carne magra, porco e cordeiro.

Carnes magras, especialmente frango e peru, contêm altos níveis de triptofano, portanto esses alimentos são muito benéficos para o desenvolvimento e funcionamento do cérebro.

7- Leite

O leite é uma secreção nutritiva esbranquiçada e opaca produzida pelas células secretoras das glândulas mamárias de fêmeas de mamíferos.Possui densidade média de 1.032 e apresenta soluções minerais, além de dissolver carboidratos em água.

Por outro lado, contém suspensão de substâncias proteicas e emulsão de gordura na água.

O leite é caracterizado por propriedades nutricionais baseadas em gorduras, proteínas e carboidratos, além de uma grande variedade de vitaminas como vitamina A, vitamina B, vitamina D3 e vitamina E.

Este alimento é um dos mais ricos em triptofano, pois possui grandes quantidades desse aminoácido, portanto, seu consumo é altamente benéfico.

8- Queijo

O queijo é um alimento sólido feito de leite coalhado de vaca, cabra, ovelha, búfalo, camelo ou outros mamíferos.

Com base nas qualidades nutricionais do leite, nas quais se destacam os altos níveis de triptofano, o queijo também é um dos alimentos mais ricos nesse aminoácido.

9- Peixe

Peixe é o nome dado a qualquer peixe usado como alimento.As propriedades do peixe dependem das características nutricionais de cada peixe que é usado como alimento.No entanto, muitos deles compartilham uma série de substâncias em sua composição.

O triptofano é um deles, uma vez que esse aminoácido está presente em uma grande variedade de peixes.Especialmente em peixes azuis, como sardinha, cavala ou atum, podemos encontrar grandes quantidades de triptofano.

10- Ovos

Os ovos dos pássaros constituem um alimento habitual na alimentação das pessoas.São alimentos ricos em proteínas e lipídios e são uma das principais fontes de triptofano.

11- Tofu

O tofu é uma refeição oriental preparada com soja, água e solidificador ou coagulante.É preparado coagulando o leite de soja e sua prensagem subsequente para separar a parte líquida do sólido.

Este alimento tem um alto valor protéico e contém grandes quantidades de cálcio.Da mesma forma, embora em menor grau do que outros alimentos, também é uma fonte importante de triptofano.

12- Soja

O tofu é um derivado da soja; assim, da mesma maneira que os alimentos que discutimos acima constituem uma fonte de triptofano, também é.Múltiplas propriedades nutricionais têm sido associadas à soja e seu consumo é cada vez mais disseminado em um grande número de países.

Assim como o tofu, seu valor de triptofano parece ser um pouco menor do que o encontrado em outros alimentos, como chocolate, peixe ou ovos.

No entanto, foi demonstrado como esse aminoácido importante também está presente na soja, portanto o triptofano se liga ao restante das propriedades benéficas desse alimento.

Neste artigo, você pode aprender sobre outros benefícios da soja.

13- Sementes de gergelim

As sementes de gergelim vêm de uma planta nativa da África e da Índia, embora atualmente sejam cultivadas em outras regiões do mundo.Você pode consumir diretamente a semente e o óleo dela derivado.

Este alimento possui grandes doses de proteínas, gorduras poliinsaturadas, carboidratos e cálcio.Além disso, apesar de não conter todos os aminoácidos essenciais, possui um grande número deles, incluindo o triptofano.

14- Abóbora

As abóboras são um dos produtos mais saudáveis ​​que podemos encontrar na gastronomia.São alimentos antioxidantes que permitem a neutralização dos radicais livres e previnem a degeneração celular.

Da mesma forma, a abóbora é muito rica em vitaminas carotenos, é considerada um alimento muito útil para promover o bom funcionamento da próstata, a saúde ocular e a função circulatória e cardíaca.

Por fim, a abóbora possui aminoácidos essenciais, dentre os quais se destaca a presença de triptofano.

15- Nozes

Como a abóbora, as nozes são um alimento altamente benéfico que deve ser incorporado em todas as dietas.Possui um grande número de minerais e vitaminas que são especialmente úteis para manter o corpo saudável e ativo.

A presença de triptofano é muito abundante nesses alimentos; portanto, comer nozes geralmente ajuda na nutrição ideal das regiões do cérebro.Eles também têm vitaminas B e A e outros aminoácidos, como lectina e ácidos graxos ômega-3.

16- Óleo de amendoim

O óleo de amendoim é um óleo vegetal preparado por cozimento de amendoim ou por extração em uma prensa hidráulica.Contém uma cor muito clara e é um elemento muito útil para cozinhar, pois suporta altas temperaturas.

É composto de ácido oleico, ácido inoleico, ácido pamítico, ácido esteárico, ácido beênico, ácido acídico, ácido lignocérico, ácido godólico, ácido alfa-linoléico e ácido erucio.

Este alimento possui gorduras monossaturadas, ácidos graxos essenciais, ácidos graxos saturados e ômega 3.

Apesar de seu alto nível de gorduras, é um alimento que oferece benefícios ao corpo humano, pois também é rico em ácidos graxos essenciais, como ômega-6 e triptofano.

17- Amendoins

As nozes são alimentos que tendem a fornecer múltiplos benefícios para a saúde e o desenvolvimento do corpo. E alimentos stas são ricos em várias vitaminas e substâncias essenciais para o corpo.

Amendoins são nozes com mais vitamina B3 e altas quantidades de ácido fólico.De fato, eles são considerados por muitos especialistas como o melhor complemento durante a gravidez, pois permitem cobrir um grande número de necessidades nutricionais.

Da mesma forma, o amendoim constitui uma das principais fontes de triptofano, entre outros aminoácidos essenciais.

Lembre-se de que esses alimentos são muito calóricos, portanto você não deve abusar deles.No entanto, consumi-los em pequenas quantidades regularmente pode ajudar a estabelecer níveis benéficos de triptofano e outras substâncias básicas.

18- Cereais

É popularmente difundido que os cereais são um dos alimentos mais importantes e devem ser incorporados à maioria das dietas.No entanto, esses alimentos também podem ter efeitos negativos se consumidos em excesso.

Este fato não significa que é um alimento muito rico em uma grande variedade de substâncias e nutrientes essenciais. Os cereais são ricos em carboidratos, minerais e vitaminas.

Eles também têm uma grande variedade de aminoácidos essenciais, incluindo o triptofano, motivo pelo qual são considerados alimentos altamente benéficos para a nutrição humana.

19- Sementes de gergelim

O gergelim é uma semente rica em benefícios e propriedades saudáveis ​​para o coração, graças ao seu conteúdo de ácidos graxos essenciais.Os ácidos graxos contidos neste alimento, como ômega-3, ômega-6 ou triptofano, são especialmente adequados para garantir o desenvolvimento físico e mental.

Este alimento permite reduzir os níveis de colesterol, ajuda a purificar o corpo graças ao seu alto teor de fibras e é especialmente eficaz para equilibrar o funcionamento do intestino e eliminar toxinas.

Da mesma forma, seu consumo fortalece o sistema nervoso central, melhora o funcionamento do metabolismo, combate fungos, protege a flora bacteriana, favorece o bom funcionamento dos músculos e atrasa o envelhecimento.

Referências

  1. Cervera P, C lopes J, R igolfas R. Alimentação e dietoterapia. O norte-americano Me Graw-H ill, 1 998.
  2. Heine WE O significado do triptofano na nutrição infantil. Avanços Experiemtal Medical Biological. 1999. 467: 705-10.
  3. Hrboticky, N., Lawrence, A., Harvey A. Efeitos do ciclo de transição no metabolismo das cargas de triptofano. American Journal of Clinical Nutrition. 1989. 50: 46-52.
  4. Kathleen Mahan, L. e Escott-Stump, S. Krause Nutrição e Dietoterapia. 1998
  5. Tyler DF, R usell P. The N utrition and Health Encyclopedia. Van reinhold

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies