Os 200 ditados mexicanos mais populares

Os provérbios e ditados mexicanos são derivados da sabedoria do povo resultantes de muitos anos de experiência coletiva. No México, geralmente existe um ditado para qualquer evento cotidiano, que denota o folclore na língua falada de um povo inteiro.

Provérbios e ditos no México são usados ​​para ensinar algo com um toque de vivacidade ou suspeita. Portanto, a maioria dessas expressões é de domínio popular e é usada no jargão diário.

Os 200 ditados mexicanos mais populares 1

Os dizeres deste país têm a característica de misturar a sabedoria tradicional com um toque de malícia ou senso de humor. Eles sabem que o povo mexicano está aprendendo geração após geração.

Provérbios e ditados populares do México

-O dinheiro é pago, mas não o favor.

-Limpe o campo antes de colocar novos grãos.

-Para a dor de cabeça, comer o endireita.

-Um gato satisfeito, o rato não está preocupado.

N Tudo para servir acaba e acaba não servindo.

– Um falador cai mais cedo que uma pessoa manca.

-O melhor cavalo precisa de esporas.

– Onde você comanda o capitão, não há regras de marinheiro.

-O que não inicia, não termina.

-Erva daninha nunca morre.

-O puxar para o atalho nem sempre salva o trabalho.

-A vida é curta e não brota.

– Entre a chance e o riso, a salsicha entra.

-Um acocote novo e velho tlachiquero.

– De grão em grão, o frango enche a colheita.

-O valente vive até o covarde querer.

-Todo mundo que coloca a coroa esculpida.

-Gato encolheu, com certeza pule.

-Um trabalhador ruim não usa enxada.

-Aquele que não fala nem Deus o ouve.

-Carvão que foi grelhado, queima facilmente novamente.

-É duvidoso herdar e seguro trabalhar.

-Não existe porco que engula a espiga inteira.

-O homem é fogo e a mulher bast, o diabo vem e o sopra.

-Não julgue um livro pela capa.

-Se você não vai morder, não mostre os dentes.

-O preguiçoso e o mesquinho, seguem o mesmo caminho duas vezes.

-Nenhuma tarefa que eles não lhe dão, nem cavalo que você não sela.

-Se você quer conhecer Inés, viva com ela por um mês.

-O caldo de galinha, tira você do buraco.

– Quem quer azul claro, custa.

-O caldo custa mais caro que almôndegas.

-Quando o tempo nos ajuda, os troncos secos brincam.

-Abra a gaveta, até o mais honesto é um ladrão.

-Cada peru tem seu Natal.

-Um cavalo palpou, nunca ande confiante.

-Na maneira de pegar a deixa, você sabe quem é ganancioso.

-Gorgojo, menor que um piolho; Esse garotinho produz raiva.

-O nascido pa ‘tamal, as folhas caem do céu.

-O tempo da soneca acabou, amanhã é hoje.

Onde eles choram, estão os mortos.

-Esta vida é uma batata-doce e quem não a engole se afoga.

-Ele que acorda cedo, encontra tudo fechado.

– Negócio de plástico, negócio não fixo

Onde não há fumaça, não há fogo.

– Beijos vendidos, nem dados nem recebidos.

-Olla que ferve muito, seu sabor perde.

-Aquele que anda entre o mel, algo o atinge.

-Tempo é um bom consultor e sabe como decepcionar.

-Barriga cheia, aviso da cegonha.

Diga-me o que você presume e eu lhe direi o que lhe falta.

-Do prato à boca, a sopa cai.

-A comida de hoje, empurra a de ontem.

N Comer, beber, dançar e desfrutar, para que o mundo acabe.

-O que você não deve poder ver, você deve ter em sua casa.

-A pessoa que se molhar mais cedo, tem mais tempo para secar.

-A sorte do rato é desejada pelo leão.

– Seja inteligente com inteligência, e você ficará sem o médico.

– Sapatos de couro envernizado, nem para a água nem para o sol.

-Forçosamente, nem sapatos entram.

-Para o cavalo e o amigo, não devemos cansá-los.

-Você não quer matar pulgas com balas.

-Na ausência de exercício, os avental complementam o seu comércio.

-Aquele que rouba um ovo, o próximo rouba uma carne.

-Um idiota e louco não os tem daqui a pouco.

-Em tempos de guerra, qualquer buraco é uma vala.

-É virtude trabalhar, assim como economizar.

-Todo mundo que mastiga com os dentes.

-O amor e o interesse foram para o campo um dia e poderiam ter mais interesse do que o

-A pessoa que conhece o excelente, o bom parece regular.

-Candil da rua, escuridão de sua casa.

Dicas e exemplos que obrigam, aqueles que os mortos nos dizem.

-Uma boa andorinha, bom taco.

-Bem mais passo que dure e não corra que canse.

-O que mortifica, nem lembra nem fala.

-O empréstimo é irmão mais novo do presente.

-Com o homem quieto, tenha muito cuidado!

-O que você vê, você não pergunta.

Relacionado:  Escudo Baja California: História e Significado

-Uma boa comida ou comida ruim, três vezes para beber.

-O porco mais trompudo agarra a melhor orelha.

-Em Boca fechada não entra mosquito.

-Embora o changa se vista com cera, a maranga fica!

-Só a caçarola conhece os furúnculos que são salvos.

-O que não estava no seu ano, não é seu dano.

-Barriga cheia, coração contente.

-O dinheiro disfarça sálvia para o imbecil.

– coisa oca, parece muito.

Homem -Prevented, ele nunca olha para baixo.

-Há muitos que cantam e nunca põem um ovo.

-Para dar o que é mole de olla!

N Em qualquer trabalho ou trabalho, quem não ajuda atrapalha.

-Muitos cozinheiros podem estragar a sopa.

-Fort é do negrito.

-Não é culpa do índio, mas quem faz isso, compadre.

-Quem monta um cavalo, ou a mulher suga ou é morta por um raio.

-Um porco grita, orelhas de açougueiro.

-Simples é a credencial do inteligente.

-Tudo o que sobe tem que cair.

– Quem janta com vinho, toma café da manhã com água.

– Entre piada e piada, a verdade aparece.

-Quando se está fazendo mal, até os cães falam sério.

-Você tem que aprender a perder, antes de saber jogar.

-O que você mais odeia, você tem em casa.

-O touro moleiro, corajoso ou traiçoeiro.

-Se o leite é muito pouco, depende da criança.

-O que é feito sem esforço e preguiçosamente, não pode durar ou ter beleza.

-É mais difícil remover um truque do que curar um canudo.

-Quem trabalha com amor, o outro se aproveita.

– O que é oferecido é tão podre, ninguém quer.

-Para apertar a cunha, ela deve ser do mesmo naipe.

-Quem é doce, as formigas comem.

Garrafa de xerez, tudo o que você me disser será o contrário.

-O porco mais fino é o primeiro a quebrar o chiquero.

-Com seu truque, voe a aranha.

-Aquele que semeia seu milho, coma seu pinole.

-Você tem que pegar a panela pela alça.

-Comer para viver, e não viver para comer.

-Árvore que nasce torta, nunca endireita o tronco.

-Quando a fome entra pela porta, o amor sai pela janela.

-Para a mulher, nem todo o amor, nem todo o dinheiro.

-Para quem acorda cedo, há outro que não dorme.

N Quando você trabalha para a velhice, não é enganado uma vez.

-Quando muito lambe o cachorro, acaba tirando sangue.

-Há momentos em que o pato nada e às vezes nem bebe água.

-A pessoa que é um bom pau onde quer que cante.

– Quanto mais custos de trabalho, mais doce é mostrado.

-Foto antigo e ainda verde.

-Deus não cumpre desejos, nem endireita jubarte.

-O potro que relincha, é porque aperta a moleza.

-Os mortos e o arrimado, três dias cheiram mal.

-O homem que anda, voa, não se apóia nele.

Mar velho e ainda ondas.

N Quando as esmolas são muitas, até o santo desconfia.

– Meus dentes estão mais próximos que meus parentes.

Quando Deus não lhe dá filhos, o diabo empresta-lhe sobrinhos.

– Palavras tolas, ouvidos de comerciante.

-Quem mata facadas não pode morrer com beijos.

-A cerveja gelada e a sopa quente.

-O casamento é como limão, doce no começo e amargo no final.

– Melhor uma vez vermelho do que cem incolor.

O homem ignorante e tolo causa aborrecimento e desprezo.

-Aquele que faz mais, ele é menos agradecido.

-Nunca perca um sapato quebrado por um pé podre.

-Todo mundo que possui tornando sua vida uma pipa.

-O comido e apreciado, é a única vantagem.

-O taco alienígena é o melhor.

Deus não dá asas aos escorpiões.

-O comer e falar pouco, nunca deve prejudicar.

-O que você ganha muito, você come com satisfação.

Trabalhar sem lucro é fazer o que é feito.

-As armas são manuseadas com os dedos e disparadas com os ovos.

-Chocolate que não tinge, é claro.

-A vaidade pertence aos tolos.

-Quem foge do trabalho, foge do descanso.

-A que queimou com leite, até o jocoque está soprando.

-Quem faz uma boa árvore, uma boa sombra o protege.

-Ele quem escorrega, nem o diabo para.

-Quem anda com lobos, ensina-se a uivar.

-Ninguém sabe para quem eles trabalham.

-Para sair da pele, hoje é o mesmo que amanhã.

-Dois cães podem matar um leão.

-Quem trabalha por necessidade, ganha pouco e pouco.

O homem não deve ter palavras, mas fatos.

-Se você já conhece o diabo, para que você o cocore.

– No ritmo errado, apresse-se.

Pai milionário e trabalhador, filho preguiçoso e inútil.

-Tudo se encaixa em uma jarra, sabendo como acomodar.

Relacionado:  Para que serve uma entrevista? Os 6 usos principais

-Que tempo resta, o tempo permanece.

-É melhor chegar a tempo do que ser convidado.

-Se você quer que alguém se encontre, dê poder a ele.

– A verdade não peca, mas incomoda.

-Amor de longe, são idiotas.

N Casamento e mortalha, do céu desça.

Fazer o favor ingrato é tanto quanto ofendê-lo.

-Água você não precisa beber, deixe-a correr.

N Os filhos e maridos, pois suas obras são amadas.

-Na terra dos carecas, os cabelos são trançados.

-O pote nascido não passa pelo corredor.

Deus pune, mas alimenta.

-Em quente, nem sinto.

-Diga-me o que você come e eu lhe direi quanto você tem.

-O mal do amor dói, mas não mata.

-Gordo e ganancioso, os panteões estão cheios.

-Quando a manjedoura estiver cheia, não pule nas barras.

-Veado Lampareado, é difícil caçar.

-Na falta de pão, tortillas.

-O que foi à vila perdeu a cadeira.

N Não existe um abismo cada vez mais profundo que a boca de uma fofoca.

-Na vida tudo falta, tudo sobra na morte.

-Antes do perigo, pense e reflita; Uma vez nele, despreze-o e trabalhe.

-Na falta de amor, alguns tacos são pastor.

-Se a criança está estridente, por que a belisca?

-Dois, para se amarem, eles devem se parecer.

-Embora você veja o processo vencido, vá com cuidado.

-Um animal que você não conhece, não tente seus ouvidos.

-O frango que canta primeiro, botou o ovo.

-Suffer saber e trabalhar para ter.

-Ninguém compra a vaca se lhe der leite.

-Você tem que medir a água da batata doce.

-É necessário pensar para falar, e não falar para pensar.

-O cacto de pera espinhosa só se aproxima quando tem peras espinhosas.

As palavras do velho são pequenos evangelhos.

-Favor oferecido, compromisso assumido.

-Chisme descobriu, nunca está terminado.

-Mais vale tarde do que nunca.

-Só quem carrega a gaveta sabe o peso do morto.

-O que dá e tira, com o diabo ele tira.

-O velho amor e estrada de verdade, eles nunca param de andar.

-Para quem não usou huaraches, as tiras tiram sangue.

-A tristeza vem depois da alegria.

-É melhor você dizer que aqui correu uma galinha, aqui um galo morreu.

-Você pode esconder a mão que rouba, mas não a mão que gasta.

-Uma juventude ociosa, uma idade avançada laboriosa.

-Caras vemos, corações não sabemos.

-Para a boca do arremessador, apenas os chineses e o charro.

-Não tanto que queima o santo, nem tanto que não brilha.

-Dando e dando, passarinho voando.

-Aquele que tem medo dos espinhos, que não entra na nopalera.

-A inicialização é difícil, mas não tenho muita certeza.

-Quando ele foge do trabalho, o trabalho está atrás dele.

Filho de tigre, pintito.

Na boca do mentiroso, a verdade se torna duvidosa.

– Mais mãos, menos trabalho.

– Palavras bêbadas, ouvidos de jicarero.

-Se os limões caírem do céu, aprenda a fazer limonada.

-Com o touro que eles já lutaram, vá com muito cuidado.

-Não peça peras ao olmo.

-O surdo não ouve, mas compõe.

-Quando não há amor, nem os cobertores esquentam.

Segunda-feira, nem as galinhas repousam.

-Água e óleo não se misturam.

Quem é periquito, onde quer que esteja, é verde.

-Quem faz errado, o tamale apodrece.

-Nada conhece o violino e todos os sons tocam.

Qualquer restaurante é um restaurante, se você tiver pratos limpos.

O leão acredita que todos estão em sua condição.

-O velho Chango não aprende novos maromas.

Procure uma mulher pelo que ela vale, e não apenas pelas nádegas.

– Muita ajuda não atrapalha.

-O mais amigo é um traidor, e as mentiras mais verdadeiras.

-Há potros que pulam nas barras, mesmo que os espigões sejam pregados.

-Eu amo o que você mantém calado e escravo do que diz.

-Aquele que nunca teve e vem a ter, louco quer voltar.

-Quando o infortúnio entrar em sua casa, ofereça um assento.

-O que você sabe sentir, você sabe dizer.

Quem vive de ilusões não alcança o perdão de Deus.

-Não precisa procurar barulho na casca de porco.

-Não peça peras ao olmo.

-Antes de terminar, não se elogie.

-Alho, cebola e limão, e deixe-se injetar.

-O Peixe morre pela boca.

-Mas é um pomar, mesmo que queime o focinho.

-Forçosamente, nem as galinhas colocam.

-Sob a água mansa é a pior corrente.

-Ele morreu no poço e viveu de alegria.

Onde o coração se inclina, o pé caminha.

-Os meninos e os bêbados dizem a verdade.

-A pessoa que não chora não mama.

-Você procura o burro e o monta.

-Para todo o mal, mezcal; para tudo de bom também.

Relacionado:  145 provérbios e ditados chilenos muito populares

-Jelous man, é corno ou quer ser.

– Quem semeia cacau, colhe cacau, desde que o solo seja bom.

-A mula é mula e, quando não chuta, recua.

-Se o diabo levar você, deixe-o montar um bom cavalo.

-No mau tempo, boa cara.

Quem apostar por necessidade perde por obrigação.

-Tudo bem, alface; e os peitos ruins.

-O pente que arranha mais é o melhor para remover a caspa.

-Fãs no verão e pesos na mão.

-A puta não vê a cauda.

– De longe, o pássaro que é um canário é reconhecido.

-Quando alguns, ou outros, lançam seus olhos, vendem seus piolhos caros.

-O preguiçoso trabalha duas vezes.

N Não há mal que dure cem anos, nenhum corpo para suportá-los.

-O burro zurra sempre, mesmo que ponham chifres nele.

-Quando for a sua vez, mesmo que você decole; quando não toca em você, mesmo que você o use.

– Tanto quem mata a vaca quanto quem agarra a perna pecam.

-Com dois que se amam, com um que come o suficiente.

-Bom arriero ou mau arriero, a cama tende primeiro.

– Faz mais uma formiga andando do que um gigante em pé.

-O que é panzón, nem que eles cuidem disso.

-Há muitos quebrados que valem mais que um número inteiro.

Onde há vontade, há um caminho.

-A fome é tão professora, que até os animais treinam.

-Ele sabe falar, também sabe quando calar a boca.

-Na etapa do carrinho, as abóboras são acomodadas.

-Para o dado, nenhum lado é procurado.

-Guajolote que sai do curral, termina em toupeira.

-O que você não encontra em sua casa, saia para procurar.

-Todo mundo que traz água para a fábrica.

-Horse de vaguear bem, nem suores nem pneus.

-É melhor isso e não falta.

-Toda mula gosta do seu alimentador.

– Eu já comi, já bebi, não estou mais aqui.

-O maior galo é quem canta mais alto.

-A pessoa que não para não avança.

-Galina, que acorda cedo, pe
a o melhor verme.

-Ele que se molhar cedo, tem tempo para secar.

– O gato quando está amarrado, morre desesperado.

-Você tem que perdoar o passado, para aproveitar o presente.

-A pessoa que tira e não entra, procura e não encontra.

-Alterar é saber.

-Eu devo, não nego; Eu não tenho pagamento.

-Quando um galho seca, outro fica verde.

-Quando o cachorro é corajoso, até a casa morde.

-Deus leva, mas não esquece.

Quem não conhece a Deus, ora a qualquer santo.

-Ele faz mais do que quer do que pode.

– Para o músico ruim, até as unhas o atrapalham.

– A ociosidade é a mãe de todos os vícios.

-Mesmo o melhor chef tem um tomate inteiro.

-Bem mais passo que dure e não corra que canse.

-O coração não envelhece, é o couro que enruga.

-Você tem que estar perto de quem paga e longe do chefe.

-Tudo o que corre e voa vai para a caçarola.

-Bem conhece o diabo que aparece para ele.

A quem não fala, Deus não o ouve.

-Aquele que touram o touro, tem que suportar a cornada.

N Quem entra na igreja sofre a missa.

-Cacaraquear é fácil, o difícil é colocar.

O homem coloca, Deus dispõe; o diabo chega e tudo o quebra.

-Só a colher sabe o que há no fundo da panela.

Quando o vinho entra, o segredo é revelado.

N Quando a mula é mula, mesmo que esteja carregada de santos.

Onde você come um, come dois.

– Pedra que rola, não cria mofo.

-Quem quer que você faça isso, você paga; Se você não pode hoje, amanhã.

-Todo chango na corda dele.

-Cada um tem que escolher a colher com a qual comer.

-De parentes e sol, quanto mais, melhor.

-Só quem carrega o saco sabe o que está dentro.

-O que vai ser cozido, deixe descascar.

Onde não há vontade, não há força.

-Camarão que adormece, pega a corrente ou amanhece em um coquetel.

-Cacaraquienta gallina, é o que é levado em consideração.

-O homem que sabe, logo se destaca.

-Quem tem mais saliva, engole mais pinole.

– Estragando você aprende.

– Até o melhor cozinheiro queima a panela.

-Na mesa e no jogo, a educação é vista primeiro.

-Quem se alegra com o boi, até as articulações lambe.

-Você tem que ser franco, mas não tanto.

-Não gire o guincho porque suas pitas se enroscam.

-As mulheres bonitas e os bons cavalos estragam os idiotas.

Assuntos de interesse

Palavras curtas e seu significado .

Provérbios argentinos .

Provérbios de amor .

Provérbios com rima .

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies