Os 6 tipos de textos argumentativos e suas características

Os textos argumentativos são aqueles que têm como objetivo persuadir o leitor ou ouvinte a aceitar um ponto de vista específico sobre determinado assunto. Existem seis tipos de textos argumentativos, cada um com suas próprias características distintas. São eles: dissertativo, narrativo, descritivo, expositivo, injuntivo e dialogal. Cada um desses tipos de texto possui uma estrutura e uma forma de argumentação próprias, que devem ser utilizadas de acordo com o contexto e o objetivo do autor. Vamos explorar mais detalhadamente cada um desses tipos de textos argumentativos e suas particularidades.

Tipos de textos argumentativos: conheça as diferentes formas de persuadir e convencer.

Os textos argumentativos são utilizados para persuadir e convencer o leitor sobre determinado ponto de vista. Existem diferentes tipos de textos argumentativos, cada um com suas características específicas. Vamos conhecer os 6 principais tipos:

1. Argumento de autoridade: Nesse tipo de texto, o autor utiliza a credibilidade de uma fonte confiável para embasar sua argumentação. Pode ser um especialista no assunto, um estudo científico, entre outros.

2. Argumento de causa e consequência: Aqui, o autor apresenta uma relação de causa e consequência entre os fatos, mostrando como uma ação pode influenciar em determinado resultado.

3. Argumento de comparação: Comparar situações, dados ou elementos é uma forma eficaz de argumentar. Nesse tipo de texto, o autor utiliza essa estratégia para convencer o leitor.

4. Argumento de exemplificação: A utilização de exemplos concretos e casos reais é uma maneira de tornar a argumentação mais palpável e persuasiva.

5. Argumento de analogia: Nesse tipo de texto, o autor estabelece uma relação de semelhança entre dois elementos, mostrando como o conhecimento de um pode ser aplicado ao outro.

6. Argumento de consenso: Aqui, o autor busca convencer o leitor através da opinião compartilhada por um grupo ou sociedade, mostrando que a sua posição é a mais aceita.

É importante ressaltar que cada tipo de texto argumentativo possui suas próprias características e estratégias de persuasão. Ao escrever um texto argumentativo, é fundamental escolher o tipo mais adequado para o seu propósito e utilizar as ferramentas corretas para convencer e persuadir o leitor.

Cinco tipos de argumentos e exemplos para reforçar sua comunicação de forma eficaz.

Em um artigo que fala sobre os 6 tipos de textos argumentativos e suas características, é importante compreender os diferentes tipos de argumentos que podem ser utilizados para reforçar a comunicação de forma eficaz. Aqui estão cinco tipos de argumentos com exemplos para ilustrar cada um:

1. Argumento de autoridade: Este tipo de argumento se baseia na credibilidade de uma fonte confiável. Por exemplo, ao citar um renomado cientista para apoiar uma afirmação sobre as mudanças climáticas.

2. Argumento de causa e consequência: Neste caso, o argumento se baseia na relação de causa e efeito entre dois eventos. Por exemplo, ao afirmar que a falta de exercício regular pode levar a problemas de saúde.

3. Argumento de comparação: Este tipo de argumento envolve a comparação de duas situações para destacar semelhanças ou diferenças. Por exemplo, ao comparar os sistemas de saúde de dois países para mostrar os benefícios de um em relação ao outro.

4. Argumento de evidência empírica: Aqui, o argumento se baseia em evidências concretas, como estatísticas, pesquisas ou exemplos concretos. Por exemplo, ao apresentar dados que comprovem a eficácia de um determinado tratamento médico.

5. Argumento de senso comum: Por fim, este tipo de argumento se baseia em princípios aceitos pela maioria das pessoas. Por exemplo, ao afirmar que é importante respeitar o meio ambiente para garantir um futuro sustentável para as próximas gerações.

Ao utilizar esses diferentes tipos de argumentos de forma eficaz, é possível fortalecer a comunicação e persuadir o público-alvo a adotar determinada posição ou opinião. É importante escolher o tipo de argumento mais adequado para cada situação e garantir que as informações apresentadas sejam claras, coesas e consistentes.

Relacionado:  Os 9 tipos de histórias mais importantes

Características centrais de um texto argumentativo: o que é preciso saber?

Um texto argumentativo é aquele que tem como principal objetivo convencer o leitor sobre determinada ideia, opinião ou ponto de vista. Para isso, é preciso apresentar argumentos consistentes e bem fundamentados, além de utilizar estratégias persuasivas para conquistar a adesão do público-alvo.

Existem diversos tipos de textos argumentativos, cada um com suas características específicas. Dentre os mais comuns, destacam-se: dissertação argumentativa, artigo de opinião, carta argumentativa, resenha crítica, ensaio argumentativo e debate. Cada um desses tipos possui particularidades que os diferenciam entre si, mas todos compartilham algumas características centrais.

Uma das principais características de um texto argumentativo é a presença de uma tese clara e bem definida, que representa o ponto de vista do autor. Além disso, é fundamental apresentar argumentos sólidos e bem fundamentados para sustentar essa tese, utilizando evidências, dados, exemplos e citações de autoridades no assunto.

Outro aspecto importante de um texto argumentativo é a organização e estruturação do texto. É preciso dividir o texto em introdução, desenvolvimento e conclusão, de forma a guiar o leitor ao longo do argumento de maneira lógica e coerente. Além disso, é importante utilizar conectivos adequados para estabelecer a relação entre as ideias e garantir a fluidez do texto.

Por fim, é essencial que o autor do texto argumentativo tenha um bom domínio da língua portuguesa e seja capaz de expressar suas ideias de forma clara, objetiva e coesa. É importante também respeitar a norma culta da língua e evitar erros ortográficos e gramaticais que possam comprometer a credibilidade do argumento.

Em resumo, um texto argumentativo é aquele que busca persuadir o leitor por meio de argumentos sólidos e bem fundamentados, apresentados de forma clara, organizada e coerente. Dominar as características centrais desse tipo de texto é fundamental para quem deseja se expressar de maneira eficaz e convincente.

Quais são os tipos de textos argumentativos mais comuns na comunicação escrita?

Os textos argumentativos são uma forma de comunicação escrita que tem como objetivo persuadir o leitor sobre determinado ponto de vista. Existem diversos tipos de textos argumentativos, cada um com suas características específicas. Neste artigo, vamos abordar os 6 tipos mais comuns e suas principais características.

1. Artigo de opinião

O artigo de opinião é um texto argumentativo em que o autor expressa seu ponto de vista sobre um tema específico. Geralmente, o autor utiliza argumentos lógicos e exemplos para sustentar sua posição. É importante ressaltar que o artigo de opinião é subjetivo, pois reflete a visão pessoal do autor.

2. Resenha crítica

A resenha crítica é um tipo de texto argumentativo em que o autor analisa e avalia uma obra, como um livro, filme ou peça de teatro. O autor deve apresentar argumentos que justifiquem sua avaliação, seja ela positiva ou negativa.

3. Dissertação argumentativa

A dissertação argumentativa é um texto em que o autor defende um ponto de vista sobre determinado tema. O autor deve apresentar argumentos consistentes e bem fundamentados, além de refutar possíveis objeções. É importante destacar que a dissertação argumentativa deve ser estruturada de forma lógica e coesa.

4. Editorial

O editorial é um texto argumentativo em que o autor expressa a posição de um veículo de comunicação, como um jornal ou revista, sobre um assunto de interesse público. O autor utiliza argumentos persuasivos para convencer o leitor da posição defendida.

5. Carta de leitor

A carta de leitor é um texto argumentativo em que um leitor expressa sua opinião sobre um assunto abordado em um veículo de comunicação. O autor deve apresentar argumentos que sustentem sua posição, além de se dirigir diretamente ao destinatário do texto.

6. Ensaio

O ensaio é um tipo de texto argumentativo em que o autor explora um tema de forma mais aprofundada. O autor apresenta argumentos embasados em teorias e conceitos, além de oferecer uma reflexão crítica sobre o tema abordado.

Em resumo, os textos argumentativos são uma forma importante de comunicação escrita, que permite ao autor expressar seu ponto de vista e persuadir o leitor sobre determinado tema. Conhecer os diferentes tipos de textos argumentativos e suas características é fundamental para produzir um texto coeso e convincente.

Os 6 tipos de textos argumentativos e suas características

Os tipos de textos argumentativos podem ser científicos, judiciais, de redação, jornalísticos, debates orais e fóruns de opinião e publicidade. Os textos argumentativos visam expressar opiniões para apoiar ou refutar uma ideia. Nesse caso, o remetente procura convencer ou convencer o receptor com seus argumentos.

Os textos argumentativos podem ser escritos e orais; É precisamente por causa de sua característica oral que esses tipos de textos fazem parte do cotidiano das pessoas. Cada indivíduo tem suas próprias opiniões e geralmente as expressa toda vez que fala. No entanto, para que esses fatores sejam levados em consideração, eles devem ser bem fundamentados, pois essa é a única maneira de convencer ou convencer os outros.

Os 6 tipos de textos argumentativos e suas características 1

A persuasão ou convicção é feita através de argumentos. Estes devem ser feitos, testes, comparações, experiências ou dados sobre um problema específico. Serão então esses argumentos que apoiarão a premissa levantada pelo indivíduo, que nada mais é do que uma idéia principal sobre a qual ela deve ser discutida. É importante que seja apresentado de forma clara, concisa e objetiva.

Mas a estrutura de um texto argumentativo deve não apenas ter a idéia principal, mas também um corpo, que são os argumentos. Estes são os que verificarão ou refutarão a tese proposta. E, finalmente, eles devem ter uma conclusão, que é a resolução alcançada sobre o que foi discutido.

O argumento ocorre sobre questões que se prestam a serem discutidas ou que podem ser vistas de vários pontos de vista (questões controversas como aborto, eutanásia, pena de morte etc.). Portanto, textos argumentativos tendem a ter formas muito variadas. Mas há uma classificação nos tipos mais comuns que existem. Estes são.

Tipos de textos argumentativos e suas características

Textos científicos

Os 6 tipos de textos argumentativos e suas características 2

São textos que podem lidar com diferentes temas. Eles podem ser psicológicos, linguísticos, filosóficos, teológicos, etc. O ponto principal desse tipo de texto é que eles são baseados em fatos e fatos.

A informação contida neste tipo de texto é irrefutável, porque justificada em fatos demonstráveis ​​ou mesmo em dados estatísticos. Por outro lado, isso não significa que a idéia principal do texto não seja discutível, mas que os dados ou os fatos que o sustentam são.

Entre os textos científicos, existem várias tipologias e em todas elas a argumentação está presente. Entre eles está o relatório de pesquisa, artigo científico, artigo, tese, tese e projeto de pesquisa.

Outro tipo de texto que se enquadra nessa categoria é a monografia, considerada por muitos autores como uma primeira tentativa de escrever um artigo científico. Ou também como o primeiro passo para uma investigação maior.

Tanto na monografia quanto nas demais tipologias, o objetivo é convencer o leitor de que o que é dito é verdadeiro e é realizado através de todos os argumentos apresentados.

Textos judiciais

Existem vários tipos de textos judiciais, mas todos são caracterizados pelo estabelecimento de condições ou restrições para algumas ações. E são aqueles que surgem da prática legislativa dos advogados. Nesses textos, destacam-se vários tipos, como sentença, ação, apelação, notificação, apelação e edital etc.

Relacionado:  Linguagens de ligação: características e exemplos

A estrutura de todos esses textos segue a organização de textos argumentativos. Eles são baseados em uma tese ou idéia principal e um corpo é desenvolvido onde são levantados os diferentes argumentos para apoiar essa idéia.

Nos textos judiciais, é evidente que um procura convencer ou persuadir o outro para que ações não sejam geradas ou que algumas acusações sejam rejeitadas, por exemplo.

Ensaio

Os 6 tipos de textos argumentativos e suas características 3

O ensaio é um dos escritos preferidos pelos autores por ser a maneira mais pessoal de transmitir idéias. Esse tipo de texto é caracterizado por mostrar o estilo do escritor, embora também deva ter uma estrutura lógica para torná-lo compreensível.

O objetivo deste texto é convencer o leitor, através de seus argumentos ou raciocínio, a aceitar ou compartilhar as opiniões do autor.

O ensaio pode abordar qualquer tópico, mas deve ter uma introdução, um desenvolvimento e uma conclusão, pois o importante neste caso é que o autor saiba apresentar seus argumentos para convencer o leitor.

No entanto, deve-se notar que, como nenhum texto é puro, ou seja, não se baseia em uma única tipologia, recursos como narração, descrição ou exposição também são utilizados no ensaio.

Textos Jornalísticos

Os 6 tipos de textos argumentativos e suas características 4

O argumento também está presente em diferentes textos jornalísticos. No discurso jornalístico, encontramos textos cujo objetivo é convencer ou convencer os leitores a adotar ou rejeitar uma certa idéia.

Um exemplo desse tipo de texto é visto nas cartas dos leitores, nas quais claramente uma pessoa expõe seu ponto de vista sobre um assunto.Também o vemos nas revisões críticas, nas quais o autor se dedica a criticar um tópico, fornecendo argumentos diferentes.

Da mesma forma, nas editoriais e nas notas de opinião, em que o escritor expressa claramente sua posição sobre um assunto ou pessoa em particular, evidenciando o que sente e pensa sobre isso. Os argumentos podem ser fatos ou dados, mas também podem ser baseados em descrições e comparações.

Debates orais e fóruns de opinião

Esta é a forma de texto argumentativa mais clara. É oral e é basicamente um ato de comunicação em que idéias diferentes são apresentadas sobre o mesmo tópico.

As discussões geralmente ocorrem sobre questões controversas em que existem várias posições. Nesse caso, ambas as partes, que concordam ou favorecem, expressam seus argumentos para tentar convencer os outros.

Os fóruns de opinião, por outro lado, tendem a abordar tópicos muito mais variados. É um espaço no qual as pessoas trocam opiniões ou informações sobre um tópico específico. Tanto nos debates quanto nos fóruns de opinião, os argumentos são baseados em comparações, experiências, dados, entre outros.

Textos publicitários

Comerciais, anúncios políticos, outdoors, pôsteres, entre outros, são tipos de textos publicitários. O objetivo é transmitir uma idéia sobre um tópico ou produto para convencer ou convencer as pessoas a comprar um produto ou aceitar uma maneira de pensar. A vantagem dos textos publicitários é que eles ajudam com elementos visuais a alcançar seu objetivo.

Esse tipo de texto usa muitos outros recursos para convencer as pessoas. Mas essa vantagem tem uma desvantagem. Nos textos publicitários, a mensagem deve ser extremamente concisa, o que significa que você deve tentar atingir seu objetivo em um curto espaço de tempo sem conseguir desenvolver demais seus argumentos.

Referências

  1. Cabezudo, B. (2011). Documentos de idiomas
  2. Díaz, A. (2002) O argumento escrito. Editorial Universidade de Antioquia, Medellín.
  3. Cáceres, O. (2016) Tipos de textos argumentativos.

Deixe um comentário