Psicose orgânica: sintomas, diagnóstico, tratamento

A psicose orgânica é uma doença mental com uma origem física. Pode ser causada por uma doença do cérebro, como um acidente vascular cerebral, um tumor, uma infecção ou uma doença mais geral que causa danos indiretos ao cérebro.O abuso de substâncias como álcool, drogas e drogas também pode causar uma psicose orgânica, que pode desaparecer se a doença original for tratada.

As psicoses orgânicas são caracterizadas por um estado confuso nos casos mais transitórios e por uma personalidade que sofre destruições em casos crônicos. O fato de a psicose orgânica ocorrer de forma crônica ou aguda depende da afetação original que a causa.

Psicose orgânica: sintomas, diagnóstico, tratamento 1

Alguns efeitos que podem causar psicose orgânica são traumatismos cerebrais, distúrbios neurológicos como a coreia de Huntington, envenenamento alcoólico , distúrbios nutricionais ou distúrbios do metabolismo.

Sintomas

Nas psicoses orgânicas, geralmente há uma deterioração da memória de curto prazo e um distúrbio nos padrões de sono, fazendo com que a pessoa durma menos ou mais do que o normal ou em horários estranhos.

O indivíduo também sofre desorientação em relação a onde está, a que horas e quem é. A atividade geral da pessoa pode aumentar ou diminuir, com dificuldade de concentração e humor deprimido e / ou ansioso.

Muitas pessoas que sofrem de psicose experimentam mudanças repentinas de humor, que afetam seu relacionamento com outras pessoas, levando ao isolamento progressivo.

Os sintomas centrais da psicose são delírios e alucinações, que explicaremos abaixo.

Delírios

Psicose orgânica: sintomas, diagnóstico, tratamento 2

Um delírio é uma crença ou impressão falsa que é mantida firmemente pela pessoa, apesar de ser objetivamente contradita pela realidade. Uma pessoa que experimenta um delírio paranóico, por exemplo, pode pensar que está sendo perseguida ou que existe uma conspiração do governo para prejudicá-la.

Alguém com uma ilusão de grandeza ou megalomaníaco pode pensar que ele é um pintor famoso, mundialmente famoso, e agir como tal. Os delírios são idiossincráticos, característicos da pessoa; Eles são incompreensíveis para o resto das pessoas, porque eles só têm a ver com as experiências do sofredor.

Alucinações

Psicose orgânica: sintomas, diagnóstico, tratamento 3

Uma alucinação é uma alteração da percepção. A pessoa percebe um objeto ou um evento sem sequer ter um estímulo, o que significa ouvir, ver, cheirar ou sentir algo que não está presente.

Você pode ouvir vozes na terceira pessoa que conversam, comentam sobre a atividade da pessoa ou deixam partes do seu corpo.

As alucinações surgem com mais frequência em situações estressantes, em ambientes percebidos como ameaçadores, ao assistir televisão, quando há estados emocionais como tristeza ou ansiedade ou ao relembrar eventos carregados de sentimentos de culpa ou raiva.

Essas experiências podem ser assustadoras. Às vezes, eles assustam tanto a pessoa que os sofre que os faz se machucar ou as pessoas ao seu redor naquele momento. A duração dessa condição pode variar de horas a semanas, nas quais a pessoa pode ser difícil de controlar.

A situação pode ameaçar a vida do indivíduo que sofre de psicose orgânica e das pessoas ao seu redor. Se a pessoa mostrar sinais de agressão ou violência, ela deve ser internada no hospital o mais rápido possível.

Diagnóstico

Se houver suspeitas de que uma pessoa possa sofrer uma psicose orgânica, para começar, seu histórico médico deve ser analisado. É possível que o indivíduo tenha um histórico de distúrbios de pensamento, emoções ou comportamento, bem como seu nível de consciência.

O histórico médico também pode fornecer informações sobre as alterações físicas causadas pela psicose orgânica (por exemplo, um acidente de trânsito no qual houve um ferimento na cabeça).

A observação da orientação espacial, temporal e relativa, comportamento, conteúdo da fala e a maneira de se vestir fornecem pistas essenciais para o diagnóstico dessa doença.

Também é conveniente realizar um exame físico. Este teste pode revelar níveis reduzidos de consciência, estupor, agitação, inquietação ou anormalidades neurológicas, como tremor e outros padrões anormais de movimento. Esses sintomas podem determinar a gravidade da condição e começar a orientar um tratamento.

Finalmente, diferentes tipos de testes podem ser realizados para investigar as origens e causas do restante das observações: exames de sangue, testes de uso de drogas, uma tomografia computadorizada do cérebro, uma ressonância magnética, testes toxicológicos , eletroencefalogramas e punções lombares, se necessário.

Tratamento

Psicose orgânica: sintomas, diagnóstico, tratamento 4

Uma vez obtido o diagnóstico da psicose orgânica e estabelecidas as causas, o tratamento visa manter a segurança do indivíduo e das pessoas ao seu redor.

Drogas

Esse tratamento pode envolver medicamentos antipsicóticos, antidepressivos e de ansiedade, além de hospitalização por um tempo. A observação e a realização dos testes de acompanhamento devem continuar sendo realizadas caso a direção do tratamento precise ser alterada ou melhorada.

Quando a demência (que envolve distúrbios no pensamento e na memória) é proeminente, o tratamento com drogas agonistas colinérgicas deve ser considerado. Se houver explosões de raiva ou explosões violentas, elas podem ser controladas com bloqueadores beta-lipofílicos.

O tipo de medicamento prescrito dependerá dos sintomas observados no paciente. Em muitos casos, o paciente precisa tomar antipsicóticos apenas por um curto período de tempo para manter seus sintomas sob controle.

Serviços Profissionais

Os serviços de enfermeiros e profissionais especializados que visitam o paciente podem ajudar a manter o indivíduo em casa. O aconselhamento pode ajudar a família a lidar com os problemas relacionados a manter a pessoa em casa o maior tempo possível.

Quando a família não pode cuidar do indivíduo, o cuidado em uma casa substituta ajuda. O ambiente deve incluir objetos pessoais e familiares, luzes noturnas e uma programação simples.

Em alguns casos, como vimos, a pessoa que sofre de psicose pode estar agitada, envolvendo o risco de prejudicar a si mesma ou às pessoas ao seu redor.

Nesses casos, pode ser necessário acalmá-los imediatamente e efetivamente, com segurança rápida. Um médico ou uma pessoa qualificada administra uma injeção ou um medicamento líquido ao paciente para relaxá-lo rapidamente. Se a pessoa estiver muito perturbada, pode ser necessário até usar sedativos.

Terapia

Após o tratamento com os medicamentos e com a estabilização, apenas a terapia continuará, o que é tão importante quanto os medicamentos para prevenir uma recaída. Pessoas que sofrem de esquizofrenia, no entanto, devem usar drogas ao longo da vida.

Um exemplo de terapia para psicose orgânica (e para o restante da psicose) é a terapia comportamental cognitiva. Esse tipo de terapia envolve visitar regularmente um especialista em saúde mental, a fim de mudar a maneira de pensar e os comportamentos desadaptativos.

Essa abordagem se mostrou eficaz em ajudar as pessoas a fazer mudanças permanentes nos padrões de pensamento e a gerenciar adequadamente seus transtornos mentais. Geralmente é muito útil eliminar sintomas que não são completamente controlados por medicamentos.

Prognóstico e complicações

O curso e os resultados da psicose orgânica são extremamente variáveis. Pode haver intervalos lúcidos entre as alterações da realidade, nas quais a pessoa é orientada, sabe quem é e onde é e reconhece como reais os objetos que realmente são.

O curso da doença depende, entre outros fatores, da etiologia do fator que causou psicose orgânica.

Se a causa for temporária, como envenenamento por álcool, overdose ou abstinência de drogas, é bem provável que o distúrbio desapareça assim que os efeitos das substâncias passarem. Se a psicose orgânica for causada por uma condição de deterioração progressiva, como a doença de Alzheimer, o indivíduo nunca poderá se recuperar.

Complicações

Algumas complicações da psicose orgânica incluem possíveis lesões ou danos que o indivíduo pode causar a si próprio durante alucinações e delírios; Algumas alucinações são tão assustadoras que podem fazer o indivíduo preferir o suicídio do que continuar experimentando-o.

Algumas alucinações auditivas incluem ordens para prejudicar outras pessoas; Nesses casos, o indivíduo pode entrar em conflito com a lei. Além disso, durante estados confusionais em que há perda de orientação espacial ou temporal, a pessoa pode se perder.

Trabalho e atividades diárias

É bastante difícil para uma pessoa com psicose orgânica manter seu emprego, uma vez que os sintomas descritos dificultam quase todo o comércio.

Além disso, sintomas comórbidos, como ansiedade e depressão, impedem essas pessoas de realizar suas atividades diárias normais, como manter medidas higiênicas e nutricionais.

Esforços contínuos devem ser feitos para esclarecer a doença e suas origens, pois um diagnóstico específico ajuda a prever o prognóstico e os resultados da doença e a planejar um tratamento adequado para melhorar ou reverter a psicose.

Referências

  1. Psicose Orgânica – Diretrizes para Deficiência Médica. (2017). Mdguidelines.com. Consultado em 10 de janeiro de 2017.
  2. Diferenciando psicose orgânica de funcional. (2017). – PubMed – NCBI. Ncbi.nlm.nih.gov. Consultado em 10 de janeiro de 2017.
  3. Psicose (2017). Healthline Consultado em 10 de janeiro de 2017.
  4. O que é psicose orgânica? (com fotos). (2017). wiseGEEK. Consultado em 10 de janeiro de 2017.
  5. Psicose orgânica (2017). TheFreeDictionary.com. Consultado em 10 de janeiro de 2017.
  6. Psicose – causas – escolhas do NHS. (2017). Nhs.uk. Consultado em 10 de janeiro de 2017.
  7. O que é psicose? (2017). WebMD Consultado em 10 de janeiro de 2017.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies