Sistema de inventário permanente: operação, vantagens

O sistema de inventário permanente é uma metodologia que permite o controle contínuo do estoque de uma empresa, registrando todas as movimentações de entrada e saída de mercadorias de forma detalhada e em tempo real. Diferentemente do sistema periódico, que realiza o inventário apenas em determinados períodos, o sistema permanente proporciona uma gestão mais eficiente e precisa, possibilitando uma visão mais clara do estoque disponível e das necessidades de reposição. Suas vantagens incluem maior controle sobre o fluxo de mercadorias, redução de erros de contagem, otimização do processo de reposição de estoque e maior agilidade na tomada de decisões estratégicas. Por isso, o sistema de inventário permanente é uma ferramenta essencial para empresas que buscam melhorar sua gestão de estoque e aumentar sua eficiência operacional.

Comparação entre inventário permanente e periódico: vantagens e desvantagens na gestão de estoques.

O inventário permanente e o inventário periódico são dois métodos utilizados na gestão de estoques de uma empresa. O inventário permanente consiste no registro contínuo das movimentações de entrada e saída de mercadorias, enquanto o inventário periódico realiza a contagem física do estoque em determinados períodos de tempo.

As vantagens do inventário permanente incluem a possibilidade de conhecimento em tempo real do estoque disponível, permitindo uma gestão mais eficiente e precisa. Além disso, facilita a identificação de produtos mais vendidos e menos vendidos, auxiliando no planejamento de compras e na redução de custos. Por outro lado, o inventário periódico pode ser mais simples e econômico de ser implementado, sendo adequado para empresas com menor volume de vendas ou produtos de baixo valor.

Em relação às desvantagens, o inventário permanente requer um sistema de controle mais sofisticado e investimento em tecnologia, o que pode ser um desafio para empresas de pequeno porte. Já o inventário periódico pode gerar distorções no controle de estoque, devido à contagem realizada em intervalos espaçados, o que pode levar a erros na gestão do estoque.

Em suma, a escolha entre inventário permanente e periódico depende das necessidades e características de cada empresa. Ambos os métodos possuem suas vantagens e desvantagens, e cabe aos gestores avaliar qual é o mais adequado para o seu negócio.

Qual a importância do inventário permanente para a gestão do estoque empresarial?

O inventário permanente é um sistema de controle de estoque que registra todas as movimentações de entrada e saída de mercadorias de forma contínua, em tempo real. Ele é fundamental para a gestão do estoque empresarial, pois permite uma visão mais precisa e atualizada da quantidade de produtos disponíveis, evitando o risco de faltar mercadorias ou de ter excesso de estoque.

Uma das principais vantagens do inventário permanente é a agilidade na tomada de decisões. Com as informações atualizadas, os gestores podem identificar rapidamente quais produtos estão com baixa rotatividade, quais estão em falta e quais estão com alta demanda. Isso possibilita ajustes nas compras, nas promoções e nas estratégias de vendas, otimizando o desempenho do negócio.

Além disso, o inventário permanente contribui para a melhoria da gestão financeira da empresa. Com um controle mais preciso das mercadorias, é possível reduzir os custos com estoque, evitar perdas por vencimento de produtos e identificar possíveis desvios ou furtos. Isso resulta em uma melhor gestão dos recursos e em uma maior rentabilidade para o negócio.

Outro ponto importante é a transparência nas operações. Com o inventário permanente, é possível rastrear todas as movimentações de estoque, desde a entrada até a saída dos produtos. Isso garante maior segurança nas informações e facilita a identificação de possíveis erros ou fraudes, contribuindo para a credibilidade da empresa perante clientes, fornecedores e órgãos reguladores.

Relacionado:  Período de administração primitivo: origem, características

Investir nesse sistema é fundamental para garantir a eficiência e o sucesso do negócio a longo prazo.

Característica principal do inventário permanente: registro contínuo de entradas e saídas de mercadorias.

Uma das principais características do inventário permanente é o registro contínuo de entradas e saídas de mercadorias. Esse sistema permite que as empresas tenham um controle mais preciso do estoque, pois as movimentações são registradas imediatamente, sem a necessidade de esperar o final do período para fazer o levantamento.

No inventário permanente, cada vez que uma mercadoria entra ou sai do estoque, o registro é feito de forma individual, o que facilita a identificação de possíveis erros e a tomada de decisões mais assertivas. Além disso, as informações ficam mais atualizadas, possibilitando um acompanhamento em tempo real da situação do estoque.

Essa operação traz diversas vantagens para as empresas, como a redução de perdas por obsolescência ou extravio de mercadorias, a identificação de produtos mais vendidos e a necessidade de reposição, o cálculo mais preciso do custo das mercadorias vendidas e a melhoria na gestão de compras e vendas. Com o inventário permanente, as empresas conseguem otimizar seus processos e aumentar sua eficiência operacional.

Por que realizar um inventário: descubra quais são as vantagens dessa prática empresarial.

Fazer um inventário é fundamental para qualquer empresa, independentemente do seu tamanho ou segmento de atuação. Essa prática consiste na contagem e registro de todos os produtos, materiais e mercadorias que a empresa possui em estoque. Mas por que realizar um inventário? Quais são as vantagens dessa atividade?

Em primeiro lugar, o inventário permite que a empresa tenha um controle mais preciso de seus estoques, evitando a falta ou o excesso de produtos. Isso ajuda a otimizar os processos de compra e venda, garantindo que a empresa tenha sempre os produtos certos na quantidade certa. Além disso, o inventário também contribui para a redução de perdas e desperdícios, uma vez que ajuda a identificar e corrigir possíveis erros de contagem ou desvios de mercadorias.

Outra vantagem do inventário é a possibilidade de identificar produtos obsoletos ou com baixo giro, permitindo que a empresa tome medidas para liquidar esses itens ou reformular sua estratégia de vendas. Além disso, o inventário também é essencial para o controle financeiro da empresa, uma vez que permite avaliar o valor total dos estoques e sua influência no balanço patrimonial.

Portanto, realizar um inventário é uma prática fundamental para qualquer empresa que deseja ter um controle mais eficiente de seus estoques, reduzir perdas e desperdícios, identificar oportunidades de melhoria e garantir a saúde financeira do negócio. Não deixe de implementar um sistema de inventário permanente em sua empresa e aproveite todas as vantagens que essa prática pode proporcionar.

Sistema de inventário permanente: operação, vantagens

O sistema de estoque permanente é um método de contabilidade de estoque que registra imediatamente a venda ou compra de estoque por meio do uso de sistemas computadorizados e software de gerenciamento de ativos de negócios.

Ele mostra uma visão bastante detalhada das alterações de estoque com relatórios imediatos sobre a quantidade de estoque em estoque e reflete com precisão o nível de mercadoria disponível.

Relacionado:  O profissional e sua ética no exercício da liderança

Sistema de inventário permanente: operação, vantagens 1

O inventário permanente é o método preferido para rastrear o inventário, pois pode gerar continuamente resultados razoavelmente precisos, se manuseados adequadamente.

Como empresa, ter mais inventário do que o necessário é caro e pode gerar resíduos. Por outro lado, ter muito pouco significa correr o risco de decepcionar os clientes e perder a receita de vendas com seus concorrentes.

Como o software de inventário permanente está sempre atualizado, ele tem visibilidade instantânea dos níveis de estoque, permitindo que você responda mais rapidamente às mudanças na demanda.

Como o procedimento funciona?

Com o sistema de inventário permanente, uma empresa atualiza continuamente os registros de inventário, contando suas adições e subtrações para atividades como:

– Itens de estoque comprados.

– Mercadoria vendida em estoque.

– Materiais retirados do estoque para serem utilizados na produção.

– Itens descartados.

O sistema funciona perfeitamente quando acoplado a um banco de dados de computador, atualizado em tempo real pelo pessoal do armazém, usando scanners de código de barras ou pelos fornecedores, usando terminais de ponto de venda.

Estoque periódico versus estoque permanente

Tradicionalmente, se você queria saber quantos itens estavam disponíveis no armazém, era necessário executar uma contagem física e reconciliá-la com sistemas manuais ou automatizados baseados em lotes.

As empresas contabilizavam fisicamente os estoques no final de um determinado período, e os números dos estoques eram atualizados naquele momento. Isso é conhecido como um sistema de inventário periódico, porque as informações são atualizadas periodicamente.

O sistema de inventário permanente utiliza software e processos de gerenciamento de inventário que permitem a atualização em tempo real da movimentação de inventário.

Os funcionários usam scanners de código de barras para registrar vendas, compras ou devoluções no momento em que ocorrem.

Essas informações são enviadas para um banco de dados que é atualizado continuamente para registrar cada alteração. A atualização permanente do estoque é o que dá nome ao sistema e o diferencia da abordagem periódica.

Contas de estoque permanente

Sob esse sistema, não é necessário atualizar uma conta de compras, porque a conta de estoque é cobrada diretamente em cada compra de mercadoria.

As contas a serem contabilizadas neste sistema são:

– Quando a mercadoria é comprada para armazenamento no estoque:

Sistema de inventário permanente: operação, vantagens 2

– Quando despesas como frete, seguro etc. são adicionadas ao custo da mercadoria:

Sistema de inventário permanente: operação, vantagens 3

– Se a mercadoria for devolvida ao fornecedor:

Sistema de inventário permanente: operação, vantagens 4

– Quando a mercadoria é vendida:

Sistema de inventário permanente: operação, vantagens 5

– Se a mercadoria for devolvida pelos clientes:

Sistema de inventário permanente: operação, vantagens 6

– Quando é encontrada uma diferença entre o valor da conta do inventário e a contagem física:

Sistema de inventário permanente: operação, vantagens 7

Vantagens

Permite uma substituição precisa

As alterações no estoque são registradas em tempo real, na compra e venda de estoque. Isso permite produzir relatórios que identificam imediatamente os itens de inventário que estão acabando.

Descubra o minguante e o roubo

Em um sistema de estoque periódico, no final do período, o estoque é ajustado, validando a contagem do estoque físico. Isso oculta qualquer roubo, diminuição ou até mesmo erros na contagem, quando esse ajuste é transferido para a conta de custo de mercadoria vendida.

Um sistema perpétuo comparará o valor do estoque no sistema com a contagem no final do período e permitirá investigar quaisquer discrepâncias.

Relacionado:  Capacidade de produção: tipos, como é calculado, exemplos

Produz demonstrações financeiras intermediárias mais precisas

Como no sistema de estoque periódico os valores do estoque não são alterados durante o período, tanto a conta de estoque no balanço como a conta de custo de mercadorias vendidas na demonstração de resultados estão incorretas durante o período. período.

Um sistema perpétuo mantém esses valores corretos e fornece um conjunto mais preciso de demonstrações financeiras ao longo do período.

Gerenciamento mais próximo dos níveis de estoque

Os níveis de estoque estão sempre corretos e acessados ​​on-line a qualquer momento. Você pode calcular corretamente sua taxa de rotatividade para ver se as vendas estão diminuindo ou se os produtos não são mais vendidos rapidamente.

Integração com outros sistemas comerciais

Informações de inventário em tempo real são vitais para as equipes financeira e contábil. A integração do sistema de inventário aos sistemas financeiros ajuda a garantir relatórios fiscais e regulatórios precisos.

Os vendedores podem fornecer uma melhor experiência ao cliente, impactando diretamente sua reputação. Sua integração com os sistemas de marketing fornece a essa equipe um instantâneo atual do que é vendido e do que não é.

Desvantagens

Alto custo de implementação

Para usar o sistema de inventário permanente, a empresa deve primeiro instalar equipamentos e software especializados. Um grande investimento inicial, muitos recursos e tempo são necessários para implementar o sistema corretamente.

Após a instalação do equipamento e software necessários, a manutenção e as atualizações regulares continuarão sendo obrigatórias, custando ainda mais às empresas.

Maior complexidade

Exige que as empresas ofereçam treinamento a cada funcionário devido à complexidade do sistema.

Os funcionários precisarão de treinamento sobre como usar o software específico da empresa e também receberão treinamento sobre o uso de equipamentos especiais, como scanners.

O estoque registrado pode não refletir o estoque real

Pode ser uma desvantagem que as transações sejam registradas assim que ocorrem, porque o estoque registrado pode não refletir o estoque real ao longo do tempo.

Isso ocorre porque as contagens de inventário físico não são frequentemente usadas em um sistema de inventário permanente.

Com um número maior de pessoas entrando em transações no sistema, a empresa assume um risco maior de cometer erros devido a um erro humano.

Mais tempo de consumo

Com o sistema de inventário periódico, as empresas alocam algum tempo para registrar os estoques na contabilidade.

Eles podem ser registrados semanalmente, mensalmente ou até anualmente. Isso faz com que o sistema de inventário periódico consuma menos tempo que o sistema de inventário permanente.

Com o sistema perpétuo, cada transação deve ser registrada imediatamente. Os auditores devem revisar as transações para garantir que estejam corretas e ainda devem ser feitos inventários físicos para encontrar discrepâncias nas figuras.

Referências

  1. Steven Bragg (2017). Sistema de inventário permanente. Cursos e livros de contabilidade CPE. Retirado de: accountingtools.com.
  2. Investopedia (2018). Inventário permanente Retirado de: investopedia.com.
  3. Contabilidade para gestão (2017). Sistema de inventário permanente. Retirado de: accountingformanagement.org.
  4. Oracle Netsuite (2018). Por que usar um sistema de inventário permanente? Retirado de: netsuite.com.
  5. Angie Mohr (2018). As vantagens do sistema de inventário permanente Empresa de pequeno porte – Chron.com. Retirado de: chron.com.
  6. Tanya Robertson (2018). As desvantagens do sistema de inventário contínuo. Empresa de pequeno porte – Chron.com. Retirado de: smallbusiness.chron.com.

Deixe um comentário