10 Dinâmica de valores para crianças e adultos

A dinâmica dos valores são ferramentas utilizadas em sala de aula com crianças e adolescentes com os quais se pretende gerar um clima crítico, reflexivo e participativo. O ensino de valores é importante para todas as áreas da vida dos alunos e os acompanhará durante toda a vida.

Portanto, por meio de jogos e dinâmicas, esses valores podem ser promovidos e realizados de forma mais divertida e próxima e, provavelmente, os alunos são mais receptivos.

10 Dinâmica de valores para crianças e adultos 1

É importante que os adultos que são uma referência para eles sejam consistentes em seus comportamentos e ações. Além de estimular o pensamento crítico e criar climas em que as crianças se sintam à vontade para expressar suas opiniões.

Neste post, veremos 10 dinâmicas para trabalhar com valores de crianças e adolescentes em sala de aula ou, também, em casa. É importante levar em consideração os objetivos de cada um deles e, se necessário, adaptá-los de acordo com o grupo ao qual é dirigido.

Profissionais da educação e famílias não devem tentar inocular uma série de valores. O objetivo deve ser o de instilar valores e moral positiva que, amanhã, os tornem adultos produtivos e responsáveis.

Essas crianças e adolescentes precisam que seus adultos lhes ensinem valores para que possam moldar sua moral. As pessoas que têm valores fortes e bons geralmente são mais felizes, assim como alcançam maior sucesso em seus relacionamentos e contribuem de maneira positiva para a sociedade e seu contexto mais próximo.

A seguir, veremos a dinâmica.

Dinâmica para trabalhar os valores

1- Estimular o pensamento crítico

  • Objetivos: gerar um diálogo sobre valores morais.
  • Tempo necessário: aproximadamente 30 minutos. O tempo varia de acordo com o número de pessoas no grupo e seu envolvimento.
  • Tamanho do grupo: é indiferente.
  • Local: sala de aula, sala ou espaço ao ar livre onde eles são confortáveis.
  • Materiais necessários: nenhum em particular.
  • Passos a seguir:

O facilitador do grupo lançará uma série de perguntas e orientará a conversa em grupo. Eles podem ser: Se você pudesse escolher ser alguém, quem seria? Se você vir uma pessoa arranhando o carro de outra pessoa e não deixar um bilhete, como você agiria? Se você fosse rico, como gastaria o dinheiro? Se você vir alguém perseguindo ou maltratando outra pessoa, o que você faria?

  • Discussão: Não é eficaz dizer às crianças e aos adolescentes como devem pensar ou agir. Portanto, essa dinâmica que pode gerar debate oferecerá melhores resultados.

2- Esclarecimento de valores

  • Objetivos:
  1. Prove que cada pessoa tem valores diferentes.
  2. Gerar coesão apesar das diferenças de pensamento entre si.
  • Tempo necessário: aproximadamente 30 minutos.
  • Tamanho do grupo: cerca de dez pessoas.
  • Local: sala de aula, sala ou espaço ao ar livre onde eles são confortáveis.
  • Materiais necessários: páginas em branco, canetas e páginas com frases.
  • Passos a seguir:
  1. O facilitador explica a dinâmica e distribui um fólio com três frases para todos os membros do grupo. São propostos:
  • Seja generoso com outras pessoas.
  • Seja seu próprio chefe.
  • Tenha amigos compreensivos.
  1. Cada pessoa escolhe a frase com a qual se sente mais identificado.
  2. Subgrupos de pessoas que escolheram a mesma frase são formados. Entre eles, discutem por que escolheram essa frase, o que foi (rum) o (s) motivo (s).
  3. Após cerca de dez minutos de discussão, é feita uma reflexão com todo o grupo no qual eles explicam suas razões.
  • Discussão: parte do grande debate em grupo pode ser direcionada para como cada um se sentiu na experiência vivida no exercício.

3- Bandeiras

  • Objetivos:
  1. Promover uma exploração de valores através da interpretação de significados.
  2. Promover uma maior compreensão dos valores pessoais.
  3. Ofereça as condições necessárias para promover a auto-divulgação.
  4. Verifique como as aspirações pessoais afetam a tomada de decisão.
  • Tempo necessário: cerca de duas horas.
  • Tamanho do grupo: aproximadamente 20 participantes.
  • Local: lounge, sala de aula ou espaço confortável.
  • Materiais necessários: flipchart, marcadores, fólios e lápis de cor.
  • Passos a seguir:
  1. O instrutor explica quais são as partes que compõem uma bandeira: faixas, avatares, escudos etc. Além disso, como as bandeiras representam um símbolo para um determinado grupo de pessoas e que algumas pessoas perderam a vida para defendê-las.
  2. Posteriormente, eles podem pensar individualmente quais bandeiras lembram e, em grupo, discutem o que cada uma delas significa.
  3. Cada um deles é convidado a criar sua própria bandeira, na qual representa as coisas que são mais importantes para cada um deles.
  4. Finalmente, é exposto na frente da classe.

5- Barco salva-vidas

  • Objetivos:
  1. Representam uma cena dramática, para que possam experimentá-la melhor.
  2. Identifique os sentimentos que podem surgir nessa situação.
  • Tempo necessário: entre uma hora e meia e duas horas .
  • Tamanho do grupo: 10 pessoas.
  • Local: lounge, sala de aula ou espaço confortável.
  • Materiais necessários: cronômetro.
  • Passos a seguir:
  1. O facilitador do grupo pede que os membros do grupo se sentem no chão formando uma espécie de balsa. Ele pede que imaginem que estão em um cruzeiro no mar Atlântico e que uma tempestade os obriga a escapar em um barco salva-vidas. Este barco só tem espaço e comida para nove pessoas. Ou seja, será preciso sacrificar pelo bem do grupo.
  2. A decisão deve ser tomada pelo grupo. Para isso, eles têm uma hora para decidir quem deve ficar fora do barco. Se o tempo passar e eles não tomarem uma decisão, o barco afundará com as 10 pessoas dentro.
  3. Enquanto o grupo estiver discutindo, o facilitador informará quanto tempo resta.
  4. Com o tempo, isso guiará uma discussão sobre os valores com os quais eles encontraram ao longo da dinâmica.

5- A história de Juan e Juana

  • Objetivo: reconsiderar os valores implícitos nos papéis de mulheres e homens na sociedade.
  • Tempo necessário: cerca de meia hora.
  • Tamanho do grupo: é indiferente.
  • Local: sala de aula ou espaço confortável.
  • Material necessário: uma bola.
  • Passos a seguir:
  1. Os participantes sentam em círculo e passam a bola arbitrária e rapidamente. Eles devem criar duas histórias. Primeiro, o de Juana e depois o de Juan.
  2. Toda vez que alguém toca a bola, deve acrescentar algo mais à história do personagem que está sendo falado. Assim, uma história é criada entre todos.
  3. Quando eles elaboram as duas histórias, os valores relacionados a cada um dos personagens são analisados. Houve diferenças relacionadas ao gênero de cada um dos protagonistas? Para isso, o facilitador deve estar ciente de quais adjetivos e elementos são declarados sobre cada um.

6- Negociação

  • Objetivos:
  1. Identifique os valores que geram diferenças entre as pessoas.
  2. Explore os conflitos que podem surgir como resultado dessas diferenças.
  3. Negocie para coordenar diferentes estilos pessoais.
  • Tempo necessário: aproximadamente 1 hora.
  • Tamanho do grupo: o tamanho é indiferente, mas sim, eles precisam ser múltiplos de três.
  • Local: amplo espaço onde todos os trios podem interagir sem se incomodar.
  • Materiais necessários: quadro negro e algo para escrever (giz ou marcador).
  • Passos a seguir:
  1. O facilitador estabelece uma lista de adjetivos que são frequentemente usados ​​para descrever as pessoas. Por exemplo: assertivo, trabalhador, sociável, dinâmico etc.
  2. Ele escolhe um desses adjetivos que é interessante para os participantes e os coloca em uma fileira na qual as extremidades representam cada um dos pólos da propriedade e os participantes são colocados entre eles à medida que sentem maior afinidade.
  3. As pessoas que estão em cada um dos extremos formam um trio, juntamente com o que está bem no meio, que executará o trabalho de observador. Da mesma forma, todos os trigêmeos são formados e sentam-se na sala.
  4. Nos grupos, cada um dos oponentes se descreve em relação à característica escolhida.
  5. O casal fala sobre como suas diferenças acabam se complementando e como elas implicam um conflito em potencial.
  6. Cada casal negocia como eles podem se complementar e como resolver o conflito, se houver, de maneira construtiva.
  7. Grande grupo de debates sobre como eles se sentiram, quais ferramentas eles usaram na negociação e com a opinião dos observadores.

7- Sobrevivência nos Andes

  • Objetivo: explorar o comportamento individual na tomada de decisões em grupo.
  • Tempo necessário: aproximadamente 45 minutos.
  • Tamanho do grupo: é indiferente.
  • Local: lounge com amplo espaço ou ao ar livre.
  • Materiais necessários: papel e lápis.
  • Passos a seguir:
  1. O instrutor divide o grupo em quatro equipes e explica que ocorreu uma tragédia nos Andes quando um avião caiu. Os sobreviventes tiveram que recorrer à antropofagia para sobreviver.
  2. A princípio, eles terão que decidir quem deve morrer para ser comido.
  3. Uma vez tomada esta decisão, será discutido por que parte do corpo deve começar a comê-la.

8- O que eu amo fazer

  • Objetivo: conscientizar seus valores.
  • Tempo necessário: aproximadamente 30 minutos.
  • Tamanho do grupo: é indiferente.
  • Local: salão espaçoso.
  • Materiais necessários: fólios e canetas .
  • Passos a seguir:
  1. O instrutor pede que, individualmente, cada um reflita sobre o que ele gosta de fazer. E liste-os de 1 (gosto mais) a 20 (gosto menos).
  2. Em grupos de 5 ou 6 pessoas, os membros devem expressar seus valores. Essas perguntas podem ser usadas para orientar o debate:
  • Aprecio o que faço e faço o que aprecio?
  • Compartilho minha opinião em público quando tenho a oportunidade?
  • Eu escolhi essa opção entre várias alternativas?
  • Eu o escolhi depois de considerar e aceitar as consequências?
  • Eu tomei a decisão livremente?
  • Sou congruente entre o que penso e o que digo?
  • Costumo agir da mesma maneira em diferentes ocasiões?
  1. Após reflexão em subgrupos, o facilitador conduzirá uma discussão com todo o grupo, no qual os seguintes problemas devem ser levados em consideração:
  • Que reação seus parceiros tiveram quando viu que seus gostos são diferentes? Você se sentiu respeitado?
  • Você se sentiu criticado?
  • Alguém tentou mudar o gosto dos outros, aproximando-os dos seus?
  • Após a discussão nos subgrupos, você mudou de opinião sobre algum de seus gostos?

9O plantel

  • Objetivo: avaliar os valores do trabalho em equipe e da comunicação.
  • Tempo necessário: aproximadamente 20 minutos.
  • Tamanho do grupo: resultado indiferente.
  • Local: melhor, ao ar livre.
  • Passos a seguir:
  1. O grupo é dividido em subgrupos com base no número de participantes.
  2. Cada equipe deve fazer um navio voador usando dois fólios. Deve poder voar uma distância de cinco metros e atravessar um anel de pelo menos 50 cm de diâmetro. Para conseguir isso, eles têm três tentativas.
  3. Quando todos os grupos tentam, é gerado um debate em torno das seguintes perguntas: O que aprendemos com este jogo? Qual foi o momento mais difícil do jogo? Que sentimentos emergem quando vemos outros grupos Eles alcançaram e não nós? O que sentimos quando alcançamos nosso objetivo?

10- Notícias para refletir

  • Objetivo: alimentar o espírito crítico do grupo.
  • Tempo necessário: aproximadamente 30 minutos. Esse tempo varia dependendo do envolvimento do grupo.
  • Tamanho do grupo: é indiferente.
  • Local: sala de aula ou espaço confortável.
  • Materiais necessários : jornais.
  • Passos a seguir:
  1. O facilitador do grupo trará notícias diferentes relacionadas ao racismo, tortura de animais, guerra ou violência, tráfico de drogas, evasão escolar, bullying, etc. Os temas podem ser adaptados dependendo do nível do grupo.
  2. As notícias são lidas entre todos e respondem às seguintes perguntas: o quê?, Quem?, Quando?, Como? e por que?
  3. Depois de responder às perguntas, eles refletem sobre o assunto em questão e criam um clima que permite às crianças expressar sua opinião e compartilhar seu ponto de vista com seus colegas, discutindo o que pensam e declarando suas razões.

Referências

  1. Maternal Magazine 7 jogos para ensinar valores.
  2. Dinâmica para promover valores. Coleção de dinâmicas e jogos.
  3. Casarez Aguilar, Anabel. Os valores informados aos adolescentes devem começar pelos pais.
  4. Terra Média Ensinar valores a adolescentes.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies