10 perguntas sobre o aquecimento global

O aquecimento global é o aumento global das temperaturas e mudanças climáticas do planeta Terra. Isso tem várias causas, como os efeitos do homem sobre a natureza devido à sua ampla exploração e às mudanças naturais e cíclicas da natureza.

Desde sua história remota, o planeta viveu diferentes períodos climáticos. A era do gelo foi um período em que a maior parte do planeta Terra estava sob gelo ou a baixas temperaturas.

10 perguntas sobre o aquecimento global 1

Os capacetes polares estão derretendo rapidamente devido ao aquecimento global.

Com o passar do tempo, o clima mudou e cada região criou seu clima e temperatura, dependendo do local no planeta, das estações ou períodos climáticos do ano ou de suas condições geográficas.

10 perguntas e respostas sobre mudanças climáticas

1) O aquecimento global me afeta?

Dependendo da área do mundo em que uma pessoa vive, isso afeta mais ou menos. Por exemplo, se o nível do mar subir em uma ilha, seus habitantes serão mais afetados.

O aumento da temperatura pode beneficiar pessoas que vivem em climas muito frios, enquanto prejudica aqueles que vivem em áreas quentes, devido à seca e ao calor.

2) Existem bases científicas que apóiam o aquecimento?

Sim, existem amplas bases e estudos que o apóiam. Quase 97% dos cientistas dizem que há mudanças significativas no clima no século passado e que, à medida que a humanidade avança, eles continuarão a existir.

3) Qual é o efeito estufa?

O efeito estufa consiste em um fenômeno natural no qual os gases na atmosfera absorvem a radiação solar que salta da superfície do planeta e finalmente os irradia de volta para a Terra.

Os principais gases de efeito estufa (GEE) são: vapor de água (H2O), argônio (Ar), ozônio, metano (CH4), óxido nitroso (N2O), clorofluorocarbonetos (CFC) e dióxido de carbono (CO2).

Relacionado:  Os múltiplos e submúltiplos do grama principal

4) Se o tempo sempre mudou, por que é tão importante agora?

O problema é a rapidez com que está acontecendo e as mudanças na biodiversidade e no clima que são uma conseqüência direta, como mais furacões com maior força e potencial destrutivo do que os anteriores.

5) Os oceanos são afetados?

Obviamente, tanto a flora e fauna marinhas quanto o nível dos oceanos, que desde o início do século passado até os dias atuais cresceram cerca de 20 cm, porque os capacetes polares estão derretendo.

6) Os países estão preocupados?

Sim, existem muitos países preocupados e tomando medidas, por isso são realizadas reuniões periódicas e o Acordo de Paris foi aprovado alguns anos atrás.

7) Existem alternativas para impedi-lo?

Existem muitas alternativas, uma das quais é começar a usar mais e melhores fontes de energia alternativa ou parar de usar combustíveis fósseis, como o petróleo.

8) Essas soluções não diminuem nossa qualidade de vida?

Não, porque o uso de novas energias renováveis ​​pode substituir muito bem as energias não renováveis, sem perder o conforto da vida cotidiana e também ajudar o meio ambiente.

9) A reciclagem ajuda?

Sim, porque na medida em que menos recursos do planeta são usados ​​e o lixo produzido não polui florestas ou rios, isso ajudará bastante no combate às mudanças climáticas.

10) O que mais pode ser feito para ajudar?

Outras pessoas podem ser informadas sobre o problema da mudança climática, seus efeitos no planeta e como podemos revertê-lo para aumentar a conscientização em mais homens e mulheres.

Referências

  1. Relatório do Grupo de Trabalho I «Mudança climática 2013: a base das ciências físicas». Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC). Recuperado do site: ipcc.ch
  2. Mudança climática: como sabemos? NASA Recuperado do site: clima.nasa.gov
  3. Mudança climática O GUARDIÃO. Recuperado do site: theguardian.com
  4. O que é mudança climática? BBC Recuperado do site: bbc.com
  5. Imagem N1: Anja. Recuperado do site: pixabay.com

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies