15 habilidades básicas de gerenciamento no mundo dos negócios

As habilidades de gestão se referem a diferentes habilidades ou qualidades gerentes necessários em uma empresa para executar determinadas tarefas. Entre eles, está a capacidade de executar tarefas urgentes em uma empresa, resolvendo rapidamente problemas quando eles acontecem, para evitar cenários críticos.

Essas qualidades podem crescer com a experiência gerencial e com o treinamento. Isso facilita o executivo a descobrir como interagir com sua equipe, além de melhorar o relacionamento com outros gerentes, possibilitando maior fluidez nas tarefas de negócios.

15 habilidades básicas de gerenciamento no mundo dos negócios 1

Fonte: pixabay.com

Um executivo que demonstre habilidades gerenciais adequadas terá a capacidade de promover a visão, missão e objetivos dos negócios com menos impedimentos de origem externa ou interna.

Portanto, é importante ter um bom nível de habilidades gerenciais para que qualquer empresa seja bem-sucedida e, assim, alcance seus objetivos estratégicos.

Além de dirigir, o gerente tem a responsabilidade principal de garantir que todas as partes de uma empresa sejam consistentes. Sem essa integração, múltiplos problemas podem aparecer e provavelmente ocorrerá alguma deficiência.

As habilidades de gerenciamento são essenciais para os diferentes níveis de uma empresa, desde o nível gerencial até os gerentes operacionais.

Lista de habilidades de gerenciamento

Existe uma ampla gama de habilidades que a gerência deve possuir para gerenciar uma organização com eficiência. A seguir estão as que todo gerente deve possuir para executar suas tarefas de maneira eficaz:

Liderança

Os melhores gerentes são geralmente líderes inspiradores e eficazes. Eles estabelecem o tom a seguir em suas áreas, demonstrando, por meio de suas ações, padrões para o comportamento da equipe.

Líderes eficazes geralmente lideram pelo exemplo tanto quanto com liderança. Motivar os outros para a ação e a produtividade é um elemento crucial da liderança eficaz.

A comunicação clara de objetivos e expectativas também é vital. Bons líderes buscam a contribuição de todas as partes interessadas e reconhecem as contribuições de outros membros da equipe, concedendo crédito quando vencido.

Eles chegam a um consenso sobre os planos do grupo sempre que possível e delegam estrategicamente a equipe mais qualificada.

Planejamento e estratégia

Planejamento é a capacidade de organizar atividades de acordo com as diretrizes estabelecidas, sem exceder os limites dos recursos disponíveis, como tempo, dinheiro e trabalho.

É também o processo de formular um conjunto de ações ou estratégias para atingir determinados objetivos ou metas com os recursos disponíveis.

É tarefa de um gerente pensar no cenário geral, bem como se concentrar nas tarefas e responsabilidades que precisam ser planejadas para o futuro.

Isso significa estabelecer prioridades alinhadas aos objetivos da empresa, revisar sistemas e políticas, além de gerenciar as atividades de sua equipe. Como pensador estratégico, você promoverá a inovação e a mudança para que sua equipe e a organização em geral sejam mais produtivas e lucrativas.

O processo de planejamento inclui a identificação e o estabelecimento de objetivos alcançáveis, o desenvolvimento de estratégias necessárias e o esboço das tarefas e cronogramas para alcançar os objetivos estabelecidos. Sem um bom plano, pouco pode ser alcançado.

Coordenação

Os gerentes devem saber o que está acontecendo, o que deve acontecer e quem está disponível para executar as tarefas atribuídas.

Se alguém está se comunicando mal, se alguém precisa de ajuda, ou se um problema está sendo esquecido ou um recurso está sendo subutilizado, um gerente deve notá-lo e corrigi-lo.

Coordenar é a capacidade que permite à organização agir como um todo unificado. A coordenação entre departamentos e funções também é essencial para uma organização bem gerenciada que deseja apresentar uma face consolidada aos acionistas.

Uma forte orientação da equipe deve ser desenvolvida por meio de estreita comunicação e cooperação com colegas de trabalho e buscando oportunidades de colaboração com outras pessoas e departamentos.

Comunicação

Ter grandes habilidades de comunicação é crucial para um gerente. Você pode determinar o quão bem as informações são compartilhadas por toda a equipe, garantindo que o grupo atue como uma força de trabalho unida.

A maneira pela qual um gerente se comunica com o restante de sua equipe também determina quão bem os procedimentos descritos podem ser seguidos, quão bem as tarefas e atividades podem ser concluídas e, portanto, quão bem-sucedida será uma organização.

A comunicação implica que exista um fluxo de informações dentro da organização, formal ou informal, verbal ou escrita, vertical ou horizontal, que facilite o bom funcionamento da organização.

Os canais de comunicação claramente estabelecidos em uma organização permitem ao gerente colaborar com a equipe, evitar conflitos e resolver problemas à medida que surgem.

Um gerente com boas habilidades de comunicação pode se relacionar bem com os funcionários e, portanto, pode facilmente atingir os objetivos e metas estabelecidos pela empresa.

Tomada de decisão

Os gerentes tomam inúmeras decisões, premeditadas ou não, e a tomada de decisões é um componente essencial no sucesso de um gerente.

Tomar as decisões corretas resulta no sucesso da organização, enquanto decisões ruins podem levar a falhas ou a um desempenho ruim. Para que uma organização funcione efetivamente e sem problemas, é necessário tomar decisões claras e corretas.

Um gerente deve ser responsável por todas as decisões que tomar e também estar disposto a assumir a responsabilidade pelos resultados de suas decisões.

Por sua vez, você precisa desenvolver grandes habilidades de tomada de decisão, pois isso geralmente determina o seu sucesso na consecução dos objetivos da organização.

Gestão de projetos

O gerenciamento de projetos faz parte da função de cada gerente atualmente. Os projetos podem ser focados no cliente, processos internos ou mesmo entre departamentos.

Em qualquer caso, o gerente deve ser capaz de estruturar, planejar e implementar os projetos. Para fazer isso, você deve entender todos os custos e definir metas para garantir a entrega do projeto no prazo e no custo orçado.

Isso não é algo que só pode ser adivinhado ou ensaiado: deve ser feito sistematicamente com as ferramentas e o planejamento corretos de gerenciamento de projetos.

Organização

Geralmente significa criar estruturas para apoiar ou alcançar um plano. Isso poderia envolver a criação de um novo sistema de quem se reporta a quem, criando um novo design para o escritório, planejando uma conferência ou evento, desenvolvendo uma estratégia, planejando como avançar em um projeto ou determinando como medir marcos.

O gerente deve gerenciar sua própria carga de trabalho, supervisionar o trabalho de outros funcionários, participar de reuniões e sessões de treinamento, realizar avaliações e revisar as políticas da empresa.

Nesse nível, práticas de trabalho descuidadas, atrasos e a falta geral de capacidade organizacional não serão toleradas, porque podem ser um mau exemplo para os funcionários.

Habilidades organizacionais eficazes reduzem o estresse, economizam tempo e garantem o cumprimento de prazos importantes.

A organização trata de planejamento e previsão e requer a capacidade de entender o cenário geral.

Ele deve identificar processos, procedimentos ou eventos relacionados ao departamento que possam ser aprimorados e demonstrar que os processos podem ser reprojetados para criar maior eficiência ou melhorar a qualidade.

Negociação

As habilidades de negociação são uma parte essencial da função de cada gerente. Você deve negociar com colegas, parceiros de negócios, fornecedores e clientes. Isso não é algo que pode ser ignorado.

Você deve ser capaz de desenvolver estratégias mutuamente benéficas usando as melhores práticas de negociações. Você deve saber quando negociar e quando parar.Negociar é uma habilidade que pode ser aprendida, mas você não deve esquecer de praticar.

Delegação

É o ato de transmitir tarefas e ordens relacionadas ao trabalho para outros funcionários ou subordinados. Muitos gerentes facilitam sua própria carga de trabalho delegando tarefas à sua equipe.

Para fazer isso de forma eficaz, você precisa analisar e identificar as habilidades de seus funcionários e atribuir tarefas a cada um, de acordo com o conjunto de habilidades.

A delegação está longe de ser um sinal de fraqueza. De fato, você pode multiplicar a quantidade de trabalho que um gerente pode fazer, enquanto desenvolve a confiança e as habilidades de um funcionário.

Um gerente com boas habilidades de delegação pode realocar tarefas de maneira eficiente e eficaz, concedendo autoridade aos funcionários certos. Quando a delegação é realizada de maneira eficaz, ajuda a facilitar resultados rápidos e fáceis.

A delegação ajuda o gerente a evitar desperdiçar tempo, otimiza a produtividade e garante a responsabilidade por parte dos funcionários.

Cada gerente deve ter boa capacidade de delegação para alcançar os melhores resultados e os resultados de produtividade necessários.

Resolução de problemas

Você deve ter a capacidade de enfrentar e resolver problemas frequentes que podem surgir em um dia útil.

Isso requer atenção excepcional aos detalhes e a capacidade de manter a calma sob pressão. O pensamento criativo ajudará a encontrar soluções inovadoras que minimizem o impacto geral na equipe e nos negócios.

A resolução de problemas no gerenciamento implica identificar um determinado problema ou situação e, em seguida, encontrar a melhor maneira de lidar com o problema e obter a melhor solução.

É a capacidade de resolver as coisas, mesmo quando as condições prevalecentes não estão corretas. Quando um gerente possui grandes habilidades de resolução de problemas, ele difere do restante da equipe e dá aos subordinados confiança em suas habilidades gerenciais.

Motivação

A motivação ajuda a gerar um comportamento ou resposta desejada dos funcionários ou de certas partes interessadas.

No trabalho de rotina, às vezes predomina a monotonia, o que pode levar à perda de produtividade do trabalho. Portanto, é essencial que um gerente seja um grande treinador de sua equipe para mantê-lo comprometido e motivado.

Existem dois tipos principais de motivação que um gerente pode usar: motivação extrínseca e intrínseca.

Recompensas e reconhecimento, tanto financeiros quanto não financeiros, contam muito. Além disso, se o gerente fornecer orientação em nível pessoal, o nível geral de motivação será alto.

É essencial incutir confiança na equipe sobre os objetivos da organização. Uma energia positiva mantém o nível de entusiasmo da equipe alto e ajuda a oferecer resultados de qualidade.

Existem inúmeras táticas motivacionais que os gerentes podem usar. A escolha dos corretos pode depender de recursos como cultura da empresa e da equipe, personalidades da equipe e muito mais.

Diagnóstico e análise

Um bom gerente tem habilidades de diagnóstico e análise. A capacidade de diagnóstico refere-se à capacidade de visualizar a melhor resposta a uma situação. Por outro lado, capacidade analítica significa a capacidade de identificar as principais variáveis ​​em uma situação.

As habilidades analíticas e de diagnóstico do gerente ajudam a identificar possíveis pontos de vista de uma situação. Também ajuda um gerente a visualizar o resultado dessa abordagem.

Essa capacidade parece semelhante à capacidade de tomar decisões, mas é a habilidade necessária para tomar a decisão.

Influência

Nem sempre há controle direto sobre todas as pessoas e processos, e ainda assim os objetivos precisam ser alcançados.

Portanto, para implementar uma estratégia na empresa, você deve trabalhar com muitas pessoas diferentes. É aqui que o gerente deve se concentrar na colaboração e alcançar a aceitação dos objetivos.

Infelizmente, é provável que também enfrente políticas internas. Às vezes, as pessoas simplesmente bloqueiam o progresso.

É muito importante poder influenciar positivamente os colegas e levá-los a comprar os objetivos para implementar a estratégia. Isso não acontece automaticamente, portanto, é necessário desenvolver habilidades de influência e impacto.

Inteligência emocional

Para todo ser humano, a estabilidade emocional é essencial, mas, para um gerente, vai muito além. Inteligência emocional significa basicamente a capacidade de lidar com situações por si mesmo.

Inclui aspectos como autoconsciência, gerenciamento de relacionamento e gerenciamento de estresse, para citar alguns.

Não importa o quão competente seja, mas se, por exemplo, se desmoronar continuamente no trabalho devido à recente perda de um ente querido, as pessoas poderão parar de considerá-lo para aconselhamento e tomada de decisão.

Portanto, o gerente deve sempre manter suas emoções afastadas em um ambiente profissional e não deixar que a opinião seja numerada.

Gerenciamento e supervisão

Dirigir é a parte em que você deve assumir o comando e dizer às pessoas o que fazer, dar ordens e tomar decisões. Alguém tem que fazer isso, e esse alguém deve ser o gerente.

A organização trata de planejamento e previsão e requer a capacidade de entender o cenário geral.

Pode incluir desde revisão de modelos de negócios e verificação de ineficiências até verificação para garantir que um projeto esteja dentro do prazo e do orçamento. A supervisão é a fase de manutenção do gerenciamento.

Referências

  1. IFC (2019). Habilidades Gerenciais Retirado de: corporatefinanceinstitute.com.
  2. Alison Doyle (2019). Habilidades de alta gerência Os empregadores valorizam com exemplos. The Balance Carreiras Retirado de: thebalancecareers.com.
  3. Nota Iedu (2019). Habilidades gerenciais: 5 habilidades que os gerentes precisam. Retirado de: iedunote.com.
  4. Centro de Gerenciamento Europa (2019). 10 habilidades-chave que todo gerente precisa. Retirado de: mce.eu.
  5. Educba (2019). Lista de habilidades gerenciais mais essenciais do nível 10 superior. Retirado de: educba.com.
  6. Jemma Smith (2018). 7 habilidades para uma carreira de gerenciamento bem-sucedida. Perspectivas Retirado de: prospects.ac.uk.
  7. Officevibe (2018). As 8 principais habilidades de gerenciamento eficaz. Retirado de: officevibe.com.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies